Arquivo da tag: campeonato

CBLoL 2019 – Confira como foi o Circuito Desafiante

O Campeonato Brasileiro de League of Legends acabou o seu primeiro split com a vitória da INTZ em cima do Flamengo. Porém outro destaque deste split é o circuito desafiante, uma espécie de segunda divisão deste campeonato. Muitos times eram favoritos, como a Red Canids Kalunga, mas no fim das contas os participantes desta finalíssima foram outros. Hoje você confere como foi a grande final do Circuito Desafiante do CBLoL 2019.

Após uma longa jornada de vitórias e derrotas, a final desta grande decisão chegou e os times deste confronto foram a Pain Gaming, que já tem um histórico bem forte, e a Team One, time que iniciou a sua trajetória em 2017. A vitória foi para a Pain Gaming num total de 3 a 0 alguns detalhes podem ser conferidos abaixo:

Primeira partida:

A partida no formato melhor de cinco, a Pain Gaming começou obliterando a Team One. Sem muito esforço a Pain conseguiu 15 abates contra 2 da Team One. Um dos pontos fracos da One foi a sua composição sem grande apelo, onde os campeões Sona e Taric foram bem encaixados. A torcida da Pain sempre animada deu uma grande festa com o primeiro resultado, Minerva jogador da Pain escolheu JarvanIV e conseguiu ser o MVP (jogador destaque) da partida.

 

Segunda Partida:

Já na segunda partida a Team One rapidamente baniu JarvanIV e contra essa decisão Minerva jogou de Hecarim, enquanto a bot lane ficou com a Sona e Taric. A formação da Pain não mudou tanto quanto no primeiro jogo, já a Team One trocou completamente a composição.

O resultado da segunda partida foi vitória para a Pain Gaming que começou em desvantagem graças a uma iniciativa bastante agressiva por parte da Team One. Entretanto aos poucos da PG foi conseguindo se realocar na partida e garantiu o ponto. O MVP da segunda partida ficou com o Tinowns com o campeão Corki na posição mid-lane.

 

Terceira partida:

A terceira acabou sendo a última partida, onde a Pain Gaming entrou com plena convicção e garantiu a vitória e a vaga para o segundo split do campeonato Brasileiro de League of Legends. Neste terceiro round a Team One não demonstrou o mesmo esforço que teve na rodada anterior e a Pain soube aproveitar todas as brechas. Desta vez o MVP ficou com Matsukaze que ficou com a Kai’sa destacando a posição bot-lane da partida.

Com um total de 18 abates para Pain e 8 para a Team One, a Pain Gaming volta para a elite do CBLOL e a torcida que vibrou até o fim, saiu desta grande festa cantando “acabou o caô, a Pain Gaming voltou!”. Apesar da derrota, a Team One ainda pode ter chance de ir para a primeira divisão, caso vença a partida do dia 27 de Abril contra a Vivo Keyd.

INTZ vence Flamengo e é campeão do primeiro split do CBLoL 2019

Apesar do favoritismo, não deu para o Flamengo. A equipe da gávea travou um duelo digno contra a tradicional INTZ, mas acabou derrotado e viu os intrépidos levantarem a taça de campeão do primeiro Split do Campeonato Brasileiro de League of Legends, o CBLoL, e garantir vaga para o MSI –  Mid-Season Invitational – 2019, que começa no dia 01 de maio no Vietnã. Além de levar o troféu do campeonato brasileiro para casa e se tornar o primeiro time a ser tetracampeão do CBLoL, a INTZ irá representar o Brasil em um torneio mundial que reúne outros 12 times de outras regiões.

Como foi a final do 1º split do CBLoL

O Flamengo começou devastador: com apenas cinco minutos Leonardo “Robo” Souza colocou Diogo “Shini” Rogê no bolso. Logo na sequência, o brTT aplicou um double kill em um dive na rota inferior. Parecia que o jogo seria um festival humilhante para os intrépidos, já que em 15 minutos os rubro-negros já destruíram sete barricadas (contra zero) e um domínio incontestável do terreno. A partida estava tão fácil que durou apenas 22 minutos.

Entretanto a INTZ conseguiu se reconstruir durante as rodadas subsequentes, vencendo a segunda partida e a quarta. Na última e decisiva rodada os dois times alternaram o favoritismo, mas a INTZ avançou sua ofensiva e Tay começou a atacar a base adversária, decretando o fim do jogo aos 32 minutos. Os Intrépidos vencerem a série melhor de cinco (MD5) por 3-2.

Este foi o quarto título da equipe no CBLoL. Já os Flamengo teve de se contentar com seu segundo vice-campeonato. Com a vitória, a equipe INTZ leva o prêmio de R$ 70 mil para casa, fora a vaga para o Mid-Season Invitational.

INTZ

Segue abaixo os times que já estão classificados para o MSI:

CBLoL – Brasil – INTZ

LCS – América do Norte – Team Liquid

LEC – Europa – G2

LCK – Coréia do Sul – T1 (ex SK Telecom T1)

VCS – Vietnã – Phong Vu Buffalo

LCL – Comunidade dos Estados Independentes – Vega Squadron

OPL – Oceania – Bombers

TCL – Turquia – 1907 Fenerbahçe

LJL – Japão – DetonatioN FocusMe

LLA – América Latina – Final no dia 20/04

LPL – China – Final no dia 20/04

LMS – Taiwan, Hong Kong, Macau – Final no dia 20/04

SEA – Sudeste Asiático – Final no dia 21/04

 

O MSI começa no dia 01 de maio e vai até o dia 19, sendo dividido em fase de entrada, fase de grupos e eliminatórias, cada fase em uma cidade diferente.

 

Fase de Entrada

Datas da Rodada 1: 1 a 4 de maio

Datas da Rodada 2: 5 a 7 de maio

Cidade: Hanói, Vietnã

 

Fase de Grupos

Datas: 10 a 14 de maio

Cidade: Cidade de Ho Chi Minh, Vietnã

 

Fase Eliminatória

Datas: 17 a 19 de maio

Cidade: Taipé

Primeira copa do mundo de Fortnite distribuirá US$ 40 milhões em prêmios

Engana-se quem achava que os dias de Fortnite estavam no fim: a Epic Games, em parceria com a BBL, está preparando a primeira Copa do Mundo de Fortnite, que distribuirá nada menos que US$ 40 milhões em prêmios e levará 13 jogadores da América Latina para a grande final em Nova York, EUA. Este será o maior prêmio já concedido em qualquer torneio de eSports do mundo.

O campeonato teve início neste final de semana, no sábado (13 de abril), com qualificatórias abertas a todos os jogadores elegíveis de cada região. As finais receberão os qualificados da América do Norte, Europa, Ásia, Oceania e Brasil na cidade de Nova York, Estados Unidos, para as grandes finais de 26 a 28 de julho.

“Não temos palavras para descrever como estamos felizes com esta parceria. É o resultado de muito trabalho duro e reforça que estamos no caminho certo para desenvolver o cenário nacional e trazer ao país a melhor experiência em e-sports”, comenta Leo De Biase, CMO da BBL e entusiasta dos e-sports há mais de 20 anos. “A Epic traz jogos de qualidade indiscutível e Fortnite é um gigante global. Dedicaremos todos os nossos esforços para trazer uma experiência à altura para os fãs do jogo e dos e-sports”, completa o executivo.

Para quem não conhece, Fortnite é um dos jogos de eSports mais jogados do mundo. De acordo com relatório da Epic Games, o título rendeu à desenvolvedora cerca de US$ 2,4 bilhões apenas em 2018. A cifra equivale a mais de 2/3 do lucro total da empresa no ano e o maior da história do mercado dos games. Em fevereiro último, contou com um pico de 10,7 milhões de pessoas simultaneamente conectadas, em um show virtual ao vivo do famoso DJ Marshmello, além de bater a incrível marca de 250 milhões de jogadores ativos no mês.

Para mais informações, visite o site oficial da Fortnite World Cup.

 

Serviço – Copa Mundial de Fortnite

Qualificatórias: sábados e domingos, de 13/04 a 16/06

Final mundial: 26 a 28/07

Transmissão: nos canais oficiais do Fortnite, em português e espanhol, aos sábados e domingos durante 10 semanas, a partir das 16h.

BBL anuncia circuito de torneios femininos com etapas durante o ano todo

Quem disse que as mulheres não tem vez no negócio dos e-Sports? Pois este ano tem tudo para ser especial para as nossas queridas pró-players e seus torcedores graças aos grandes torneios que estão marcados para esta temporada. White Rabbit Cup, Mad Hatter e Queen of Hearts! Esses são apenas alguns dos torneios femininos  anunciados pela BBL, maior holding de entretenimento especializado em e-sports no país, que vão movimentar o cenário de e-sports nos próximos meses.

O primeiro do circuito feminino é o White Rabbit Cup, que começa em 06 de abril. O torneio conta com disputas de League of Legends, Rainbow Six Siege, CS: GO e Dota 2. O grande macete aqui é que o torneio não terá etapa qualificatória, ou seja, basta inscrever sua equipe e participar. De acordo com a organização do torneio, a premiação será feita em créditos válidos para cada jogo ao longo das semanas, ficando reservada somente para a fase final a premiação de R$ 1 mil para o time vencedor em cada modalidade.

Já o segundo torneio do ano para as garotas gamers é o Mad Hatter, que conta com partidas de Rainbow Six Siege e Dota 2. Tal como no White Rabbit Cup, não há etapa qualificatória e a premiação máxima é de R$ 1 mil para o melhor time em cada game a cada fase final. Além disso, de acordo com a BBL, o Mad Hatter concede uma vaga para o próximo campeonato do circuito, que será o Queen of Hearts.

O Queen of Hearts é o torneio mais cobiçado do ano no circuito feminino, onde as melhores equipes classificadas no Mad Hatter terão vaga direta e outras equipes se classificarão através de qualificatórias abertas. Aqui a coisa começa a ficar série, uma vez que contará com a participação de equipes internacionais. A premiação total por jogo será de R$ 23 mil.

Para encerrar o circuito, haverá a qualificatória regional LATAM do GIRLGAMER Esports Festival, evento internacional que teve edições em 2017 e 2018. As qualificatórias serão de League of Legends e CS:GO, ambos valendo vaga para equipes disputarem o torneio mundial no final do ano. A novidade foi anunciada na última terça-feira, dia 26 de março, durante o evento Marketing de Engajamento, realizado pela BBL, maior holding de entretenimento especializado em e-sports no país.

“O cenário de e-sports ainda é majoritariamente masculino, mas as mulheres estão aí brigando por espaço e, aos poucos, conquistando. O circuito feminino é mais um passo para que elas conquistem visibilidade, ganhem experiência e se fortaleçam como jogadoras profissionais”, comenta Leo De Biase, CMO da BBL.

Se você tem interesse em acompanhar as novidades desses torneios e dos principais times femininos de e-Sports, confira a página da BBL no Facebook.

Athena’s e-Sports lança programa de sócio torcedor batizado de Exército de Athena

E não é que os e-Sports estão caminhando a passos largos para o que o futebol brasileiro tem se tornado? Prova disso é que a Athena’s e-Sports acaba de lançar seu programa de sócio torcedor batizado de Exército de Athena. O objetivo é acelerar o crescimento da operação do time através de um programa que possui seis níveis diferentes de apoio.

Batizados seguindo a tradição da hierarquia militar ateniense, os níveis de apoio têm nomes gregos e cada grau possui uma insígnia exclusiva, desenvolvida especialmente para o programa Exército de Athena. Tal como ocorre em programas de sócio torcedores em times de futebol, os valores variam conforme o desejo do torcedor. Eles variam de R$ 5,00 a R$ 250,00 e são repletos de recompensas especiais.

De Athinaíos, cidadão ou cidadã em grego aPolémarkhos, maior patente do exército ateniense e que significa Senhor(a) da Guerra, torcedores e fãs da organização poderão escolher o nível que mais se encaixa baseado no investimento e nas recompensas oferecidas. Com o crescimento da comunidade e devido a identificação com a bandeira levantada pela Athena’s e-Sports, vários fãs e torcedores entraram em contato com a organização pelas redes sociais perguntando como poderiam apoiar o desenvolvimento da equipe e, atenta aos feedbacks, a Athena’s e-Sports desenvolveu o programa Exército de Athena.

De acordo com as Athena’s, todo o dinheiro arrecadado com o financiamento coletivo será investido na organização. Estão contemplados investimentos em bootcamps, participação em campeonatos, contratação de novos profissionais, expansão para novas line-ups e novos conteúdos como streams e vídeos.

Fundada em novembro de 2018, a Athena’s e-Sports é uma organização profissional e feminina de esportes eletrônicos que atua na modalidade League of Legends. Por meio de uma seletiva que contou com quase 600 inscritas e teve uma final presencial na cidade de São Paulo em dezembro do ano passado, a organização anunciou recentemente a sua line-up principal que irá defender a camisa em 2019.

Para saber mais sobre o novo programa de sócio torcedor e sobre as Athena’s, basta acessar o site dessas guerreiras.

Brasileiros da Black Dragons vencem torneio mundial de CROSSFIRE e faturam quase R$2 milhões

Após uma acirrada contra os russos da ruLegends, os brasileiros da Black Dragons venceram o torneio mundial CROSSFIRE STARS 2018 (CFS 2018), tornando-se a primeira equipe não-chinesa a levantar o caneco de um dos torneios de eSports mais disputados do mundo. Coma conquista a Black Dragons levou para casa US$ 500 mil (cerca R$ 1.948 milhão).

O CROSSFIRE STARS reuniu 16 dos melhores times de CROSSFIRE do mundo, que competiram por uma premiação total de U$ 1.015.000 (cerca de R$ 3.95 milhões). As fases de quartas de final e semifinal foram realizadas ao longo da última semana, de 4 a 6 de dezembro, presencialmente, no estúdio VSPN, em Taicang/China e classificaram os quatro melhores times para a fase seguinte, formada pela disputa pelo terceiro lugar e grande final, realizados entre 8 e 9 de dezembro, no Parque Esportivo Qing’ao, em Nanjing/China.

Após um intenso confronto em dinâmica melhor de cinco, a Black Dragons venceu a ruLegends por 3 a 0 e garantiu o inédito título da competição. E não foi só a Black dragons a figurar entre os melhores do mundo: a tradicional INTZ enfrentou a SuperValiant Gaming, campeã do CFS 2017, em melhor de três, porém não teve melhor sorte e acabou derrotada, terminando na quarta colocação do torneio, com um prêmio de U$ 40.000 (cerca de R$ 155.800).

Fundada em 1997, a Black Dragons é considerada uma das organizações de eSports mais antigas e respeitadas do América do Sul e, antes de se tornar campeã mundial de CROSSFIRE, já havia vencido outro torneio internacional da modalidade, o CROSSFIRE Stars Invitational Vietnam, em 2017.

CROSSFIRE é um dos jogos de FPS mais jogados online no mundo, com mais de 660 milhões de jogadores registrados. Jogadores podem baixá-lo gratuitamente pelo site oficial. No site do torneio tem uma divertida entrevista da Black Dragon para a imprensa.

Abaixo tem algumas fotos da conquista da Black Dragons:

Webedia se prepara para final de mega torneio de PUBG com personalidades brasileiras dos games

Esta é para quem é fã de PlayerUnknown’s Battlegrounds (PUBG): a Webedia, gigante francesa de mídia digital acaba de anunciar uma parceria com o Facebook para lançar um novo torneio entre personalidades reconhecidas do mundo dos jogos. O torneio foi batizado de Facebook Gaming Creators Cup powered by IGN e promete reunir milhares de brasileiros para acompanhar partidas eletrizantes.

A ideia básica foi reunir alguns dos gamers mais famosos do Facebook em partidas competitivas utilizando a estrutura da Webedia Gaming, em São Paulo. Entre os participantes estão nomes de peso do streaming como Netenho, Ellen Simili, Diana Zambrozuski, Forever, Davy Jones, Jon Vlogs, Tixinha, Kalera, Malena0202, Monark e Patriota. De acordo com os organizadores, o torneio deve ajudar gamers e novos streamers a construir e fortalecer suas comunidades na rede social.

“Hoje, não se pode falar em gaming sem considerar o aspecto social do mercado: fãs enxergam os jogadores como estrelas, influenciadores. Um projeto como este, onde conseguimos unir a expertise que temos em produção e transmissão de campeonatos, com um programa interessante que pode criar novos influenciadores e renovar o mercado faz com que elevemos a outro nível o entretenimento gaming”, afirma Aydin Sarmadi, diretor geral da Webedia Gaming.

Os organizadores escolheram o PUBG, por ser um game bastante popular e capaz de atrair multidões. Afinal, o shooter atingiu recentemente a marca de 400 milhões de jogadores cadastrados e é nome forte nos principais torneios de eSports mundo afora. Outro ponto de interesse é que as partidas terão cobertura jornalística in loco dos sites IGN e Versus. A expectativa é que a transmissão bata recordes de visualizações no Facebook.

“Os games são perfeitos para criar e aproximar comunidades e o nosso objetivo é oferecer recursos e formatos que cultivem um profundo engajamento e interação entre criadores e fãs. O Facebook Gaming Creators Cup é um evento que une gamers, seus amigos e fãs para competir, assistir e compartilhar em um ambiente descontraído e divertido”, destaca o gerente de Esports e Competitive Gaming no Facebook, Patrick Chapman.

A competição teve início dia 03 de dezembro com uma fase de grupos. As duplas foram divididas em dois times e, ao longo das semanas foram realizadas seis partidas em três dias de transmissão online para definir os melhores.

FINAL

A etapa final reunirá cinco duplas em duplas de cada grupo, que irão para a final presencial, que acontece em 16 de dezembro, em São Paulo, na Arena IGN. O evento será transmitido na Página do IGN Brasil no Facebook, das 14h às 15h, e terá apresentação de Carol Costa e de Nyvi Estephan. A narração fica a cargo de Murillo Shooow, Gordox e BiDa.

Confira abaixo os líderes das duplas que disputam a final neste domingo no torneio da Webedia:

  • Netenho
  • Romaniqs
  • Magalzao
  • Fiaspo Games
  • DiddyBR
  • Forever
  • Davy Jones
  • Patriota
  • Tixinha
  • Malena0202

 

FaZe Clan e Immortals são os representantes do Brasil nas finais mundiais da Rainbow Six Pro League, no Rio de Janeiro

O mês de novembro será especialíssimo para os fãs de Rainbow Six Pro League, afinal é quando ocorre a finalíssima do mundial da categoria. As equipes FaZe Clan e Immortals demonstraram seu valor e garantiram a vaga para as disputas finais e se juntarão a outras seis equipes para a final, que ocorrerá no Jeunesse Arena, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro, nos dias 17 e 18 de novembro: FaZe Clan e Immortals.

As outras seis equipes são oriundas de outras três regiões (América do Norte, Europa e Ásia/Pacífico). Cinco delas já foram definidas, sendo elas: Evil Geniuses e Rogue (América do Norte), Nora Rengo e Fnatic (Ásia-Pacífico) e G2 Esports (Europa). Nesta quinta-feira, Mockit Esports, Team Secret e Millenium disputam a última vaga da Europa.

A FaZe Clan, campeã regional pela segunda vez consecutiva de Rainbow Six, garantiu uma das vagas com duas rodadas de antecedência. Já a Immortals precisou esperar até os últimos momentos da primeira fase para comemorar seu lugar nas finais mundiais. Quem não teve motivos para celebrar foi a Black Dragons, que acabou rebaixada para a divisão de acesso do torneio. E a paiN Gaming, sétima colocada da fase regional, disputará a repescagem tentando continuar na elite da Pro League.

Agora, FaZe e Immortals terão a missão de manter o Brasil no posto mais alto da modalidade. De origem norte-americana, as organizações entraram no cenário brasileiro neste ano e querem consolidar suas marcas, mostrando o porquê são referência nos eSports. Em maio, a Liquid mostrou a força do país para o mundo ao derrotar a PENTA Sports, considerado o melhor time do mundo, na decisão e faturar o caneco da sétima temporada da Pro League. Foi a primeira vez que uma line-up brasileira alcançou esse feito. Resta torcer para que os brasileiros deste ano repitam o feito.

 

Novo calendário competitivo de Rainbow Six

Dirigindo-se para o quarto ano de Rainbow Six Siege desde o seu lançamento, a Ubisoft colocou em vigor, em junho deste ano, o novo calendário de competições profissionais da franquia com o intuito de auxiliar no crescimento do cenário competitivo.

Com a consolidação de grandes competições anuais como o “Six Invitational” e o “Six Major Paris”, o cenário segue em crescimento exponencial com o aumento do número de jogadores e a entrada de organizações organizações internacionais tradicionais no competitivo de Rainbow Six Siege, como a Cloud9, Ninjas in Pyjamas, Fnatic, entre outras.

Além dos Majors, a Ubisoft também mudou o formato da Rainbow Six Pro League. Após uma transição na sétima temporada, a Pro League está sendo disputada anualmente em duas temporadas de seis meses e segue ativa em sua oitava temporada, atraindo grande público e interesse da mídia.

Por fim, o Brasileirão Rainbow Six estreia seu novo calendário com disputas anuais de junho a setembro (modelo europeu) a partir da temporada 2019.

SAGA recebe fãs de games na primeira edição do Gamer Day Recife

Neste sábado (06/10), das 10 às 18h, a SAGA, maior rede de escolas de desenvolvimento de games, abre as portas da sua unidade em Recife para a primeira edição do Saga Gamer Day, evento com várias atrações para os fãs de jogos digitais. Para participar, os interessados podem se inscrever gratuitamente pelo site e levar um quilo de alimento não perecível no dia do evento.

O Gamer Day Recife é fruto de uma parceria da SAGA com o MaxConPE, um dos maiores portais especializados em cultura POP de Pernambuco. Os visitantes encontrarão uma área free-to-play para o público jogar à vontade jogos de console (Dragon Ball Z Fighter, Injustice 2, Marvel vs Capcom, Mortal Kombat X, Spider-Man, Street Fighter V), campeonatos de Fifa 18 e Fifa 19, arena retrô com fliperamas e videogames clássicos, arena board games com jogos de tabuleiro, concurso de cosplay e distribuição de brindes.

O evento também contará com a presença de youtubers da comunidade gamer de Recife, como Anton Rodrigues, Felipe Soares, Marcelo Silva, Mariana Cordeiro, Messias Amorim, Mirela Paes, Raisa Brennichi e Riodenis Campos, que irão interagir e jogar com o público.

Durante o Saga Gamer Day, o público também poderá visitar as instalações da unidade de Recife, conferir a infraestrutura da escola, ver trabalhos de alunos etc. Mais informações sobre a SAGA e seus cursos também estão disponíveis no site da empresa.

 

Serviço – Gamer Day Recife

Local: SAGA Recife – Avenida Conselheiro Aguiar, 2333-M1 – Boa Viagem – Recife/PE

Data: 06 de outubro

Horário: Das 10h às 18h

Entrada: um quilo de alimento não perecível

 

Copa Camacho de CS:GO terá finais presenciais no Palácio da Caveira, sede do BOPE no Rio de Janeiro

O mês de novembro será importante para os fãs de Counter Strike: Global Offensive, pois é neste mês que inicia a Copa Camacho de CS: GO, um torneio que visa dar visibilidade a novos times do famoso shooter competitivo. O torneio inicia sua fase online no dia 5 de Novembro e terminará no dia 18 de Dezembro. O destaque é que a grande final será no Palácio da Caveira, a sede oficial do BOPE, a tropa de elite do Rio de Janeiro.

A Copa Camacho de CS: GO é fruto da parceria da equipe Colab e-Sports e a ICE Lan Games e oferece uma premiação de R$ 5 mil ao time vencedor. Esta é uma ótima oportunidade para equipes amadoras conquistar algum espaço em meio a tantas outras equipes em formação. Os jogos acontecerão todas às segundas e terças-feiras às 20h.

De acordo com os organizadores, a Copa Camacho tem esse nome em homenagem ao artista Rodrigo Camacho, conhecido por criar obras de arte utilizando materiais recicláveis e cápsulas de munição utilizadas nos estandes de treinamento dos agentes. Ao aproximar o esporte eletrônico da arte, a Colab e-Sports enxerga uma oportunidade de contar histórias de superação, determinação e treinamento.

Artista Rodrigo Camacho e arte produzida para o BOPE utilizando cápsulas de munições.

Os times interessados podem se inscrever pagando uma taxa única de R$ 150,00 por equipe e receberão um kit contendo cinco camisetas e cinco ingressos VIP para acompanhar a Grande Final no Palácio da Caveira. O evento será exclusivo para as equipes participantes e acontecerá dentro do Palácio da Caveira.

O período para inscrições acontecerá entre os dias 1º e 30 de Outubro e metade do valor obtido pelas inscrições das equipes será doado para a compra de materiais de informática para a unidade operacional do BOPE. A Grande Final está marcada para o dia 13 de Janeiro e definirá os vencedores da Copa Camacho de CS:GO que, além de receber R$ 5 mil em equipamentos, ganhará um exclusivo troféu feito pelo artista plástico Rodrigo Camacho.

O torneio será disputado por 22 equipe, sendo que duas vagas serão preenchidas com as equipes vencedoras dos campeonatos amadores da ICE Lan House. As inscrições serão feitas pela página do Facebook da Colab e-Sports a partir do dia 01 de Outubro.