Arquivo da categoria: Indie

Premiado game indie Leo’s Fortune chega a plataforma Android

A produtora indie 1337 & Senri anunciou há pouco tempo que seu premiado game Leo’s Fortune chega ao Android no próximo dia 10 de julho. O título foi vencedor no prêmio Apple Design na escolha do editor quando foi lançado em abril de 2014.

Além do lançamento para Android, a desenvolvedora irá otimizá-lo para o Android TV, a fim de deixá-lo mais bacana. O título é uma aventura em plataforma 2D que mostra a saga da bola de pelos Léo em busca de seu ouro e de um misterioso ladrão que o roubou. Para recuperar sua fortuna, o mascote deve passar por desertos, florestas, armadilhas e calabouços.

Ao todo existem 24 fases desenhadas à mão, uma trilha sonora original e cutscenes que abusam do trabalho de dublagem de atores. O título foi construído para dispositivos sensíveis ao toque, porém a desenvolvedora tratou de dar suporte à joysticks também.

Leo’s Fortune foi desenvolvido por um time de apenas quatro pessoas baseadas na Suécia e desde seu lançamento vêm colecionando críticas positivas. Conforme informado acima, o game chega à Google Play em 10 de julho, porém usuários da App Store já podem acessar o game.

Confira o vídeo do game Leo’s Fortune:

Time de Curitiba representará o Brasil na Imagine Cup 2014

Alguns dedicados desenvolvedores brasileiros foram selecionados para as finais da Imagine Cup 2014, um concurso de jogos independentes organizado pela Microsoft que vai eleger o melhor dentre os games participantes. O destaque é que os curitibanos Eduardo Schildt, Luiz Henrique Gomes Monclar, Rhandros Dembicki e Robson Keidy Sewo são os únicos representantes brasileiros na final mundial da Imagine Cup. São todos estudantes de Pós-Graduação em Aplicativos para Jogos Digitais da Universidade Positivo.

Tal feito foi alcançado com o jogo Liaison, que foi desenvolvido para as plataformas PC e Xbox Live. Trata-se de um game que retrata a amizade de um menino e seu cachorro que foram presos em um calabouço e devem encontrar a saída do castelo resolvendo complicados puzzles espalhados por diversos cenários. O game foi desenvolvido para ser jogado tanto no Xbox 360 quanto no Xbox One.

Liaison baseia-se na premissa que o menino e o cachorro possuem habilidades diferentes e precisam trabalhar juntos para vencer os desafios. O ideal é que eles trabalham sem se distanciar, pois quanto mais distante, mais sombrio o cenário fica e surgem novos inimigos. O título foi desenvolvido em Unity 3D e seu estilo plataforma/puzzle tem tudo para agradar em cheio jovens jogadores e adultos.

“O jogo é focado na resolução de quebra-cabeças e problemas, mas também possui elementos que requerem destreza e agilidade por parte do jogador”, diz o estudante Luiz Henrique Gomes Monclar, um dos autores do projeto.

A final da Imagine Cup será realizada em Seattle, nos EUA, entre 10 jogos, incluindo Liaison. De acordo com dados da Positivo, na fase inicial haviam 34 países na disputa e o quarteto brasileiro é o único finalista na competição, o que torna o fato ainda mais impressionante. A Imagine Cup ocorre desde 2007 e tem como um dos objetivos reconhecer inovações tecnológicas produzidas por estudantes de todo o mundo.

Se os brasileiros vencerem a competição, levaram o prêmio de US$ 50 mil e a chance de divulgar seu jogo durante o PAX (Penny Arcade eXpo), um festival que passa pelas cidades de Seattle, Boston e Melbourne. Se depender da qualidade do jogo, o time Liaisontem boas chances. Vamos ficar na torcida!

No clima de Copa do Mundo, Deadpixel lança Kick Ups – Embaixadinhas

Mais um game especial para os boleiros virtuais de plantão! Afinal estamos em clima de Copa do Mundo, oras. Desta vez, o jogo em questão chama-se Kick Ups – Embaixadinhas e lembra o footbag do clássico California Games.

Ao invés de pedras, porém, o jogador tem de fazer embaixadinhas com uma bola de futebol. O lançamento é cortesia da desenvolvedora Deadpixel Indie. O objetivo é celebrar o clima de futebol com um jogo casual divertido e certeiro.

O protagonista do game é Jairzinho e para conseguir um contrato com um grande time de futebol dirigido por Jobel Sacana, nosso astro precisa demonstrar toda a sua habilidade na embaixadinha. É necessário seguir as instruções do treinador Jobel e mostrar todo o domínio de bola cartacterístico dos grandes craques, sem deixar a bola cair.

O ideal é não errar as instruções, pois o treinador Jobel é do tipo irritadiço e ao menor vacilo costuma descontar pontos de Jairzinho. De acordo com Leandro Cordeiro, um dos desenvolvedores do game, foi necessário um tempo considerável para adaptar a jogabilidade clássica de California Games para a tela do smartphone, de modo que som, imagem e jogabilidade estivessem de acordo com o esperado pela equipe.

Baixe o Kick Ups – Embaixadinhas

O game está disponível no Google Play e permite que os jogadores mandem seus resultados para um sistema de ranking a fim de disputar com seus amigos.

BIG Festival leva mais de 8 mil visitantes ao Centro Cultural São Paulo

O BIG Festival (Brazil’s Independent Games Festival) encerrou suas atividades com um saldo positivo para o mercado de games independentes: mais de 8 mil visitantes passaram pelo Centro Cultural São Paulo. Esse número de visitas foi alcançado nos oito dias de evento (10 a 18 de maio) e serviu para atestar a importância do mercado indie no Brasil.

De acordo com a organização, o sucesso excedeu as expectativas. Tanto que o evento será anual e irá ocorrer na mesma época desta última edição, com data ainda a ser definida. “Estamos muito satisfeitos com os resultados obtidos neste ano. O BIG dobrou de tamanho e agradecemos a todos que puderam visitar o festival, disse Gustavo Steinberg, Diretor Executivo do BIG Festival.

O BIG destaca-se por ser o primeiro evento de games independentes do Brasil e por contar com uma premiação especial para os jogos que mais se destacam nesse nicho. Na etapa de premiação, por exemplo, haviam 22 jogos classificados disputando prêmios que totalizavam R$ 45 mil. Os visitantes puderam testar esses jogos e votar em seus favoritos, tornando a eleição mais democrática.

Além da premiação, o BIG também possui uma vertente mais voltada ao business, permitindo que desenvolvedores façam contatos profissionais valiosos. O evento recebe, inclusive, executivos internacionais de grandes empresas, que se dispõem em reunir-se com os desenvolvedores.

“Este ano recebemos 23 convidados internacionais entre publishers, investidores e desenvolvedores vindo do Canadá, Estados Unidos, Japão, países europeus e Nova Zelândia. Um orgulho organizado o BIG Business Forum, nosso B2B, rico em conteúdo e que, tenho certeza, alavancou novas oportunidades comerciais para nossas empresas no mercado internacional e acrescentou muito conhecimento aos desenvolvedores brasileiros, pois todas as palestras estiveram lotadas”, explicou Eliana Russi, gerente executiva do Brazilian Game Developers Export Program, parceria da Abragames com a Apex Brasil.

De acordo com dados pós-evento, o BIG Business Fórum recebeu pelo menos 717 participantes, que acompanharam palestras e agendaram cerca de 270 reuniões durante o evento. O Fórum de São Paulo contou com a participação de 50 empresas na rodada de negociações com desenvolvedores.

Com todo este sucesso, é mais do que esperado que a edição 2015 seja ainda mais visitada e ganhe ainda mais atenção da mídia e do público. Esta foi a segunda edição do BIG e torcemos para que os frutos do evento surjam logo entre os desenvolvedores que compareceram.

IndieCade abre inscrições para a a América Latina

O evento IndieCade (International Festival of Independent Games) está finalizando seus detalhes finais. O evento celebra os desenvolvedores indies e tem data marcada entre os dias 9 e 12 de outubro, em Culver City, Califórnia. Os desenvolvedores brasileiros podem enviar seus jogos para inclusão no evento e para consideração para se tornar um dos 35 indicados para reconhecimento na premiação “Red Carpet” Awards no festival.

Todos os desenvolvedores que enviarem seus projetos ganham acesso all-business ao IndieXchange Summit no dia 9 de Outubro, local em que desenvolvedores e empresas de videogames podem fazer networking com outros desenvolvedores. Os projetos podem ser submetidos independente de estarem prontos ou em desenvolvimento.

Desenvolvedores da América Latina podem ganhar desconto de 55% na taxa de inscrição inserindo o código LATamIC14. Lembrando que uma verificação por região é utilizada para utilizar o cupom. As inscrições regulares terminaram em 15 de maio, porém a última data para inscrição é o dia 15 de junho.

O evento é uma ótima oportunidade para desenvolvedores indies fazerem novos negócios e conquistar reconhecimento entre o público. Diversos jogos indies ficaram bastante conhecidos graças ao IndieCade, como Braid, Everyday Shooter, Fez, Nanobots, entre outros. Para realizar a inscrição basta acessar o site do IndieCade.

Começa a 2º edição do BIG Festival

Finalmente a 2º Edição do BIG Festival começou! O evento é o primeiro e único do Brasil inteiramente dedicado aos jogos independentes. As festividades começam no dia 10 de maio na capital paulista e vai expor alguns dos melhores games indies da temporada. O público não apenas poderá conhecer os jogos em destaque, mas também conferir a entrega dos troféus para diferentes categorias, como melhor trilha sonora, gráficos, gameplay, enredo, etc.

A organização selecionou 22 jogos para o evento, dos quais 5 são brasileiros (a saber, Aritana e a Pena da Harpia; Chroma Squad; Headblaster; Like a Boss! e Ninjin). A novidade é para o prêmio para a melhor demo do evento que vai catapultar o melhor jogo ainda em estágio de desenvolvimento. Nesta categoria concorrem 7 jogos.

Quem não puder conferir os jogos no evento poderá conhecê-los online, pois a organização disponibilizará alguns dos títulos para gameplay através do site do evento. Como se não bastasse, o BIG ainda contará com uma DEMO Night, em que os desenvolvedores inscritos poderão receber feedback dos organizadores acerca de seus projetos. Esta etapa do evento é uma das mais interessantes de todo o evento.

Para os desenvolvedores, o BIG também apresenta uma rara chance de fazer contatos com pessoas influentes da indústria e desenvolver novos negócios. O evento ocorre no Centro Cultural de São Paulo e a entrada é gratuita. O público presente poderá votar no melhor jogo e ganhar brindes especiais de alguns desenvolvedores como o manual do game Aritana e a Pena da Harpia.

Algumas personalidades conhecidas da indústria darão as caras durante o BIG, como a Sabrina Carmona, gerente Associada de Projetos e Jogos da Square Enix, e André Bronzoni, coordenador de Social Media do Brasil e América Latina da Konami e Luciane Gorgulho, Chefe do Departamento de Cultura, Entretenimento e Turismo do BNDES.

Mais informações sobre o BIG Festival, a programação e sobre os jogos finalistas, basta acessar o site do evento.

Locomotivah convida jogadores a testar Cahors Sunset

Nosso game do dia é cortesia do desenvolvedor brasileiro Rodrigo Silvestre do estúdio Locomotivah. O game chama-se Cahors Sunset e é para a plataforma Windows. No game, o jogador define as ações de um velho francês que nasceu e viveu na cidade de Cahors (França), local conhecido pela produção de vinhos e pela proximidade com o rio Lot.

O objetivo do jogador é simples: manter o jogador vivo. Para isso, basta valer-se de ações que lhe sejam benéficas. Entretanto, assim como na vida real, cada ação carrega uma reação e nem todas as escolhas mostram-se acertadas para o personagem, ou seja, alguns efeitos colaterais indesejáveis aguardam o personagem se as escolhas forem tolas.

A ideia é balancear os efeitos positivos e negativos de cada ação, de modo que o impacto na saúde do velho senhor sejam positivas. É um jogo sobre a vida, ainda que isto soe genérico. Além disso, podemos ver que o game pleiteia dar ao jogador liberdades de decisão e caráter inerentes a cada gamer. Quanto tempo você pode viver?

O time de desenvolvimento providenciou uma demo para quem quer entender este conceito ambicioso, para isso basta acessar o link do jogo.  Para quem quer o game completo, basta acessá-lo através do Desura ou do IndieCity. Cahors Sunset também pode entrar no Steam Greenlight , mas para tanto será necessário a ajuda dos jogadores.

Abaixo tem o trailer conceitual do game. Não mostra como é o título, mas introduz o conceito. Mais informações no site da Locomotivah.

Abaixo você confere o trailer do game Cahors Sunset

BIG Festival 2014: empresários internacionais vêm ao Brasil investir em jogos produzidos no país

O BIG Festival não é apenas uma oportunidade para jogos indies serem descobertos pelo grande público, mas também para conquistar parceria de empresários internacionais. Durante o evento, estarão presentes representantes de publishers e empresários de vários países para uma rodada de negócios, lá eles se reunirão com desenvolvedores brasileiros para discutir possíveis projetos e parcerias.

Se você é um desenvolvedor, aí está uma oportunidade de tentar conseguir um financiamento. O evento é gratuito, porém é necessário correr. Essas reuniões com empresários devem ser agendadas até o dia 5 de maio através do site do BIG. Os encontros devem ocorrer nas cidades de São Paulo e Porto Alegre.

As datas marcadas para as rodadas de negócios são entre os dias 12 e 14 de maio em São Paulo. Em Porto Alegre, esses encontros acontecerão durante a feira de tecnologia BITs nos dias 14 e 15 de maio, no Centro de Eventos FIERGS. A intenção da organização é fortalecer a indústria nacional através de apoio e intercâmbio de produtos e profissionais no mercado internacional.

Entre as empresas que estarão disponíveis para a rodada de negócios estão pesos-pesados da indústria como Amazon, Playphone, Nuuvem, Hoplon, entre outras. Abaixo, você confere a lista dos representantes e das empresas disponíveis para reuniões:

Milton Neto – Amazon
Luis Bianchi – Philips
Christian Ribeiro – BoaCompra
Kevin Flynn – Mobile Game Partners
José Kosminsky – Movile
Alexandre Couto – Playphone
Simon Ashby – Audiokinetic
Emanuel Wall – Strategy First
Thiago Diniz – Nuuvem
Marcelo Ferrari Wolowski – Hoplon

Serviço: 2º BIG Festival (Brazil’s Independent Games Festival)

Quando: 10 a 18 de maio (Segunda, 12, não abre para o público, apenas profissionais cadastrados no Fórum de Negócios)

Horários: De terça a domingo das 10h às 22h

Onde: Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro 1000 – Paraíso, SP

Quanto: Gratuita

* Em Porto Alegre (RS): Dias 14 e 15 de maio

Horário: 10 às 19 hs

Centro de Eventos FIERGS – Av. Assis Brasil, 8787 – Bairro Sarandi

Conheça o jogo indie North Wind: Trill of Consciouness

O game indie da vez é chamado North Wind: Trill of Consciouness, um jogo bastante incomum com mais cara de retro que você já viu. Nele acompanhamos a história de Dir, um garoto selvagem que foi criado por uma Amazona em segredo. Para garantir que o garoto possa sobreviver sozinho, a mulher que o cria propõe um desafio: colocá-lo em uma caverna a fim de derrotar um morcego. Porém as coisas não ocorrem como esperado.

A missão não será fácil, pois haverá uma missão de inimigos a serem derrotados. A dinâmica do jogo se resume a explorar e coletar mapas, reordenando-os a fim de descobrir novas localidades. Para conseguir mais mapas, o jogador deve coletar energias roxas.

Existem oito mapas que podem ser combinados, gerando um total de 512 combinações possíveis. Os cenários variam de templos, à cavernas e florestas, conferindo boa variedade na hora da exploração. Na verdade, o game tem elementos de RPG e adventure, lembrando por vezes jogos como Metroid, por exemplo.

É difícil explicar como funciona, mas a ideia é a troca de partes do mapa por partes de outro mapa, a fim que eles se integrem e liberem novos caminhos.

O game é inspirado em livros infantis, porém tem um nível de dificuldade elevado. A ideia é que o jogador sobreviva aos desafios neste puzzle cheio de personalidade. O game já está disponível para download na App Store e tem versão em português. North Wind: Trill of Consciouness esteve em desenvolvimento desde setembro de 2012 pelo game designer Henry Gosuen.

Abaixo você confere o trailer do game North Wind: Trill of Consciouness:

BIG Festival aumenta o prêmio para o melhor jogo indie

Falamos do BIG Festival há pouco tempo, mas vamos voltar a falar do evento devido a uma notícia muito boa: a organização alterou o prêmio que será pago ao estúdio detentor do melhor game independente.

Anteriormente, foi divulgado que o melhor jogo levaria o prêmio de R$ 12 mil, porém a organização mudou o valor para R$ 30 mil. Além disso, há outros prêmios a serem pagos aos estúdios ganhadores de demais categorias nos montantes de 7, 5 e 3 mil reais.

Os produtores podem participar do concurso com quantos jogos quiser gratuitamente em variadas categorias, desde que os jogos sejam inscritos até a data final de 31 de março. Para participar, basta criar um cadastro no site do evento e enviar dados dos jogos participantes.

Os jogos finalistas do concurso ficarão disponíveis para teste do público durante o evento (a ser realizado entre os dias 10 a 18 de maio). Além disso, o evento conta com uma DemoNight (a exemplo do ano anterior), em que jogos indies eram avaliados por especialistas da área.

O BIG Festival ocorre entre os dias mencionados no Centro Cultural de São Paulo. Mais informações no site do evento.