Arquivo da tag: Conferência

E3 2018 – Conferência da Sony mostra porquê a empresa é líder mundial no mercado de jogos eletrônicos

A última das conferências da E3 foi realizada pela Sony (a Nintendo fez apenas um Direct). Líder absoluta do mercado de jogos eletrônicos, a Sony poderia dar-se ao luxo de apresentar apenas os mesmos jogos que já haviam sido mostrados anteriormente. Entretanto a empresa japonesa fez mais que isso, revelando jogos arrasadores e que parecem levar o PS4 ao limite.

Títulos como The Last of Us II, Nioh 2 e o apoio irrestrito aos parceiros mostram a força da marca Playstation e justificam a posição atual da Sony. Já os novíssimos Ghost of Tsushima e Spider-Man servem para provar que o PS4 é a casa das novas IPs mais desejadas da atualidade. Se depender dos esforços da Sony, os jogadores podem esperar por uma leva de jogos imperdíveis.

The Last of Us II

Um dos títulos mais bem avaliados de todos os tempos é The Last of Us. O game da Naught Dog foi tão bem recepcionado que a Sony até remasterizou o título para o PS4. Porém a comunidade almejava por algo novo, que fizesse jus ao poderia tecnológico do PS4 e assim a ideia de uma sequência tornou-se cada vez mais crível.

A apresentação da Sony na E3 começou justamente com Gustavo Santaolalla tocando o tema do primeiro game em um banjo. Ainda que a introdução gerasse estranheza, serviu para animar o público para o que viria. Em seguida rolou uma gameplay de The Last of Us pt II, em que vimos as habilidades furtivas de Ellie em um ambiente sombrio e repleto de inimigos.

Um dos detalhes mais comentados de todo o vídeo relacionado à TLoU II é o beijo gay que Ellie dá em outra garota. Muitas pessoas estão parabenizando a Naught Dog pela ousadia, enquanto outros acusam a produtora de apelativa. Sobre a jogabilidade em si, podemos ver que o stealth é a grande sacada do jogo e que a dificuldade será ainda maior que no primeiro game. A impressão deixada foi extremamente positiva.

Ghost of Tsushima

Este game era uma grande incógnita desde que a Sony começou a falar dele e após a apresentação em Los Angeles a impressão foi a que estamos prestes a ver uma obra de arte em forma de videogame ganhar forma. Trata-se de um jogo de ação em mundo aberto em que samurais se enfrentam em ambientes belíssimos.

A parte que mais chama atenção é o esmero com que os cenários foram feitos. Os efeitos de luz/sombra, os detalhes nas folhas e nas pedras ao redor são absurdos. Os personagens não ficam muito atrás, demonstrando uma riqueza de detalhes e expressões faciais realistas. Não é exagero dizer que este é um dos games mais bonitos que já vimos.

Sobre a jogabilidade em si, podemos dizer que há algo de influência de The Witcher 3 e Dark Souls. Sim, os combates demandam certa estratégia. A desenvolvedora deste trabalho é a Sucker Punch, os mesmos responsáveis por Infamous, então você pode esperar um jogo divertido e cheio de reviravoltas.

Control é o retorno da Remedy

Quem também aproveitou o espaço da Sony na E3 foi a Remedy e a 505 Games, desenvolvedora de Alan Wake, Max Payne e o mais recente Quantum Break. Este último, aliás, parece ter influenciado bastante nas mecânicas de jogo. Aqui você pode esperar muita troca de tiro e manipulação de objetos e poderes paranormais.

De acordo com o roteiro já divulgado, o jogador entra no papel de Jesse Faden, a jovem diretora da agência Control. Infelizmente as coisas começam a ir mal quando o prédio é dominado por forças sobrenaturais. Cabe a Jesse descobrir o que está ocorrendo e retomar o controle do prédio. O game tem lançamento para PS4, Xbox One e PC, porém sem data definida de lançamento.

Resident Evil 2 Remaster ganha trailer e data de lançamento

O trailer que a Capcom levou não mostrou muito de como será o jogo, mas o pouco revelado já serve para inferir algumas coisas. A primeira e mais importante: o jogo não será apenas um tapa gráfico, mas um jogo completamente novo, com novos gráficos, mecânicas de jogabilidade, e controle. A câmera, por exemplo, fica posicionada atrás do ombro dos personagens, como em Resident Evil 4.

Outro detalhe importante é que o título parece mais sangrento que o original e até mais assustador. A melhor coisa mesmo é que os jogadores não terão de esperar muito para colocar as mãos no produto: o lançamento é previsto para 25 de Janeiro de 2019. Mais detalhes devem ser revelados em breve.

Piratas do Caribe aparecem em Kingdom Hearts 3

A franquia estrelada pelo Capitão Jack Sparrow estará em Kingdom Hearts 3. Pelo menos foi isso que o novo trailer mostrou. Os dois universos já haviam se encontrado em KH 2, desta vez, porém, o avanço gráfico das plataformas garante avatares mais estilizados de Jhonny Depp, Orlando Bloom e Elizabeth Swan. Sim, o nível de detalhes é impressionante. Além disso, o trailer revelou que haverão batalhas entre navios à lá Assassin’s Creed IV Black Flag.

Death Stranding está no nível de qualidade que se espera de Kojima

Um dos jogos mais esperados nesta E3 era Death Strading. Motivos? Tem Hideo Kojima, Norman Reedus e Guillermo Del Toro na produção. Como se não bastasse, Kojima tem toda a liberdade criativa para fazer as coisas a seu modo, de uma maneira que não seria possível na Konami.

Durante o evento americano, pudemos ver um pouco do gameplay e foi possível inferir algumas coisas: o mundo de jogo é enorme, haverão momentos até assustadores e a trama deve contar com muitos mistérios e tensão (além de viagens no tempo). Podemos apostar que este será um dos melhores jogos do Playstation 4 até o final de sua vida últil.

Nioh 2 está confirmado

A Koei Tecmo está dedicada a mudar sua imagem no mundo dos jogos e se posicionar como uma das produtoras mais sérias do mundo. Para isso, a empresa está apostando alto em suas franquias mais bem sucedidas. Após surpreender a todos com o anúncio de Dead or Alive 6, a empresa apresentou um vídeo da sequência de Nioh, jogo ao estilo Dark Souls ambientado no Japão feudal.

A produção está a cargo da Team Ninja e pelo pouco que foi mostrado deu para sacar que o protagonista do jogo anterior. Isto é um indicativo de que talvez sejam contada uma história de outra lenda japonesa envolvendo samurais. O 1º game foi inspirado em um roteiro inacabado de Akira Kurosawa, um dos cineastas mais importantes do Japão.

Spider-Man pode ser um dos melhores games de heróis de todos os tempos

Este foi o momento incontestável da conferência da Sony, certo? O gameplay apresentado foi digno de elogios de toda a imprensa e do público. Também pudera, o game está lindo, as cenas de ação são extasiantes e a Nova York parece deveras realista. Deu para perceber que muitos inimigos farão participações e que o aracnídeo não terá vida fácil.

Em alguns momentos, Spider-Man lembrou bastante da liberdade que vimos no clássico Spider-Man 2, do PS2. Felizmente não será necessário esperar muito para colocar as mãos nesta joia. A Insomniac garantiu o lançamento para setembro.  O vídeo abaixo encerrou a apresentação da Sony na E3, deixando uma ótima impressão.

Os jogos apresentados estão em um nível muito alto e o grafismo dos exclusivos mostra que a plataforma ainda tem muito que oferecer antes do lançamento do Playstation 5. Ainda que tenha apresentado menos jogos que a concorrência, os títulos mostrados certamente segurarão bem as pontas para a empresa japonesa.

E3 2018 – Microsoft realiza a melhor conferência de sua história. Variedade e games de alta qualidade anima os jogadores

Meses antes da E3 2018 a Microsoft alardeada aos quatro ventos que estava preparando a maior E3 de sua história. De acordo com a empresa de Redmond, os jogadores poderiam esperar por uma tonelada de novos jogos de alta qualidade. Promessa é dívida: a empresa americana cumpriu com louvor sua missão. Foram muitos jogos mostrados em sequência.

A impressão que tivemos é que duas horas foi pouco para a tonelada de jogos apresentados. Se havia desconfiança em relação ao Xbox para este ano e início de 2019, esqueça. O console corre a passos largos a se tornar uma plataforma essencial para apreciadores de games. E some-se a isso o fato de o Xbox One X ser a plataforma mais poderosa do mercado.

Confira abaixo o resumo da conferência da Microsoft na E3 2018:

Halo 6

A Microsoft resolveu começar sua conferência chutando a porta com o anúncio de Halo Infinite. A 343 Industries não deu muitos detalhes da trama, mas pelo curto vídeo, sabe-se que Master Chief está de volta em uma missão para salvar a humanidade. O trailer mostra os Spartans em um planeta com bastante vegetação, parecido com a Terra. O grande detalhe é que o game faz uso de uma nova engine chamada Slipspace. Ainda não há data de lançamento, nem gameplay.

Ori and the Will of the Wisps

Após Phil Spencer subir ao palco para falar do novo direcionamento da Microsoft (agora dedicada aos jogos), foi a vez mostrar a sequência do belo Ori. Ao que o trailer mostrou, haverá uma variação interessante de cenários e parece que as condições climáticas devem influenciar na jogabilidade. O estilo artístico continua sendo o ponto alto de Ori.  Este parece ser compra certa.

Sekiro: Shadows Die Twice

A FromSoftware subiu ao placo para mostrar seu mais novo projeto denominado de Sekiro: Shadows Die Twice, um jogo ao estilo Souls com uma pegada Japão feudal. O nível de dificuldade deve ser bem alto, mantendo o legado da franquia Souls. As comparações com Nioh, da Team Ninja, devem ser recorrentes. Lançamento prometido para 2019 e a publicação fica a cargo da Activision.

Fallout 4 e Fallout 76

A Bethesda aproveitou seus preciosos minutos dentro da conferência da Microsoft para falar de seus dois novos jogos: Fallout 76 e Fallout 4. O primeiro será uma prequela para todos os outros jogos da série. O vídeo não mostrou quase nada, mas serviu para colocar a comunidade de fãs em estado de hype. Já Fallout 4 chegou hoje (10) para os felizardos usuários do Xbox Game Pass.

Captain Spirit

Uma surpresa e tanto guardada durante a conferência da Microsoft foi o trailer de Captain Spirit, um jogo no mesmo universo de Life is Strange. O game acompanha as aventuras de uma criança bastante imaginativa. A boa notícia: o game chega já no dia 26 de junho gratuitamente para PC, Xbox One e PS4.

Crackdown 3

Um dos trailers com mais ação foi Crackdown 3. O trailer mostrou o gameplay do jogo com a versão digitalizada de Terry Crews. Ao que parece haverá muita ação, veículos, armas improváveis e explosões. De acordo com a Microsoft, o game chega em 2019. Esperamos que não ocorram novos adiamentos.

Vários jogos multiplataformas

Os usuários do PS4 já não podem incluir Nier Automata em suas listas de exclusivos. Sim, o game foi anunciado para o Xbox One e chega já no dia 26/06.

Outro peso pesado a entrar no catálogo da plataforma é Metro Exodus. O game não é uma novidade, mas desde seu anúncio, a comunidade aguarda ansiosamente. O vídeo mostrou cenas de gameplay, onde pode-se ver algo de stealth, zumbis e diversos inimigos.

Logo em seguida surgiu o esperado Kingdom Hearts 3, da Square-Enix. Esta é a primeira vez que um jogo da franquia chega à plataforma da Microsoft. A novidade é a adição do mundo de Frozen, Detona Ralph, Enrolados, Monstros S.A e Toy Story. Todos esses mundos são relativamente novos, mostrando que a franquia está buscando se reinventar. O lançamento foi marcado para 29 de janeiro de 2019.

Sea of Thieves recebe nova DLC

Depois de mostrar todos esses títulos multiplataformas, a Microsoft abriu espaço para a Rare revelar as duas novas expansões de Sea of Thieves: Cursed Sails e Forsaken Shores, que chegam em setembro e devem suprir as principais críticas do game, ou seja, mais missões, ambientes, inimigos etc.

Forza Horizon 4

Finalmente tivemos um trailer de Forza Horizon 4 e a data de lançamento para outubro deste ano, com lançamento simultâneo no Game Pass. O game terá ambientação na Europa, ao invés do Japão, conforme rumores sugeriam. Pelo que deu para notar, haverão diversos veículos inéditos, como motos, submarinos e a MacLaren. Este promete ser um dos maiores lançamentos do ano e contará com gráficos belíssimos.

Novos estúdios assimilados pela Microsoft Game Studios

Alguns vazamentos ja adiantavam que a Microsoft saiu às compras a fim de fortalecer sua posição como desenvolvedora de games e fazendo frente aos concorrentes Sony e Microsoft.  Foi anunciado cinco novos estúdios integrados ao Microsoft Studios, sendo eles The Initiative (baseado em Santa Monica); Playground Games (os criadores de Forza Horizon); Undead Labs (State of Decay); a Ninja Theory (Hellbade); e a Compulsion Games (criadores de We Happy Few).

The Division 2 está espetacular

Um dos grandes jogos da Ubisoft nos últimos anos foi The Division. A empresa mantém apoio à franquia com o segundo título da franquia. O jogo foi apresentado em gameplay e com uma ambientação mais colorida. The Division 2 chegará a 15 de Março de 2018 e quem quiser pode participar da fase beta ainda em 2018.

Shadow of the Tomb Raider para coroar a melhor trilogia da década

Depois foi a vez da Crystal Dynamics mostrar a nova entrada de Tomb Raider. O título deve manter a mesma pegada dos dois anteriores, mostrando a Lara em desafios em ambientes urbanos e tropicais.  Os visuais estão incríveis e Lara ainda vai sofrer bastante.

E tome mais jogos emocionantes

Primeiro foi a vez de mostrar a nova IP Session. Este game é exclusivo para o Xbox e é já visto por muitos como sucessor espiritual da franquia Skate. Você poderá fazer manobras em cidades e parques. Depois foi a vez da Microsoft mostrar um vídeo do MMORPG Black Desert. Ele está muito bonito e promete bastante ação e aventuras por um mundo vasto.

Para coroar a noite de gala, a Microsoft mostrou um teaser de Devil May Cry 5. O game era sonho antigo da comunidade e vai mostrar Dante em batalhas avassaladoras contra demônios terríveis e bosses gigantescos. O jogo ainda conta com o retorno dos personagens Nero e Dante.

Chuva de conteúdo para Xbox

Cuphead ganhará um conteúdo exclusivo através de DLC. O game é um dos mais bem sucedidos do Xbox nos últimos anos.

Logo na sequência a Microsoft mostrou o trailer de Tunic, um RPG de ação claramente inspirado na franquia Legend of Zelda. Ele será exclusivo para Xbox e PCs.

Outro game que deu o que falar foi Jump Force. O game vai unir personagens da revista Shonen Jump em lutas devastadoras. O game tem um estilo gráfico mais realista do que as entregas mais tradicionais da Bandai Namco. Pode contar com a participação de lutadores das franquias Dragon Ball, One Piece, Naruto e até Death Note.

Dying Light 2

Dying Light 2 apareceu para alegria dos fãs de jogos de zumbis. O game não recebeu muitos detalhes, mas sabe-se que as escolhas que o jogador faz na campanha terá consequências no mundo do jogo. O game recebeu até mesmo um trailer gameplay, que serviu para provar que os poucos deslizes do primeiro game foram superados.

O retorno de Battletoads

A Microsoft prometeu o retorno de Battletoads para 2019, ainda sem detalhes, nem gameplay, nem detalhes adicionais. O anúncio serviu para tirar lágrimas dos jogadores mais saudosistas.

Just Cause 4 está lindo

Na esteira de Battletoads, a Microsoft já enganchou um trailer de Just Cause 4. O mundo de game parece extremamente caótico e as missões devem envolver diferentes veículos e movimentos improváveis.

Overdose de Gears of War

A Microsoft resolveu apostar pesado na franquia Gears. O primeiro foi Gears Pop, um jogo de celular mais simples e com personagens ao estilo funko. Uma mudança drástica para quem está acostumado com os personagens abrutalhados da franquia.

Mas as coisas não pararam aí, o teaser era uma brincadeira para depois apresentar Gears Tactics, um RTS para PCs. Os esquadrões serão customizáveis, haverão diversas armas e chefões gigantescos. Mais um bait para a cereja no bolo.

O verdadeiro jogo da noite é Gears 5, que coloca o jogador no comando de Kait, uma soldado altamente treinada e destemida. Os poucos minutos do gameplay serviram para mostrar que o trabalho gráfico está primoroso e haverá diversos ambientes. Um detalhe importante: os personagens estão mais realistas, fugindo do design malhado dos personagens anteriores.

Cyberpunk 2077 será o melhor game da CD Projekt RED

Antes de encerrar os anúncios, Phil Spencer subiu ao palco para anunciar que a Microsoft vai investir no serviço de streaming. O objetivo é trazer os jogos para os consoles, PCs e mobile. Em seguida a fala do executivo foi interrompida pelo trailer de Cyberpunk 2077. O game será ambientado em um Estados Unidos futurista, numa cidade chamada Night City. O trailer finalizou os anúncios da Microsoft em grande estilo.

Conferência BRVR 2016 traz a Realidade Virtual ao Mundo Real

Não há dúvidas de que a realidade Virtual é o futuro da indústria do entretenimento, em especial aos jogos eletrônicos. Agora é hora de mostrar que o Brasil também faz parte desse futuro. É justamente para mostrar que nosso país também faz pesquisa, produz e compete no mercado da Realidade Virtual, surgiu o BRVR, congresso que reúne profissionais e entusiastas da tecnologia.

O congresso será composto por palestras abertas ao público sobre linguagem e tecnologia e conta com exposição de empresas do mercado. O evento ocorrerá no dia 16 de Julho na FIAP, em São Paulo. Naturalmente que os óculos de realidade virtual não são tecnologia de hoje, visto que nos anos 90 a Nintendo já pesquisava essa interação com o Virtual Boy. Porém o fracasso do acessório colocou a Realidade Virtual em estado de hibernação desde então.

A tecnologia voltou com força total no mercado de entretenimento em 2012, depois que o jovem Palmer Luckey desenvolveu o Oculus Rift, um protótipo de acessório para visualizar games em primeira pessoa. Dois anos depois, a empresa foi adquirida pelo Facebook por 2 bilhões de dólares e, hoje, é o principal player impulsionando a nova onda da Realidade Virtual.

Agora o mercado mundial de Realidade Virtual (conteúdo digital em 3D interativo) e os vídeos 360 graus (vídeos gravados com câmeras especiais que captam imagens em todos os ângulos e o espectador consegue escolher qual ponto de vista assistir) estão extremamente aquecido. Tanto é que os grandes players do mercado como Samsung, Sony e Microsoft estão desenvolvendo seus próprios aparelhos de realidade virtual/aumentada. E não apenas isso, mas todos os países estão com suas produções a todo vapor e o Brasil surfa nessa onda também.

As palestras do BRVR abordam o tema da Realidade Virtual (VR) com bastante amplitude e profundidade: Abre-se o evento com um panorama cronológico sobre as Narrativas Interativas explanado pelo curador do evento Fabio Hofnik, depois há debates sobre produção de vídeo e de games em realidade virtual cujo mercado é enorme em todo o Mundo, outro tema abordado é o debate sobre diferenças entre plataforma de mídia e tecnologia; os melhores cases mundiais de VR serão exibidos ao público do auditório e por fim convidados dão suas opiniões sobre qual o futuro da Realidade Virtual nos próximo anos nacional e internacionalmente sob diversas óticas.

Alguns dos convidados especiais do BRVR são Ricardo Laganaro, diretor da produtora de cinema O2 e Orlando Fonseca, produtor de games para PC, que tem parte do seu time no Vale do Silício, em uma aceleradora de empresas de VR, produtores de conteúdo imersivo pioneiros como Felipe Coimbra e Rodrigo Cerqueira também participam dos debates do BRVR 2016 com outros colegas de profissão.

Além das palestras e debates no auditório, dezenas de empresas irão expor seus produtos, soluções e conteúdos, tanto em software quanto em hardware e equipamentos aos visitantes do congresso BRVR 2016. Deste modo, estão programadas exibições das de algumas das experiências mais imersivas em ambiente digital com Realidade Virtual para todo o público. Os interessados no Congresso podem adquiri os ingressos no site do evento, onde também é possível conferir toda a programação, expositores e palestrantes convidados.

Serviço – BRVR 2016 – Conferência de Realidade Virtual e Narrativas Imersivas

Quando: Dia 16 de Julho de 2016 – A partir das 09:00hs
Onde: FIAP – Av. Lins de Vasconcelos, 1222
Hotsite para Inscrição: https://credencial.imasters.com.br/brvr-conferencia-de-realidade-virtual-2016