Arquivo da tag: Educação

Vencedores de 1º Concurso de Jogos da CGU são divulgados

Em outubro passado divulgamos aqui o 1º Concurso de Jogos da Controladoria Geral da União (CGU), que selecionaria dois projetos de games infanto-juvenis para computadores e daria apoio financeiro.

A CGU agora divulgou os dois vencedores do processo seletivo, que recebeu 54 projetos de 12 estados, seguindo o tema Cidadania e Controle Social. Os critérios para decisão foram originalidade, criatividade, detalhamento, viabilidade, qualidade, jogabilidade e capacidade técnica da equipe.

Os vencedores receberão apoio financeiro de até R$ 80 mil para investir na criação dos jogos, que depois de prontos serão disponibilizados no site Criança Cidadã – Portalzinho da CGU.

O projeto Vila Virtual: Cidadania em Ação, da Nano Games, coloca o jogador em posição de liderança dentro da sociedade, uma espécie de ponte entre o governo local e os outros cidadãos de seu bairro. Sua função? Aproximar os dois lados, descobrindo os problemas e revelando as soluções.

A Criançada em Ação, da Flockin, desafia o jogador a encarar o papel de sócio de um clubinho em uma casa da árvore. O que estava na mais perfeita ordem, rolando com honestidade, vira um caos com a chegada do Sr. Desmoral, que consegue corromper alguns dos membros. A missão do jogador é descobrir o que está acotnecendo e fazer com que o clubinho volte a ser um local ético.

Em seu site a CGU não ofereceu a data de conclusão dos projetos.

Alice Brasil 2010 mostra ferramenta de programação 3D em congresso em São Paulo

Fomos contatados pelo Mackenzie a respeito de um congresso voltado para o software Alice, uma ferramenta de desenvolvimento 3D de fácil uso, que acontecerá nos dias 2 e 3 de março de 2010 (terça-feira e quarta-feira, respectivamente).

A ferramenta criada na universidade Carnegie Mellon auxilia no ensino de programação e inclusão digital por meio de realidade virtual. Para divulgar o Alice e explorar as utilizações da ferramenta no mercado nacional, o Mackenzie trouxe o cientista Don Slater, da Carnegie Mellon, que ministrará uma palestra dedicada.

Com o software gratuito é possível dar os primeiros passos na programação de animações e jogos simples, aprendendo conceitos fundamentais de programação. Na agenda do congresso (que acontecerá em português e inglês) estão palestras, apresentações literárias e oficinas. Continue lendo Alice Brasil 2010 mostra ferramenta de programação 3D em congresso em São Paulo

Etapa final de OJE RJ acontece no Circo Voador

gr-oje Em um post de junho comentamos a respeito do OjE, a Olimpíada de Jogos Digitais e Educação, uma iniciativa do governo pernambucano.

E não é que o campeonato pegou também em outros lugares, como estávamos torcendo para acontecer? Hoje, dia 14 de dezembro, o Circo Voador, na cidade do Rio de Janeiro, abrigará a final do OJE-RJ 2009.

Competirão seis equipes, vencedoras de uma disputa entre 24 escolas estaduais. Três do ensino médio e três do ensino fundamental, todas classificadas na fase online, ocorrida entre os dias 9 de novembro e 9 de dezembro.

De acordo com informações que recebemos do game designer Edival Lago, envolvido no projeto, a competição contou com a participação de 1.117 alunos e 72 professores, organizados em 142 equipes.

Em 2010, a idéia é que no Rio de Janeiro todas as escolas da rede participem, numa competição online de duração de seis meses entre as classificatórias e a grande final.

Para conhecer um pouco mais do evento, acesse o site do OjE no Rio de Janeiro.

Jogos históricos: reforços para as aulas de história

Jogos Históricos / Jogos Educativos Aqui no GameReporter somos fãs de jogos históricos e também de jogos educativos. Se há uma forma de educar através dos games, certamente esta é uma das mais divertidas e merece ser avaliada.

É a esses dois temas que se dedica o site Playing History, um projeto interessante de dois amigos, os historiadores e gamers Trevor Owens e Jim Safley.

A interface simples de Playing History abriga um banco de dados valiozíssimo que, até o fechamento desta notinha, trazia resenhas e links para downloads de 131 games históricos.

Além de uma ferramenta de busca, uma nuvem de tags mostra os temas mais populares, entre eles história britânica e história americana, seguido por temas como legislação e suprema corte.

Os usuários podem baixar ou jogar os games gratuitos, dar notas a eles e complementar a opinião com resenhas. Parada obrigatória para encontrar jogos educativos divertidos.

:: Acesse Playing History agora e divirta-se

Game nacional: Estrada Real Digital será lançado no dia 1º de outubro em BH

gr-estradareal No dia 1º de outubro (quinta-feira) será lançado o “Game Estrada Real Digital”, a partir das 19 horas, em um evento na Funarte de MG.

O jogo educativo do Pontão de Cultura da UFMG foi criado com auxílio de verbas públicas da FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos), vinculada ao Ministério da Ciência e Tecnologia.

O game mescla a história da Estrada Real e das cidades coloniais ao turismo do século XXI e elementos culturais como a culinária e o congado.

Mineiros que morarem em Belo Horizonte e redondezas e se interessarem em conferir o lançamento, basta comparecer no dia à Rua Januária, 68, no bairro Floresta.

Quimgame levará Química Orgânica a alunos do ensino médio de forma mais fácil e interativa

gr-quimgame O game pode ser uma tremenda ferramenta de ensino, e recentemente mais empresas tem apostado nessa estratégia.

É o caso da Gestum, firma que apresentou o Quimgame à financiadora de projetos do governo brasileiro, FINEP. O Quimgame é um jogo que tentará tirar o medo da química de alunos do ensino médio.

Voltado à Química Orgânica, Quimgame foi desenvolvido em conjunto com professores e técnicos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre, e do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul Riograndense/Pelotas.

Em Quimgame o jogador será um repórter, que investigará uma explosão acontecida em uma ilha ao sul do Brasil. Dentre os desafios encontrados durante sua jornada de trabalho estarão emergências químicas em um laboratório destruído, uso de ferramentas e gadgets e labirintos protegidos por sistemas de segurança.

Por enquanto, o game está pronto em versão piloto, que está em testes com alunos da rede pública e privada no RS. Escolas e interessados em conhecer o projeto podem entrar em contato com os organizadores. Os emails são beta@cesup.ufrgs.br, anzevedo@ufcspa.edu.br e luis.otoni@terra.com.br.

[Via Newsletter da Abragames]

Empresa cria games sérios para aulas de botânica e biologia

gr-gdl O estúdio internacional Spongelab Interactive lançou um pacote de games educativos online voltado para a educação de crianças e adolescentes.

Os games abrangem botânica e biologia e foram criados em um formato que permite o seu uso dentro da sala de aula, com o objetivo de complementar a grade curricular de escolas de ensino fundamental e médio.

O pacote Genomics Digital Lab é composto de oito jogos em diversos níveis de complexidade, sendo os últimos níveis convites ao debate de soluções para assuntos mundiais como a crise de energia.

A novidade é paga e está em inglês, mas vale a atenção. Uma versão de demonstração está disponível no site oficial do projeto.

[Via Serious Game Source]

Seminário Web sobre jogos educativos

gr-celebritycalamity

Na próxima quinta-feira, dia 9 de abril, a Doorways to Dreams Fund (D2D) realizará um seminário web (webinar) para discutir o desenvolvimento do game casual educativo “Celebrity Calamity”.

A idéia é debater os jogos de treinamento. Celebrity Calamity aborda a educação financeira de mulheres de renda baixa para moderada, uma ferramenta mais divertida para promover ensinamentos de economia.

O webinar estudará o case do game casual e dará uma luz a quem pretende seguir a carreira de jogos de treinamento. Para participar, é preciso se registrar e possuir computador PC (Windows 2000, XP, 2003 Server, Vista) ou Mac (OS X 10.4 ou superior).

:: Registre sua presença aqui

Mais Twitter para gamers

Na segunda-feira passada noticiamos uma lista de fontes no Twitter, criada por Sam Houston e que caiu na boca de gamers do mundo inteiro.

A repercussão foi tanta que Sam “QforQ” se empolgou e decidiu abrir um site para armazenar a lista e pedir mais colaboração.

O site agora relacionará, além de desenvolvedores e estúdios, imprensa especializada, relações públicas e fansites e comunidades no Twitter.

A aí resta um convite feito timidamente nos comentários da nota passada, aqui do GR. Que tal fazermos uma nacional? Quem ajuda?

:: Acesse aqui o site Game Industry Tweet

Workshop de Games na Vila Leopoldina

O SESI Vila Leopoldina promoverá entre os dias 13 e 31 de outubro, das 18h30 às 21h30, a Oficina de Desenvolvimento de Jogos Eletrônicos.

Gratuito, o evento exige inscrição prévia para preenchimento das vagas limitadas e trará oficinas com o designer de jogos Nicholas Lima de Souza e com o programador Paulo Roberto Nova.

Para participar, é necessário ter mais de 16 anos de idade e estar familiarizado com programação Flash. O processo será dividido em três módulos com 15 aulas de três horas de duração cada.

Os módulos abordarão a criação de um personagem, criação de cenários e a finalização de um título, tudo levando em consideração o gênero de jogos Plataformas.

Módulo I: Programando um personagem para jogos de plataforma

Segunda-feira (13/10) – Design: Criação de jogos de plataforma;
Apresentação geral da ferramenta Flash e proposta de desenvolvimento de jogo plataforma;

Terça-feira (14/10) – Design: Criação da primeira parte de um documento de game design para elaboração do jogo;
Aprofundamento da ferramenta Flash, explicando as principais funções a serem utilizadas para criação do jogo de plataforma;

Quarta-feira (15/10) – Design: Criação de personagem e suas características de jogo;
Desenvolvimento do personagem;

Quinta-feira (16/10) – Design: Criação da segunda parte de um documento de game design para a elaboração do jogo de plataforma;
Desenvolvimento de um cenário básico, incluindo o personagem;

Sexta-feira (17/10) – Design: Criação básica de cenário;
Criação de um cenário final e aprimoramento das habilidades do personagem;

Módulo II – Criando Cenários para Jogos de Plataforma

Segunda (20/10) – Design: Aprendendo sobre Level Design para jogos 2D;
Aprimoramento da colisão do personagem com o cenário;

Terça (21/10) – Design: Adaptação e teste de mecânicas básicas de jogo do personagem do jogador;
Incrementação de habilidades no personagem;

Quarta (22/10) – Design: Criando um inimigo. Como projetá-lo;
Desenvolvendo uma lógica básica para inimigos;

Quinta (23/10) – Design: Adaptando e testando as mecânicas básicas de jogo dos inimigos;
Interação do personagem com o inimigo;

Sexta (24/10) – Design: Criando power ups e outros itens de interação. Teste e adaptação;
Desenvolvimento dos itens e power ups do game implementando-os no cenário e finalização de uma fase de game plataforma;

Módulo III – Finalizando um Jogo Plataforma

Segunda (27/10) – Design: Interface Design – Parte 1
Planejamento de um menu principal de jogo;

Terça (28/10) – Design: Interface Design – Parte 2
Desenvolvimento do menu principal;

Quarta (2910) – Design: Efeitos sonoros e músicas. Como pensá-las para o game?
Músicas e efeitos sonoros no Flash;

Quinta (30/10) – Design: Estudo de funcionalidade e dificuldade do game;
Criação de Checkpoints e outras funcionalidades;

Sexta (31/10) – Design: Pós-produção e finalização de um jogo plataforma.

O SESI Vila Leopoldina fica na Rua Carlos Weber, 835. Em São Paulo, e as reservas devem ser feitas pelos telefones (11) 3834-5523 e 3832-1066, ou pelo site do SESI Leopoldina.

Se interessou? Corra! São 20 vagas. Mas nem precisamos pedir para que só os realmente interessados e dispostos a ir até o fim devem fazê-lo, certo?