Quer colocar o joystick na mão dela?

A imagem de tímido, introvertido e pouco sociável já começou a ser desanexada dos gamers, mas alguns outros “dogmas” parecem existir, como o clássico “videogame é coisa de cueca”.

Apesar do universo gamer ser preponderantemente masculino, o GR entende sim que existe um amplo universo de garotas jogadoras, caso contrário não teriam sido produzidos cinco jogos da Barbie desde a era 8 bits até a geração PlayStation 2, ou ainda, mais recente, não teria surgido a série baseada na boneca Bratz, para não falar em The Sims, jogo adotado pelas moçoilas.

Pesquisas indicam, inclusive, que o principal mercado de jogos casuais é de mulheres e a indústria, entendendo o recado, tende a quebrar cada vez mais o tabu. Isto, sem contar as meninas que gostam de jogos de matança e pancadaria, talvez aí sim uma exceção.

De qualquer forma, baseado neste que pode ser um problema para alguns de nós jogadores, a revista do gaúcha VOID publicou em seu site uma matéria com dicas de como convencer sua namorada a pegar no joystick, literalmente.

Redigida por Fabrizio Baron, traz seis dicas para que você teste e ao menos tente conciliar sua vida amorosa com sua jogatina diária.

E aí, o que achou?

Uma opinião sobre “Quer colocar o joystick na mão dela?”

Deixe seu comentário