Arquivo da tag: bgs

Nolan Bushnell, criador do Atari retorna à Brasil Game Show na 11ª edição do evento

A BGS 2018 estará repleta de convidados especiais em sua 11º edição. Após confirmar as participações de Fumito Ueda, Charles Martinet, Daniel Pesina, Katsuhiro Harada e Yoshinori Ono, chegou a vez da organização confirmar a presença do célebre Nolan Bushnell, o criador do Atari. Esta não é a primeira que o “pai” dos videogames vem ao Brasil. Na verdade Bushnell já veio ao Brasil para a própria BGS em 2017 e foi uma das personalidades que mais se destacaram no evento.

Nolan Bushnell é considerado pela revista Newsweek um dos “50 Homens que Mudaram a América”. O executivo volta à maior feira de games da América Latina para participar de diversas atividades com os visitantes, incluindo uma palestra no BGS Talks sobre sua carreira, atender os fãs com fotos e autógrafos em sessões de Meet & Greet e ainda será jurado de concursos de cosplay.

“Na Brasil Game Show de 2017 pude perceber o quanto os brasileiros são apaixonados pelos videogames e fiquei muito feliz com a calorosa recepção. Tive a oportunidade de encontrar muitos fãs, tirar fotos e dar autógrafos. Foi um evento incrível e estou muito feliz por retornar”, disse Bushnell.

A organização da BGS ainda prepara diversas outras atrações e convidados, tais como uma das principais line-ups de Counter Strike: Global Offensive (CS:GO) do mundo: os jogadores brasileiros Marcelo “coldzera” David, Gabriel “FalleN” Toledo, Fernando “fer” Alvarenga, Ricardo “boltz” Prass e o norte-americano Jacky “Stewie2k” Yip, que substituiu Epitáfio “Taco” na line-up.

De acordo com a BGS, cerca de 300 marcas participarão da BGS 2018, entre desenvolvedoras, publicadoras, fabricantes de hardware, estúdios independentes etc.

Serviço – BGS 2018

Quando: 10 a 14 de outubro (1º dia exclusivo para imprensa e negócios)

Onde: Expo Center Norte

Endereço: Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme, São Paulo/SP

Horário: 13h às 21h

Mercado Livre confirma participação na BGS 2018

Ano após ano a Brasil Game Show (BGS) reúne grandes atrações, os principais lançamentos do ano e centenas de expositores entre desenvolvedoras, publicadoras, varejistas, fabricantes de hardware e estúdios independentes. Não é por acaso que o público do evento sempre lota os corredores do São Paulo Expo para conferir de perto as novidades da temporada e bater papo com desenvolvedores e influenciadores.

Além de empresas totalmente dedicadas ao universo gamer, também participam da BGS marcas de outros segmentos que vêem no evento uma excelente oportunidade para se aproximar e interagir com o público de um setor que já movimenta mais de US$ 1,3 bilhão por ano só no Brasil. É o caso do Mercado Livre, empresa dedicada ao e-commerce na América Latina, que estará na 11ª edição do evento, a ser realizada entre 10 e 14 de outubro, no Expo Center Norte, em São Paulo.

Para este ano o Mercado Livre terá um estande de 150 m², três vezes maior do que em 2017, e prepara surpresas ainda mais empolgantes para o público. A intenção é divertir os visitantes do estande com muitas atrações e a participação de youtubers e jogos multiplayer.

“A categoria de games no Mercado Livre é uma das que mais crescem na plataforma. Na Brasil Game Show pudemos comprovar o reconhecimento do público à nossa marca e tivemos uma experiência tão positiva que este ano ampliaremos a nossa participação, com uma localização ainda melhor e grandes surpresas em nosso estande”, disse Fernando Sztrajtman, gerente de Consumer Eletronics do Mercado Livre no Brasil.

Mais atrações para a BGS 2018

Em 2018, cerca de 300 marcas participarão da BGS, que mais uma vez trabalha para superar o sucesso da edição anterior. Já estão confirmados, entre outras atrações, Charles Martinet, dublador de Mario, famoso personagem da Nintendo; Daniel Pesina, intérprete de diversos personagens icônicos de Mortal Kombat, e Katsuhiro Harada, diretor de Tekken e de Soul Calibur, ambas importantes séries de jogos de luta.

Além de convidados internacionais, também está garantida a participação de uma das principais line-ups de Counter Strike: Global Offensive (CS:GO) do mundo: os jogadores brasileiros Marcelo “coldzera”, Gabriel “FalleN”, Fernando “fer”, Epitácio “TACO” e Ricardo “boltz”. Ao longo dos próximos meses, outras várias novidades serão reveladas.

Todas as notícias sobre a Brasil Game Show podem ser vistas no site da BGS.

Serviço – BGS 2018

Quando: 10 a 14 de Outubro (1º dia exclusivo para imprensa e negócios)
Onde: Expo Center Norte
Endereço: Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme, São Paulo – SP
Horário: 13h às 21h

Charles Martinet, o dublador do Mario, confirma presença na BGS 2018

Com certeza você já ouviu falar do Charles Martinet, afinal ele é o dublador oficial do maior personagem dos videogames, o Mario. Pois bem, ele é o mais novo nome confirmado para participar da Brasil Game Show 2018, o maior evento de games da América Latina. Martinet estará na feira nos dias 11 e 12 de outubro e terá uma agenda cheia de compromissos que vão agradar fãs de todas as idades.

A programação inclui sessões de Meet & Greet, em que os visitantes poderão tirar fotos e pegar autógrafos do convidado; apresentações de painéis no BGS Talks, onde ele revelará curiosidades dos bastidores de seu trabalho, e presença nos concursos de cosplay, como um dos jurados das competições. Empolgado com a vinda à BGS, Martinet deixou um recado para os fãs convidando-os para o evento.

“Os jogos do Mario marcaram gerações de gamers e foram fundamentais para a popularização dos videogames em todo o mundo. Trazer para a BGS o dono de uma das vozes mais icônicas e lendárias da indústria é motivo de muito orgulho e tenho certeza que será uma grande atração para os visitantes da feira”, disse Marcelo Tavares, CEO e fundador da Brasil Game Show.
Está não é a primeira vez que Charles Martinet vem ao Brasil, o dublador já este na antiga feira Gameworld, onde fez muito sucesso entre os brasileiros que já pediam seu retorno a terras tupiniquins há muito tempo. Outros grandes nomes já foram  confirmados na BGS 2018, tais como Katsuhiro Harada, diretor de Tekken, uma das mais icônicas séries de jogos de luta, e Daniel Pesina, intérprete de diversos personagens icônicos de Mortal Kombat.

Esse mês, a BGS também confirmou a presença de uma das principais line-ups de Counter Strike: Global Offensive (CS:GO): os jogadores brasileiros Marcelo “coldzera”, Gabriel “FalleN”, Fernando “fer”, Epitácio “TACO” e Ricardo “boltz”.

Todas as notícias sobre a Brasil Game Show podem ser vistas no site oficial do evento.

Serviço – BGS 2018 

Quando: 10 a 14 de outubro (1º dia exclusivo para imprensa e negócios)

Onde: Expo Center Norte

Endereço: Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme, São Paulo/SP

Horário: 13h às 21h

Jogo indie brasileiro The Last War está de volta com novo nome e mudanças significativas na jogabilidade

Quem esteve na BGS 2016 deve ter visto o jogo The Last War, um jogo indie bastante promissor produzido no Brasil (até fizemos um artigo na ocasião). Pois bem, muita coisa aconteceu durante o desenvolvimento do game. Ele até chegou a ser cancelado devido a problemas internos. Porém a equipe da First Phoenix Studio abraçou a ideia e resolveu trazê-lo de volta com algumas mudanças interessantes.

A primeira mudança a ser mencionada é que o jogo agora se chama The Last War: Hack Survivor. A inclusão no título deve-se à trama do jogo. Desta vez você controla um hacker experiente que deve usar suas habilidades para sobreviver a um apocalipse zumbi que devastou toda a cidade do Rio de Janeiro. Este é o primeiro game nacional de sobrevivência com ares de AAA.

Os infectados pela estranha pandemia começam a agir de uma forma muito estranha, com uma cor pálida, esverdeada, partes do corpo vão apodrecer, e começaram a atacar outras pessoas. Nesse ambiente caótico, a cidade é isolada para que a infecção não se espalhe. O problema é que existem pessoas na zona de infecção. Sua missão é guiar um desses moradores a fim de tentar se manter vivo.

Outra mudança importante em The Last War é o fato de que o jogo deixou de ser focado no multiplayer online e agora ele é um game singleplayer. Esta simplificação das coisas permitiu que a equipe de desenvolvimento focar em outros aspectos do jogo, como o estilo de arte belíssimo e mecânica de jogo mais apurada. O jogador terá a sua disposição um grande arsenal de armas para enfrentar os zumbis. Alguns soldados do exercito brasileiro chegaram a dar consultoria aos desenvolvedores para tornar os armamentos mais realistas possíveis.

Ainda que o game já não seja mais multiplayer, o game ainda tem os elementos principais e não perdeu sua identidade. Você ainda terá muita dificuldade para passar pelas ruas infestadas de zumbis e o clima será de bastante ação e aventura. The Last War tem influências em jogos bastante conhecidos do público gamer, como DayZ e Infestation. O título sai com dublagem em português e legendas em inglês. De acordo com os desenvolvedores, The Last War deve receber uma demo jogável na BGS 2018.

Abaixo tem um vídeo de The Last War feito pelo youtuber Tio Blinder:

Brasil Game Show lança segunda edição de seu livro com a história completa do evento

Após dez edições de puro sucesso, a Brasil Game Show lança  a segunda edição que visa contar  casos e histórias  dos dez anos do maior evento de games da América latina. O livro Brasil Game Show – o Livro narra momentos marcantes da história do evento e ainda conta detalhes e bastidores dessa incrível trajetória iniciada em 2009, no Rio de Janeiro.

“Brasil Game Show – o Livro” é uma publicação da Editora Europa. Um dos destaques é o capítulo que fala da histórica BGS10, além de contar sobre a mítica edição 2012 (quando o evento veio para São Paulo e se tornou o maior do Brasil). A obra conta com textos em português e inglês, capa dura, embalagem exclusiva e diagramação totalmente reformulada. A obra já está disponível para compra pelo site da BGS e custa R$ 99.

Mais do que um resumo das 10 edições da Brasil Game Show, o livro traz ainda a inspiradora história de empreendedorismo de Marcelo Tavares, criador da feira e um dos maiores colecionadores de games do Brasil, com um acervo de 350 consoles de todas as gerações e mais de 4 mil jogos.

“Nosso objetivo é compartilhar com os gamers não apenas os principais momentos do evento, mas também alguns episódios marcantes da história da indústria no país”, disse Marcelo, lembrando que o livro conta também um pouco de sua trajetória pessoal, que começou como a paixão por videogames na infância e se transformou no sonho de conduzir a BGS para mais de 300 mil visitantes a cada edição.  “Nesta obra, o leitor acompanhará a primeira parte de um caminho longo que está longe de terminar. A 11ª edição da BGS, em 2018, já tem grandes nomes confirmados, promete ser ainda melhor do que a última e o começo de um novo capítulo”, completa.

Mais detalhes sobre a edição especial de Brasil Game Show no site do evento.

 

Serviço – Brasil Game Show 2018

Quando: 10 a 14 de outubro (1º dia exclusivo para imprensa e negócios)

Onde: Expo Center Norte

EndereçoRua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme, São Paulo/SP

Horário: 13h às 21h

Howard Warshaw, desenvolvedor do polêmico jogo “E.T. the Extra-Terrestrial”, para Atari, será uma das atrações internacionais da BGS 2018

A Brasil Game Show já recebeu diversos produtores de games consagrados, como o mítico Hideo Kojima. Agora é a vez de receber aquele que é chamado o criador do pior jogo da história. Sim, Howard Scott Warshaw, criador de E.T. the Extra- Terrestrial estará no evento para falar com os visitantes e explicar os problemas que teve durante o desenvolvimento do famigerado título, além de falar sobre a lenda do cemitério de cartuchos do E.T.

Howard Warshaw foi um dos primeiros desenvolvedores de jogos eletrônicos e autor de diversos títulos famosos para o Atari, como Yars’ Revenge, considerado um dos melhores games do lendário videogame; Raiders of the Lost Ark, jogo baseado no filme “Indiana Jones e os Caçadores da Arca Perdida”. O convidado internacional estará na BGS de 11 a 14 de outubro e, além de participar de sessões de meet & greet e de apresentações no palco do BGS Talks, terá um lugar no Wall of Fame, assim como Hideo Kojima, Nolan Bushnell, Ed Boon e Phil Spencer.

De acordo com a organização da feira, Warshaw dividirá com o público alguns dos principais momentos de sua carreira e também os bastidores dos episódios que culminaram na transformação de uma das licenças mais disputadas da história dos videogames, a do filme “E.T. – O Extraterrestre”, em milhares de jogos enterrados no meio do deserto do Novo México, nos Estados Unidos. Ainda sobre este caso, contará como carregou por três décadas o fardo de ser o único desenvolvedor do jogo, uma história que, segundo ele, mistura “arrogância, triunfo, ambição cega e, no final, resiliência”.

Vale lembrar que além de desenvolvedor, Howard Warshaw é artista, tecnólogo e terapeuta. Atualmente, Howard atua como psicoterapeuta no Vale do Silício (Califórnia – EUA), onde se especializou em questões recorrentes a profissionais de empresas de alta tecnologia e inteligência avançada. Suas realizações profissionais ainda incluem uma exposição de arte no Museu de Arte Moderna de Nova York e prêmios como produtor cinematográfico.

A Brasil Game Show também já confirmou para a sua 11ª edição a participação de Katsuhiro Harada, diretor de Tekken, uma das mais icônicas séries de jogos de luta. Ao longo dos próximos meses, muitas novidades serão reveladas. A Brasil Game Show 2018 (BGS) será realizado entre 10 e 14 de outubro de 2018 no Expo Center Norte, em São Paulo. Todas as notícias sobre a Brasil Game Show podem ser vistas no site do evento.

Abaixo tem o vídeo que Warshaw deixou para os fãs da BGS:

Katsuhiro Harada, produtor de Tekken, é o primeiro convidado da BGS 2018

A BGS 2018 já está a todo vapor. Sim, o planejamento para o evento do ano que vem está a mil! Prova disso é que a organização já confirmou a primeira atração internacional: Katsuhiro Harada, diretor dos jogos da série de luta Tekken e um dos mais importantes criadores da indústria mundial de games. O evento já tem data marcada: 10 a 14 de outubro de 2018, no Expo Center Norte, em São Paulo.

De acordo com a organização, os visitantes da feira poderão acompanhar e participar de uma série de atividades com a presença de Harada, como a abertura oficial do evento, sessões de meet & greet e apresentações no palco do BGS Talks. Além disso, o famoso produtor japonês também será jurado de concursos de cosplays e receberá duas homenagens: o prêmio Lifetime Achievement Award e um lugar no Wall of Fame, ambas oferecidas apenas a lendas do setor, como Hideo Kojima, Phil Spencer e Nolan Bushnell.

A #BGS10 foi inesquecível e entrou para a história como maior e mais importante edição até aqui. Trouxemos grandes nomes da indústria, apresentamos muitas novidades e batemos recordes de público, expositores, estações de jogos e lançamentos. Agora é o momento de partir para o ‘next level’, ou seja, o desafio é crescer ainda mais e entrar de vez para o calendário global dos mais importantes eventos mundiais de games”, disse Marcelo Tavares, CEO e fundador da Brasil Game Show. “Estamos trabalhando muito para que a BGS 2018 seja ainda melhor e a participação do Harada inaugura uma série de grandes anúncios que faremos ao longo dos próximos meses”, completou.

Sobre Tekken 7

Lançada em 1994 pela NAMCO Inc., Tekken é uma das mais importantes e mais vendidas séries de jogos de luta de todos os tempos. Um dos primeiros games do gênero a mergulhar no mundo do 3D, Tekken tem milhões de fãs por todo o mundo e entre seus diferenciais estão as centenas de combinações diferentes de golpes para cada personagem. O título mais recente da série, Tekken 7, lançado em 2 de junho, já vendeu mais de 2 milhões de cópias para PlayStation e XBOX e PC. Mais informações sobre a Brasil Game Show estão disponíveis no site oficial.

Abaixo tem um trailer de Tekken 7:

A grande polêmica da BGS 2017: estúdio indie Flux é expulso da feira

Um dos estúdios brasileiros que mais receberam destaque nos últimos meses foi a Flux Game Studio (inclusive já saíram por essas bandas) graças ao jogo de luta GUTS. O título coloca personagens em combates bastante violentos que incluem decapitações e desmembramentos. Entretanto não foi a violência exacerbada que ocasionou a retirada do estúdio de dentro do evento no último sábado (14).

O que causou a expulsão da Flux foi um desacerto com a localização do estande. De acordo com os desenvolvedores, a organização não entregou um espaço apropriado para demonstrar seu jogo ao grande público da BGS. Entre as reclamações estão luz fraca, teto baixo, baixa circulação e um pilar na frente do estúdio que prejudicava as possíveis visitações. A solução encontrada pelo time da Flux foi mudar suas coisas para um estande da área indie que estava vazio e apresentava as condições esperadas.

O estande original da Flux Game Studio

Entretanto a organização da feira não ficou satisfeita com essa decisão tomada pela Flux sem autorização. Em decisão executiva da BGS foi decidido que a Flux deveria se retirar do evento. “Não é todo dia que você é expulso de um evento como expositor tendo pago milhares de reais para participar. Ainda estamos digerindo tudo o que aconteceu, mas o fato é que já é mais uma polêmica que entra pra conta do GUTS”, diz Paulo Luis Santos, diretor do game. “Agradecemos demais a todos os jogadores, comunicadores e criadores de conteúdo que vieram nos visitar. Fizemos amizades e nos divertimos demais. A comunidade de GUTS cresce a cada dia e estamos muito felizes e orgulhosos”, diz.

No estande da Flux estava rolando um campeonato de GUTS valendo R$ 1000 em créditos na Steam. As partidas deveriam ocorrer no sábado e domingo, mas por conta do acontecido os desenvolvedores decidiram passar o mesmo prêmio para um evento vindouro no futuro. O lançamento de GUTS não foi afetado de modo algum, sendo que a data permanece o dia 31 de outubro na Steam com o preço de R$ 36,99. Quem quiser experimentar o game de luta e desmembramento que não tem barra de vida já pode baixar o demo gratuito disponível na Steam e na Nuuvem, onde também é possível comprar o game em pré-venda.

O que diz a BGS sobre a polêmica envolvendo a Flux

O criador da BGS, Marcelo Tavares reuniu a imprensa para falar da polêmica e sobre outros assuntos do evento. De acordo com o executivo a premissa da organização é privilegiar aqueles que têm boa conduta dentro da feira. “Tivemos um episódio de mudança de espaço de forma não autorizada. Essa empresa foi retirada por descumprir as cláusulas contratuais em respeito aos demais expositores da área que solicitaram isso para a gente”, disse Tavares. O homem forte da BGS ainda reiterou seu compromisso com o mercado indie do Brasil e diz não ficar mágoas com o pessoal da Flux: “Acreditamos de verdade no mercado indie e a empresa que descumpriu o acordo é bem-vinda no ano que vem”, finalizou.

Rádio Transamérica está na Brasil Game Show 2017

Quer ganhar ingressos para a BGS 2017 ou brindes exclusivos se estiver na feira? Basta ficar antenado na programação da radio Transamérica. A emissora de radio mais pop do Brasil marcará presença no evento com a equipe de promoção, que ficará em um estande exclusivo para interagir com o público e entregar prêmios.

Quem estiver nos pavilhões do Expo Center Norte poderá conferir o espaço da Transamérica que ainda vai oferecer um campeonato de fliperama, com apoio da Crazy Arcade. A emissora já é famosa por se comunicar com o público jovem e a BGS é um local ideal para interagir com sucesso com a galera que consome muito cultura pop.

Considerada a maior feira de games da América Latina, a Brasil Game Show já recebeu mais de 1 milhão e 200 mil pessoas em suas nove edições. O evento é uma oportunidade para as empresas do setor apresentarem os principais lançamentos e mostrarem ao público os jogos que ainda estão por vir.

APAE de São Paulo estará na BGS 2017

Quem também participa do mega evento é a APAE de São Paulo. A Organização terá um estande, localizado na Rua L – nº B43, para a venda de seus produtos institucionais como canecas, cadernos, almofadas, além de diversos objetos do universo geek. No dia 13, por volta das 14h, o estande também contará com a participação do youtuber O Araruna, que irá interagir com o público.

Além disso, quem doar um quilo de alimento não perecível no estande da APAE DE SÃO PAULO (localizado na entrada do evento) terá direito a pagar meia-entrada no ingresso. É uma oportunidade de se divertir e fazer o bem, ajudando a melhorar a vida de muitas pessoas com Deficiência Intelectual.

 

Serviço – Rádio Transamérica na Brasil Game Show

Data: 11/10 a 15/10

 Expo Center Norte

Endereço: Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme

Ingressos: http://www.brasilgameshow.com.br/ingressos

BGS 2017: Startup apresentará dois games nacionais independentes a investidores e jogadores

A startup Game Nacional está na BGS 2017 (Brasil Game Show), maior evento de games da América Latina, apresentando dois novos jogos brasileiros a investidores e jogadores. A intenção é impulsionar a indústria local e tornar os games nacionais reconhecidos mundo a fora. Nesta edição da BGS serão mostrados dois games totalmente independentes.

“Os games previamente selecionados por nosso time passaram por um trabalho de advisor prestado pela empresa, durante o qual foram disponibilizadas ferramentas para apoiar o projeto, levando-o a um novo nível, para então serem apresentados para a mídia, investidores e jogadores”, explica Adriano Reis, fundador da startup Game Nacional.

John: The Zombie é um jogo 3D em mundo aberto, no qual o jogador é um zumbi que se alimenta de cérebros. Como cada cérebro tem memórias e características de seu dono, John acaba por incorporá-las, o que lhe dá inúmeras habilidades para serem usadas no jogo.

Adalbert é um game 2D em pixel art, no qual o jogador irá desvendar segredos, combater inimigos, superar obstáculos, resolver puzzles, descobrir segredos e cair em armadilhas “óbvias”, com controles intuitivos para os amantes de jogos retrô/clássicos. A aventura se dá no castelo “totalmente seguro” do Shamladorvius. O objetivo é coletar tangerinas e vencer os desafios, sem antes morrer centenas de vezes.

Dos nove jogos que estão atualmente no portfólio da Game Nacional, três já conseguiram aportes financeiros e estão passando por adaptações para serem lançados no mercado. Para conseguir os aportes, a Game Nacional opera como uma “corretora de jogos digitais”, atuando na venda e compra de projetos, em troca de uma porcentagem da transação.

Se você estiver na BGS não deixe de prestigiar esses dois jogos brasileiros no estande da Game Nacional. A área indie da BGS, aliás, promete uma série de jogos completamente inovadores e divertidos. Muitos dos games que aparecem lá costumam fazer grande sucesso semanas após o fim do evento.

Abaixo o trailer de John: The Zombie:

 

Brasil Game Show – BGS

11 a 15 de outubro, das 13h ás 21h.

Expo Center Norte, em São Paulo.