Arquivo da categoria: Indie

Epic Game Jam promete final emocionante durante a Geek & Game Rio Festival

Mais uma atração arrasadora foi confirmada para o evento Geek & Game Rio Festival, que ocorrerá nos dias 21 a 23 de abril na capital carioca. Desta vez, foi confirmado que a final da Epic Game Jam (ECJ) será sediada dentro do evento. Basicamente trata-se de um campeonato game jam que unirá centenas de desenvolvedores em 6 capitais do Brasil. Os times vencedores de cada regional se encontram na finalíssima no Rio de Janeiro.

A Epic Game Jam segue o princípio de uma Jam normal, porém com um caráter um pouco mais competitivo, você terá que criar não apenas um jogo, mas um projeto! A ideia é que os diferentes estúdios desenvolvam games entre os dias 14 a 16 de abril durante as jams regionais. Mas fique atento! Não basta fazer o game, tem que pensar no marketing e business dele, pois serão pontos levados em consideração pela banca julgadora. Cada regional terá duas equipes vencedoras, que serão convidadas a apresentar o seu projeto na grande final nacional durante a Geek & Game.

sem-tc3adtulo-4

Após o julgamento de uma banca final, será decretado o grande campeão, que vai receber apoio e prêmios para alavancar o projeto. Diferente de outras jams, a Epic Game Jam é uma das poucas maratonas de desenvolvimento a reunir diversos estados. Em paralelo ao evento principal, haverá cobertura por parte de youtubers bastante famosos como o Diogo Braga e o Thiago Rex sobre o jogo vencedor da ECJ, até dezembro, quando o game será lançado para venda ao público. A intenção é que o grande vencedor conquiste mídia massiva através dos youtubers.

Thiago Rex, um dos youtubers engajados no Epic Game Jam.
Thiago Rex, um dos youtubers engajados no Epic Game Jam.

Como o Epic Game Jam é dividido por regiões, você deve inscrever seu projeto de acordo com a cidade/estado em que reside. Clique na sua cidade para se inscrever (Curitiba, Porto Alegre, São Paulo, Belo Horizonte, Brasília, Rio de Janeiro). Se você é desenvolvedor e tem experiência em criar games em poucas horas, vá em frente: a Epic Game Jam promete ser uma das maiores jams do Brasil.

Para quem não conhece, uma Game Jam é um evento onde desenvolvedores se reúnem para formarem equipes e criarem jogos do 0 até o fim do evento, com tempos variados, mas normalmente por volta de 48h ininterruptas. Para mais informações, basta acessar a página do Grupo Epic.

Estúdio Indie Tapps Games abre vaga para Lead Artist

Ótima oportunidade para quem possui boa experiência na área de jogos digitais e quer trabalhar em um dos estúdios de games digitais mais promissores do cenário nacional. A Tapps Games está à procura de um Lead Artist capaz de guiar toda a equipe de desenvolvimento e interagir com clientes de maneira eficaz. O novo contratado será responsável pela nova fase de expansão do estúdio que pretende lançar ainda mais games para o mercado mobile.

O Lead Artist será responsável por liderar, motivar e inspirar a área de arte, composta por juniores e seniores no desenvolvimento de jogos mobile, monitorando o clima e moral da equipe. Além disso, parte de suas atribuições é a de contratar e alocar pessoas de acordo com as necessidades dos produtos, gerenciar os artistas (adaptação, carreira, roadmaps, salários, promoções, necessidades) e trabalhar one on one para mapear e acompanhar o desenvolvimento de carreira de cada um.

tappsBasicamente, a Tapps Games precisa de uma figura para definir o planejamento estratégico da área de jogos eletrônicos e com conhecimentos técnicos o bastante para auxiliar os funcionários em questões técnicas e estéticas. Além disso, o profissional irá definir, documentar e implementar processos e guidelines que sejam coerentes com a produção; Pesquisar, implementar e acompanhar os resultados de novas tecnologias e ferramentas que agreguem valor na produção; Identificar os gaps da área e propor treinamentos aos artistas; Comunicar-se com o outsource manager para garantir as demandas externas dos produtos.

Para se candidatar a vaga de Lead Artist na Tapps Games é necessário preencher os seguintes requisitos:

  • Conhecimento da produção de jogos mobile.
  • Experiência prévia com gestão de pessoas.
  • Ter capacidade e visão de mercado para definir o direcionamento de arte de um produto.
  • Boa visão artística e capacidade de prover auxílio técnico e estético para os artistas quando requisitado.
  • Excelente organização e habilidade de comunicação, nos mais diversos cenários.
  • Proatividade, cordialidade, iniciativa e capacidade de antecipação.

 

De acordo com a Tapps Games, os candidatos com experiência em Spine já tem um diferencial, bem como possuir conhecimento de UI/UX para jogos mobile e ter pelo menos um jogo lançado como Lead Artist ou Diretor de Arte. Para se candidatar basta preencher o cadastro através do LinkedIn.

Para quem não conhece, a Tapps Games é um estúdio de jogos paulista criado em 2012 que já possui mais de 300 jogos desenvolvidos e publicados por conta própria. Um  dos diferenciais do estúdio é o ambiente leve formado por uma equipe criativa e bastante talentosa. Entre seus projetos lançados, destacam-se VR Dogs Free, Greenhouse Effect e My Pizza Maker.

Conheça Plasma Puncher, o novo game de pancadaria do estúdio Tomatotrap

O game de hoje é Plasma Puncher, uma cortesia do estúdio indie Tomatotrap, trata-se de um jogo de pancadaria em que você assume o papel de uma célula branca casca-grossa lutando contra uma horda de micróbios invasores, liderados pelo terrível Microbião Dumal! O objetivo é destruir os micro-organismos que querem causar terror na corrente sanguínea.

Basicamente é um game onde você espanca um bocado de amebas, usando seus próprios punhos e uma variedade de Power-Ups, bem ao estilo beat ‘em up. A maior parte da ação ocorre em um único estágio circular, onde diferentes grupos de inimigos vão surgindo aleatoriamente. Quanto mais hordas você derrota, maior o nível de dificuldade. O jogador deve sobreviver a todos os ataques, enquanto se esforça para destruir a enorme esfera responsável por toda essa algazarra.

game-plasmaOs controles e sistema de luta de Plasma Puncher são simplificados a fim de manter a ação fluente e intuitiva ao mesmo tempo em que jogadores de qualquer idade podem apreciar o jogo. O ponto alto são os power ups devastadores, que tornam a missão bastante prazerosa. Você pode utilizar esses poderes especiais ao coletar o Power Cromossomo durante a partida.

Vale destacar as animações extremamente bem feitas e divertidas que o jogo apresenta. O pessoal da Tomatotrap não poupou tempo e recursos para entregar uma experiência de jogo cativante. Até mesmo a trilha sonora foi bem desenvolvida e combina com a sensação de urgência e ação desenfreada do jogo.

tomato

Plasma Puncher teve seu desenvolvimento iniciado em 2015 pela dupla Éder Cardoso e Fred Lima. O lançamento oficial está marcado para maio deste ano exclusivamente para PCs. Há planos de um port para mobile, mas vai depender da recepção que o game tiver após o lançamento na Steam.

Abaixo tem o trailer de Plasma Puncher:

Geek & Game Festival promete agitar o mês de abril no Rio de Janeiro

A cidade maravilhosa também pode ser chamada de Cidade dos Games, pelo menos no mês de Abril. Além de sediar o megaevento Brasil Game Cup, o Rio de Janeiro também receberá o evento Festival Geek & Game. O evento ocorre no Riocentro entre os dias 21 a 23 de abril e pretende reunir cerca de 70 mil fãs de eSports, videogames, quadrinhos, colecionáveis, filmes e séries de TV.

A organização preparou uma série de atrações como campeonatos, palestras e encontros com artistas e produtores nacionais e internacionais. Até mesmo o icônico Tim Schafer (Day of The Tentacle, Full Throttle e Grim Fandango) estará presente para atender ao público. Um dos principais destaques do evento é a arena Gamer Stadium, que irá receber competições de esportes eletrônicos, os eSports. A estrutura suspensa da arena, que tem 900m2, permitirá ao público ficar mais próximo dos cyberatletas.

zangadoAcomodados em seis arquibancadas, os visitantes poderão acompanhar disputas de times profissionais dos jogos mais cobiçados do momento, como Tom Clancy’s Rainbow Six Siege, da Ubisoft; League of Legends, da Riot; e Counter Strike: Global Offensive, da Valve, um dos pioneiros nas competições internacionais.

Como se não bastasse, os fãs de quadrinhos terão a chance de conhecer o ilustrador David Lloyd, criador da série V de Vingança e da icônica máscara de Guy Fawkes, usada até hoje como símbolo de resistência. O britânico participará de um painel que irá discutir os “Quadrinhos como ferramenta de protesto”, no dia 22, sábado. Outra atração bacana é a escritora norte-americana Christie Golden, responsável por mais de 35 livros oficiais do universo nerd. No domingo, 23, ela irá falar sobre seus trabalhos baseados na famosa franquia Warcraft, da produtora de jogos Blizzard.

Outras atrações já confirmadas do Geek & Game Rio Festival é o concurso cosplay, que promete ser de alto nível; e a presença do youtuber Zangado e do blogueiro Eduardo Spohr, do NerdCast. Além disso, o evento ainda vai abrigar área de exposições, área exclusiva para board games, HQs,entre outras. É como se o RJ se tornasse o paraíso para a cultura nerd/geek. Ingressos e postos de venda podem ser obtidos no site do evento.

 

Serviço: Geek & Game Rio Festival 2017

Data: 21 a 23 de abril de 2017

Local: Riocentro

Endereço: Av. Salvador Allende, 6555 – Barra da Tijuca, Rio de Janeiro

BIG Starter premiará jogos em desenvolvimento com R$ 20 mil

O BIG Festival 2017 também tem espaço para quem ainda não terminou o seu game. O evento premiará jogos em desenvolvimento através do BIG Starter, competição dedicada a jogos em desenvolvimento, ou que ainda não tenham sido publicados, por desenvolvedores independentes. O prazo limite para submeter os projetos é até 14 de maio. São duas categorias, ‘Melhor Jogo Educacional’, e ‘Melhor Jogo de Entretenimento’, e os vencedores receberão um troféu e um prêmio de R$ 20 mil cada.

Para participar, basta entrar no site do BIG Festival, na página do BIG Starter e se cadastrar, clicando no link “Inscreva seu projeto aqui”, e então seguir as instruções do formulário. O evento tem parceria da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Dow é uma das patrocinadoras, responsável pela premiação de ‘Melhor Jogo Educacional’.

originalDe acordo com os organizadores do evento, serão até 7 finalistas. Os participantes podem enviar quantos games desejarem, para as categorias que desejarem. Os finalistas terão a oportunidade única de apresentarem seus projetos a um público com nomes de destaque na indústria, nacional e internacional, à imprensa e a investidores no dia 28 de junho, dentro do BIG Festival, no Centro Cultural São Paulo.

Novas regras do BIG Starter

Diferentemente dos anos anteriores, porém, desta vez a competição exige que os participantes submetam também um plano de negócios detalhado. O comitê de avaliação irá analisar a qualidade geral do projeto de jogo e o plano de negócios. Os critérios incluem aspectos audiovisuais, interativos, mecânica e acabamentos gerais. Daí, os projetos finalistas serão selecionados. É preciso cuidado, pois qualquer erro de informação na inscrição desclassificará o concorrente.

quarta-29-188_orig

Na apresentação dos finalistas, será levado em conta todo o material apresentado, o potencial de mercado do projeto, e a consistência do plano de negócios. Projetos baseados em propriedades intelectuais registradas deverão obrigatoriamente fornecer um contrato de permissão de uso.

Todos os jogos submetidos deverão ser inéditos e de propriedade de seus criadores. E mais uma coisa importante: os participantes podem enviar o mesmo projeto que submeterem ao BIG Starter à competição principal do BIG Festival, contanto que ele cumpra todas as regras. Não perca tempo, inscreva seu projeto na página do BIG Starter e comece a torcida!

Corre Desnecessauro é o game para mobile inspirado na série do Gato Galactico

É do estúdio indie brasileiro KEISE Entertainment o infinite runner Corre Desnecessauro, um game inspirado na série animada para Youtube “O Gato Galactico”, que conta com mais de 2,8 milhões de inscritos e 270 milhões de visualizações.  Basicamente o jogador vai ajudar o pobre Desnecessauro a desviar de armadilhas e obstáculos até derrotar seu melhor amigo, o Coitadossauro.

O game apresenta todo o humor e cores vibrantes característicos da série original, de modo que o há muitas piadas ao longo da aventura. O jogador também vai se divertir com a dublagem do game. Na questão desafio o game não deixa a desejar, apresentando obstáculos variados e inesperados. Cabe ao jogador desviar das armadilhas ou destruí-las rapidamente.

desnecessauroA jogabilidade de Corre Desnecessauro é simplificada, de modo que ela agrada todos os tipos de jogadores, inclusive os mais novos. O estúdio KEISE, aliás, teve bastante cuidado com os detalhes: além de roupas (inspiradas em ícones da culta nerd) e fotos para colecionar, há conquistas, troféus e um sistema de rankings para os jogadores mais empenhados.

A trilha sonora ficou por conta do Daniel Miura, que já havia trabalhado no Gato Galactico remix. Foi um trabalho feito especialmente para os fãs da série, mas que tem o potencial para agradar até mesmo quem nunca ouviu falar da franquia. O mais bacana é que o download é gratuito e já está disponível para iOS e Android.

cats

O Corre Desnecessauro em seu dia de lançamento obteve mais de 100 mil downloads e em menos de uma semana já chegou a marca de mais de 350 mil downloads! O jogo também chegou a ocupar a primeira colocação em diversas categorias na App Store e na Google Play Store desde o seu lançamento.

Abaixo você confere o trailer de Corre Desnecessauro:

Pipa Studios abre vaga para desenvolvedor Unity 3D sênior

A Pipa Studios está com uma vaga aberta para desenvolvedor Unity 3D de nível sênior. Uma ótima oportunidade para quem busca uma recolocação no mercado de desenvolvimento de games e almeja trabalhar com uma equipe bacana e ambiciosa. A empresa está em ritmo de crescimento e busca um profissional comprometido e com objetivos semelhantes aos do estúdio.

ertsdfAutomotivação, espírito inovador, iniciativa e criatividade são qualidades desejadas para a vaga de desenvolvedor na Pipa.  Além disso, é importante que o candidato tenha responsabilidade, organização e criatividade. Será necessário saber resolver problemas de forma independente; Ter um bom olho para detalhes e realismo; e conhecimento básico de Desenvolvimento em Flash (plus).

O profissional irá criar interfaces 2D e 3D usando objetos Unity3D (usando NGUI ou Unity UI); Criar e programar estruturas que conectem animações e objetos de jogo; Criar e dar suporte a plugins nativos Android/iOS para Unity;  Fazer ajustes em performance para mobile (debug e profiling).

Os requisitos para esta vaga da Pipa Studios são:

  • 3 ou mais de experiência com Unity3D
  • 5 ou mais anos de experiência com programação (C#, C++, Objective-C, java, ActionScript3, python)
  • Conhecimento em Unity3D, Visual Studio

O salário não foi divulgado. Outros benefícios serão divulgados durante as entrevistas do processo seletivo. Para quem não conhece, a Pipa Studios é uma start-up de desenvolvimento de jogos mobile, sediada em São Paulo.  O time é enxuto e bastante dinâmico e o ambiente de trabalho é descontraído e agradável. Se você se encaixa no perfil, basta encaminha currículo através do email hr@pipastudios.com.

Insane Games divulga vaga para Concept Artist Pleno em São Paulo

Outra vaga interessante surgindo para quem trabalha com games! O estúdio Insane Games de São Paulo abriu uma oportunidade para Concept Artist Pleno. O objetivo é contratar um profissional competente e interessado para fazer parte dos planos do estúdio em lançar um MMORPG. Um dos destaques é que a equipe é bastante unida e fã de jogos eletrônicos, de modo que sempre rola uma jogatina de Smite, Heroes of the Storm, Rocket League, Counter-Strike, entre outros.

O Concept Artist irá desenvolver a arte conceitual de objetos de cenário, equipamentos, personagens, etc. É uma tarefa bastante importante para o desenvolvimento do game e uma boa oportunidade para o artista deixar sua marca num game ambicioso.

profaneÉ importante ter conhecimento das etapas de criação de um Concept, de Sketch à render/mockup; Conhecimento de Model Sheets e visualização detalhada para objetos mais complexos; Ser criativo abstraindo formas de desenvolver algo a partir de uma idéia ou referência; Seguir a pipeline de desenvolvimento, respeitando um certo padrão pré-estabelecido.

O profissional almejado pela Insane irá ainda auxiliar colegas com problemas e participar de discussões para idealizar melhores práticas. Trata-se de um estúdio que preza pelo trabalho em equipe e o bom relacionamento. É desejável possuir noções de storytelling, inventividade na moldagem e definição de formas de um personagem ou asset. Além disso,ganha pontos o profissional que tiver organização, formação em cursos referentes a concept art e possuir boa comunicação.

Para se candidatar à vaga da Insane para Concept Artist é necessário estar atento aos seguintes requisitos:

  • Experiência prévia com desenvolvimento de assets para games
  • Experiência com tablets, arte digital, boa noção de equilíbrio, composição de cores, balanço e estética
  • Domínio de Photoshop, Manga/Clip Studio Paint, ou similares
  • Capacidade de gerar referências e validar informações de forma dinâmica antes de proceder com tarefas
  • Interesse pelo gênero Fantasia Medieval, trabalhos anteriores próximos/relacionados à temática
  • Ser gamer, apaixonado por jogos, em especial MMOs/RPGs

O estúdio Insane está localizado na região do Jardim Paulista, em São Paulo. O salário e benefícios não foram divulgados, mas sabe-se que a vaga é para PJ. A desenvolvedora ganhou bastante destaque no cenário brasileiro após o lançamento de Profane, o primeiro MMORPG sandbox criado por brasileiros. Para se candidatar basta se inscrever no anúncio no “Trampos”.

Conheça Ponami, o game inspirado na cultura indígena da Jogos Aurora

E é com inspiração na cultura indígena que o pessoal do estúdio Jogos Aurora criou o game Ponami, um RPG que conta a história de uma jovem arqueira que deve proteger seu povo das investidas violentas das criaturas místicas chamadas Talástreas. O game será lançado no próximo dia 20 de março para Android e a expectativa é que sua trama envolvente e o uso do folclore e costumes indígenas desperte o interesse do público.

De acordo com os desenvolvedores, Ponami é inspirado nos jogos de plataforma da década de 90 e nas mecânicas dos RPGs clássicos. A Jogos Aurora fez uma pesquisa ampla sobre culturas e costumes indígenas. O resultado foi uma aventura épica baseada nos mitos da cultura indígena das Cordilheiras. Ponami é uma guerreira que cresceu no povoado da Cordilheira de Sajor, uma civilização próspera.

unnamedDiferente da maioria dos jogos para celular, em Ponami o jogador irá encontrar um roteiro original e complexo, além de um conceito artístico criado para impressionar e cativar o público.

“Nós estudamos muito a cultura inca, seus mitos e expressões artísticas para produzir o jogo e deixa-lo o mais fiel possível”, explica Marina Torrecilha, artista do jogo. “Tudo o que o jogador encontrará em Ponami está alí por uma razão e tem papel importante na construção da narrativa ou na imersão”, completou.

Sobre o desenvolvimento de Ponami

O objetivo por trás do desenvolvimento de Ponami era criar um jogo com uma história completa, bem elaborada, com personagens cativantes e uma trilha sonora imersiva. De acordo com Pedro Schabib, programador e level design de Ponami, a América Latina é a região mais rica em mitologia e folclores e por isso foram a grande inspiração para o game.

16712055_1143024415823923_9126595889685626899_n

O jogo será lançado no dia 20 de março e estará disponível gratuitamente na PlayStore. Ainda serão lançados mais cinco mundos em formato de DLC gratuita que expandirão o universo de Ponami para outras culturas e civilizações. Você pode obter mais informações sobre Ponami, na página da Jogos Aurora no Facebook.

Miner Ultra Adventures – desenvolvedor teria xingado jogador que fez críticas negativas

Desenvolver um game do zero não é tarefa fácil, principalmente se você desenvolveu tudo sozinho. Receber críticas faz parte do trabalho e acontece muito, mas não é e jamais foi agradável. O caso do game indie brasileiro Miner Ultra Adventures chamou as atenções da internet na última semana e o motivo foi que supostamente o desenvolvedor teria perdido as estribeiras e xingado duramente um jogador que deu nota baixa para seu game na Steam.

ss_61d2256f9da3f6848e57bcec32f0d60f0281cf43-600x338Miner Ultra Adventures é um game de plataforma 3D inspirado em clássicos da geração 32-64 bits como Super Mario 64, Gex, Crash Bandicoot, Conker’s Bad Fur Day. Um dos pontos chaves do game é que ele não possui conteúdo adulto ou violência, além de um mundo vasto e colorido para ser explorado. Por mais que o desenvolvedor se esforce, sempre fica algum ponto negativo e foram esses deslizes que o usuário Filthy Prank apontou ao fazer sua crítica.

ss_af290f82309243229bcb7f52955697fae1d9bb85-600x338Surpreendentemente, o perfil do criador do game (Dennys Ferreira, da Manic Mind Game Lab) passou a insultar o jogador, utilizando até mesmo palavras de baixo calão (imagens abaixo). A situação saiu do controle quando outros jogadores ficaram sabendo do acontecido e começaram a dar mais notas negativas, como forma de “dar uma lição” no suposto desenvolvedor esquentadinho. O resultado foi que a nota do game baixou muito, beirando a nota 4. Nesse ínterim, algumas notas positivas começaram a surgir, sugerindo que o desenvolvedor teria distribuído Keys para melhorar sua nota.

17155542_413908558957855_4129101620480508899_n

miner_steam

 

A versão do desenvolvedor

Após muitas discussões e teorias do que teria acontecido, o site Drops de Jogos entrou em contato com o desenvolvedor de Miner Ultra Adventures a fim de ouvir os motivos que o levaram a tal destempero. De acordo com Dennys, tudo não passou de uma vingança de uma ex-namorada que teria entrado em sua conta da loja virtual e iniciado o atrito com os usuários apenas para lhe criar problemas.

“Vários haters estão me julgando, ao invés de dar força para os devs”, explicou Dennys Ferreira, em entrevista ao Drops de Jogos. “Manter relacionamento com a pessoa errada dá nisso”, enfatizou, em referência à atitude da ex-companheira. “Eu nunca ia entrar em treta com comprador de jogo. Se o cara não gostou e fez um review negativo, tudo bem, eu só quero fazer jogo”, declarou.

ss_abff536a23e84353f6587c5f8523c5573727af6e-600x338A situação teria chego a tal ponto que as pessoas compram o game, fazem o review negativo e em seguida pedem o reembolso, fato que apenas prejudica a reputação do estúdio desenvolvedor. Dennys teria até pensado em tirar o game do ar para acabar com este ciclo. Sobre as notas positivas que surgiram, o desenvolvedor admite ter enviado Keys para a Rússia a fim de melhorar a avaliação geral. Mas é claro que o estrago já estava feito: a fama do game se deu não por suas qualidades ou defeitos. Miner Ultra Adventures é conhecido como “aquele game feito pelo desenvolvedor que xinga seus jogadores”.

ss_49aec8aa60bb27135af162f49e484edcb5f1979fEsta não é a primeira vez que a Steam é palco de uma polêmica: meses atrás a produtora Digital Homicide processou youtubers e jogadores que deram notas negativas aos seus jogos. Resultado? A empresa foi expulsa da Steam. Sobre o caso de Miner Ultra Adventures, infelizmente não conseguimos contato com a suposta ex-namorada vingativa. O que podemos tirar dessa história toda é que, se você é desenvolvedor de games deve estar preparado para críticas, pois elas virão.

Abaixo tem um vídeo de Miner Ultra Adventures: