Square Enix procura ajuda de jogadores em mudanças de Final Fantasy XIV

O MMO Final Fantasy XIV, lançado para PC em setembro passado, encontrou algumas críticas ferrenhas de jogadores insatisfeitos com sua falta de conteúdo e recursos. As críticas atingiram tão duramente o título que levaram ao atraso da versão para PS3 e à mudança da direção do projeto.

O estúdio divulgou uma nota pedindo desculpas e falando que as últimas semanas de 2010 foram tumultuadas com a reestruturação na equipe e múltiplas atualizações. Mas a maior prova de humildade foi criar uma enquete pedindo um direcionamento por parte dos jogadores.

Um questionário foi mandado aos assinantes de FFXIV na tentativa de identificar as mudanças mais importantes, como uma revisão geral nos aspectos fundamentais de gameplay, atualizações mais frequentes ou ainda uma maior comunicação com os gamers.

A enquete ainda pediu para que os jogadores sugerissem novidades a serem incluídas no jogo.

O que você achou da atitude?

[Via Gamasutra]

2 opiniões sobre “Square Enix procura ajuda de jogadores em mudanças de Final Fantasy XIV”

  1. Atitude louvável da Square mas estão fazendo o mínimo para consertar uma grande falha, sem a voz do público que joga e paga é difícil criar algo de sucesso, pretendo criar minha conta mais depois destes problemas irei aguardar um, pouco mais.

  2. Falta para a Square um bocado de coragem para peitar player folgado que acha que sabe o que é bom ou ruim em um game design.

    Essa mania irritante de fazer games comerciais e populares está assassinando a franquia, que hoje vive só do nome conquistado em sua época áurea do game, durante os anos 90, quando só se contava com inspiração, inovação e originalidade.

    Cada vez o enredo fica mais clichê, os personagens repetitivos e depressivos, a jogabilidade reduzida a um button smasher estúpido. Saiu a capacidade de raciocínio e o envolvimento pessoal com a história, e sobra agora explosões e estímulos visuais desnecessários.

    Acho boa a medida de correção, porém, melhor seria não precisar recorrer a medida alguma. Se o sistema fosse inovador, criativo, legal de jogar, e não uma repetição cansativa da mesma estrutura, os players passariam mais tempo se adaptando ao novo universo, se divertindo e explorando, em vez de ficar achando defeitos e fazendo sugestões para o jogo ficar ainda mais parecido com todos os outros.

Deixe seu comentário