Proximo

Próximo cria sistema de venda de jogos usados por consignação

Proximo

Se você está procurando expandir sua biblioteca de games para seu console, mas não está com tanta liquidez financeira para esbanjar, uma dica é ir atrás de games usados. Neste quesito, uma  alternativa é a Próximo, uma rede varejista de games que acabou de lançar um novo modelo de negócios.

Basicamente os jogadores que têm intenção de vender seus jogos podem fazê-lo na loja, deixando o título nas lojas que a revende em sistema de consignação, ou seja, você estabelece o preço e a loja o coloca no catálogo por até um mês até que outro jogador o compre. Caso o game seja vendido no período, o gamer recebe o valor integral em crédito para gastar em qualquer produto da loja. Caso o game fique estacionado, o gamer deve retirar o título da loja pagando uma taxa de serviço de R$ 5,00.

“Este novo tipo de venda de game usado vem somar ao tradicional, pelo qual concedemos descontos ou créditos”, contou Caio Junqueira, diretor de negócios para varejo físico da Próximo. “Esta nova modalidade aumenta nossa base de jogos usados e nos permite oferecer aos clientes uma maior variedade. Já para o cliente, há a chance de ter à disposição um lugar na prateleira de uma loja conceituada para expor seu game, que pode ser transformado em crédito para a compra de qualquer produto da loja”, explicou Junqueira.

Como não poderia deixar de ser, o gerente da loja irá avaliar se o título está em boas condições físicas (caixa, mídia e manual). Alguns jogadores podem não concordar com o modelo de negócios, mas por outro lado é uma boa oportunidade de livrar-se de um game que você não joga mais e adquirir outro no lugar. Mais informações podem ser obtidas no site da Próximo.

Deixe seu comentário