gr-segaalphaprotocol

Sega fala sobre DRM em Alpha Protocol

Depois do anúncio da Ubisoft a respeito de sua nova DRM, que exigirá que os jogadores estejam sempre conectados para jogar, a Sega falou um pouco sobre a proteção Uniloc que empregará em seu game Alpha Protocol.

Pelo que parece, a DRM não ganhará tanta fúria dos jogadores e já se parece com outras proteções com as quais estamos acostumados. Para a ativação inicial do game, a empresa exigirá que o jogador esteja conectado na internet, mas depois disso estar online não será mais necessário.

Interessante ressaltar, também, é que com a mesma chave de ativação o game pode ser instalado cinco vezes. É possível, inclusive, desativar cópias antigas, caso você vá trocar de computador, uma ótima opção.

A DRM é importante para as empresas já que é vista como forma de reduzir a pirataria inicial de seus títulos e lucrar com ele sem a interferência brutal da pirataria nas primeiras semanas, ou dias, de lançamento.

Sendo assim, a trava Uniloc será removida do game com uma atualização depois de um tempo. Esse tempo, entretanto, vai ser longo: de 18 a 24 meses depois do lançamento.

O que você acha dessa nova DRM? Sem dúvida a solução parece melhor que a encontrada pela Ubisoft, mas será suficiente para agradar os jogadores?

[Via Big Download]

2 opiniões sobre “Sega fala sobre DRM em Alpha Protocol”

  1. DRM é algo que não deveria existir. Basta uma empresa criar para um moleque russo quebrar e criar algo novo.

Deixe seu comentário