Arquivo da tag: 2015

App Annie revela ranking de jogos mobile em 2015

Uma pesquisa da empresa App Annie mostrou-se muito interessante para pesquisadores da área de jogos eletrônicos para dispositivos mobile. A empresa mapeou as lojas online App Store e Google Play a fim de descobrir o que é popular e o que não é. Com esta pesquisa é possível saber como as desenvolvedoras estão posicionadas no mercado e quais os jogos fizeram mais sucesso no último ano.

De acordo com a App Annie, em 2015 os jogos eletrônicos se consolidaram como a maior categoria de receita para as stores, de modo que representam cerca de 90% do faturamento da Google Play e 75% da App Store. A Gameloft é a segunda maior empresa em termos de downloads considerando o mundo todo, perdendo apenas para a gigante Electronic Arts. Se considerarmos apenas o Brasil, a desenvolvedora número 1 é a Gameloft, conforme pode-se ver no ranking abaixo:

Companies

O jogo mais baixado no Brasil é Pou da Zakeh, seguido por Subway Surfers da Kiloo. Em terceiro lugar aparece My Talking Angela e em quarto lugar está My Talking Tom, ambos da Outfit7. O quinto lugar ficou com Despicable Me (Meu Malvado Favorito) da Gameloft. Jogos famosos como Bejeweled e Plants vs Zombies não aparecem no top 10 do Brasil. Candy Crush Soda Saga está em 9º lugar.

Pou

O relatório da App Annie também serviu para apontar alguns mercados emergentes e que devem ser bastante explorados por desenvolvedores grandes e pequenos. De acordo com a empresa, alguns países demonstraram grande crescimento no último ano, com destaque para Indie, Indonesia, México, Turquia e Vietnã.

Para ver o relatório completo do App Annie clique aqui.

Os 10 melhores jogos exclusivos do Xbox One para 2015

O ano de 2015 promete ser um dos melhores para os fãs de videogames, independente de que plataforma seja usuário. Pensando nisso, resolvemos eleger os dez melhores games exclusivos a ser lançados para cada plataforma. A primeira parte é para os usuários do Xbox One. Posteriormente vamos eleger os principais exclusivos do Playstation 4 e do Wii U.

Antes de iniciar a lista, primeiro vale destacar que são apenas jogos exclusivos, por isso alguns títulos muito esperados como The Witcher 3 e Batman Arkham Knight ficaram de fora.

Títulos exclusivos que mantém contrato de exclusividade temporária entraram na lista, pois ela compreende apenas o período de 2015. Confira também as ofertas para XBox One.

Dito isto, acompanhe os dez mais aguardados do Xbox One para 2015: 

10 – Crackdown – Cloudgine

Poucos detalhes foram anunciados de Crackdown, apenas um trailer que mostra que o estilo gráfico mantém a fórmula dos anteriores (com cell shading), muitas explosões e um ambiente urbano noturno com muito néon. Um detalhe interessante é que a Microsoft não chama o jogo de Crackdown 3, pelo simples motivo de o jogo não ser uma sequência do segundo capítulo da série, mas sim do primeiro game.

Outro detalhe é que o jogo deverá utilizar o poder de processamento em nuvem do Xbox One como nenhum outro título do sistema fez até então. Esse poder extra será utilizado para renderização mais complexos, como explosões em partidas multiplayer. Crackdown ainda não tem data de lançamento definida e há rumores de que ele nem chegue ao mercado em 2015. O jeito é esperar.

 9 – Phantom Dust – Microsoft Game Studios

Phantom Dust é um JRPG de ação bastante antigo: foi lançado em 2004 para o Xbox original. Não fez muito sucesso, mas teve notas boas nas críticas. Na história, os jogadores encontram-se em um planeta à beira da ruína, a missão principal é descobrir o que ocorre. O game tem foco no multiplayer online e incentiva as batalhas entre os players e a evolução de armas e habilidades. Infelizmente para a comunidade de fãs, os servidores do jogo foram desativados em julho de 2014 (estava disponível para Xbox 360).

Como Phantom Dust é um dos poucos títulos voltados aos jogadores nipônicos e a Microsoft tem intenção de impulsionar as vendas do One em todas as partes do mundo, a empresa anunciou um remake para sua nova plataforma. O lançamento está programado para 2015 e até então não se sabe se haverá (e quais são) as mudanças para a nova versão.

 8 – Screamride – Frontier Developments

Sucessor spiritual de RollerCoaster Tycoon, Screamride é o jogo do Xbox One voltado aos fãs de construções, mas a diferença é que o novo jogo não permite a construção e administração de parques completos, mas apenas de montanhas-russas, quanto mais perigosas, melhor.

São três modos de jogo, sendo o destaque para a destruição total. O lançamento é para 3 de março e a Microsoft lançará o título também para o Xbox 360. Há possibilidade de compartilhar as criações na Xbox Live e testar as engenhocas dos amigos. Seria bem legal se o Xbox tivesse um óculos de realidade virtual compatível com Screamride, mas isso vai ficar na nossa imaginação.

 7 – Fable Legends – Lionhead Studios

Fable Legends é a primeira entrada da série no Xbox One e apesar de carregar o nome do RPG exclusivo mais emblemático da Microsoft, o jogo se distancia bastante da fórmula de seus antecessores. Para começar, o jogo tem um enfoque mais voltado ao multiplayer do que o singleplayer: quatro amigos se unem para derrotar as mais variadas criaturas que aterrorizam Albion, e um quinto jogador pode assumir o papel de vilão, definindo quem deve ser atacado e que desafios os heróis enfrentarão.

Legends também joga para escanteio a companhia do cachorro, que dava um tom emocional nos últimos games da série. Ah, também esqueça as escolhas morais que afetavam a vida dos NPCs de Albion, as coisas agora são mais objetivas: escolha ser o herói ou o vilão, somente isso. Tais mudanças na série certamente têm a ver com a saída de Peter Molyneux da Lionhead Studios. O game perde muito de sua carga emocional e vira algo mais parecido com um MMO tradicional voltado aos combates.

Apesar de todas as críticas, a desenvolvedora promete que Fable Legends terá muita qualidade visual e técnica, de modo que poderá ser apreciado mesmo em modo singleplayer. Ah, de acordo com a Lionhead a inspiração para o game veio de dois jogos consagrados: Dark Souls e Journey.

6 – Scalebound – Platinum Games

Dragões, Hidras, ambiente gigantesco, batalhas épicas e caça a monstros. Tudo isso é o que espera os jogadores que comprarem Scalebound, o novo jogo da Platinum Games, os mesmos caras por trás do bem sucedido Bayonetta. Poucos foram os detalhes divulgados pelos produtores, apenas sabe-se que o jogador controla um jovem caçador de monstros que explora o mundo em missões que envolvem destruir as mais terríveis criaturas que existem.

Dragões são a peça chave do game, bem como as batalhas que devem lembrar algo de Shadow of the Colossus e Monster Hunter, além disso, há espadas, flechas e feitiços. Um dos rumores é que cada dragão no jogo é controlado por um jogador diferente, ou seja, há um elemento multiplayer massivo em que os jogadores se unem para destruir as maiores criaturas em um mundo vasto. Seja como for, a Platinum já anunciou que o game é diferente de tudo que eles já fizeram anteriormente.

 5 – Ori and the Blind Forest – Moon Studios

Uma das maiores surpresas do Xbox One é um game indie com progressão lateral produzido por um estúdio indie. Ori and the Blind Forest apresenta a história do guardião espiritual Ori que vive em uma bela floresta que começa a se decompor e atrair estranhas criaturas. O game é uma aventura metroidvania e possui elementos de RPG e ação semelhantes a jogos clássicos como Megaman.

O grande destaque do jogo são os belos gráficos desenhados à mão. Todo o visual e as paisagens são de tirar o fôlego e demonstram o cuidado que a Moon Studios teve com o título. De acordo com a desenvolvedora, o game rodará em 1080p e 60 fps. Quem esteve na Brasil Game Show 2014 pôde conferir o game indie mais esperado do Xbox e a impressão geral é de que vai valer mais a pena do que muitos games AAA.

 4 – Forza Motorsport 6 – Turn 10

Seguindo seu planejamento bianual, a Microsoft anunciou durante o North American International Auto Show, o lançamento de Forza 6, o respeitado simulador de corridas. Nenhum detalhe adicional foi revelado, apenas que há uma parceria inédita com a Ford, de modo que o Ford GT é a capa do jogo, além disso, outros bólidos estão confirmadíssimos como o Ford Mustang Shelby GT350 e o F-150 Raptor.

Não há data de lançamento definida, mas a previsão é de chegar ao mercado no final do ano. Foi prometido que o título já estará jogável durante a E3 2015. Como não pode deixar de ser, Forza 6 deverá ter gráficos de cair o queixo e físicas realistas.

 3 – Quantum Break – Remedy

Quantum Break chama atenção por diversos aspectos: trata-se de um jogo em terceira pessoa com bastante ação e um visual incrível. Está em produção pelo estúdio Remedy, os mesmos caras que lançaram o aclamado Alan Wake para Xbox 360. Mas o principal destaque é a possibilidade de controlar o tempo, inclusive viajar pelo tempo. Pelos vídeos gameplay divulgados até o momento dá para perceber que a Remedy não está poupando esforços para tornar Quantum Break seu game mais ambicioso já produzido.

O design de fases é ótimo e as cenas de ação são cinematográficas, unindo algo de Alan Wake e Max Payne. Em alguns trechos, o jogo lembra algo de Uncharted, porém mais caótico. As convulsões temporais, momentos em que o tempo enlouquece e o protagonista Jack deve controlá-lo, são nada menos que empolgantes. Quantum Break é um dos jogos mais criativos do ano e tem tudo para colecionar prêmios e ser ovacionado.

 2 – Raise of the Tomb Raider – Crystal Dynamics

O novo game da Crystal Dynamics dá continuidade ao badalado Tomb Raider de 2013. Para surpresa de muitos, a Microsoft confirmou a exclusividade do jogo para a marca Xbox, mas é dado como certo que o título chegue ao Playstation algum tempo depois. Pouco se sabe sobre o enredo, apenas que Lara descobrirá mais sobre seu próprio passado.

A jogabilidade deve manter o alto padrão mantido por seu antecessor, além disso, foi prometido que haverá mais tumbas e segredos a serem descobertos pelos jogadores. Para os fãs de Xbox, a exclusividade, ainda que temporária de Tomb Raider representa uma resposta à Uncharted 4 do Playstation 4.

1 – Halo 5: Guardians – 343 Industries

O primeiro Halo originalmente criado para a nova geração promete agitar o Xbox One quando for lançado e quebrar alguns paradigmas conhecidos da série. Esqueça um pouco (mas só um pouco) Master Chief, o novo jogo terá como personagem jogável o Spartan Locke que está em uma missão para desvendar o desaparecimento de Chief.

Na parte gráfica, pelo que conferimos no Beta, Guardians tem o visual digno de um jogo da nova geração e tem tudo para ficar melhor, pois o Beta rodava a 720p 60FPS, já a versão final estará a 90p por 60FPS. Outro aspecto que deve animar os jogadores é a jogabilidade: um pouco mais dinâmica e semelhante à Call of Duty e Destiny (tem até a mira automática para facilitar a vida dos novatos). O multiplayer também será mais dinâmico e corrido, ao contrário dos antecessores, que eram ótimos, diga-se de passagem. Por fim, os fãs de Halo podem ficar tranquilos, Halo 5 Guardians é Halo em sua essência e promete ser o maior e melhor exclusivo do Xbox na temporada.

Outros títulos

De acordo com a Microsoft, haverá muitas surpresas até o final do ano. Confirmados estão State of Decay: Year One Edition, Cuphead, Massive Chalice, Fortfied, Superhot, Inside, Below, Raiden V, entre outros. Há muita expectativa para projetos ainda não revelados, como os próximos projetos da Rare e da Lionhead Studios. O ano de 2015 promete ser bastante agitado para os possuidores do Xbox One.

Capcom anuncia novo remake de Resident Evil para PS4 e Xbox One

A Capcom anunciou a produção de um novo remake de Resident Evil para Playstation 4, Playstation 3, Xbox One e Xbox 360. O game será vendido em formato digital e chega às lojas online dos consoles no início de 2015. A versão que chega ao mercado é uma remasterização da versão que foi lançada em 2002 para Game Cube da Nintendo, que trazia novos visuais, jogabilidade e detalhes da história.

Ao contrário dos boatos de meses atrás, a editora preferiu não falar nada sobre RE7. Apesar disso, a empresa promete revigorar o clássico de 1998. De acordo com a desenvolvedora, o título terá suporte à resolução 1080 pixels nas novas plataformas e som remasterizado, resolução de tela, bem como novos controles adaptados aos controles analógicos.

A trama não sofre alterações, ou seja, vamos acompanhar a saga dos membros da S.T.A.R.S (Chris Redfield e Jill Valentine) que adentram uma mansão abandonada em busca de amigos perdidos do Bravo Team. Durante as buscas, a equipe é atacada por cães ferozes mutados pelo T-Virus. A partir daí são muitas cenas de ação, coleta de itens, armadilhas etc. Tudo no velho esquema survival horror.

Abaixo tem o trailer da antiga versão de Game Cube (só pra matar saudades):

Gosta da série Resident Evil? Confira os lançamentos e novidades.