Arquivo da tag: BGS 2013

BGS 2013: “Os brasileiros são apaixonados por games”, diz executivo da Game Insight

DSCF1925

Outra empresa que marcou presença na Brasil game Show 2013 foi a Game Insight. A empresa é famosa por seus games de celulares  e Web e já apareceu aqui no GameReporter. Durante a feira, a empresa montou um estande cheio de jogos para iPads a fim de apresentar seus produtos para o mercado brasileiro como Ilha Paraíso, Meu País, Dragon Eternity, Meu Aeroporto, entre outros. Esta foi a primeira participação da empresa em um evento de games brasileiro e para marcar a ocasião a empresa montou um estande todo estilo.

Como não poderia deixar de ser, alguns executivos da companhia vieram da Rússia só para conhecer de perto os gamers brasileiros e como é o nosso país. Um desses visitantes ilustres foi Konstantin Kamenev, diretor de desenvolvimento, que concedeu uma entrevista exclusiva para o GameReporter. Detalhe: nossa entrevista foi celebrada com vodka russa original.

 

GameReporter: Como a game insight conheceu o Brasil, e o que despertou o interessa da empresa em nosso país?

Konstantin Kamenev: A princípio conhecemos o Brasil através de novelas e futebol. Posteriormente fizemos pesquisa e descobrimos que o Brasil tem a maior audiência móbile dentre os países da América Latina. Além disso, descobrimos que no país as pessoas jogam todos os tipos de games, ou seja, há tantos jogadores que há mercado para todos os gêneros de jogos. Nossas análises mostraram acima de tudo que os brasileiros são apaixonados por games. O número de usuários de plataformas móveis no Brasil continua crescendo, assim como o número de downloads de jogos e aplicativos. Temos muito orgulho de ser a única desenvolvedora russa no brasil.

 

Como vocês chegaram ao Brasil? Vocês se estabeleceram da mesma forma que fazem em outros países?

Chegamos ao Brasil em 2012 e quando resolvemos fazer negócios por aqui escolhemos três diferentes tipos de jogos diferentes dentro do nosso catálogo para serem localizados porque queríamos saber qual tipo de jogo os brasileiros mais se identificavam e com isso pudemos definir um plano de ação para nos estabelecermos melhor por aqui. Não entramos na mesma forma nos outros países localizados, pois o mercado brasileiro tem suas peculiaridades, apesar de não ser muito diferente do mercado russo.

 

Qual a maior dificuldade que a Game Insight enfrentou para lançar seus games no Brasil.

Com certeza tivemos muitos problemas para conseguir uma boa localização dos nossos títulos, porque o Brasil tem um jeito diferente em termos de localização, do que em outros países. A tradução não pode ser literal. Além disso, houve um medo muito grande na questão de como os brasileiros iriam ver nossos jogos por causa do modelo europeu de negócios e o estilo dos jogos que produzimos, mas esse medo desapareceu assim que iniciamos os trabalhos.  Passamos a colocar elementos que os brasileiros gostam.

 

O mercado de games é vantajoso no Brasil para a Game Insight?

Sim, sem dúvidas. Vimos que alguns tipos de jogos despertam mais interesses que outros e a adição de objetos escondidos atraem a atenção de jogadores mais dedicados. O Espelho de Londres, por exemplo, é um dos nossos jogos mais bem sucedidos. Ele é do gênero “objetos escondidos”, que se mostraram bastante rentáveis no iPads. Por causa do sucesso de Espelhos de Londres, queremos localizar mais jogos deste gênero para o Brasil. Vale citar ainda que um dos motivos do nosso sucesso é que nossos jogos contem gráficos de alta qualidade e o conteúdo que disponibilizamos são criados justamente para agradar nossos clientes.

 

DSCF1925Jogos free to play vêm crescendo a cada ano, você acha que esse tipo de jogos vai dominar o mercado algum dia?

Acreditamos muito no modelo freemium e investimos nesse negócio porque eles apresentam a possibilidade de sucesso maior que o encontrado em outros gêneros. Além disso, acreditamos que os melhores jogos são aqueles que são gratuitos.

 

Quantos usuários vocês já possuem em nosso país e como é a recepção deles?

Temos cerca de 400 mil usuários, o que é um número muito bom. Todos os nossos jogos são gratuitos o que ajuda a disseminá-los mais rapidamente e conseguir um bom número de feedbacks. Estamos sempre atentos para atender as expectativas desses usuários. Quando um jogo sai sempre verificamos os reviews na App Store e sabemos que o usuário está satisfeito quando vemos comentários como “muito legal” ou ”muito bom”. Nossa equipe esta ganhando um pouco de português com as reviews dos usuários.

 

Como a empresa se vê daqui a cinco anos.

Em termos de jogos o Brasil é parecido com a Rússia e percebemos que a tendência é que o crescimento de usuários vai continuar. Esperamos assim, criar jogos crossplataforma, ou seja, presentes em diferentes lugares como mobile, internet, plataformas sociais, etc. Acreditamos que o Brasil continuará consumindo muito conteúdo móbile, pois sabemos que os brasileiros jogam muito videogame e que eles gostam de acompanhar os hardwares e softwares – cada vez mais evoluídos. Em São Paulo percebemos que os dispositivos moveis são muito utilizados e com este conhecimento acreditamos que, assim os russos, os brasileiros irão jogar muito mais jogos em dispositivos móveis.

 

Quer deixar uma consideração final?

Bom, vocês podem mencionar alguma coisa sobre a vodka russa.

BGS 2013 – evento reuniu mais de 150 mil pessoas. Edição de 2014 já tem data marcada!

DSCF1907

Dito e feito! A organização da Brasil Game Show esperava bater o recorde de visitantes do ano passado. De acordo com a organização, em sua sexta edição, o evento reuniu mais de 150 mil pessoas, entre profissionais da indústria, expositores e jornalistas.

Tal número foi conquistado graças as novidades que estavam disponíveis para teste como o Xbox One e o Playstation 4 com todos os seus jogos de lançamento, além de vários games novinhos em folha como Batman Arkham Origins, Battlefield 4, Assassins Creed IV: Black Flag, entre outros. Também vale ressaltar a importância da realização de torneios e disputas que amistosas que divertiram o público como o Desafio Internacional de League of Legends que reuniu os melhores jogadores da América Latina.

Outro destaque da feira foi a participação de bandas conhecidas do público como Os Gameboys, Mega Driver e Pentakill, além da ilustre presença de produtores de games que vieram para falar de seus mais recentes projetos como Ambre Lizurey (Assassins Creed), Tymon Smektala (Dying Light), Eric Holmes (Batman Akham Origins), entre outros. O saldo total foi um sucesso absoluto no número de negócios realizados dentro da feira, de vendas de produtos e de alimentos não perecíveis arrecadados (cerca de 50 toneladas).

E se você acha que a edição 2013 foi grande em comparação com a do ano anterior, prepare-se: a organização já confirmou a edição 2014 da BGS. Ela irá ocorrer entre os dias 8 a 15 de outubro de 2014, novamente no Expo Center Norte, em São Paulo. O destaque é que o evento englobará todos os cinco pavilhões do Expo Center Norte, ou seja, mais que o dobro da área ocupada em 2013. Tomara que no próximo ano a Nintendo marque presença, pois a ausência da empresa foi duramente sentida pelos 150 mil visitantes de 2013.

BGS 2013: Razer apresenta o Razer Edge, o tablet dos sonhos para todos os gamers

Razer Edge
A tecnologia vem se aprimorando a cada segundo, isso não é de se duvidar. Hoje em dia temos celulares com efeitos 3D, processadores dual cores e quad cores, entre outras evoluções constantes que vem acontecendo e fazem parte do nosso cotidiano sem que percebamos. Sendo assim, não é inacreditável a existência de um tablet que seja superior a um desktop popular.

Quem esteve na BGS pôde conhecer uma dessas maravilhas tecnológicas, mas só conhecer, pois o teste era restritíssimo. Apesar das dificuldades, o GameReporter conseguiu testar esse aparelho tal peculiar. Batizado de Razer Edge Pro, o aparelho é um tablet multitarefas, assim como a maioria dos aparelhos encontrados no mercado, entretanto ele chama as atenções por ter sido desenvolvido pensado no público gamer. Desde o design, acessórios e configurações, tudo foi desenvolvido pensando na melhor solução para quem procura uma experiência mais hardcore para tablets.

O Razer Edge é o primeiro tablet dedicado para gamers. Não havia um produto similar no mercado e tudo que você faz no PC é possível fazer no Edge”, disse Vitor Martins, gerente da Razer para a América Latina.

Razer EdgeNosso teste iniciou com o game Grid 2, ocasião em que constatamos uma performance muito convincente. Em alguns momentos a sensação que se tem é que o jogo roda mais suavemente no Edge do que no Xbox 360. O aparelho acompanha um suporte, que na verdade é um joystick com tecnologia XInput, que permite que qualquer jogo otimizado para funcionar com o controle do Xbox rode da mesma forma com o gamepad do Edge.

Durante o gameplay de Grid 2 observamos que a jogabilidade com o gamepad do Edge equipara-se ao nível de jogabilidade dos consoles tradicionais. A ressalva é quando troca-se para o modo touch que é muito menos sensível que o iPad, ficando no patamar de qualquer tablet convencional.

Esse é o grande ponto negativo do Edge, afinal um device vendido como um tablet para gamers necessita de um desempenho acima do normal, principalmente nas questões mais simples como a sensibilidade ao toque.

Nosso segundo teste foi com Halo Spartan Assault, um game de qualidade mediana. Neste caso, a tela de toque não ajudou muito por causa de sua sensibilidade abaixo do esperado. Naturalmente existem tablets com sensibilidade muito abaixo do Edge, porém a impressão é que poderia ser mais bem desenvolvido.

Apesar da sensibilidade abaixo do esperado, o Edge conta com uma tela muito brilhante e com resolução de imagem invejável. A Razer deixou um modelo do Edge fechado em uma caixa rodando vídeos demonstrativos para o público que visitava o estande. A qualidade da imagem é incontestável, deixando claro que os games e filmes serão muito apreciados no aparelho. Além de tablet, o Edge permite funções de monitor, através de uma base com saídas de vídeo, podendo levar a jogatina para uma tela maior, caso necessite.

Razer EdgeO aparelho foi concebido para ter o mesmo poder de processamento de um desktop. Para isso, ele conta com um processador Intel Core i7 Dual Core, memória 8GB DDR3 e um chip gráfico Nvidia GT 640M LE. Com essas configurações ele é capaz de rodar praticamente todos os games lançados atualmente no mercado (alguns sem as configurações máximas, é claro). A Razer não arriscou dar uma data de lançamento ou preço para lançar a plataforma no país.

A conclusão que se chega é que os notebooks dedicados a jogos finalmente ganharam um rival à altura. O Razer Edge tem um grande apelo para o publico gamer, mas também serve para quem não é do nicho. Lá fora ele já tem um preço salgado (US$ 1450,00), então se algum dia ele chegar por essas bandas é melhor estar preparado, afinal o preço do aparelho somado aos impostos típicos do país tornarão o Edge um produto exclusivo para uma audiência muito seleta.

Outro fator preocupante é o tempo, pois se o Edge demorar muito para ser lançado por aqui ele pode acabar ficando ultrapassado muito rápido. Afinal, diferente dos PCs, não é possível realizar upgrades de hardware num tablet, a menos que a Razer decida lançar versões atualizadas do tablet. Ainda assim, o Edge é um sonho tecnológico que vale a pena adquirir.

Especificações:

Processador: Core i7 1.9GHz Dual Core

Memória: 8GB RAM

Gráficos: NVIDIA GT 640M LE (2GB DDR3, Optimus Technology)

Armazenamento: 256GB SSD

Dimensões: 278.5 mm x 178.85 mm x 19.5 mm

Peso com o gamepad: mais de 1,8kg

Preço no Brasil: Não definido.

Colaboração: Victor Cândido

Confira as atrações da BGS 2013

untitled

Finalmente a maior feira de games do Brasil começou! A BGS abre suas portas a partir de amanhã (25/10) no Expo Center Norte, em São Paulo. O primeiro dia é dedicado aos membros da imprensa, Vips e convidados, mas os visitantes poderão conferir todas as novidades da feira no final de semana. O GameReporter antecipa tudo o que vai bombar na feira, confira:

 

Blizzard

Como não poderia deixar de ser, a dona de World of Warcraft marcará presença no evento para divulgar as novidades Hearthstone: Heroes of Warcraft e Warcraft III nos consoles, além disso, haverá diversas atividades e sorteios. Alguns membros da Blizzard estarão à disposição para quem quer um autógrafo ou conhecer como é feito o trabalho da Blizzard. As atividades serão coordenadas pelo Luciano Amaral do MOK TV e pelo narrador Xuminator, de Starcraft III.

 

Seven

A Seven, proeminente escola de Computação Gráfica, também terá um estande muito especial na Brasil Game Show e que deverá atrair muitos jogadores a entusiastas por entretenimento pop. Para se ter ideia, é lá que as bandas de game music Mega Driver e GameBoys irão se apresentar. Quem conhece o trabalho desses grupos sabe que o trabalho deles é muito bom. Além deles, a Seven ainda trará o produtor do game The Godfather, o time do Mundo Canibal, o astro do Youtube Gil Brother do canal Away Nilzer e Helder Moreira, escultor oficial da Marvel. Além deles, o estande contará com a participação muito especial de John Diaz, produtor de GTA V, que irá atender ao público e contar sobre a produção do mais recente arrasa quarteirão da Rockstar.

 

Innogames

A européia Innogames aproveitará a BGS para lançar a versão de iPad de Forge of Empires. O game é o principal lançamento da empresa e chega totalmente localizado em português. A companhia estará localizada no estande 24 na área de business, no segundo andar. Além de Forge of Empires, a Innogames mostrará também o game Tribal Wars e o bem sucedido Grepolis. A intenção da produtora é aumentar sua base instalada no Brasil e atrair novos negócios.

 

Hoplon

A Hoplon anunciou uma parceria inédita com a gigante dos RPGs Square-Enix para a BGS. O projeto será um RPG para plataformas móveis (Android e iOS) e inspirado na cultura local. Durante o evento serão apresentadas imagens conceituais e telas do game que será free-to-play. “Ficamos muito orgulhos com o convite da Square-Enix. A confiança de uma empresa japonesa desse porte em nosso trabalho vem de encontro aos objetivos da Hoplon, que vem caminhando para tornar-se uma empresa global”, disse Guilherme Loureiro, Diretor de Publicação e Marketing da Hoplon.

Além deste game, a empresa também revelará detalhes do game Mundo Canibal Apocalypse: O Pior Jogo do Mundo. O game é para Facebook, tem estilo bet ‘em Up e também é free-to-play. Para judar na divulgação, o estande da Hoplon terá a presença dos irmãos Rodrigo e Ricardo Piologo, criadores do site.

Outros títulos no estande da Hoplon é Heavy Metal Machines, o primeiro MOBA totalmente nacional, que estará disponível para testes em primeira mão; Minhokarts, baseado no longa metragem brasileiro em stop-motion; APB: Reloaded; Candypot!; Golaço e o lançamento Bounty Hounds Online.

 

Warner Bros Games

A WB Games terá um dos estandes mais requisitados pelos visitantes da feira, pois é lá que se encontrarão alguns dos lançamentos mais aguardados do mercado, como FIFA 14, com direito a torneios; Battlefield 4, que estará rodando em 32 computadores para que os jogadores se enfrentem neste que promete ser um dos melhores shooters já criados; Batman Arkham Origins, o game do morcego terá um destaque todo especial para que os visitantes confiram o trabalho de dublagem realizado pelos mesmos atores que fizeram o trabalho na trilogia de Nolan nos cinemas. Além disso, o público pode conferir outros games como o belo Need For Speed Rivals, Dying Light, Disney Infinity, LEGO Marvel Super Heroes, Hot Wheels e Mad Max.

 

Riot Games

A Riot, empresa por trás do hit League of Legends, anuncia durante a feira o Desafio Internacional do game. A ideia básica é colocar os melhores jogadores do Brasil e da América Latina para se enfrentar em um torneio que vale US$ 30 mil. O torneio será disputado pelos times PaiN Gaming, Keyd Team, KaBuM e-Sports e CNB eSports Club do Brasil. Os times da América Latina classificados para a competição são o Isurus Gaming, da Argentina; Renegades of Hell, do Chile; Dash9 Gaming, da Colômbia; e os peruanos da Arenales Net Games.

Além deste torneio, o estande da Riot terá apresentação da banda Pentakill, formada por Rioters caracterizados como os personagens do game; e workshops especiais.

 

Rixty

A Rixty, volta à BGS transformando seu estande em uma verdadeira lan house. No espaço os jogadores encontrarão computadores com diversos jogos instalados. O destaque mesmo é que os jogadores poderão testar games ainda em fase beta, ou seja, conhecer games antes de seus lançamentos oficiais. Para isso, serão disponibilizadas chaves de acesso durante o evento. Além disso, os jogadores cadastrados no site da empresa ganharão R$ 5,00 que podem ser usados em mais de mil jogos online do catálogo de parceiros da Rixty. Como se não bastasse, os jogadores cadastrados concorrerão a um iPad que será sorteado no dia 13 de novembro.

A Rixty receberá também vários publishers parceiros em seu estande, entre eles Goodgame, AeriaGames, Gameforge e G4Box. A G4box, que publica Cross Fire, aproveitará a ocasião e anunciará dois novos jogos, em uma parceria exclusiva com a Rixty. A Rixty também irá apresentar uma nova versão do seu site.

 

Razer

A Razer mantém sua posição de principal montadora de equipamentos para PC Gamers, graças ao tablet Razer Edge, que promete uma experiência ótima para games de tablets e PCs. Além deste, a empresa também leva acessórios temáticos de Battlefield 4 e os controles Razer Atrox e Razer Sabertooth. Jogadores em busca de uma experiência de jogo mais elevada é o público alvo da Razer.

 

Microsoft

A Microsoft contará com um dos estandes mais espaçosos do evento, tudo para divulgar seu mais novo videogame, o Xbox One. O aparelho estará disponível para testes pela primeira vez no Brasil, já em sua versão final. Entre os games presentes, confirmação de Dead Risign 3 e o foto-realista Forza 5. Espera-se que o estande da Microsoft seja um dos mais visitados pelos jogadores.

 

Sony

Disputando as atenções dos jogadores do Xbox One, a Sony leva o caríssimo Playstation 4 para o evento. A empresa promete um espaço bem amplo e diversas estações prontas para teste (cerca de 96 consoles entre nova e atual geração). Além disso, a empresa informa que haverão diversos games a serem lançados em breve. O Playstation 3 também terá espaço garantido com o esperado Gran Turismo 6.

 

E muito mais…

Além de tudo isso, a BGS terá muitas outras novidades, como a sensação Call of Duty Ghosts, Destiny, The Witcher 3, Project Shield da Nvidia, games indie, torneios, cosplays e muito mais. A gente se vê por lá!

Brasil Game Show 2013 terá o dobro do tamanho

Brasil Game Show 2013

A feira Brasil Game Show 2012 foi um tremendo sucesso, então não é grande surpresa que a edição 2013 já esteja mais do que confirmada. O que deve surpreender muita gente são os planos da organização para o evento no ano que vem, pois ele promete ser ainda maior que o último ocorrido.

Quem foi na BGS 2012 ficou espantado com o tamanho da feira e dos estandes que ocuparam o Expo Center Norte. Porém o espaço dedicado à Brasil Game Show 2013 será o dobro, já que ocupará dois pavilhões do local, o Azul e o Branco. A organização estima que a próxima edição possa receber cerca de 150 mil visitantes em seis dias de evento (4 abertos ao público e 2 para a imprensa e convidados, sendo que um é dedicado especialmente às coletivas de imprensa).

A feira Brasil Game Show 2013 terá algumas mudanças sensíveis para melhor receber o público maior, como ampliação da praça de alimentação (uma das reclamações mais frequentes dos visitantes), além de ampliação das ruas entre os estandes e melhoria nos locais de entrada e saída do evento. Outra mudança significativa é que não serão vendidos ingressos na porta a fim de evitar a ação de cambistas e filas na porta do evento. Até mesmo a área de Business será alocada para um espaço com vista panorâmica da feira.

Mapa da Brasil Game Show 2013

A organização do evento já até criou um novo mapa para que os futuros visitantes fiquem atentos aos espaços de circulação dentro da feira. A expectativa é que a edição de 2013 traga ainda mais publishers e novidades do ano. Apesar de um pouco longe, a data já está marcada: A BGS 2013 ocorrerá entre os dias 24 e 29 de outubro. Alguém aí já está ansioso?