Arquivo da tag: Elifoot

IndieReporter: Jogue Golaço agora

Primeiro gostaria de pedir desculpa pela pausa na série IndieReporter. As coisas ficaram meio pesadas esse dia e falhei com o compromisso. Agora vamos retomar de onde paramos, pedindo desculpas também à O2 Games pela demora em concluir o perfil deles.
_____

Lembra que Daniel comentou a inspiração de Elifoot, um manager de futebol Windows antigão? Pois bem, o Golaço carrega algumas semelhanças bacanas com o gerenciador, mas com uma vantagem: é um game social, ou seja, se abastece dos recursos online e dos amigos para se abastecer.

Mas, se Elifoot não primava pelos gráficos (o jogo poderia ser todo em modo textual e ainda assim era viciante), o Golaço é um manager moderno e, por isso, conta com visuais bem mais atraentes. Tudo começa na escolha do nome e montagem do escudo, e aí parte para o jogo em si.

Escolha a escalação, formação tática e tente aniquilar o time oposto. Assim como em outros managers, se a situação estiver garantida você pode adiantar o tempo e tentar correr para a próxima partida. E como nos gerenciadores, tudo gira em torno da preparação, com treino dos jogadores, agendamento de jogos e inscrições em ligas.

Golaço não é um game para perder uns minutinhos. É um jogo para se acompanhar sempre, na tentativa de evoluir desde a série D. Para quem gosta de games de estratégia e de futebol, boa opção, mas garanta um tempinho no seu dia-a-dia para explorar os recursos e dominar o game.

:: Jogue Golaço agora no Facebook

IndieReporter: Daniel Coquieri, da O2 Games

Seguindo a nossa série IndieReporter – uma tentativa de criar um mapeamento do cenário independente de desenvolvimento de games no país – escolhemos mais um personagem.

Daniel Coquieri, 30 anos, é técnico em processamento de dados e começou a programar com 15 anos, ofício que manteve até seus 21 anos. De nove anos atrás para cá, o desenvolvimento de games deu espaço à gestão de seu estúdio, a O2 Games.

A motivação de Daniel para começar a programar foi a mesma que para muitos outros: o prazer em ver outras pessoas interagindo e se beneficiando de seus softwares e jogos em uma tela.

O desenvolvedor, que sempre foi fã de Elifoot (um manager de futebol das antigas, com ambiente visual pobrinho, mas extremamente viciante), tem dois jogos publicados pela O2 Games – Golaço e GameGol -, ambos para navegadores e que falaremos nos próximos posts da série.

Daniel Coquieri

Idade: 30 anos
Plataforma preferida: Playstation 3
Jogo preferido: F1 2011 (PS3)
Jogo indie inspirador: Elifoot. “Ambos os jogos atuais da O2 Games são managers de futebol e com certeza quem me inspirou a fazer o primeiro jogo que foi o GameGol foi o Elifoot, o pai dos managers”
Faz parte de algum estúdio? Criou a O2 Games