Arquivo da tag: Campus Party

Edição comemorativa de 10 anos da Campus Party Brasil termina com mais de 750 horas de atividades

Após mais de 750 horas de atividade, chega ao fim a Campus Party Brasil 2017, o maior evento de tecnologia do país. A julgar pelos números disponibilizados pela organização, foi um enorme sucesso. Afinal foram mais de 8 mil campuseiros a passar pelos corredores do Pavilhão de Exposições Anhembi. Entre os destaques da edição desse ano estão a presença do cofundador do Netflix, Mitch Lowe, da cientista brasileira, Duilia F. de Mello, do muralista Eduardo Kobra, do desenvolvedor de games Grayson Chalmers, entre outros.

Outro destaque foi o The Big Hackathon, iniciativa em parceria com PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento), que tinha como objetivo desenvolver soluções tecnológicas para os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) propostos pela ONU, e também fomentar o empreendedorismo inovador. Houveram diversas palestras e workshops durante o evento, ocasião em que os visitantes puderam conhecer mais sobre ciência, tecnologia e até mesmo cultura pop.

campus-party“Estamos muito contentes com o resultado desses mais de nove meses de trabalho. Tivemos um retorno bastante positivo dos campuseiros que lotaram os palcos e participaram intensamente de todos os workshops e atividades propostas. Além disso, buscamos com sucesso nessa edição uma maior proximidade com os campuseiros, por meio de campanhas nas quais eles sugeriram conteúdos que entraram na programação oficial”, explica Tonico Novaes, diretor geral da Campus Party Brasil. “Além disso, a 10ª edição também recebeu um aumento de 73% no número de patrocinadores e parceiros em relação à edição passada”.

A CPBR10 também foi marcada pelo empreendedorismo. 160 startups participaram do programa Startup&Makers cujo objetivo é impulsionar e capacitar jovens talentos e empreendedores. De áreas distintas como, agronegócio, comunicação, educação, entretenimento, finanças, tecnologia, saúde e varejo, foram selecionadas e tiveram a oportunidade de apresentar seus produtos, encontrar talentos, testar mercados, aprender e ensinar para um público qualificado e ávido por curiosidades. Além disso, receberam mentorias, coaching e tiveram a oportunidade de conversar com investidores e diretores de grandes empresas presentes no evento fazendo negócios.

Outros destaques da Campus Party 2017

campus-party1A Open Campus, espaço gratuito e aberto ao público também foi um dos destaques dessa edição. “Dedicamos muita atenção para esse espaço, pois acreditamos que ele é uma vitrine para futuros campuseiros. Ainda não temos o número fechado de pessoas que estiveram presentes nos quatro dias de funcionamento da área, mas pelas estimativas, batemos o público esperado de 80 mil pessoas”, complementa Tonico.

Vale destacar ainda, que a Campus Party fechou uma parceria com a Prefeitura de São Paulo para ajudar as pessoas que estão em situação de desabrigo. Os campuseiros que tiverem interesse poderão doar suas barracas que serão encaminhadas para a programas de assistência da prefeitura. E sim, a edição 2018 já está mais do que confirmada!

TruckEscape – Primeiro Escape Móvel do Brasil é lançado na Campus Party

Os jogos de fuga, espaços temáticos onde os participantes ficam trancados e precisam desvendar enigmas em um determinado tempo para conseguir solucionar ameaças fictícias, já se tornaram bastante populares na cidade de São Paulo. Um dos estabelecimentos mais famosos é o Escape Time, que está utilizando sua expertise para elevar o nível dos jogos. Graças a uma parceria com a Truckvan, fabricante de unidades móveis, eles estão lançando o TruckEscape  – o primeiro Escape Móvel do Brasil  – na 10ª edição da Campus Party, maior evento de tecnologia, ciência e cultura do País.

De acordo com a organização, até 10 pessoas podem jogar no TruckEscape e os jogadores vão precisar de muita comunicação e controle emocional para resolver alguns enigmas dentro de 30 minutos. Em sua estreia na Campus Party, o TruckEscape ficará disponível, das 10h às 19h, no estande do Grupo Bandeirantes de Rádio, que fará sorteios para ouvintes, clientes e visitantes da feira poderem curtir a experiência. O tema da inauguração será “Missão Espião”, que simula salas de comando de famosos filmes de espionagem como os furgões da CIA e do FBI.

unnamed-4“A vantagem da unidade móvel é ir até o âmbito corporativo, evitando o deslocamento dos funcionários, gerando economia para as empresas que querem propor dinâmicas criativas para seus colaboradores e buscam um modo diferente de integrar e avaliar funcionários, além de selecionar profissionais.”, destaca Alcides Braga, sócio-diretor da Truckvan.

Segundo o diretor do Escape Time, Cláudio Santiago, a ideia deste novo modelo de negócio é adaptar a sala de acordo com cada evento e público. A ideia é utilizar o conceito para eventos fechados, como aniversários, casamentos, ações corporativas, eventos em shoppings, parques etc. O melhor é que de acordo com a intenção do contratante, a equipe do Escape Time pode adaptar o desafio para os resultados esperados, como trabalho em equipe, por exemplo.

 

Serviço – Inauguração do TruckEscape – 10ª edição da Campus Party Brasil 2017

Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi
Endereço: Avenida Olavo Fontoura, n° 1.209 – Santana – São Paulo – SP
Data: 31 de janeiro a 5 de fevereiro de 2017
Mais informações: http://brasil.campus-party.org/

Começa hoje a 10ª edição da Campus Party Brasil

Fãs de tecnologia uni-vos! Começa hoje a 10º edição da Campus Party Brasil, o maior evento de tecnologia, inovação e empreendedorismo do mundo. O evento ocorre no Pavilhão de Exposições do Anhembi e vai até o dia 5 de fevereiro, promovendo debates sobre novas tecnologias, ciência e as mudanças que as próximas gerações enfrentarão. A expectativa é que os campuseiros confiram as tendências do mundo tecnológico dos próximos cinco anos, além das novas soluções em inteligência artificial.

Além disso, em parceria com o PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento), a CPBR10 realizará este ano o The Big Hackathon, um desafio com 100 horas de duração que tem o objetivo de desenvolver soluções tecnológicas para os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) propostos pela ONU, e também fomentar o empreendedorismo inovador

A organização da Campus Party prevê que o Anhembi receba cerca de 90 mil visitantes, sendo 8 mil campuseiros, que terão acesso a mais de 700 horas de conteúdo e atividades que acontecerão praticamente 24 horas por dia. Além disso, o público poderá usufruir de uma internet com velocidade de 40GBps. A #CPBR10 ocupa os três pavilhões do Anhembi, ficando em uma área de 77,7 mil m² onde ficam instalados sete palcos – Entretenimento, Criatividade (Design e Mídias Sociais), Empreendedorismo, Inovação, Ciência e o Principal e outros dois palcos que contarão com as palestras sugeridas pelos campuseiros por meio da campanha – Vire um curador.

“Um dos grandes objetivos dessa edição é nos aproximarmos dos campuseiros criando uma verdadeira comunidade. Para isso criamos duas campanhas na internet uma que estimulava os campuseros a mandarem vídeos para nós contando com a Campus Party mudou a vida deles e outra que era para eles justamente sugerirem palestras e conteúdos para essa décima edição. O resultado dessas duas campanhas foi surpreendente o que mostrou que estamos no caminho certo para fazer dessa uma edição inesquecível para todos”, conta Tonico Novaes, diretor geral da Campus Party Brasil.

Uma novidade dentro da Arena é a Academia Gamer, espaço destinado para que os campuseiros aprendam técnicas e dicas de jogos com atletas e profissionais. “Sabemos que os e-sports estão conquistando um público cada vez maior no Brasil e, por isso, não poderíamos deixar de separar um espaço exclusivo para eles”, explica Tonico.

campus-partyEste ano a CPBR terá alguns desafios, entre eles o The Big Hackathon que ocorrerá em parceria com o PNUD com o objetivo de desenvolver soluções tecnológicas para 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) propostos pelo Programa das Nações Unidas. Uma comissão organizadora, formada por especialistas em hackathon e um grupo de curadores, será responsável pela escolha dos candidatos que já se inscreveram e montagem dos times. Mentores e especialistas de faculdades e do Sebrae também farão parte da equipe da Campus para auxiliar os participantes.

Open Campus

A área aberta e gratuita da CPBR funcionará entre 1 e 4 de fevereiro, das 10h às 20h. No espaço os visitantes poderão interagir com 14 simuladores, acompanhar a famosa Batalha dos Robôs, assistir ao primeiro Campeonato Brasileiro de Drones para profissionais, além de conhecer protótipos de trabalhos acadêmicos e startups com ideias inovadoras.  Uma novidade da área é o Espaço Fazedores onde makers ensinarão diversas habilidades construtivas como solda e marcenaria, por exemplo. Todas as palestras também poderão ser acompanhadas no site Campuse.ro via streaming e após o final do evento, as mesmas ficarão hospedadas no mesmo site. Para mais informações sobre a agenda do evento, acesse o site do evento.

Serviço: Campus Party Brasil 2017

De 31 de janeiro a 5 de fevereiro de 2017
Pavilhão de Exposições Anhembi
São Paulo- SP

Grayson Chalmers será um dos palestrantes da 10ª edição da Campus Party Brasil

A Campus Party 2017 já tem várias atrações confirmadas e uma delas é a palestra de Grayson Chalmers, Diretor de Outsourcing na Riot Games e desenvolvedor do famoso jogo Overwatch. A palestra promete contar segredos e curiosidades sobre o desenvolvimento deste game tão reconhecido. Nos últimos 13 anos Chalmers acumulou experiência como artista, animador, líder, ninja e diretor de desenvolvimento.

Em sua palestra na Campus, Chalmers explicará como os estúdios, entre eles Blizzard e Riot, exploram um mundo de artistas talentosos e desenvolvedores para criar alguns dos maiores e melhores jogos do mercado, além de como configurar, navegar e cuidar desse fluxo de trabalho de uma maneira eficiente e ética e gerir pessoas. Vale destacar que Overwatch venceu a categoria Game do Ano pelo The Video Game Awards (VGA) 2016.

A Campus Party Brasil ocorrerá entre 31 de janeiro e 5 de fevereiro no Centro de Exposições do Anhembi, em São Paulo. Além de Chalmers, que é também um dos talentos por trás de produtos e jogos como Area 51, DC Universe Online e Army of Two, também está confirmada a palestra do eco-aventureiro, conservacionista marinho e palestrante, Pete Bethune, e do muralista, Eduardo Kobra.

Os ingressos para a Campus Party já estão a venda, com venda exclusiva pelo Paypal (parceiro global da Campus Party) e boleto bancário, o valor do ingresso para todos os dias é de R$ 240,00. Para mais informações, acesse o site do evento.

Serviço: Campus Party Brasil 2017 – Palestra Grayson Chalmers

Quando: De 31 de janeiro a 5 de fevereiro de 2017
Onde: Pavilhão de Exposições Anhembi – São Paulo- SP

Criador do jogo Tomb Raider participa da Campus Day Brasília

Quem é fãs de Tomb Raider já deve ter ouvido falar do Joseph Olin, um dos desenvolvedores maus importantes da história dos videogames e criador da franquia mais popular da Crystal Dynamics. Pois bem, Joseph Olin é um dos convidados para o Campus Day, evento de aquecimento para a Campus Party 2017. Joseph irá contar suas experiências dentro do universo gamer e algumas curiosidades na criação de um dos jogos mais famosos do mundo.

O Campus Day 2016 ocorre em 5 de novembro, na capital Brasília. Além de falar sobre o clássico Tomb Raider e as novas direções que a franquia vem tomando nos últimos anos, Joseph deve falar também sobre os mais de 160 games que fazem parte de seu portfólio. A expectativa é que o encontro seja bem informal e bem divertido com espaço para perguntas e respostas.

O evento será um aquecimento para a Campus Party Brasília, que acontecerá em julho de 2017 na capital federal. Para conseguir uma entrada e participar da Campus Day Brasília não será necessário pagar nada. Basta apenas fazer o cadastro no site do evento, plataforma oficial para cadastramento do público.

Já a Campus Party é a maior experiência tecnológica do mundo. Realizada desde 1997, reúne jovens geeks em um festival de inovação, criatividade, ciência, empreendedorismo e entretenimento digital.  Desde a sua primeira edição, na Espanha, encontrou um público tão entusiasmado que cresceu e se internacionalizou passando a ter, a partir de 2008, edições no Brasil, Inglaterra, Alemanha, Colômbia, México Equador e El Salvador, e neste ano, também na Argentina, Índia e Singapura. Em 2016, a Campus Party Brasil realizou sua nona edição em São Paulo com mais de 82 mil visitantes.

Serviço palestra Joseph Olin na Campus Day Brasília

Quando: 05 de novembro – Horário: 20h

Onde:  Centro de Convenções Ulysses Guimarães

Mais informações: http://brasilia.campus-party.org/

AGE Prime 2016 ocorre em São Paulo

Os mesmos organizadores da Campus Party levarão o maior evento de games do interior paulista para a cidade de São Paulo. Ainda há poucos detalhes sobre o AGE Prime, mas no dia 9 de dezembro a MCI Group, organizadora do evento vai revelar todos os detalhes sobre este nove evento para São Paulo.

As primeiras revelações são de que o EGE Prime ocorrerá no Anhembi  e será totalmente remodelada para receber grande público. De acordo com a MCI, a programação será um prato cheio para fãs de games e cultura pop, com muitas novidades de jogos, a participação de web celebridades, RPG, cardgames, cosplay, shows, produtoras indie e expositores do mercado de games.

Como se não bastasse, haverá uma mega estrutura digna dos maiores eventos de jogos do mundo. Ao que parece, o evento terá certa semelhança com a Campus Party, afinal a organização é a mesma e a MCI deve usar sua expertise para este novo evento.

Quando ocorre o AGE Prime?

O AGE Prime ainda não tem data definida, mas os organizadores revelarão todas as novidades no próximo dia 9, durante evento para aimprensa na Max5 Arena, no bairro da Moóca, em São Paulo. Vamos acompanhar as novidades sobre este que promete ser um dos maiores eventos de 2016 para os amantes de games.

Conheça e ajude a fundar o AL Project: uma HQ interativa

Al Project

De 28 de janeiro à 02 de fevereiro de 2013 aconteceu em São Paulo no Espaço Anhembi a sexta edição da Campus Party e estive novamente acampado por lá.

Ao me sentar para assistir a primeira palestra no palco de games conectei meu computador e acessei um link que um amigo me enviou via GTalk. Ao fazer isso, uma pessoa educadamente me chama para perguntar como fiquei sabendo deste site que tinha acabado de abrir.

E foi assim que conheci Demétrio Dias Soares e sua HQ interativa, o AL Project e aproveitei a oportunidade de estarmos na Campus Party para fazer uma entrevista com ele.

1 – Qual seu nome, idade, formação?

Meu nome é Demetrio Dias Soares, tenho 26 anos e sou formado em Sistemas de Informação.


2  O AL Project é seu primeiro projeto relacionado com games?

Na verdade não. Meu primeiro projeto de game propriamente dito foi meu trabalho de conclusão de curso na faculdade em 2007, desenvolvi um RPG baseado em turnos para a plataforma JME (Java mobile), depois disso criei vários projetos pessoais, alguns sozinho e outros com amigos, e em meados de 2011 publiquei a minha primeira hq/game num formato parecido com o AL Project, a já extinta série Geek Boy.


3  O que te motivou a tirar essa ideia do papel?

A paixão por games é com certeza o maior combustível para publicar algo como o AL Project. No cenário atual um projeto indie como ele ainda tem poucas chances de realmente se destacar no mercado, e gerar lucro de alguma forma. Portanto a principal razão é de realmente fazer algo que eu gostaria de ver publicado. Antes de iniciar qualquer tipo de desenvolvimento, eu já era apaixonado pela idéia, e essa paixão que conta na hora de perseverar diante dos desafios do desenvolvimento independente.


4 – Quais tecnologias (eg. softwares e linguagem de programação) foram usados para fazer o game?

O game foi todo produzido utilizando a plataforma de desenvolvimento Adobe Flash, sem o uso de frameworks específicos e a linguagem utilizada foi o ActionSript 2.


5 – Quais foram suas influências e referências pra fazer a arte e a história deste game?

As influências são muitas, tanto de games como de quadrinhos, filmes e séries, mas as principais que me inspiraram bastante foram Metal Gear Solid, Resident Evil e o recente game da série The Walking Dead.

6 – Você já sabe quantos capítulos terão a história completa?

Para a primeira “temporada” que fecha o primeiro ciclo da história, serão 6 capítulos. O enredo foi concebido para ter três ciclos como esse que fecham a saga por completo. A história já está definida, mas o roteiro dos dois ciclos seguintes ainda não foi escrito. Portanto não dá para afirmar quantos episódios terão cada ciclo (ou “temporada”).

7 – Atualmente, seu trabalho “principal” é desenvolvedor de games?

Mais ou menos. Eu atuo como desenvolvedor de aplicações web empresariais acerca de 5 anos, mas para viabilizar a produção do AL, fiz uma reserva financeira no último ano, e no final de 2012 saí do emprego para me dedicar ao projeto. Finalizado esse primeiro capítulo, estou agora na segunda parte do meu plano que consiste em conseguir apoio coletivo utilizando o sistema de crowdfunding do site catarse, onde o projeto está atualmente cadastrado www.catarse.me/al e dessa forma planejo financiar a produção da primeira temporada completa.


8 – A trilha sonora do AL Project foi feita pelo Thiago Adamo (também conhecido por PXL DJ). Como foi o processo criativo desta trilha?

Eu mostrei o projeto sem som para o Thiago, pedindo dicas de sites onde eu poderia conseguir baixar temas gratuitos para utilizar. E assim que ele conheceu, gostou da idéia do projeto e se ofereceu para criar a trilha sonora (imagine minha alegria nesse momento). Trabalhar com ele foi incrível, ele conseguiu – num curto espaço de tempo – capturar a idéia passada pelas imagens e produzir uma trilha sonora com uma identidade única, e perfeita para criar a atmosfera do game. A experiência dele tem sido crucial para a boa aceitação do projeto.


9 – Como está sendo o recebimento do 1o capítulo do seu game?

Estou tendo feedbacks muito positivos até o momento, apesar da plataforma flash sofrer um certo preconceito por algumas pessoas, a experiência de jogo, o enredo, e a idéia de misturar HQ com games tem sido bem aceitas. Atualmente é difícil chamar atenção para projetos como esse, mas dentro das nossas metas o resultado está sendo positivo.

10 – Você foi na Campus Party desse ano, correto? O que você achou do evento? Como ele te ajudou, tanto em conhecimentos técnicos como na divulgação do seu trabalho e em networking?

Foi minha primeira Campus Party, e agora posso dizer sem dúvida que não falto mais em nenhuma. É um evento obrigatório para todo mundo que trabalha, empreende ou somente curte tecnologia e internet em geral. Me senti dentro de outro universo, extremamente rico em possibilidades. Fiz contatos valiosos, aprendi muito e peguei dicas importantes de estudos e e conselhos sobre rumos a traçar a partir de agora, além de ter feito boas novas amizades. Essa entrevista mesmo é fruto dos bons contatos que fiz no evento. A Campus Party foi realmente incrível.

Conhecendo o AL Project from Demetrio Dias on Vimeo.

Nova expansão de Starcraft II estará na Campus Party 2013

StarCraft II

Nesta segunda-feira (28 de janeiro de 2013) irá iniciar mais uma edição de um dos maiores eventos evolvendo tecnologia no Brasil. Trata-se do conhecido Campus Party, que reúne todos os anos, campuseiros dispostos a interagir com outros aficionados por tecnologia e compartilhamento de dados.

Um dos bons motivos para ir à edição desse ano serão os e-sports que estarão com força total a fim de entreter os visitantes. Alguns dos games mais concorridos do evento deverão ser os produtos da Blizzard, que prometeu muita diversão aos visitantes com o auxílio de seus parceiros.

Um desses parceiros é a Intel, que retorna ao Brasil com o Intel Extreme Masters. De acordo com informações, a multinacional organizará dois torneios de Starcraft II: um com a novíssima – e não lançada – expansão Heart of the Swarm, que será fechada a convidados especiais. E o torneio com a expansão Wings of Liberty, que será aberta ao público.

O grande destaque é que os visitantes poderão conferir ao vivo Heart of the Swarm, que só será lançado oficialmente no dia 12/03. Apesar do gameplay não ser aberto ao público, os visitantes verão alguns nomes de peso do e-sport se digladiando no evento, como o coreano ViOlet, vencedor do Intel Extreme Masters Brasil em 2012; Aleksei “White Ra” Krupnik (Ucrânia) e Manuel “Grubby” Schenkhuizen (Holanda). Todos eles são figuras reconhecidas mundialmente e considerados alguns dos melhores jogadores de Starcraft do mundo. Esses jogadores irão competir por um prêmio de US$ 5.000,00.

O torneio aberto ao público é do já lançado Wings of Liberty, que abrirá inscrições nos dias 28 e 29 de janeiro de 2013, com vagas limitadas a 32 participantes por dia, Os vencedores não saíram com as mãos abanando. A Intel premiará os vencedores com produtos que vão de processadores da terceira geração da família Intel Core a discos SSD.

Além do estande da Intel, o cyberatleta ucraniano Aleksei “White-Ra” Krupnik também estará no estande da Thermaltake, uma das marcas mais famosas em equipamentos para jogos, distribuindo autógrafos e realizando showmatches. Aleksei é um dos garotos propaganda da marca e estará diariamente no espaço da empresa a partir das 15hs entre os dias 30/01 a 02/02. Se você visa se tornar um expert em Starcraft II, a dica é prestar atenção nas táticas adotadas pelo ucraniano e os outros jogadores durante o evento.

Serviço – Campus Party Brasil 2013

Quando: De 28 de janeiro a 3 de fevereiro de 2013.

Onde: Anhembi Parque, São Paulo/SP. (Avenida Olavo Fontoura, 1.209)

Site: http://www.campus-party.com.br/