Produtora de U-Sing se retira do mercado de games

De acordo com uma nota do site Develop, a Publisher Mindscape está fechando o estúdio Punchers Impact, sua divisão especializada na criação e desenvolvimento de games. O estúdio ganhou reconhecimento graças a títulos como U-Sing e LEGO Island.

A decisão, de fechar a Punchers Impact, pegou empregados e investidores de surpresa. Acredita-se que, pelo menos, quarenta funcionários perderam seus empregos. Além disso, segundo a Mindscape, o fim do estúdio significa o fim de todas as futuras operações da empresa envolvendo videogames.

A companhia não justificou o porquê de estar se retirando do mercado de videogames. Porém, já se sabe que a empresa manterá esforços em outros setores da tecnologia. Vale lembrar que a Mindscape marcou presença no setor de videogames por 30 anos.

De acordo com informações, os negócios da companhia no ramo dos videogames não estavam em seus melhores dias. Um porta voz teria dito que o título U-Sing do Wii se saiu bem nas vendas, porém os custos para licenciamento das músicas reduziram drasticamente os lucros esperados. Além disso, a empresa esperava que o jogo de corridas Crasher, de PC, trouxesse novo fôlego ao estúdio, porém não foi isso que ocorreu.

“Confiávamos muito nesse jogo e ele não foi um sucesso. Para nós era importante que ele se saísse bem e por isso não trabalharemos mais no negócio de desenvolvimento de jogos”, disse o porta voz.

A Punchers Impact foi criada no ano de 2009 em Boulogne Billancourt, França. Entre os funcionários do estúdio, estavam programadores experientes que já haviam trabalhado na Free Radical, produtora de Haze e TimeSplitters: Future Perfect.

Deixe seu comentário