Arquivo da tag: e-sports

League of Legends – Inscrições para as Qualificatórias do Circuito Desafiante já estão abertas

Quer se tornar uma lenda dos e-Sports? Pois então esta é a sua chance! A Riot Games e a BBL anunciam que as inscrições já estão abertas para as Qualificatórias do Circuito Desafiante, a série B da liga profissional brasileira de League of Legends. Para se inscrever, os interessados devem acessar o LoL ESPORTS BR.

A competição será dividida em duas fases: Classificatórias e Eliminatórias. Na primeira fase, serão quatro etapas classificatórias e as equipes vão poder escolher uma delas para participar. As partidas serão em MD1, sendo apenas a final em MD3.

Confira abaixo mais detalhes do Circuito Desafiante do League of Legends:

●      Classificatória #1

o      Datas e horários:

▪       23 de fevereiro, às 14h

▪       24 de fevereiro, às 18h

o      As inscrições para essa etapa se encerram no dia 23 de fevereiro, às 11h

●      Classificatória #2

o      Datas e horários:

▪       9 de março, às 14h

▪       10 de março, às 18h

o      As inscrições para essa etapa se encerram no dia 9 de março, às 11h

●      Classificatória #3

o      Datas e horários:

▪       16 de março, às 14h

▪       17 de março, às 18h

o      As inscrições para essa etapa se encerram no dia 16 de março, às 11h

●      Classificatória #4

o      Datas e horários:

▪       23 de março, às 14h

▪       24 de março, às 18h

o      As inscrições para essa etapa se encerram no dia 23 de março, às 11h

 

As equipes vencedoras de cada etapa acima vão disputar as Eliminatórias, em MD3, com os quatro times que melhor se classificaram no ranking geral de pontos da primeira Fase. Os dois times que vencerem as eliminatórias disputarão a Série de Promoção contra as equipes que ficarem em 5º e 6º lugares nesta Primeira Etapa do Circuito Desafiante 2019.

●      Fase Eliminatória –  30 e 31 de março, às 18h

●      Série de Promoção – 22 e 23 de abril

Jogadores de qualquer elo (bronze, prata, ouro, diamante) podem se inscrever, mas devem ter ao menos 17 anos completos até o dia 31 de julho de 2019. Cada time tem que ter pelo menos três jogadores brasileiros. Pro players que jogam atualmente na Primeira Etapa do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) ou do Circuito Desafiante não podem participar.

Todas as partidas serão transmitidas nos canais da BBL no Twitch e no YouTube, logo após as rodadas do CBLoL, aproximadamente às 18h. Para mais informações sobre as Qualificatórias do Circuito Desafiante, acesse o regulamento.

ESL e Facebook Gaming expandem parceria durante 2019 para cobrir todos os eventos globais da ESL Esports

Curte e-Sports? Então fique de olho nisso! A ESL, maior companhia de esports independentes, e o Facebook Gaming anunciam a expansão da parceria que cobre todos os eventos globais de competição de esports da ESL, de maneira não exclusiva, para a plataforma do Facebook. A intenção é que a ESL irá transmitir tanto os circuitos emblemáticos, Intel Extreme Masters (IEM) e ESL One, como a estreia da Pro League de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO).

A distribuição começou com a classificação regional de CS:GO para o IEM Katowice Minor, em 16 de janeiro desse ano e se desenrolará até dezembro de 2019. As competições serão transmitidas globalmente pelo Facebook, em inglês, com qualidade 1080p/60fps e divulgadas ao vivo pela ESL Pro League tanto em inglês como em português.

“A ESL une a comunidade global de fãs de esports e tem o objetivo de entregar experiências incríveis para audiências ao redor do mundo, tanto online como por eventos de grande escala”, comenta Ralf Reichert, Co-CEO da ESL. “Iremos oferecer diferentes plataformas, nas quais os fãs poderão viver nossos circuitos online emblemáticos – incluindo um retorno ao Facebook Gaming para continuar a trazer conteúdo para sua crescente audiência.”

ESLDesde o começo das lives da ESL no Facebook, as duas companhias colaboram para fazer atualizações importantes para a experiência dos espectadores, os fãs de esports. Dentre as alterações, estão a melhora na qualidade de vídeo e na estabilidade, assim como na facilidade de descobrir os eventos da ESL.

“Expandir o conteúdo da ESL para incluir todas as competições globais de esports é um meio de satisfazer o apetite, que cresce a cada dia, de assistir vídeos com conteúdo de gaming no Facebook”, diz Leo Olebe, Diretor Global de parcerias de Games do Facebook. “Dar aos fãs da ESL uma maneira de assistir aos esports em diferentes plataformas é algo que nós sabemos ser importante para a comunidade, e essa é uma grande razão para que todo o conteúdo de 2019 seja transmitido em qualquer lugar que a ESL queira. Nós continuaremos a ouvir e agir sobre o feedback dos gamers e trabalharemos juntos para construir um mundo da comunidade gaming.”

Os fãs poderão assistir e seguir todo o conteúdo da ESL no fb.gg, destino de vídeos de gaming no Facebook, e em páginas individuais para as competições IEM, ESL One e Pro Legue.

O Facebook Gaming disponibiliza no Brasil a versão beta do seu aplicativo de jogos independentes

Há algumas semanas falamos sobre o Facebook Gaming, a nova empreitada da rede social no mercado dos jogos eletrônicos. Pois bem, parece que Mark Zuckerberg está com as atenções voltadas para o Brasil! Prova disso é que nosso país se tornou o segundo no mundo a receber acesso beta ao aplicativo, após o teste nas Filipinas. Essa fase beta será usada para obter feedback da comunidade gamer.

O aplicativo tem como base a experiência da aba de games do Facebook com o mesmo nome anunciada em junho de 2018. Basicamente ele servirá para que os aficionados por jogos descubram jogos com base em seus interesses. Para isso, o aplicativo inclui o mesmo conteúdo personalizado de gaming que você segue no Facebook, além da possibilidade de descobrir novos conteúdos no próprio aplicativo.

De acordo com a gigante da tecnologia, os usuários do Facebook poderão se conectar com outros gamers para assistir streaming ou fazer transmissões através do celular diretamente para a sua página. Já inclusive há alguns gamers conhecidos utilizando a plataforma, tal como o Netenho, o Kamikat, Samira PlayHard, Davy Jones, Patriota e Diana Zambrozuski, que transmitem jogos como Fortnite, Free Fire, GTA e League of Legends.

Como se não bastasse, é possível jogar alguns games pela plataforma, tais como o Everwing, Words with Friends, Basketball FRVR entre outros 6 mil disponíveis. Os jogos no aplicativo utilizam a plataforma Instant Games do Facebook, que permite que as pessoas descubram e joguem instantaneamente, sem precisar fazer novos downloads.

“Estamos animados em expandir o teste beta do nosso aplicativo de jogos para receber o feedback das pessoas no Brasil”, disse Vivek Sharma, diretor de gerenciamento de produtos do Facebook Gaming. “O Brasil é um país de forte crescimento para o Facebook Gaming e queremos que alguns dos membros mais engajados da nossa comunidade façam parte desse processo de desenvolvimento. O feedback que recebermos durante a fase beta vai influenciar diretamente os recursos que criamos e será usado como base em nossos planos de lançamento para outros países.”

Athena’s e-Sports lança programa de sócio torcedor batizado de Exército de Athena

E não é que os e-Sports estão caminhando a passos largos para o que o futebol brasileiro tem se tornado? Prova disso é que a Athena’s e-Sports acaba de lançar seu programa de sócio torcedor batizado de Exército de Athena. O objetivo é acelerar o crescimento da operação do time através de um programa que possui seis níveis diferentes de apoio.

Batizados seguindo a tradição da hierarquia militar ateniense, os níveis de apoio têm nomes gregos e cada grau possui uma insígnia exclusiva, desenvolvida especialmente para o programa Exército de Athena. Tal como ocorre em programas de sócio torcedores em times de futebol, os valores variam conforme o desejo do torcedor. Eles variam de R$ 5,00 a R$ 250,00 e são repletos de recompensas especiais.

De Athinaíos, cidadão ou cidadã em grego aPolémarkhos, maior patente do exército ateniense e que significa Senhor(a) da Guerra, torcedores e fãs da organização poderão escolher o nível que mais se encaixa baseado no investimento e nas recompensas oferecidas. Com o crescimento da comunidade e devido a identificação com a bandeira levantada pela Athena’s e-Sports, vários fãs e torcedores entraram em contato com a organização pelas redes sociais perguntando como poderiam apoiar o desenvolvimento da equipe e, atenta aos feedbacks, a Athena’s e-Sports desenvolveu o programa Exército de Athena.

De acordo com as Athena’s, todo o dinheiro arrecadado com o financiamento coletivo será investido na organização. Estão contemplados investimentos em bootcamps, participação em campeonatos, contratação de novos profissionais, expansão para novas line-ups e novos conteúdos como streams e vídeos.

Fundada em novembro de 2018, a Athena’s e-Sports é uma organização profissional e feminina de esportes eletrônicos que atua na modalidade League of Legends. Por meio de uma seletiva que contou com quase 600 inscritas e teve uma final presencial na cidade de São Paulo em dezembro do ano passado, a organização anunciou recentemente a sua line-up principal que irá defender a camisa em 2019.

Para saber mais sobre o novo programa de sócio torcedor e sobre as Athena’s, basta acessar o site dessas guerreiras.

Campus Party 2019 realiza Liga Nacional de e-Sports Amador

Em fevereiro a cidade de São Pualo sediará a A Campus Party Brasil 2019, maior imersão tecnológica em Internet das Coisas, Blockchain, Cultura Maker, Educação e Empreendedorismo do mundo, em parceria com a eRabbitbt e a Rádio Geek. O evento será realizado no Expo Center Norte e tem como chamariz ser a primeira etapa da liga amadora de eSports dos jogos DOTA e Counter Strike: Global Offensive.

De acordo com os organizadores, as competições terão etapas regionais, com a final nacional no início do próximo ano na #CPBR13. O vencedor da final nacional é classificado automaticamente para disputar a final mundial da liga amadora na Campus Party Estados Unidos.

“Se antigamente o sonho da garotada era ser jogador de futebol, hoje, o jovem quer ser jogador de eSport. E por ter total relação com a Campus Party, decidimos realizar uma liga amadora em que temos como objetivo torna-la a maior do país. Vamos aproveitar as edições regionais para a realização de seletivas, com a grande final acontecendo no próximo ano em São Paulo”, explica Tonico Novaes, diretor geral da Campus Party Brasil.

Os dois jogos que terão campeonatos nacionais são: DOTA2 e Counter-Strike: Global Offensive. As inscrições vão até quarta-feira 30 de janeiro no site. Na edição nacional, que ocorrerá entre 12 e 17 de fevereiro, em São Paulo, ainda ocorrerão disputas de ARTIFACT.

Campeonatos com etapas online

Serão realizadas duas qualificatórias para o campeonato de CS:GO. Uma no dia 2 de fevereiro e outra no dia 3 de fevereiro. O campeonato presencial ocorre nos dias 13, 14, 15 e 16, na área OPEN – espaço aberto ao público e gratuito da #CPBR12.

 

Palestras e atividades sobre games

Além das atividades, a Campus Party conta com a Arena, espaço dedicado para quem comprou ingresso para a Campus Party Brasil, os apaixonados por games encontrarão um palco com palestras voltadas para esse universo. Além disso, na Academia Gamer, ocorrerão os painéis, com palestras e workshops especialmente voltados a quem trabalha ou deseja trabalhar com games, nas mais diferentes funções como design, desenvolvedor, marketing, entre outros. E para quem quer apenas se divertir, a área Free Play terá computadores, televisores e videogames para quem quer apenas se divertir! Para conferir a agenda completa de palestras.

Os ingressos para a Campus Party já estão disponíveis na plataforma. O valor do ingresso para todos dias é de R$ 350,00.  Para interessados em ingresso e camping individual, o valor é de R$ 430,00. Para ingresso e camping duplo o valor é de R$ 440,00 por pessoa.

 

Serviço Campus Party Brasil – 12ª edição

Arena: de 12 a 17 de fevereiro

Open Campus: de 13 de a 16 de fevereiro

Local: Expo Center Norte

Counter Strike – Globo e Globosat fecham parceria para trazer a BLAST Pro Series ao Brasil

Um dos jogos do cenário e-Sports mais bem sucedidos da atualidade é Counter Strike: Global Offensive, afinal é um dos que mais movimenta dinheiro em torneios pelo mundo e suas partidas sempre atraem uma legião de expectadores. Ciente de todo este potencial, a Globo e a Globosat firmaram uma parceria para o desenvolvimento e ampliação do BLAST Pro Series no Brasil. O objetivo é desenvolver o cenário brasileiro de CS.

Para isso, a Globo e Globosat incluíram a cidade de São Paulo como uma das sedes fixas no calendário da maior competição de CS, o BLAST Pro Series, torneio internacional que reúne os melhores jogadores de Counter Strike do mundo. Esta parceria é fruto de um acordo como a empresa dinamarquesa RFRSH Entertainment, que garante a realização anual da etapa brasileira na cidade de São Paulo. De acordo com os organizadores, a etapa brasileira acontecerá no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, nos dias 22 e 23 de março, abrindo o calendário mundial do torneio.

A lendária equipe brasileira MIBR vai jogar em casa com sua line-up que inclui os jogadores Marcelo “coldzera” David, Gabriel “FalleN” Toledo, Epitácio “TACO” de Melo, Fernando “fer” Alvarenga e João “FELPS” Vasconcellos. Com o acordo, os canais SporTV e Sportv.com transmitirão, ao vivo, todo o campeonato. Haverá cobertura multiplataforma do torneio na programação da Globo, do e-SporTV e do SporTV.com.

Leandro Valentim, head de Novos Negócios da Unidade de Esporte do Grupo Globo.

Além de passar por São Paulo, a BLAST Pro Series 2019 está confirmada que passará por Miami, em abril, e Madri, em maio. A quinta temporada do BLAST Pro Series, que atualmente é transmitida para mais de 130 países, promete estabelecer um novo padrão para o entretenimento de eSports ao vivo, online e na TV.

“Estamos muito felizes em anunciar essa parceria com a RFRSH Entertainment para promover, realizar e transmitir o BLAST Pro Series no Brasil. É mais que uma competição com os melhores do mundo, é um espetáculo de entretenimento. Será o maior evento de eSports do ano, e o melhor é que será anual. CS:GO é um dos games mais consumidos no mundo e no Brasil, faz parte da nossa estratégia apoiar no desenvolvimento e profissionalização das competições no país. A partir do BLAST, queremos dar visibilidade aos talentos brasileiros e promover novas competições de CS em cenário nacional”, analisa Leandro Valentim, head de Novos Negócios da Unidade de Esporte do Grupo Globo.

As vendas de ingressos para o BLAST Pro Series em São Paulo serão abertas ao público no dia 1º de fevereiro, pelo site do evento.

Temporada 2019 de League of Legends começa no dia 23 de janeiro

Amanhã (23/01) começa a nova temporada de League of Legends! Para comemorar a nova fase, a Riot preparou uma série de novidades, tais como novos campeões, novas skins (e o retorno de outras, a pedido popular), graphic novels e novas histórias, músicas, locais dos eventos de Esports e muito mais. A intenção é manter o título no topo dos jogos mais populares do mundo dos e-Sports.

A partir do dia 24 de janeiro, os jogadores já poderão fazer suas MD10 para descobrir em que elo vão jogar a Temporada. Para 2019, as ranqueadas serão atualizadas e passarão por várias mudanças – confira os detalhes aqui – incluindo recompensas por divisão, camadas adicionais nas top e bot lanes e nas badges classificatórias, entre outras. Neste ano, os invocadores ainda podem esperar pelo Festival Lunar e o tão esperado retorno do ARURF.

Para comemorar a nova temporada de League of Legends, a Riot acaba de lançar um vídeo com a música-tema “Awaken”, em parceria com a cantora Valerie Broussard, cujas músicas fazem parte da trilha sonora de várias séries de sucesso, incluindo Lúcifer e O Mundo Sombrio de Sabrina. A canção está disponível nas plataformas de música (Spotify, Apple Music, iTunes, GooglePlay, Deezer).

Todos os detalhes acerca das novidades da Temporada 2019 serão divulgados nos próximos dias nos canais oficiais de League of Legends no YouTubeTwitter e Facebook.

Tencent Games divulga calendário para a 3ª temporada da Valor Series de Arena of Valor

Essa é para os fãs do MOBA mobile Arena of Valor: após o sucesso do evento Valor Series realizada em novembro de 2018 e que consagrou os times Nova e-Sports (campeã) e a brasileira Geo e-Sports (vice), a Tencent Games, organizadora do evento decidiu preparar uma segunda edição.

De acordo com a Tencent, o novo calendário vai reunir equipes da América Latina, América do Norte e Europa na busca por até U$ 65 mil em prêmios em dinheiro. A premiação total desta edição da Valor Series é de U$ 200 mil.

O formato permanece o mesmo das últimas temporadas: os times inscritos participam de uma classificatórias online, que começa no próximo final de semana, dias 19 e 20 de janeiro, e continua no seguinte, dias 26 e 27. É nesta etapa que serão selecionados os seis melhores times. A partir daí, as seis equipes competirão durante oito semanas consecutivas na modalidade de melhor de dois.

As partidas brasileiras serão transmitidas pela página oficial de Arena of Valor Brasil, aos sábados e domingos, em confrontos duplos, de 2 de fevereiro até 24 de março. As quatro melhores equipes de cada região avançam para os playoffs regionais. O local para os playoffs (semifinais e finais) ainda serão divulgados, porém acontecerão nos dias 6 e 7 de abril.

Algumas equipes já estão confirmadas nas classificatórias online, tais como a atual campeã latino americana, Nova e-Sports, paiN Gaming, INTZ, GeO e-Sports, ACE1. A inscrição é gratuita e aberta ao público. As equipes da América Latina já podem se inscrever no site do evento.

paiN Gaming, INTZ e Vivo Keyd podem garantir vaga na próxima fase da Superliga ABCDE nesta rodada

Este final de semana será bem movimentado para os fãs de eSports, pois os tradicionais times paiN Gaming, INTZ e Vivo Keyd estão próximas de garantir vaga na próxima fase da Superliga ABCDE nesta rodada. Esta é a penúltima rodada e ela pode determinar as primeiras equipes classificadas para a etapa final do campeonato com uma partida de antecedência.

Com 100% de aproveitamento até o momento, INTZ, paiN Gaming e Vivo Keyd estão perto de confirmarem seus lugares entre as quatro melhores participantes desta edição do torneio, que acontece nos estúdios da BBL, em São Paulo.

O primeiro duelo será entre segunda e terceira colocadas do grupo B: paiN e Redemption medirão forças a partir das 18h, em um confronto direto pelas primeiras posições. Depois, IDM Gaming e Operation Kino jogarão para acabar com seus jejuns de vitórias na competição. A IDM conta com o atleta revelação do prêmio CBLoL 2018, Ruan “Anyyy” Silva, para buscar seus primeiros pontos, mas as duas já não têm mais possibilidades de avançar na Superliga.

A classificação atual

No sábado (1), a Team oNe enfrentará o INTZ, enquanto a ProGaming encara a Falkol. Os quatro times ainda têm chances de passar de fase, com destaque para os Intrépidos, atuais campeões e que já somam três triunfos nesta segunda edição da ABCDE.

A rodada se encerrará com um importante encontro entre Santos e Vivo Keyd, duas primeiras colocadas do grupo A. Se vencer, a VK garante a vaga e possivelmente a liderança da chave. Derrotada em seu compromisso anterior, a CNB e-Sports precisa se recuperar contra a Bulldozer para evitar uma queda precoce e chegar à última rodada lutando por um lugar nas semifinais.

O público poderá acompanhar as informações sobre a competição nos canais da Superliga ABCDE no Facebook, Twitter, YouTube, Twitch, Cube e Nimo TV. A premiação total da competição é de R$ 100 mil.

 

Confira os confrontos da quarta semana da ABCDE:

Sexta-feira (30/11) – Redemption x paiN Gaming e IDM Gaming x Operation Kino

Sábado (1/12) – Team oNe x INTZ e ProGaming x Falkol

Domingo (2/12) – Santos x Vivo Keyd e CNB e-Sports x Bulldozer

Cinco passos para você se tornar um cyber atleta de sucesso

Você já teve a curiosidade de saber o que faz com que alguns atletas se deem bem na carreira enquanto que outros mais habilidosos caiam no esquecimento? E não, não estamos falando de empresários. Hoje vamos enumerar cinco passos que podem te tornar um atleta bem sucedido e o destacar dos demais. Se você sonha em ser um cyber atleta de League of Legends, Counter Strike, FIFA ou Clash Royale, este texto é para você.

Confira abaixo cinco para se tornar um cyber atleta  de sucesso:

Respeito acima de tudo

Esta máxima vale para qualquer profissional, trate as pessoas da mesma forma que gostaria de ser tratado. No mundo dos jogos eletrônicos já houveram casos de cyber atletas e até managers já foram demitidos por desrespeitar colegas de equipe, adversários ou mesmo os fãs. Ninguém quer trabalhar com quem só quer saber de zoar os colegas. Veja um time de futebol profissional, por exemplo, se o desrespeito impera no vestuário, logo começam as brigas, e isso afeta o desempenho dentro de campo. Diz-se que o elenco está rachado.

O mesmo vale para um aspirante a cyber atleta: se há desavenças entre colegas de equipe, a comunicação fica prejudicada e as coisas começam a refletir nas partidas. De acordo com Luiz Eduardo Cavalcanti, sócio-fundador da VPSLeague, principal liga virtual de futebol profissional do Brasil, todos os atletas de futebol virtual devem saber que a diversão e o respeito caminham lado a lado.

“Para que se tenha uma participação produtiva, é preciso compreender que a diversão é organizada e baseada em pilares fundamentais como amizade, respeito e muita dedicação. Essas características são básicas para todo jogador. Muitas vezes, não é o nível de habilidade que a equipe atinge no jogo que define o profissionalismo, mas sim o grau de maturidade entre os atletas do clube”, diz Cavalcanti.

 

Disciplina e postura

A rotina é inerente a uma carreira de sucesso. Naturalmente as pessoas apresentam variações de humor todas as semanas e é ai que o cyber atleta deve saber se portar. Cumprir as rotinas de treino e respeitar os horários de treino são fundamentais, independentemente de seu estado de espirito. Afinal, o que o time pode esperar de um profissional que não possui disciplina para treinar?

“Muitos times definem rotinas de treinos táticos e técnicos que acontecem com periodicidade, que podem ser diárias. Nesse quesito, pontualidade, dedicação e esforço para evolução técnica são requeridas. Em caso de ausência, o jogador virtual precisa notificar a sua equipe. A postura também é refletida dentro do jogo. Se não estiver jogando bem, o jogador pode perder a vaga de titular. Se estiver treinando bem pode ganhar a vaga de titular. Jogar com seriedade também é condição básica”, complementa Luiz Cavalcanti.

 

Siga as orientações táticas e respeite sua posição

Imagine a cena: um time profissional de LoL chega até as final do CBLoL e a vitória esta próxima. Empolgado pela perspectiva de sagrar-se campeão e afoito para acabar a partida rapidamente, o ADC do time abandona sua posição e resolve atuar como Jungle. O que se vê a partir daí é o time perdendo a tática e logo a estratégia treinada por meses a fio se transforma em um exemplo de “salve-se quem puder” e o título acaba perdido. Manter a inteligência emocional ajuda o bom atleta a manter o padrão de jogo e pode te render louros no futuro. Não estamos dizendo que seguir um esquema tático é garantia de vitória sempre, mas isto diferencia equipes com padrão daquelas que jogam sem nenhum esquema.

De acordo com Luiz Cavalcanti, “Se a sua posição designada no esquema do time é, por exemplo, a lateral-direita, é importante respeitar e não mudar de posição durante a partida. Se o jogador sentir que as suas habilidades podem ser melhor utilizadas em um esquema diferente, cabe ao treinador da equipe definir. Não sendo o caso, atenha-se as orientações táticas e respeite sua posição”.

 

Tenha paciência e evolua na modalidade

O sol nasceu para todos. Leve este mantra consigo e vá evoluindo suas habilidades. Se você for bom mesmo algum “olheiro” ira notar suas qualidade. Você só não pode desistir se este for mesmo seu sonho. No ramo dos jogos digitais muitos cyber atletas de ponta são encontrados por acaso. Mas não espera as coisas caírem do céu. Esforço é essencial para todo profissional bem sucedido.

“Jogue, treine e evolua. Assim como no esporte real, o postulante pode se oferecer, procurar por anúncios feitos pelos clubes ou aguardar o contato de team managers que buscam novos talentos. Por isso, participar de comunidades virtuais do esporte é importante”, comenta Luiz.

 

Seja um apoiador da comunidade

Luiz Cavalcanti, da VPS League

Há alguns anos as pessoas diziam que os eSports jamais seriam respeitados. De acordo com elas, um bando de moleques jogando videogame não poderia atrair audiência e patrocinadores da mesma forma que o futebol, o vôlei ou o automobilismo. Hoje vemos que finais de campeonatos de eSports sacodem a internet e os torneios giram milhões de dólares em todo o mundo. Mesmo que você não esteja ainda na posição de cyber atleta, você pode contribuir com o eSports simplesmente assistindo e divulgando seu time de coração. É assim que os times grandes como PaiN Gaming, INTZ e Red Canids se tornaram tão famosos: com a ajuda de seus fãs.

“A responsabilidade de um jogador virtual não é apenas individual, mas também coletiva. A profissionalização passa também pela difusão de uma boa imagem da comunidade, com a atração de espectadores para prestigiar o espetáculo de duas equipes profissionais jogando futebol virtual em alto nível. A evolução da modalidade Pro Clubs, como um e-Sport, ainda vai nos trazer muitos frutos. Com uma comunidade unida, o interesse de marcas e investidores, que já vem ocorrendo, deve crescer ainda mais”, finaliza Luiz Cavalcanti, sócio-fundador da VPSLeague, principal liga virtual de futebol profissional do Brasil.

Você consegue mais dicas através de um artigo do Leo De Biase, CEO da ESL Brasil, sobre o cenário de eSports no Brasil.