Arquivo da categoria: Online

Riot Games anuncia segunda edição do Acampamento Yordle

Uma das maiores preocupações da Riot e da comunidade de jogos eletrônicos em geral é a toxicidade de determinados jogadores. Algumas ações já foram tomadas no passado para melhorar o ambiente de jogo. Uma das mais eficazes dos últimos tempos foi o Acampamento Yordle de League of Legends, que conseguiu trazer um clima pacífico e divertido dentro do game. Não por acaso, a Riot promove a segunda edição do evento entre os dias 12 e 21 de abril dentro dos servidores brasileiros.

Basicamente, a comunidade será dividida em dois grupos. As regras continuam as mesmas da primeira edição: uma barra de vida vai representar a redução do comportamento antiesportivo garantida pelo grupo dentro do jogo. A finalidade é não zerar a barra ao longo de todo dia, entre 8h e 23h. A barra vazia representa o hábito padrão dos jogadores do servidor em um dia comum, portanto qualquer energia restante na barra, às 23h, reflete uma melhora significativa no comportamento e, por consequência, a vitória do grupo. Segundo a Riot, não se trata de uma disputa entre dois times, mas uma gincana colaborativa entre os integrantes de cada turma.

O bom comportamento de todos que participarem garante que o medidor de um grupo não se esvazie, o que leva a um prêmio no final do dia – uma cápsula que pode conter: baú Hextec, chave, essência Azul e/ou moeda do Acampamento. Ambos os times podem ganhar os prêmios. Jogadores que sofrerem punições não recebem o bônus, ainda que seu grupo feche o dia sem zerar a barra de energia.

“Nosso objetivo é desenvolver uma comunidade saudável e por isso o desafio do Acampamento é justamente contribuir para uma mudança positiva significativa no comportamento ao final do dia”, afirma Leandro Faria, gerente de Produto da Riot Games. “O Acampamento é um evento para celebrarmos o espírito esportivo dos jogadores de League of Legends”, completa.

De acordo com a Riot, nesta edição houve um sorteio para decidir a que grupo cada um dos jogadores pertence. Os jogadores brasileiros saberão a que grupo pertencem entrando na aba do Acampamento no cliente do LoL. Lá, eles também vão descobrir como está o progresso do servidor.

O Acampamento Yordle começa às 8h (horário de Brasília) de 12 de abril de 2018 e acontece, todos os dias, a partir desse horário, até o dia 21 de abril. Os jogadores dos grupos que alcançarem a meta serão premiados com as cápsulas até o início da próxima rodada, no dia seguinte. Para estar elegível aos prêmios, o jogador tem que ter participado de pelo menos uma partida no dia do evento, nos modos Summoner’s Rift normal, ranqueada ou gerenciada, e não ter sido punido por comportamento antiesportivo.

Para mais informações, acesse a seção de Perguntas Frequentes, no site de League of Legends.

Ferreiros e Alquimistas – jogo brasileiro reconta a história da tribo indígena Tayronas da Colômbia e o processo de alquimia para criar o ouro de tolo

O jogo Ferreiros e Alquimistas é um daqueles projetos educativos que transcendem a barreira e o preconceito que muitos jogadores têm com jogos do gênero. O game é uma verdadeira aula de história e química, apesar de ter cara de um adventure moderno. Aqui o jogador entra na pele de uma jovem da tribo Tayrona, que deve utilizar seus conhecimentos em alquimia para forjar o famoso “ouro” de Tumbaga. O game nasceu de um projeto da UFRGS e já conquistou bastante aclamação desde o ano passado.

O game é uma analogia ao que o povo Tayrona fazia na época dos conquistadores espanhóis. Nativos da região da Colômbia, os Tayronas viviam.pacificamente até os espanhóis chegarem e passarem a exigir o ouro da região. A partir de seus conhecimentos da região, os Tayronas faziam expedições para buscar elementos químicos a fim de criar a liga Tumbaga, composta de ouro e cobre, a liga mais usada entre os ourives pré-hispânicos do território colombiano.

Para isso, o jogador deve coletar diferentes itens em determinados locais do relevo colombiano, tais como lagos, montanhas, cavernas e a vegetação nativa. Ao todo são três objetivos a serem cumpridos nesta primeira fase do game: produzir o espelho de Tumbaga, criar um colar de Tumbaga e a criação de uma escultura da mesma liga. Cada uma dessas etapas necessita de um processo específico, como polir ouro, coletar cera de abelha, ou adquirir argila. Cada um desses processos replica as etapas que os verdadeiros Tayronas faziam para entregar o ouro aos espanhóis.

Na época de colonização da América do Sul os espanhóis estavam surpresos com a quantidade de ouro que os Tayronas possuíam, mas o que eles não sabiam era que todo o material era composto por 95% de cobre e apenas 5% de ouro. Acontece que no processo de alquimia, os indígenas realizavam uma infusão feita com uma planta chamada chulco, que fazia com que a superfície em cobre fosse corroída e deixasse à mostra apenas os átomos de ouro na parte exterior. Quando os espanhóis descobriram o engodo começou uma tensão entre os povos. Foi daí que surgiu a expressão ouro de tolo.

Ferreiros e Alquimistas foi desenvolvido por um grupo pertencente ao NAPEAD (Núcleo de Apoio Pedagógico à Educação a Distância da UFRGS), com liderança do professor de química Marcelo Eichler. O grupo, aliás, já pensa nas próximas duas fases do game. De acordo com Marcelo, o segundo capítulo vai se passar no Caribe e contará uma parte da história envolvendo escravatura e o trabalho de Ferreiros nas formas de Siderito (um metal advindo de um meteoro). A terceira parte será mais focada na alquimia e vai levar o jogador até a Europa.

Ferreiros e Alquimistas foi possível graças a um financiamento em 2015 através do CNPQ (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e da FAPERGS (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul). Em meados de 2017, o título foi finalista em Curitiba da SBGames (Simpósio Brasileiro de Games e Entretenimento) na categoria jogos educativos. A expectativa é que o game conquiste ainda mais sucesso entre os jogadores brasileiros e se torne um marco entre os jogos educativos. Você pode acessar o game aqui.

Abaixo tem um trailer de Ferreiros e Alquimistas:

Delegação da Abragames na GDC recebe prêmios e faz bastante sucesso

Os desenvolvedores de jogos nacionais tem muito a comemorar, afinal a expedição para a GDC foi um tremendo sucesso. Tanto que a delegação teve de apresentar aos fiscais de aeroportos os prêmios que receberam ao desembarcar no Brasil. Sim, nossos jogos foram altamente elogiados e prestigiados no evento americano. Até mesmo o Ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, compareceu, pela primeira vez, no evento em São Francisco, para prestigiar o setor.

Neste ano a delegação brasileira bateu o  recorde de integrantes no evento ao enviar nada menos que 44 empresas e mais de 120 profissionais do Brasil para a GDC. Esta participação em eventos internacionais é uma iniciativa do Projeto Brazilian Game Developers (BGD), parceria da Abragames com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos).

Os desenvolvedores brasileiros voltaram da GDC 2018 com muitos prêmios. Entre eles podemos citar que o game Relic Hunters Legend, da Rogue Snail, foi o grande vencedor do GDC Pitch; novamente a Rogue Snail, e a Bad Minions, ganharam Menções Honrosas na GDC Play; o game Plushie Mania, da Gazeus Games, foi exibido no estande do Facebook, e o Viking Days, da VR Monkey, no estande da Intel.

“Em 2017 tivemos o Kickstarter bem-sucedido e um investimento da empresa sul-coreana GTR. Esse ano já começamos ganhando o edital da Ancine no Brasil e com a premiação na GDC no exterior”, comemora Marco Venturelli, CEO e Presidente Criativo da Rogue Snail.

Com o sucesso da delegação brasileira na GDC espera-se que mais companhias invistam na produção nacional. Potencial já sabemos que temos para fazer frente aos jogos de qualquer país.

Abaixo tem um vídeo dos jogos que participaram da delegação Abragames no evento:

Cinemark exibe a grande final da 1° Etapa do CBLoL 2018

Ansioso para a acompanhar a final da 1° Etapa do Campeonato Brasileiro de League of Legends 2018 (CBLoL)? Pois bem, que tal acompanhar a grande decisão em um dos cinemas da rede Cinemark? Sim, a decisão do dia 7 de abril será exibida ao vivo em 13 salas da Cinemark graças a uma parceria com a Cinelive.

A exibição ocorre em oito cidades brasileiras, de modo que muitos aficionados pelo CBLoL podem acompanhar o evento com o conforto e grandiosidade de uma sala de cinema. O League of Legends é um dos games mais jogados no mundo, e a partida vai consagrar a equipe que representará o Brasil na fase de entrada do campeonato mundial.

A exibição poderá ser conferida em cinemas de São Paulo (Metrô Santa Cruz, Metrô Tatuapé, Eldorado, Cidade São Paulo, Shopping West Plaza e Pátio Paulista), Curitiba (Mueller), Rio de Janeiro (Downtown), Brasília (Pier 21), Campinas (Iguatemi), Salvador, Recife (RioMar) e São Caetano (ParkShopping).

Os ingressos estão disponíveis no site da Rede ou nas bilheterias dos cinemas participantes, por R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia). Os consumidores que possuem o cartão Cinemark Mania possuem 50% de desconto na compra de um ingresso.


Serviço Cinemark – Final da 1ª Etapa do CBLoL 2018


Data: 7 de abril
Horário: 12h (horário oficial de Brasília)
Classificação indicativa: livre

Complexos participantes:

Brasília (DF)
Pier 21 – S.C.E. Sul, Trecho 2

Campinas (SP)
Iguatemi Campinas – Av. Iguatemi, 777

Curitiba (PR)
Shopping Mueller – Av. Candido de Abreu, 127

Rio de Janeiro (RJ)
Downtown – Av. das Américas,500

Recife (PE)
RioMar – Av. República do Líbano, s/nº

Salvador (BA)
Salvador Shopping – Av. Tancredo Neves, 2.915

São Paulo (SP)
Eldorado – Av. Rebouças, 3970
Metrô Santa Cruz – Rua Domingos de Morais, 2564
Metro Tatuapé – Rua Domingos de Agostin, 91
Pátio Paulista – Rua Treze de Maio, 1947
Cidade São Paulo – Avenida Paulista, 1230
Shopping West Plaza – Av. Francisco Matarazzo – Água Branca, São Paulo

São Caetano do Sul (SP)
ParkShopping São Caetano – Alameda Terracota, 545

Riot divulga as datas para inscrições para as classificatórias do Circuito Desafiante do League of Legends

Quer participar dos grandes torneios de League of Legends? Pois então fique atento para as datas de inscrições para as classificatórias do Circuito Desafiante. De acordo com a Riot, serão três etapas classificatórias e as equipes vão poder escolher uma delas para participar. Para se inscrever, os interessados devem acessar o site da Promo Arena. Abaixo você confere as datas de inscrições das três etapas classificatórias:

1. Classificatória #1
data: 02 e 03 de abril (segunda e terça-feira)
2. Classificatória #2
data: 16 e 17 de abril (segunda e terça-feira)
3. Classificatória #3
data: 23 e 24 de abril (segunda e terça-feira)

Após as três classificatórias, as oito equipes que mais pontuarem vão passar para a fase eliminatória, que será realizada nos dias 30 de abril e 01 de maio. Os dois times que vencerem as eliminatórias disputarão a Série de Promoção, em 07 e 08 de maio, contra as equipes que ficarem em 5º e 6º lugares nesta 1ª Etapa do Circuito Desafiante 2018.

Jogadores de qualquer elo (bronze, prata, ouro, diamante) podem se inscrever, mas devem ter ao menos 17 anos completos até o dia 31 de julho de 2018. Cada time tem que ter pelo menos três jogadores brasileiros. Pro players que atuam na Primeira Etapa do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) ou do Circuito Desafiante não podem participar. Para mais informações sobre as Classificatórias do Circuito Desafiante, acesse o site da Promo Arena. Fique alerta também com as novidades postadas no site da Riot.

Kinship viaja aos Estados Unidos para participar da Game Developers Conference e Game Connection America

A Game Developers Conference e a Game Connection América são dois dos eventos mais importantes no calendário dos desenvolvedores de jogos eletrônicos. E não é por menos: tanto a GCA como a GDC contam com a participação das principais empresas desenvolvedoras de games do mundo e são reconhecidas pela indústria como excelentes oportunidades para ampliar a rede de contatos, alinhavar ou fechar parcerias e adquirir conhecimento. A desenvolvedora brasileira Kinship decidiu levar uma comitiva até os dois eventos a fim de levar seus projetos e quem sabe fazer negócios importantes. A GCA acontece de 19 a 21 de março, e a GDC ocorre de 19 a 23 de março.

Enquanto a GDC é destinada ao desenvolvimento dos profissionais do setor e oferece espaços para exposições e debates, a GCA é totalmente voltada para business. Tanto a GCA como a GDC contam com a participação das principais empresas desenvolvedoras de games do mundo e são reconhecidas pela indústria como excelentes oportunidades para ampliar a rede de contatos, alinhavar ou fechar parcerias e adquirir conhecimento. Enquanto a GDC é destinada ao desenvolvimento dos profissionais do setor e oferece espaços para exposições e debates, a GCA é totalmente voltada para business.

“É a primeira vez que a Kinship participará da GCA e da GDC e nosso foco estará totalmente em Skydome, game para PC de action tower defense e que deve ser lançado ainda este ano. Será uma grande oportunidade de aprendizado para a equipe da Kinship e esperamos não só ampliar a visibilidade sobre o estúdio, mas também fazer muitos novos contatos e negócios”, disse Cheny Schmeling, diretor criativo da Kinship.

O game a ser apresentado pela Kinship é Skydome, um tower defense que coloca dois times para lutar em arenas e invocam ondas crescentes de personagens para conquistar o artefato adversário. Em paralelo, os times precisam defender seu próprio artefato dos avanços hostis das criaturas inimigas.

Cada jogador escolhe um campeão do Skydome entre vários disponíveis, sendo que cada um tem seu próprio estilo de jogo e um conjunto diferente de habilidades, como as poderosas e inovadoras intervenções, que podem ser lançadas diretamente na arena adversária. Uma intervenção bem utilizada, além de deixar as partidas mais interessantes e imprevisíveis, pode modificar completamente o resultado do confronto. Mais informações no site do desenvolvedor.

Abaixo tem um trailer de Skydome, o jogo desenvolvido pela Kinship:

Venda de ingressos para a Fase Eliminatória do CBLoL 2018 começa hoje (05/03)

Já pensou acompanhar de perto as grandes partidas do CBLoL 2018, o maior evento de e-Sports do Brasil? Pois bem, começa nesta segunda-feira, dia 5, a partir das 13h, a venda de ingressos para a Fase Eliminatória do Campeonato Brasileiro de League of Legends 2018 – Primeira Etapa (CBLoL). Tanto a Escalada quanto a Final serão realizadas no estúdio do CBLoL, em São Paulo. As entradas estão disponíveis no valor de R$80,00 e devem ser adquiridas pelo site da EventBrite.

Além de conhecer a sede do CBLoL e acompanhar de perto toda a emoção do novo formato do campeonato, quem estiver no local poderá interagir com as equipes após a disputa da série MD5 (Melhor de 5) de cada dia. O público também poderá guardar o ingresso para fazer o resgate da skin Annie Galáctica após o evento. A intenção é agradar a comunidade tão apaixonada de LoL e proporcionar momentos de grande diversão.

As partidas da Escalada serão realizadas nos dias 17, 18 e 24 de março. Já a grande Final será em 7 de abril. O campeão do CBLoL 2018 – Primeira Etapa vai representar o Brasil no Mid-Season Invitational. Considerado o segundo campeonato internacional mais importante de League of Legends, o evento será realizado na Alemanha e na França.

Esta é a primeira vez que a Riot Games, desenvolvedora e distribuidora de League of Legends, abre toda a Fase Eliminatória ao público. Até então, apenas a Final era acompanhada de perto pelos fãs de e-Sports. Ainda neste ano, o formato do CBLoL passou por uma reformulação, para tornar o campeonato ainda mais competitivo, e passou a ser disputado em um novo estúdio.

Serviço – Fase Eliminatória do CBLoL 2018 – Primeira Etapa

• Escalada: Dias 17, 18 e 24 de março
• Final: Dia 07 de abril
• Horário: abertura dos portões às 11:30. Início do evento ao meio-dia (transmissão às 13h)
• Local: Estúdio do CBLoL (Rua Othão, 285 – Vila Leopoldina, São Paulo – SP)
• Ingressos: EventBrite, a partir das 13h de 5 de março de 2018 –  e também pelo app da EventBrite.
• Preço: Arquibancada: R$ 80,00*

SOS – Jogo de sobrevivência da Outpost Games coloca 16 jogadores em uma ilha repleta de armas

Hoje vamos falar do ambicioso projeto do estúdio Outpost Games, empresa formada por ex-membros da EA, Youtube e Twitch. Chamado SOS, o game é um multiplayer de sobrevivência com temática de reality shows. Como assim? Bom, basicamente os 16 jogadores participam de um reality show em que o único objetivo é fugir com vida da ilha La Cuna. Cada um dos jogadores é acompanhado pelas câmeras de um estranho reality show acompanhado ao vivo pelo grande público através de streaming.

Os espectadores podem enviar feedback em tempo real aos jogadores e influenciar seu gameplay. Se os jogadores conseguirem entreter a multidão, eles podem se tornar famosos e a estrela do show – e isso pode significar a diferença entre viver e morrer na ilha de La Cuna. Os fãs podem assistir às melhores partidas e interagir com seus participantes favoritos em no site especial.

SOS tem uma dinâmica de jogo parecida com o fenômeno PUBG, ou seja, vários jogadores são jogados em um ambiente comum e devem disputar entre si. No caso, a disputa é por uma das três vaga de um helicóptero que vai deixar a ilha. Ou seja, você pode formar aliança com outros players ou simplesmente ataca-los indiscriminadamente para assegurar sua sobrevivência.

Para escapar da ilha os jogadores precisam encontrar pelo menos uma das três relíquias escondidas nas ruínas de uma ilha misteriosa e seguir em direção ao helicóptero. Por toda parte os jogadores encontrarão armamentos, armas de fogo e outros equipamentos para submeter os adversários, mas vencer não é tão simples quanto parece. Para escapar da ilha, os participantes terão de usar o poder de suas vozes e personalidades para criar laços e formar grupos com os outros participantes. Apenas 3 dos 16 jogadores conseguirão escapar com vida no helicóptero.

SOS foi lançado já com uma grande atualização, que inclui o Modo Noturno, que coloca os jogadores em partidas noturnas. Neste modo os jogadores recebem uma lanterna logo no início, que ajuda na visibilidade do terreno, porém ao usá-la indiscriminadamente pode revelar sua posição aos inúmeros adversários. Nem precisa dizer que neste modo é preciso muito cuidado e estratégia para sobreviver. Os jogadores podem adquirir SOS diretamente pela página oficial do jogo na Steam por R$ 28,99.

Abaixo tem um trailer de SOS:

Criadores de Skydome transmitem livestream sobre a criação do game

O estúdio de games independente Kinship (criadores de Skydome) já é uma referência entre os estúdios paulistas, graças aos seu projetos ambiciosos. Agora o estúdio quer interagir com seus fãs através de uma nova abordagem: o estúdio decidiu realizar duas streams em suas redes sociais a fim de mostrar como é o processo de criação e desenvolvimento de games.

A primeira edição da chamada DevStream ocorreu na última quarta-feira (14) e pode ser vista aqui. A segunda edição ocorre no próximo dia 28 de fevereiro e o objetivo é dar alguma ideia do que os entusiastas por criação de games devem encontrar no futuro. As transmissões contam com a participação de Cheny Schmeling, diretor criativo, e João Rogatto, designer de UI e UX, que falam durante uma hora sobre design de interface e experiências de usuário, tomando como base o principal projeto do estúdio: Skydome.

Além de mostrar as questões processuais do design de interface, João e Cheny também respondem em tempo real as dúvidas enviadas pelo público. A transmissão fica disponível nas páginas e canais oficiais do /PlaySkydome no Facebook, YouTube e Twitch e será uma ótima oportunidade para os jovens desenvolvedores e fãs do projeto conversarem com os responsáveis pelo Action Tower Defense mais aguardado do ano.

Sobre Skydome

Skydome ocorre em um ambiente formado por ilhas flutuantes. Nesse ambiente, dois times batalham em arenas separadas e invocam ondas crescentes de personagens para conquistar o artefato adversário. Em paralelo, os times precisam defender seu próprio artefato dos avanços hostis das criaturas inimigas.

Cada jogador escolhe um campeão do Skydome entre vários disponíveis, sendo que cada um tem seu próprio estilo de jogo e um conjunto diferente de habilidades, como as poderosas e inovadoras intervenções, que podem ser lançadas diretamente na arena adversária. Uma intervenção bem utilizada, além de deixar as partidas mais interessantes e imprevisíveis, pode modificar completamente o resultado do confronto.

Abaixo tem um trailer de Skydome:

Vainglory ganha modo 5V5 e novas parcerias para a temporada 2018

Se você é um dos milhares de aficionados pelo Vainglory, prepare-se para encarar combates ainda mais ferrenhos graças a mais recente atualização do jogo, que permite que até dez jogadores se enfrentem em batalhas de 5V5, modalidade que passa a ser vigente para todos os campeonatos oficiais do jogo.

Disponível desde o dia 13, o novo modo de jogo é o carro chefe para a temporada inaugural da Vainglory Premier League – antiga Vainglory8 – que inicia no mês de junho. A temporada regular seguirá uma pré-temporada prolongada, para dar às organizações profissionais a oportunidade para a transição e expansão de suas equipes do modo 3V3 para o 5V5.

De acordo com a Super Evil Megacorp, a Vainglory Premier League terá uma alteração em sua estrutura e cronograma, passando para partidas em rodadas duplas, com eliminatórias de meio e de final de temporada, juntamente com um único torneio de promoção. Além disso, os campeonatos regionais qualificarão times para o Campeonato Mundial do jogo.

Outras novidades envolvendo o Vaingloy são as duas parcerias que a Super Evil Megacorp firmaram para tornar o game ainda maior e mais conhecido. O primeiro deles foi com a ESP Gaming, principal empresa de conteúdo de jogos competitivos do mundo com experiência na produção de eventos de escala mundial, incluindo as Olimpíadas, X Games, NFL e Série Mundial de Pôquer (World Series of Poker). A intenção é que Vainglory seja o principal eSport para dispositivos móveis da ESP. “Aproveitaremos nossa vasta experiência com esportes ao vivo e em games para criar o melhor conteúdo de eSports para uma das bases de fãs mais apaixonadas de todos os jogos”, disse Jeff Liboon, presidente da ESP Gaming.

A outra parceria é com a Razer, proeminente produtora de hardware, software e sistemas para games. Este acordo é para combinar o jogo com seus dispositivos e periféricos. “As duas companhias compartilham uma crença comum de que os games têm um grande futuro na plataforma móvel”, afirma Tom Moss, Gerente Geral e Vice-Presidente da área Mobile da Razer. “O grande desempenho de Vainglory, a precisão do jogo e seus gráficos deslumbrantes são destacados no Razer Phone”.