Arquivo da tag: ADJogos RS

ADJogosRS realiza Game Pitch Day em parceria com o SEBRAE

A Associação de Desenvolvedores de Jogos do Rio Grande do Sul (ADJogosRS) realizará neste sábado, 3 de dezembro, a partir das 14h, o Game Pitch Day, um evento em parceria com o SEBRAE-RS que tem como objetivo oferecer às empresas um espaço para os visitantes testem seus jogos e ouçam importantes feedbacks. Além disso, o evento será um importante espaço para contatos determinantes para o futuro de alguns projetos.

O Game Pitch Day será sediado no Bar 512 (Rua João Alfredo, 512, Cidade Baixa), em Porto Alegre. Muitas empresas gaúchas já confirmaram presença no evento, de modo que os visitantes poderão experimentar muitos dos títulos locais. Entre as empresas confirmadas estão a Epopeia, Izyplay, Canvas Mobile, DragonTail, Utopia, Vox, Painful Smile, Hermit Crab, Mr. Dev Studios, e Natebits.

“O evento é importante para colocarmos em teste todos os jogos que estão sendo planejados para 2017, isso ajudará a termos um excelente feedback e, com ele, evoluirmos na produção”, destacou o diretor executivo da ADjogosRS, Ivan Sendin. O Game Pitch Day também será importante para escolher as empresas que irão representar a Associação no Game Connection, que acontece em março de 2017 nos Estados Unidos.

Todas as empresas, com exceção da Mr. Dev Studios, terão expositores no evento. Além delas, a Revolver Game Studio também terá um espaço para mostrar ao público o seu trabalho. Para participar do Game Pitch Day é necessário fazer uma inscrição gratuita pelo site. A ADJogos espera que o evento reúna muitos desenvolvedores e entusiastas da indústria, além de profissionais de comunicação. O evento é uma oportunidade rara de conhecer mais sobre o desenvolvimento de games no Brasil.

Para quem não conhece, a Associação de Desenvolvedores de Jogos Digitais do Rio Grande do Sul – ADjogosRS, é uma entidade gestora do Arranjo Produtivo Local de Jogos Digitais do Estado do RS. A organização foi fundada em 2013, em Porto Alegre, para promover e fomentar a indústria gaúcha e possui hoje 30 empresas associadas. Desde então, a associação trabalha na interlocução com órgãos governamentais e privados, compartilhando e estimulando informações de todos os setores associados (estudantes, profissionais e empresas), construindo eventos que demonstrem todo o potencial que a produção de um game pode fornecer para o crescimento de diversos setores econômicos do estado e, consequentemente, do país.

SERVIÇO – Game Pitch Day

Quando: 03 de dezembro de 2016
Onde: Bar 502 (Rua João Alfredo, 512, Cidade Baixa – Porto Alegre)
Horário: a partir das 14h

Passaporte e ingressos para DASH GAMES podem ser adquiridos

Já havíamos falado sobre o DASH GAMES, o evento de jogos digitais do Rio Grande do Sul. Desta vez a notícia é dedicada a quem está ansioso: os ingressos e passaportes já estão disponíveis e podem ser adquiridos através do site da CRIExp. O DASH GAMES é organizado pela Associação de Desenvolvedores de Jogos Digitais do Rio Grande do Sul entre os dias 6 e 8 de outubro, no campus da Univates, em Lajeado (RS). De acordo com os desenvolvedores, a intenção é trocar ideias, experiências e informações sobre a produção e o mercado de jogos.

A programação do evento prevê 12 palestras nacionais e internacionais; Matchmaking (rodada de negócios), com a presença de investidores internacionais; lounge com games; e uma Jam Dash Games, competição em que estudantes desenvolvem um jogo em 48 horas com um tema específico informado na hora do evento. A expectativa é que o DASH GAMES se torne um dos maiores eventos de games do RS.

Entre os palestrantes estão Thais Weiller, da Joymasher (Brasil); Julian Castillo, da Efecto (Colombia); Oscar Clark, da Unity (Inglaterra); Ian Livingstone, criador da personagem Lara Croft – Tomb Raider (Reino Unido); Mariá Scardua, da Trinca Studio (Brasil); Martina Santoro, do Okam Studio (Argentina); Pawel Miechowski (Polônia); Grayson Chalmers, da Blizzard (EUA); Thali Goldstein, ex-Minority (Canadá); Alvaro Azofra, da Iron Hide (Uruguai); Christian Calderon, da Ketchapp (EUA); Rami Ismail, da Vlambeer (Holanda).

Para participar do DASH é necessário comprar ingressos específicos para o evento. O passaporte DASH Games, que dá direito a participação nos três dias de evento, tem valor de R$ 80,00 para estudantes, professores e funcionários da Univates. Diplomados na instituição pagam R$ 90,00 na modalidade passaporte e o público em geral R$ 100,00. Já as entradas para dias específicos custam R$ 30,00 para estudantes, professores e funcionários, R$ 45,00 para diplomados e R$ 50,00 para o público geral. Os ingressos estão à venda no site.

SERVIÇO – DASH GAMES

Quando: 6 a 8 de outubro
Onde: Rua Avelino Tallini, 171 – Bairro Universitário – Lajeado/RS
Horário: 14h ás 18h

Desenvolvedores indies do ADJogos RS tem seus jogos aprovados na Steam

Você já ouviu falar da ADJogos RS (Associação de Desenvolvedores de Jogos Digitais do Rio Grande do Sul)? Trata-se de uma associação que reúne cerca de 30 desenvolvedores da games gaúchas com a intenção de promover e fomentar a indústria local, fazendo a interlocução com o governo e demais órgãos para levantar os produtores locais, inclusive promovendo eventos e prestando assistência para essas empresas em variados assuntos.

Associações desse tipo tendem a mostrar-se extremamente positivas para desenvolvedores pequenos, pois servem para fortalecer a indústria local e tornar projetos bem conhecidos ao público. Um exemplo disso é que três produtoras associadas à ADjogos RS acabam de lançar seus games quase em paralelo na plataforma Steam, a maior loja de games digitais do mundo. As empresas em destaque são a Epopeia Entretenimento Digital; a Grimoire Games e a Monsterbed. Esta é a primeira vez para as três empresas que seus projetos são lançados na Steam e a expectativa é de alcançar bastante sucesso e maior visibilidade no cenário nacional.

A primeira a submeter seu jogo foi a Epopeia, com o título I’m Awesome. Trata-se de um jogo de ação com bastante bom humor, onde o jogador entra no mundo de um sujeito extremamente narcisista que faz o que bem entende. O problema é que este homem é meio maluco, de modo que suas vontades acabam gerando situações desastrosas e hilárias. O lançamento está previsto para meio do ano.

Pedro Gabriel, Gestor de Projetos, explica que a Greenlight serve de porta de entrada para jogadores testarem e opinarem em melhorias, gerando também fãs antes mesmo do jogo ser lançado. “Usamos nosso jogo como experimento para entender o processo de lançamento em uma plataforma tão famosa, realizamos estudos para melhorar a divulgação e distribuição. Além disso, queremos usar esse conhecimento para transformar a marca em franquia e lançar os próximos jogos com mais força”, afirma Pedro.

Outra empresa associada da ADjogos RS é a Grimoire Games, que está lançando o jogo Grim Seventh. Ele é um arcade de ação/combate com um estilo geométrico 3D único. Aqui o jogogador é um agente enviado para derrotar as perigosas criaturas malignas, que foram conjuradas por nefastos feiticeiros. Para acabar com o ataque das forças das trevas vale tudo, inclusive usar espadas e magia. A previsão de lançamento do jogo é final de abril ou início de maio.

Por fim, temos a MonsterBed, que busca visibilidade para o jogo Astromonkey: Hitball Arena, que levou dois anos para ser desenvolvido. O título conta as aventuras de Astro, um macaco astronauta que foi enviado em uma missão de exploração espacial, mas acabou sendo sugado por um buraco negro e resgatado por alienígenas. Agora para voltar para casa, o nosso herói terá de vencer o torneio interestelar de Hitball Arena!  O jogo deve ser lançado ainda em abril.

“Neste primeiro momento queremos que o jogo seja visto. Com certeza achamos que tem potencial para ser um sucesso, pois investimos um bom tempo nele. Esperamos lançar o jogo para mobile também, então quanto mais gente conhecer o PC/Mac, mais pessoas conhecerão a versão mobile”, afirma Felipe Peruzzo Milkewicz, Animador da MonsterBed.

A importância de associações como a ADJogos RS:

Claro que a ADjogos RS não é a única responsável pela aprovação destes jogos na Steam. Na verdade muito do trabalho veio da parte dos produtores, mas é interessante notar que quando desenvolvedores se unem para um bem coletivo as coisas começam a andar de forma mais rápida e os projetos acabam mais evidenciados em eventos de jogos. Em Outros estados também existem associações cujo objetivo é fomentar a indústria e prestar auxílio aos desenvolvedores. Fica a dica!