Arquivo da categoria: Destaque

Os destaques da semana do GameReporter

Google abre inscrições para a primeira edição do Indie Games Festival na América Latina

Mais uma oportunidade para você, desenvolvedor indie, para mostrar seu produto a um grande público e quem sabe o apoio de grandes empresas de games. A Google acaba de anunciar durante o Playtime 2017 a criação do Indie Games Festival, um evento que visa dar visibilidade para jogos independentes da América Latina. As inscrições para participar já estão abertas e, de acordo com a Google, o festival premiará os melhores jogos independentes da região com prêmios que irão ajudá-lo a ter seu trabalho notado por especialistas da indústria e jogadores de todo o mundo.

As inscrições são exclusivas para produtores indies dos seguintes países: Brasil, México, Argentina, Uruguai, Paraguai, Colômbia, Chile, Peru, Costa Rica, Bolívia, Venezuela, Equador e Guatemala. Importante dizer que a produtora precisa ter até 15 funcionários e ter o jogo lançado na Google Play após 1º de janeiro de 2016. As inscrições podem ser feitas até 20 de dezembro.

Os 15 finalistas do Indie Games Festival apresentarão seus jogos na capital paulista, em 22 de Fevereiro de 2018. Na ocasião, os finalistas terão a oportunidade de apresentar seu trabalho para um júri integrado por especialistas da indústria, dos quais 3 vencedores serão selecionados. Os grandes vencedores ganharam destaque nas lojas online da Google, além de uma TV Android.

 

Premiação para os finalistas e vencedores:

Finalistas

Cada um dos 15 selecionados receberá:

  • Inclusão do jogo no Indie Corner nas lojas Google Play das Américas, Europa e Oriente Médio por um mês;
  • Promoção do jogo nos canais Android Developer / Google Play Developer;
  • Oportunidade de apresentar o seu jogo no LatAm Indie Games Festival 2018;
  • 1 Chromecast;

 

Vencedores

Além da lista acima, cada um dos 3 escolhidos irá receber:

  • 1 TV Android;
  • Destaque Premium para o game dentro do Indie Corner nas lojas do Google Play das Américas, Europa e Oriente Médio por um mês.
  • Destaque Premium para o game na Android Developer / Google Play Developer channels.

 

Aos que NÃO preenchem as condições para participar do festival: Caso você não atenda aos critérios para se candidatar aos prêmios, ainda é possível se inscrever para participar da apresentação dos cases em São Paulo, em 22 de Fevereiro de 2018, conferir algumas das novidades em indie games e se divertir com diversos especialistas da indústria e desenvolvedores de indie. Mais detalhes no site oficial do Indie Games Festival.

Conheça o indie brasileiro Memories of Kami, o primeiro game da Yokai Collective Studio

Hoje vamos falar de um game indie brasileiro bastante promissor: Memories of Kami. Desenvolvido pela Yokai Collective Studio, o jogo é uma aventura de plataforma 2D com elementos de RPG. Aqui os jogadores embarcam no mundo mágico de Kami, habitado por Origamis, onde deve assumir o papel de nove guardiões que devem impedir as forças malignas de uma terrível contaminação que pretende devastar e destruir os seres vivos.

A grande sacada do jogo é sua mecânica baseada na troca de personagens a fim de tomar proveito de suas respectivas habilidades únicas. Estes personagens são caracterizados por nove animais sagrados – os guardiões da glória. Um dos aspectos que mais chamaram as atenções de quem conheceu Memories of Kami durante seu début na BGS 2017 foi o estilo visual, que lembra o consagrado Ori and the Blind Forest, mas a verdade é que o título tem inspirações mais antigas como Donkey Kong Country do Snes.

A trama: Kami é um mundo mágico habitado por criaturinhas de papel chamadas Origami. Esse mundo de luz e bençãos, onde todas as coisas boas do universo fluem abundantemente é, de tempos em tempos, atacado pela energia negativa de outros mundos. Os ataques de energia escura são chamados pelos habitantes de Kami de Incidentes. Quando a magia negra adentra Kami, ocorrem várias manifestações como doenças, acidentes, e qualquer tipo de desordem ou desgraça. Mas os Incidentes, geralmente não são nada demais, pois logo que surgem são combatidos e derrotados pelos nove famosos Sagrados Guardiões da Glória de Kami.

Os Guardiões da Glória são poderosos animais escolhidos pelo Destino e têm como dever eliminar toda e qualquer energia ruim que surge no belo paraíso de Kami. Não é preciso de todos os noves Guardiões para acabar com os Incidentes comuns. Mas a cada mil anos, um Incidente poderoso invade Kami, e esse sim, representa uma ameaça que necessita do poder de todos os Guardiões, juntos, para ser eliminado. Este Incidente grave é chamado de A Contaminação dos Mil Anos. E dessa vez, a Vigésima Sétima Contaminação dos Mil Anos veio muito mais feroz e irresistível, determinada a destruir de uma vez por todas o fantástico mundo dos nossos Guardiões.

Sua missão é guiar estes guardiões em uma busca pelos resquícios de energia que podem restabelecer Kami. Para tanto você adquire habilidades e poderes que lhe conferem novas transformações. Tal como num jogo de RPG, o jogo gratifica o jogador de acordo com seu estilo de jogo, graças a árvore de habilidades, ou seja, se você for do tipo defensivo, vai se tornar um grande defensor ao final da jornada.

Memories of Kami tem previsão de lançamento para 2018, sendo que uma demo deve ser lançada oficialmente em algum momento de maio do mesmo ano. Por enquanto o jogo é apenas para PC, mas os desenvolvedores esperam conseguir portar o título para Xbox One e Playstation 4. Mais informações no site oficial.

Abaixo você confere o trailer de Memories of Kami:

Game of Thrones: Conquest – domine os sete reinos de Westeros e o trono de ferro neste jogo mobile

A série de televisão mais impactante dos últimos anos agora ganha um game para celulares! Chamado Game of Thrones: Conquest, o título coloca o jogador em uma divertida guerra estratégica para decidir quem irá controlar os sete reinos de Westeros. O game é fruto de uma parceria entre a Warner Bros. e a HBO (e desenvolvido pela Turbine) e já está disponível para usuários Android e iPhone.

Game of Thrones: Conquest segue o estilo MMO e estratégia. Os jogadores devem primeiro criar sua própria casa com direito a brasão e exércitos para enfrentar as tradicionais casas Lannister, Targaryen, Baratheon, Bolton, entre outras. Além de bolar as melhores estratégias para destruir o exército é possível também sabotar os inimigos utilizando espiões. Alguns rostos familiares da série da HBO fazem aparição no jogo, tais como Jon Snow, Daenerys Targaryen, Petyr Baelish e outros.

“A manobra política de Game of Thrones sempre foi um dos elementos mais interessantes do show, e agora os jogadores podem viver essa fantasia enquanto competem com milhares de outras pessoas pelo controle do Trono de Ferro”, afirma Tom Casey, Vice-Presidente , da Turbine. “Existe também a oportunidade de trair seus aliados e revelar seus esquemas mais astutos para ganhar mais poder, o que pode levar a momentos muito intensos e divertidos”.

Navegar em Westeros não será simples, mas com a ajuda do inovador Sistema Allegiance, os jogadores podem recrutar aliados de todo o mundo para ter uma chance de conquistar o Trono de Ferro enquanto provam sua lealdade a seu senhor ou senhora. Mas, neste mundo dinâmico e político, existe a opção de escolher entre traição e lealdade e, no melhor estilo Game of Thrones, alianças podem ser quebradas para aumentar sua influência em Westeros.

Em Game of Thrones: Conquest, os jogadores podem capturar mais de 120 Pontos de Poder icônicos da série, como King’s Landing e Winterfell. Para controlar esses locais, você deve recrutar aliados, já que nenhuma guerra é vencida sozinha. Os jogadores devem criar seus exércitos e travar batalhas contra rivais para capturar essas fortalezas icônicas. Uma vez capturadas, será necessário defendê-las, já que cada Ponto de Poder confere ao jogador upgrades militares e econômicos. As fortalezas apontarão seus próprios pequenos conselhos e recompensarão aqueles mais fieis, tornando-os os defensores do ponto de poder.

Se você é um dos milhares de apaixonados pela série da HBO e um sagaz jogador de estratégia, dê uma olhada neste título que promete fazer bastante sucesso, tal como o seriado. E lembre-se: o inverno já chegou! Valar Morghulis.

Confira o trailer de lançamento de Game of Thrones: Conquest:

Geek Expo 2017 promete sacudir o público nerd e geek com muitas atrações no Ceará

Quem disse que os grandes eventos de cultura pop são exclusivos do eixo Rio-SP? Quem é do Ceará pode abrir o sorriso, pois o evento Geek Expo 2017, que acontece entre os dias 28 e 29 de outubro, promete ser um dos maiores eventos do segmento no Brasil. Para isso, o evento conta com uma lista de convidados e de atrações imperdíveis, todas oriundas de produções famosas da atualidade, entre elas quadrinhos, séries, filmes, animações, cosplay, ficção científica, fantasia, games etc.

O evento Geek Expo é organizado pela Phoenix Produções em parceria com o Sistema Jangadeiro, com o intuito de inserir o Ceará no cenário nacional, como referência em eventos cada vez maiores e mais frequentes de cultura nerd.  Já estão confirmadas as participações do quadrinista de maior carisma da atualidade Vitor Cafaggi, de Marco Ribeiro – Dublador de personagens como Homem de Ferro, Woody do Toy Story, Yusuke do Yuyu Hakusho, Máscara, Jim Carrey entre outros.

O Casal Nerd, Lucas e Nenha, dois players que se conheceram num joguinho online e atualmente tem um canal destinado ao público Geek, com mais de 4 milhões de inscritos, também estão entre os convidados. Anderson Gaveta é outra atração que fará parte do evento, dono do canal Gaveta Show, ficou famoso por ser o editor e compor o grupo Jovem Nerd. Além deles o Senhor K, um dos principais participantes do grupo Jovem Nerd também estará no evento.

Além dos convidados, há diversas salas e espaços temáticos que devem fazer a cabeça dos visitantes, como o Palco Herói, que vai contar com bate-papos e palestras com profissionais e especialistas da cultura pop. No mesmo ambiente ainda rola o Concurso Cosplay e a entrega do III Prêmio Al Rio de quadrinhos.

Para quem gosta de acompanhar séries como The Walking Dead e Game of Thrones, a dica é acompanhar de perto as discussões do Palco Sidekick, que terá uma programação montada por conhecedores de diferentes franquias de sucesso no cinema, nos quadrinhos e na TV. A Sala de Treinamento GeekExpo, por outro lado, é focado em oficinas com especialistas de diferentes áreas. Conteúdos sobre desenho, roteiro, montagem de cosplay, trilha sonora de jogos, escrita criativa e outros temas serão ministrados.

Como se não bastasse, o Geek Expo ainda conta com uma mega feira de quadrinhos, exposição de action figures e um espaço todo especial para os desenvolvedores de jogos independentes. Por fim, vale citar ainda o desfile cosplay e o III Prêmio Al Rio de Quadrinhos: uma homenagem aos produtores de quadrinhos do passado e do presente, pessoas que dedicam sua vida às HQs. O nome do prêmio é uma homenagem póstuma ao quadrinista cearense Al Rio que ajudou a colocar o Estado no hall da fama dos quadrinhos mundiais. Mais informações no site do evento.

 

SERVIÇO: Geek Expo 2017

Local: Espaço Jangada – Shopping Iguatemi (Ao lado do EXTRA)

Data: 28 e 29 de outubro de 2017

Hora: 10h30 às 19h30

Ingresso antecipados:

– R$ 20,00 Sábado * (R$ 25,00 na Bilheteria)

– R$ 20,00 Domingo * (R$ 25,00 na Bilheteria)

– R$ 30,00 Combo (Vale para os dois dias) * (Apenas antecipado)

 

ABCDE anuncia a primeira temporada da Superliga de League of Legends

Se você é fã de League of Legends e tem um clube do coração, fique atento: mais um torneio deve reunir as equipes mais badaladas do Brasil. A partir do dia 4 de novembro, terá início a primeira temporada da Superliga ABCDE de League of Legends. Organizada pela Associação Brasileira de Clubes de eSports (ABCDE), a competição terá como um de seus principais papeis estender o calendário da modalidade no Brasil. A Superliga será disputada por dez clubes filiados à associação entre novembro e dezembro.

O torneio será organizado pela ESL Brasil e terá a participação dos seguintes 10 clubes: Brave eSports, CNB eSports Club, INTZ eSports Club, Kabum eSports, Vivo Keyd, paiN Gaming, ProGaming eSports, Operation Kino, Team One eSports e T Show eSports Club. Todos os participantes são membros da ABCDE.

“É com enorme alegria que comunicamos a criação deste torneio. Uma das premissas da ABCDE é fomentar os eSports no Brasil, e acho que esse é um passo muito importante para todas as partes. É a chance dos torcedores de League of Legends se aproximarem ainda mais de seus ídolos. Estamos atendendo ao pedido de toda a comunidade. É um marco para o League of Legends nacional”, afirma Carlos Fonseca, presidente da ABCDE.

Os 10 participantes da Superliga serão divididos em dois grupos de cinco equipes cada. Os times jogarão entre si, em sistema de turno e returno. As disputas na fase inicial serão em melhor de dois (md2). Os dois primeiros colocados de cada grupo se classificarão para as semifinais. As fases eliminatórias serão jogadas em melhor de cinco (md5).

As disputas serão presenciais. Serão quase 80 jogos até o fim da competição – número que eleva a quantidade de partidas realizadas pelos clubes brasileiros e vai auxiliar no desenvolvimento técnico do cenário.

“Quanto mais jogos pudermos fazer, melhor para todos. Para os jogadores, times e, sobretudo, os fãs de LoL. E a competição é pensada para ajudar exatamente neste aspecto. O torcedor agora terá ainda mais contato com o cenário competitivo. É um torneio que só tem a agregar ao circuito. Esperamos que seja o primeiro grande passo da nossa associação”, analisa Fonseca.

A decisão da Superliga será realizada em dezembro. Todas as partidas serão transmitidas via Youtube e Twitch. Mais detalhes no site da Associação.

Congresso Estadual das APAEs/SC apresenta mesa digital com games educativos que apoiam a inclusão

Enquanto nossos políticos travam uma guerra contra os jogos eletrônicos, há uma galera que já sacou que os videogames são uma ferramenta de aprendizado e de inclusão. Prova disso é o Congresso Estadual das Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais de Santa Catarina (APAE/SC), que irá oferecer palestras, cursos, oficinas, trabalhos científicos e exposição de novidades na área da educação inclusiva. O evento, que ocorre de 4 a 6 de outubro em Jaraguá do Sul pretende quebrar paradigmas em relação desenvolvimento de crianças com deficiência intelectual e múltipla e motivar a discussão de boas práticas para o setor.

Durante o evento da APAE, que reúne professores, diretores, famílias e comunidade, os participantes poderão conhecer também a PlayTable, mesa digital interativa com jogos educativos. Criado para apoiar a educação inclusiva, o produto conta com um catálogo de jogos e aplicativos baseados nas matrizes de ensino brasileiras. As opções ainda possuem diferenciais que estimulam o desenvolvimento motor e cognitivo e promovem a inclusão das crianças no ambiente escolar.

Em Fraiburgo, por exemplo, a mesa já faz parte da rotina da APAE da cidade desde 2015. A terapeuta ocupacional da entidade, Tayane Silva, explica que o recurso é utilizado tanto em cunho pedagógico quanto na sala de informática e no tratamento terapêutico. “Os games apoiam nossos alunos no desenvolvimento da coordenação motora, coordenação motora fina, linguagem e até mesmo na aproximação deles com a tecnologia”, avalia.

Cada um dos jogos disponibilizados na mesa digital conta com vários níveis de dificuldade, proporcionando o uso do recurso por estudantes com diferentes graus de deficiência. “Eles ainda conseguem estimular a habilidade visomotora e cada professora utiliza a PlayTable de acordo com as limitações dos alunos Assim todos participam e se desenvolvem, respeitando o seu grau de aprendizagem. Poder contar com diferentes jogos é essencial para que cada uma das crianças e jovens participem e interajam. Eles estão se desenvolvendo e se divertindo ao mesmo tempo”, explica Caroline Chechi Malestrin, diretora, da entidade.

Psicólogos e pedagogos de destaque nacional fazem parte do rol de palestrantes do encontro. Eles abordaram temas como a inclusão da pessoa com deficiência, a formação dos educadores, habilitação para a autodeterminação e outros temas atuais, como a Lei da Inclusão. A programação completa está disponível no site da APAE.

Rogue Snail revela primeiro gameplay de Relic Hunters Legend

O time de desenvolvedores da Rogue Snail já é conhecida do público brasileiro graças ao ótimo Chroma Squad e ao shooter Relic Hunters Zero. Pois é, os desenvolvedores já mostraram que têm potencial e isso deve se provar mais uma vez com o lançamento de Relic Hunters Legend, sucessor direto do jogo mencionado. O primeiro game da franquia Relic Hunters ficou disponível no Steam gratuitamente e tinha o código fonte aberto, o que serviu para atrair mais de 1 milhão de jogadores.

Os produtores lançaram recentemente o trailer de Relic Hunters Legend e serviu para mostrar o que os jogadores podem esperar da nova aventura: um incrível RPG com ambientes 3D, maior variedade de armas, mais patos espaciais para atirar e uma história nova e totalmente imersiva. “É como se Destiny e Enter The Gungeon se fundissem em um jogo único!”, diz o lançamento do trailer.

De acordo com os produtores, o título terá um modo cooperativo online para até 4 jogadores e manterá a perspectiva isométrica que foi bastante elogiada no original. A história deve brincar com paradigmas de viagem no tempo  e a amizade entre os protagonistas. A melhor parte: o jogo será gratuito, para sempre.

Além do trailer, a Rogue Snail também está lançando uma série em quadrinhos dividida em três partes, que serão reveladas semanalmente, até o lançamento da campanha de financiamento coletivo no Kickstarter, no dia 5 de outubro de 2017. A produtora está preparando um beta fechado, em 2018, e uma versão completa do jogo para PC e outras plataformas, prevista para 2019. Sim, vai demorar um bocado.

Além disso, novos jogadores que se inscreverem para receber novidades sobre o jogo receberão gratuitamente a mini trilha sonora de Relic Hunters Legend. Para mais detalhes, acesse o site do game.

Abaixo tem o trailer de Relic Hunters Legend:

Museu do Videogame Itinerante terá concurso cosplay

No próximo final de semana o Museu do Videogame Itinerante no RioMar Kennedy vai receber uma série de campeonatos e atrações divertidas. Uma das atrações mais esperadas será o Campeonato de Cosplays na categoria desfile. Os três melhores colocados no torneio levarão prêmios, o que deve elevar o nível de disputa dos participantes.

O campeonato ocorre no sábado, 23 de setembro, a partir das 17h. As inscrições são gratuitas e seguem até o dia 21 de setembro, das 10h às 21h, na loja CVC RioMar Kennedy, no Piso L1, e são limitadas a 50 vagas. O regulamento completo está disponível no site do RioMar Kennedy.

Outro torneio que vai animar os visitantes do Museu do Videogame Itinerante será o Campeonato de Just Dance que ocorrerá no domingo, 24 de setembro, a partir das 17h. As inscrições serão realizadas no Piso L1, ao lado do palco Just Dance.

O Cosplay é uma atividade em que as pessoas se caracterizam e interpretam seus personagens preferidos de jogos digitais, séries, filmes, dentre outros. Os finalistas serão escolhidos por uma comissão julgadora convidada pela curadoria da exposição e os três melhores receberão premiação.

O Museu do Videogame Itinerante tem entrada gratuita e segue até o dia 24 de setembro, com funcionamento de segunda a sábado, das 10h às 21h, e aos domingos, das 14h às 20h, na Praça Central de Eventos, no Piso L1.

 

Serviço – Campeonatos de Cosplays e Just Dance – Museu do Videogame Itinerante

Data: 23 e 24 de setembro (sábado e domingo)

Horário: a partir das 17h

Local: Praça Central de Eventos do Piso L1 – RioMar Kennedy (Av. Sargento Hermínio Sampaio, 3100 – Presidente Kennedy)

Entrada Gratuita

Especialista em storytelling para games estará no Mediamorfosis 2017

Uma das etapas mais sensíveis durante o desenvolvimento de um game é a roteirização. Não adianta muito ter uma mecânica bacana se a história for pobre. E é esse um dos temas abordados durante o Mediamorfosis Brasil 2017. Uma das referências em storytelling em games é o americano Nick Fortugno, o cara por trás de Diner Dash e vários projetos da produtora indie Playmatics e Gamelab.

O americano é presença confirmada na segunda edição do Mediamorfosis Brasil, evento que acontece nos dias 15 e 16 de setembro em São Paulo, com debates sobre a tecnologia e seus reflexos na forma como produzimos e consumimos conteúdo. A edição brasileira do evento é uma realização do Brazilian Content, programa de exportação da Brasil Audiovisual Independente (BRAVI) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

Fortugno dedica-se atualmente à Playmatics, empresa com foco no desenvolvimento de games, experiências de usuário e aplicativos para redes sociais e plataformas conectadas à Internet. Ele também leciona design de games e narrativas interativas na Parsons The New School of Design. O game designer é cofundador do festival Come Out and Play, que acontece em Nova York e São Francisco desde 2006, com a proposta de transformar as cidades em playgrounds gigantes e proporcionar experiências públicas com o universo dos games.

Além de Fortugno, o Mediamorfosis também conta com uma galeria estrelada de convidados, como Christian Bennett, editor executivo de jornalismo visual no theguardian.com; Hal Kirkland, diretor de VR, e as norueguesas Julie Andem e Mari Magnus, responsáveis pela série “Skam”. Exibida pela NRK, canal público da Noruega, a atração mistura ficção e realidade nas redes e tem sido aclamada mundo afora pela inovação em linguagem.

Serviço – Mediamorfosis Brasil 2017

15 e 16 de setembro, das 10h às 18h

Unibes Cultural – Rua Oscar Freire, 2.500, São Paulo

Quake Champions expande presença nos eSports em 2017 com torneios nos EUA e na Suécia

A franquia Quake é uma das mais lendárias no gênero FPS e Quake Champions veio justamente para restabelecer a importância da franquia. Os objetivos agora são agarrar parte dos seguidores de eSports e parece que as coisas estão no rumo certo graças as finais do mundial Quake World Championships, na QuakeCon.

Recentemente a Bethesda e a DreamHack revelaram dois novos torneios para 2017, expandindo o alcance do jogo no atual cenário competitivo profissional: o DreamHack Denver Quake Championship, que tem premiação de US$ 75 mil, nos EUA, e o Quake Champions Invitational, um grande torneio que será realizado no festival DreamHack Winter, na Suécia, com premiação de US$ 350 mil. Novos eventos de eSports para Quake Champions serão anunciados no futuro.

DreamHack Denver Quake Championship – 20 a 22 de outubro: A Bethesda realizará um campeonato de Quake Champions em Denver, Colorado, nos EUA, com premiação de US$ 75 mil, em que os competidores irão se enfrentar tanto no modo Duel quanto no intenso modo de times 4v4, o Sacrifice. As qualificatórias para o DreamHack Denver Quake Championship começarão em setembro.

Quake Champions Invitational, na DreamHack Winter – 1 a 4 de dezembro: Os melhores jogadores estarão reunidos no primeiro Quake Champions Invitational, que será realizado no DreamHack Winter, na Suécia. Os maiores jogadores de elite de todo o mundo irão competir por uma premiação de US$ 350 mil nos modos Duel e Sacrifice.

Ambos os torneios contarão com qualificatórias abertas, além de uma seleta lista de grandes jogadores profissionais de Quake Champions que serão convidados a competir. Aqueles interessados em participar das qualificatórias abertas poderão se inscrever no site da DreamHack. Detalhes serão anunciados num futuro próximo.

Se você não quiser esperar pelos torneios da DreamHack para ver mais competições de Quake Champions, não deixe de assistir às finais do Quake World Championships, direto da QuakeCon, nesta semana, de 24 a 26 de agosto, onde os melhores jogadores do mundo irão se enfrentar ao vivo, nos do Twitch e Facebook.