Arquivo da tag: clássico

Inverta os lados em Space Spacy, jogo inspirado no clássico Space Invaders

Quem não se lembra do clássico Space Invaders? O game e praticamente um ícone do mundo dos games. Foi em homenagem a este jogo icônico que o desenvolvedor independente Henry Gosuen criou o game Space Spacy, um título que busca colocar o jogador no papel inverso do que estávamos acostumados em Space Invaders.

Em suma, você controla uma nave que está no topo do cenário e deve desviar dos tiros deflagrados por uma nave posicionada na parte inferior da tela. O objetivo é se aproximar do chão. Conforme as fases avançam, surgem chefões que  disparam tiros mais rápidos, mais devastadores e em maior quantidade. O jogador precisa de reflexos rápidos para sobreviver.

Para facilitar a vida do jogador, a nave possui uma barra de HP que lhe permite ser alvejada até duas vezes durante as fases. Quando isso acontece, todavia, ainda há uma chance de prosseguir na missão: o piloto fica vagando no espaço, dando ao jogador uma chance de agarrar qualquer coisa que passar de vassoura a tapete mágico, para ganhar mais um ponto de HP. Há também itens de auxilio como: bolhas de escudo e um relógio que diminui a velocidade das balas inimigas, além de um imã que atrai energia.

É como se Space Invaders fosse recriado com as técnicas e ideias de um desenvolvedor dos tempos modernos. O desenvolvedor, aliás, já havia lançado dois games para mobile: North Wind: Trill of Consciousness e o the trip. Space Spacy tem jogabilidade simples e belo acabamento, de modo que é uma boa opção para jogadores saudosistas. O download está disponível para Android e iOS.

Abaixo tem o trailer do game Space Spacy:

Bitstagram: aplicativo converte fotos em estilo de games clássicos

Quem não se esquece da arte pixelada da geração 8 bits, quando os desenvolvedores retratavam pessoas com as limitações gráficas da época? Pois bem, foi pensando nessa era que a Webcore Games lançou o aplicativo Bitstagram, uma ferramenta que transforma as fotos do usuário em 8 bits e compartilha o resultado nas redes sociais.

A ferramenta é uma homenagem aos videogames clássicos e é possível deixar suas fotos com aspecto gráfico em preto e branco para relembrar o Pong, ou adicionar a paleta de cores para ficar mais próximo ao Master System ou com as 256 cores do Super Nintendo.

O aplicativo possui 16 filtros e é bastante intuitivo para que o jogador possa colocar a si mesmo e o mundo ao seu redor em um ambiente de videogame clássico. Há suporte para postar as fotos facilmente nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. O Bitstagram não é afiliado a nenhum fabricante de consoles, sendo criado como uma homenagem as suas importâncias na história dos videogames.

O download é gratuito e, de acordo com a desenvolvedora, não há nenhum tipo de propaganda. Bitstagram está disponível na App Store, Google Play e Amazon. Mais informações no site da Webcore Games.

Abaixo está o trailer do aplicativo Bitstagram:

Balloon: game relembra a geração 16 bits

O game Balloon é um puzzle de aventura clássico lançado recentemente para iOS pelo desenvolvedor indie Rodrigo “Odig” Campos, que remete aos visuais clássicos de jogos clássicos da geração 16 bits.

O jogador toma o controle de Balloon, um caçador de tesouros que vê seu ouro ser roubado por seu irmão gêmeo Loon. O tesouro é de origem pirata e cabe ao herói e seu amigo Moonkey recuperar o tesouro pedido.

O game possui 90 fases divididas em seis mundos recheados de referencias de jogos dos anos 80 e 90. Durante as fases o jogador deve utilizar as mais variadas habilidades e poderes especiais que Balloon coleta em sua progressão.

O game tem toda uma história desenvolvida que explica as motivações dos personagens e como o protagonista Baloon tornou-se um caçador de tesouros habilidoso, mas com problemas para controlar seu vício em bebida e como seu irmão era ambicioso e planejava roubar o desejado tesouro. Ainda que a jogabilidade seja simplificada, o game não é e a trama promete bastante diversão.

A trilha sonora do jogo conta com 19 músicas composta pelo músico André Colares e os visuais do game assemelham-se vagamente Twinbee e a outros games de plataforma da era SNES. Baloon está disponível para download através da App Store pelo preço de US$ 1,99.

Abaixo está o trailer do game Balloon:

Mahjong Jogatina: Gazeus lança aplicativo para iOS e Android

Quem nunca conheceu o clássico Mahjong ? A Gazeus sabe que este é um dos jogos mais populares do mundo e por isso decidiu lançar uma versão digital do game para as plataformas iPhone, iPad, iPod Touch e dispositivos Android. Mahjong Jogatina chegou aos mercados gratuitamente fazendo companhia à outros jogos de sucesso como Buraco, Tranca, Paciência, Sudoku, Poker, entre outros da produtora.

O objetivo do game não mudou para a versão original, ou seja, você deve conectar pares idênticos e eliminá-los no menor tempo possível. Os acertos aproximam o jogador da contagem de três estrelas, e a pontuação de estrelas só sobe à medida que o jogador forma pares rapidamente.

O título destaca-se por sua jogabilidade rápida e desafiadora, além da apresentação divertida. A Gazeus não se conteve em apenas criar uma edição digital do famoso game, mas também adicionou novas funções como seis temas únicos, três tipos diferentes de peças e ferramentas de zoom que melhora a visualização. Ah, e é possível jogar com peças livres “acesas”, de modo a facilitar as combinações. Porém neste modo o jogador perde pontos.

Além disso, o game dá suporte a um sistema de ranking no Games Center do iOS e no Google Play. A ideia é criar um clima de disputa entre os usuários que jogam o game numa mesma plataforma. Mahjong Solitaire tem suporte a 24 idiomas (incluindo português), e mais de 800 fases em três níveis de dificuldade distintos.

E, como em qualquer app do Jogatina.com, o usuário pode jogar Mahjong Solitaire quantas vezes quiser. Basta fazer o download do game na App Store e também a versão Google Play. O time de criação pretende que o game possa ser apreciado por todos os tipos de jogadores, mesmo aqueles que consideraram Mahjong complicado demais.

Conhece o livro Magnetic Mahjong? Confira e compre um exemplar aqui.

Uma viagem ao mundo dos minigames eletrônicos

Você já ouviu falar no Electronic Handheld Games Museum? Nós ainda não conhecíamos esse site, que compila em uma formatação que parece saída diretamente de 1997, informações sobre games portáteis.

Mas, não são games portáteis de novas gerações, de gigantes como Sony e Nintendo. Na verdade, até existe uma entrada com títulos da Nintendo, mas apenas os mais antigos conhecerão os nomes que figuram ali, todos da série Game & Watch.

Quem viveu a era dos minigames eletrônicos portáteis vai adorar. Quem passou longe, vai poder conhecer um pouquinho mais de perto.

:: Visite agora o Electronic Handheld Game Museum

Sega relançará Sonic CD em 2011

A Sega avisou: Sonic CD, um dos mais icônicos games do porco-espinho mascote da companhia, será relançado.

Não será um remake, mas sim uma adaptação para as novas plataformas, que fará com que o game de 1993 chegue ao Xbox Live Arcade, à rede PSN, ao PC, ao iOS, ao Android e ao Windows Phone 7 até o fim de 2011.

Haruki Satomi, executivo da Sega, afirmou que o game trará todo o conteúdo do original, além da trilha sonora original japonesa. Agora é esperar para colocar as mãos em mais um clássico de peso!

[Via Next-Gen]

MDK 2 está pronto para Wii, versão para PC em produção

Os jogadores mais antigos devem se lembrar da série MDK, da Interplay. O bem humorado game de ação MDK 2, que coloca humanos e alienígenas lado a lado, está voltando para o Wii, via WiiWare.

A notícia não é tão recente. A novidade é que o game da IdeaSpark Labs foi aprovado pela Nintendo e em breve estará disponível para compra online.

O jogo utilizará o Wiimote para melhorar a jogabilidade da versão original. Quer mais? A IdeaSpark trabalha também em um remake em alta definição chamado MDK 2 HD, que ainda não tem previsão de lançamento.

Escale uma torre no desafiador game independente Kruunu

Kruunu é um game interessante, em que você controla uma criaturinha azul que precisa escapar de cenários escalando uma torre.

Para isso, você precisa pular e se agarrar nas paredes, repetindo o pulo. Parece fácil, mas as coisas vão ficando ligeiramente mais complicadas. Dominar a movimentação do herói não é o único desafio, e pouco a pouco outros obstáculos são apresentados, como inimigos, lanças e puzzles que exigem raciocínio rápido.

Os gráficos pixelados remetem aos videogames mais antigos, e o pequeno download convida todos os jogadores casuais a baixar e testar Kruunu.

:: Baixe o game agora

Vídeo mostra como cientista criou games que usam seres vivos

Dependendo da sua idade você já jogou muitas plataformas, mas a menos que você seja um cientista meio louco, você ainda não jogou como o bioengenheiro Riedel-Kruse.

Kruse, da Universidade de Stanford, criou uma forma de unir biologia e videogame, permitindo a um jogador controlar paramécias, organismos unicelulares, em games inspirados em clássicos como Pac-Man e Pong.

São quatro jogos recriados pelo cientista. E abaixo, você confere um vídeo em que o próprio conta como usa correntes elétricas para controlar as paramécias.

É ou não é estranho?

[Via BoingBoing]

Facebook ganha versão repaginada de tabuleiro clássico Cara a Cara

Lembra do game Cara a Cara, da Estrela? Aquele jogo de tabuleiro, disputado entre dois jogadores, em que eram feitas perguntas a respeito de uma fisionomia sorteada a fim de descobrir qual carta tinha sido pega por cada jogador?

Depois de 25 anos de seu lançamento, o game ganhou uma revisão importante: agora está disponível para a rede social Facebook, e usa as fotos dos usuários do perfil como motor para o jogo.

As regras são simples: as perguntas feitas devem ser respondidas apenas com sim ou não, e quem fizer as perguntas mais certeiras costuma chegar no resultado correto mais rápido.

Para quem quer ver como ficou a criação da DM9DDB, é só acessar a página do game.