Arquivo da categoria: Destaque

Os destaques da semana do GameReporter

Escape Hotel: Jogo de fuga Perdidos no Espaço é opção de lazer em São Paulo

A dica de hoje é para quem curte jogos de fuga: o Escape Hotel narigudos há pouco tempo mais uma atração imperdível, a sala Perdidos no Espaço. O macete é que os desafiantes são inseridos em uma sala com a temática espacial. Lá nos confins do universo você é seu grupo devem usar o raciocínio lógico e a intuição para descobrir o caminho das estrelas que os levarão ao destino final.

Perdidos no Espaço Tem duração de 40 minutos e tem o valor individual de entrada baixou para R$ 59. Chegar ao final não será tarefa fácil e o jogo guarda mistérios intrigantes. De acordo com a Escape Hotel, os jogadores podem esperar momentos extremamente prazerosos. Para descobrir o segredo das galáxias em Perdidos no Espaço, basta fazer reserva no site do Escape Hotel.

A sala comporta de de 2 a 5 jogadores e a faixa etária é a partir de 10 anos (crianças devem estar acompanhadas de um adulto). O game já é considerado um dos mais imersivos e desafiadores da Escape Hotel. Para quem não conhece, a Escape Hotel fica localizada na Avenida Pedroso de Moraes, 832, na capital paulista. O estabelecimento fica aberto de terças a domingos, das 10h às 0h. O fone para contato é 11 3637-0007.

Mais informações sobre a Escape Hotel podem ser encontradas na web e mídias sociais.

SAGA inaugura unidade em São Paulo com conceito inovador incluindo incubadora de projetos

A SAGA (School of Art, Game and Animation) acaba de inovar mais uma vez para melhoria do currículo de seus alunos!  A maior rede de escolas de desenvolvimento de games, computação gráfica, design e efeitos visuais do Brasil, inaugura na última quarta-feira (22 de maio), uma unidade que reúne ensino de qualidade, boa localização, infraestrutura de ponta, equipamentos de última geração e um conceito inovador.

A SAGA Paraíso será a primeira a oferecer espaços compartilhados de trabalho, lanchonete com wi-fi e uma incubadora para desenvolvimento, aceleração de projetos e capacitação de profissionais.

“A SAGA Paulista cresceu tanto que foi preciso mudar para um espaço maior. Aproveitamos para evoluir, modernizar, agregar e estender a proposta de compartilhamento de conhecimento para além da sala de aula”, disse Alessandro Bomfim, CEO e fundador da SAGA, adiantando que o novo conceito será replicado em outras unidades da rede, que em breve aumentará. “Atualmente, temos 14 unidades e planejamos dobrar o número de escolas até 2024”.

Na SAGA Paraíso serão oferecidos os cursos Start, referência na área de computação gráfica para iniciantes, e Playgame, que ensina os alunos a desenvolverem seus próprios jogos. Além disso, a unidade terá periodicamente oficinas gratuitas com cerca de um mês de duração sobre assuntos como produção em 3D, edição de imagem, desenvolvimento de cenários em games e técnicas para se tornar um youtuber.

Vale dizer que a SAGA Paraíso tem laboratórios equipados com os mais avançados equipamentos e softwares, decoração moderna com obras de artistas conhecidos mundialmente, e lanchonete com wi-fi e tomadas elétricas para os alunos trabalharem e se divertirem nos horários vagos. Também tem outro espaço para trabalhar e fazer network em qualquer horário das 8h às 21h, inclusive com refeitório completo e mesas coletivas.

No último andar do prédio fica a SAGA Academy, uma incubadora onde serão desenvolvidos e acelerados projetos da própria escola e de outras empresas. Além disso, a incubadora serve como um centro de capacitação e compartilhamento de conteúdo entre profissionais de todas as unidades da rede, que frequentemente serão convidados a visitar o espaço.

A SAGA Paraíso está localizada na Rua Tomás Carvalhal, 92, no bairro do Paraíso, em São Paulo/SP.

Conheça Timo: The Game, o novo lançamento da Webcore Games para mobile

Hoje você vai conhecer Timo: The Game, um Point & Click extremamente premiado e que tem conquistado milhares de fãs em pouco tempo. Basicamente você vai viajar com o personagem que dá nome ao jogo em uma série de mundos fantásticos inspirados em livros de fantasia e usará esses livros para resolver puzzles de diversas maneiras. O título é vencedor do Edital da Spcine K.O. HQ de 2017 e conta com cenários em pixel art estilizados.

No jogo, o personagem Timo mergulha num livro e se vê perdido entre cinco mundos literários. Para que possa voltar ao mundo real, Timo precisa reunir os pedaços de um medalhão mágico que foi quebrado. Assim, ele parte numa aventura para encontrar a saída, desbravando diferentes universos por cada livro que visita. Nesse caminho, Timo encontrará muitos desafios e inimigos, mas também grandes companheiros e aliados.

00O primeiro dos mundos é uma realidade distópica, onde a leitura é coisa do passado e viagens para universos literários são incomuns, nosso protagonista, na companhia de seu pai, tenta sobreviver entre o real e o extraordinário. Os dois primeiros livros compõem a parte gratuita do jogo. Para jogar os outros três livros, o jogador precisa comprar a versão completa do jogo. De acordo com a desenvolvedora Webcore Games, os mundos que compõe Timo: The Game são das temáticas Medieval, Jurássico, Detetive, Fantasia e Pirata.

Com visão por cima, e os gráficos em pixel art, o game lembra bastante clássicos dos 16 bits, tais como a franquia Zelda, sendo que a diferença está na mecânica de jogo, focada no point & click. A aventura de Timo é bastante cativante e os cenários são belíssimos. O game já está disponível para iOS e Android.

Abaixo você confere o trailer de Timo: The Game:

23º Cultura Inglesa Festival conta com atividades voltadas ao universo gamer

A 23ª edição do Cultura Inglesa Festival está prestes a começar e nesta edição os fãs de videogames estarão mais do que representados. O encontro ocorre entre os dias 24 de maio e 16 de junho no Centro Cultural São Paulo e contará com a exposição “I, Game: Interpretar, Investigar, Imaginar”, que convida os visitantes a se divertir a partir de experiências lúdicas e interativas nas quais será possível conhecer a história, a riqueza e a inteligência existentes por trás do desenvolvimento dos videogames e sua influência na cultura pop.

A exposição tem curadoria dos premiados jornalistas de games Flávia Gasi e Pablo Miyazawa, que poderão ser encontrados no evento e interagir com o público. Além da exposição, o evento ainda conta com a mostra de cinema “Heróis Britânicos”, experimentação de jogos Xbox One e Playstion 4, workshops de “Game Design: A Prática de Fazer Jogos” e “Criação de Personagens Femininas”, e o debate “Panorama e Perspectivas do Mercado de Games”.

Confira abaixo a programação voltada aos games do 23ª Festival da Cultura Inglesa:

 

I, Game: Interpretar, Investigar, Imaginar

Com curadoria de Flávia Gasi e Pablo Miyazawa, a exposição vem com a proposta de demonstrar como o atual momento dos videogames foi alcançado, como é criado esse mundo imaginário e a interação do indivíduo com esse universo. A exposição é dividida em três partes, inspiradas nas três relações que o indivíduo estabelece diante de cada jogo: Investigar, Interpretar e Imaginar.

“Mais do que contar a história dos games, queremos falar também sobre o impacto do simples ato de jogar. Como o jogo nos causa efeitos e reações que não são percebidos, o que significa para o seu corpo e sua mente?”, revela Flávia. “

No núcleo Investigar são abordadas as várias dimensões que compõem os jogos: as diferentes plataformas e tipologias usadas nos jogos, uma linha do tempo com as interfaces e suas inovações, assim como a evolução gráfica e estética que influenciam a cultura pop e do entretenimento.

O espaço conta com três instalações interativas relacionadas com o Investigar, Imaginar e Interpretar. Basicamente os jogadores devem experimentar jogos que tenham relação com a palavra, tal como no espaço Investigar, em que o visitante será convidado a resolver a cena de um crime.

 

Mostra Heróis Britânicos

A mostra “Heróis Britânicos”, realizada em parceria com a Spcine, terá exibição de filmes clássicos com personagens britânicos que conectam o mundo dos games com o das telonas, em uma oportunidade única de conhecer ou rever estes filmes em uma sala de cinema. São 9 filmes com exibições entre 24 e 26 de maio no Centro Cultural São Paulo.

Na sexta-feira, o “Excalibur Day”, com três obras que trazem as clássicas lendas do Rei Arthur: Lancelot, o primeiro cavaleiro (1995), Rei Arthur (2004) e Rei Arthur – A lenda da espada (2017). No sábado, o “Lara Croft Day” apresenta três versões distintas de Lara Croft, a heroína britânica dos games: Lara Croft: Tomb Raider (2001), Lara Croft: Tomb Raider – A origem da vida” (2003) e Tomb Raider: A origem (2018). E no domingo, o Festival apresenta o “Detective Day”, com três filmes clássicos britânicos de detetive: O enigma da pirâmide (1985), Sherlock Holmes (2009) e Os 7 suspeitos (1985). A retirada gratuita de ingressos acontece a partir de meia hora antes da primeira sessão de cada dia – um ingresso por pessoa.

 

Experimentação de games

No final de semana dos dias 1 e 2 de junho e 8 e 9 de junho, no Piso Flávio de Carvalho, os visitantes poderão experimentar games icônicos. No local, a cada fim de semana quatro displays vão oferecer, gratuitamente, a possibilidade de conhecer diferentes jogos que marcaram a história dos videogames, dos consoles Xbox e Playstation. Os jogos estarão disponíveis das 10h às 18h, gratuitamente e por ordem de chegada. A classificação é livre.

Nos dias 01 e 02 de junho o Xbox One ocupa o espaço com o clássico Banjo-Kazooie, do estúdio britânico Rare, e que completou 20 anos em 2018. Premiado e sucesso de crítica e público, com mais de 2 milhões de cópias vendidas nos Estados Unidos, o jogo é reconhecido por seus detalhes gráficos, som e intricado design de níveis. O visitante também poderá dirigir pelas estradas britânicas em Forza Horizon 4, jogo de corrida que tem a Grã-Bretanha como cenário. Também será possível encarar a dificílima Premier League, o campeonato britânico de futebol, no Pro-Evolution Soccer 2019.

 

Debate e workshops

No dia 15 de junho acontece o workshop de “Game Design: A Prática de Fazer Jogos”, das 14h às 16h, ministrada por André Asai, e que propõe uma vivência prática no fazer de jogos analógicos. Com foco no game design, os alunos vão aprender os elementos que compõem um jogo, como regras, mecânicas, temas e tipos de desafios, e como eles formam os diferentes formatos de jogos, como board games, escape rooms, RPGs e videogames.

Ainda no sábado, dia 15, às 17h30, será realizado o debate “Panorama e Perspectivas do Mercado de Games”, com participação de Giulia Yamasaki, Thiago Adamo, Felipe Trezza, Fernando Chamis, Barbara Gutierrez. O curador Pablo Miyazawa será o mediador do debate, que vai trazer desenvolvedores de diferentes áreas da criação de games, além de representantes da indústria e da mídia especializada para discutir o panorama atual do mercado de jogos eletrônicos, o que interessa e engaja o público, e quais as perspectivas promissoras para desenvolvedores e para jovens interessados em seguir carreira na estimulante indústria dos games.

Já no dia 16 de junho acontece o workshop de “Criação de Personagens Femininas”, das 14h às 18h, ministrada por Flávia Gasi e Giulia Yamasaki, em que o público poderá debater sobre o que significa diversidade e como incorporar isso em suas personagens. Dividido em dois momentos, o workshop pretende expor as nuances da Jornada da Heroína e como ela pode ser aplicada para personagem diversas. Na segunda etapa, prática, serão formadas duplas com foco em ouvir e conhecer o outro, e elaborar um personagem a partir dessa troca.

“Estamos muito contentes em receber o público do Cultura Inglesa Festival, que tem já muita afinidade com o CCSP. Achamos importante também reforçar a questão da participação feminina no universo gamer, que de fora pode ser percebido como um ambiente mais masculino. Empoderar garotas e incentivar a participação de mulheres em todos os lugares da cultura é uma das nossas missões por aqui, então faz todo o sentido que a gente incentive essa parte da programação também, comenta Erika Palomino, nova diretora do Centro Cultural São Paulo.

 

Serviço – 23º Cultura Inglesa Festival: de 24 de maio a 16 de junho de 2019

Entrada Gratuita

 

EXPOSIÇÃO INTERATIVA “I, GAME: INTERPRETAR, INVESTIGAR, IMAGINAR”

Data: 24 de maio a 16 de junho

Horário: De terça a sexta das 10h às 20h. Aos sábados, domingos e feriados das 10h às 18h

Local: Piso Flávio de Carvalho – Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso

Classificação: Livre

Idioma: Português e Inglês

Estacionamento: Não

Acessibilidade para cadeirantes: Sim

 

MOSTRA HERÓIS BRITÂNICOS

Data: 24 a 26 de maio

Local: Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso

Capacidade do local: 99 pessoas por sala

Acessibilidade para cadeirantes: Sim

Entrada gratuita: Retirada de ingressos a partir de meia hora antes do início da primeira sessão do dia (sujeito a lotação)

Sala Lima Barreto: Horários às 14h30, 17h e 19h30

Sala Paulo Emílio: Horários às 15h, 17h30 e 20h

 

Excalibur Day – 24 de maio (sexta)

Filme #01: Lancelot, o primeiro cavaleiro (1995)

Exibições: 14h30 na Sala Lima Barreto e às 15h na Sala Paulo Emílio

 

Filme #02: Rei Arthur (2004)

Exibições: 17h na Sala Lima Barreto e às 17h30 na Sala Paulo Emílio

 

Filme #03: Rei Arthur – A lenda da espada (2017)

Exibições: 19h30 na Sala Lima Barreto e às 20h na Sala Paulo Emílio

 

Lara Croft Day – 25 de maio (sábado)

Filme #01: Lara Croft: Tomb Raider (2001)

Exibições: 14h30 na Sala Lima Barreto e às 15h na Sala Paulo Emílio

 

Filme #02: Lara Croft: Tomb Raider – A origem da vida (2003)

Exibições: 17h na Sala Lima Barreto e às 17h30 na Sala Paulo Emílio

 

Filme #03: Tomb Raider: A origem (2018)

Exibições: 19h30 Sala Lima Barreto e às 20h na Sala Paulo Emílio

 

Detective Day – 26 de maio (domingo)

Filme #01: O enigma da pirâmide (1985)

Exibições: 14h30 na Sala Lima Barreto e às 15h na Sala Paulo Emílio

 

Filme #02: Sherlock Holmes (2009)

Exibições: 17h na Sala Lima Barreto e às 17h30 na Sala Paulo Emílio

 

Filme #03: Os 7 suspeitos (1985)

Exibições: 19h30 na Sala Lima Barreto e às 20h na Sala Paulo Emílio

EXPERIMENTAÇÃO DE JOGOS

Xbox

Data: Sábado e domingo, 01 e 02 de junho

Local: Piso Flávio de Carvalho – Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso

Horário: das 10 às 18h

Classificação Livre

Participação gratuita, por ordem de chegada – sujeito a lotação

Jogos:

– Banjo-Kazooie

– Pro-Evolution Soccer 2019 (Campeonato Inglês)

– Forza Horizon 4

Playstation
Data: Sábado e domingo, 08 e 09 de junho

Local: Piso Flávio de Carvalho – Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso

Horário: das 10 às 18h

Classificação Livre

Participação gratuita, por ordem de chegada – sujeito a lotação

Jogo: FIFA 2019 com times do campeonato britânico

 

WORKSHOPS

Game Design: A Prática De Fazer Jogos

Data: Sábado, 15 de junho

Local: Sala de Debates – Piso Caio Graco – Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso

Horário: das 14h às 16h

Capacidade: 60 lugares

Ministrante: André Asai

Ingressos serão distribuídos a partir de 1 hora antes do início da atividade, no próprio local.

 

Criação De Personagens Femininas

Data: Domingo, 16 de junho

Horário: das 14h às 18h

Local: Sala de Debates – Piso Caio Graco – Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso

Capacidade: 60 lugares

Ministrantes: Flávia Gasi + Giulia Yamasaki

Ingressos serão distribuídos a partir de 1 hora antes do início da atividade, no próprio local.

DEBATE – Panorama E Perspectivas Do Mercado De Games

Sábado, 15 de junho

Horário: das 17h30 às 19h15

Local: Sala Paulo Emilio – Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso

Capacidade: 99 lugares

Mediador: Pablo Miyazawa

Participantes: Giulia Yamasaki, Thiago Adamo, Felipe Trezza, Fernando Chamis, Barbara Gutierrez

Ingressos serão distribuídos a partir de 1 hora antes do início da atividade, na bilheteria da Spcine

Mais informações no site do evento.

BIG Festival 2019 – Empresas Asiáticas virão ao Brasil em busca de negócios

Amanhã é o último dia para você inscrever seu game no BIG Festival 2019 e ter a chance de ver seu projeto decolar de vez no cenário de jogos independentes. A inscrição pode ser realizada através do site do evento. Para além disso, o BIG Festival proporciona uma rara oportunidade para os desenvolvedores nacionais: fazer contato com grandes empresas asiáticas e tentar uma abertura no mercado oriental.

Isto ocorre porquê o BIG terá uma verdadeira comitiva de publishers e produtores vindos da China e Coréia  do Sul, que estão interessados na nossa produção. De acordo com a organização do evento, os dois países estão em franca expansão, tanto em jogos para móbile, quanto para jogos online. A vinda dessa comitiva representa uma boa oportunidade para os jogos nacionais cruzarem o oceano.

Abaixo você confere a lista de empresas asiáticas confirmadas no BIG Festival 2019:

 

Yodo1

A Yodo1 está comprometida em descobrir e promover jogos de alta qualidade, tanto na China quanto em uma frente global. Desde a sua criação, a Yodo1 trabalhou ao lado de mais de 80 desenvolvedores conhecidos em todo o mundo, produzindo e publicando de forma independente e codificável títulos como Mobile Safari, Crossy Road, Rodeo Stampede e Transformers: Earth Wars. Seus jogos foram jogados por mais de 1 bilhão de pessoas em todo o mundo.

 

Vectr

 

A Vectr é uma empresa de capital de risco com sede em Hong Kong. Combina investimento, criação e crescimento para proporcionar um impacto revolucionário às equipes prontas para enfrentar problemas globais, transformar indústrias e melhorar a vida de milhões de pessoas. Seus interesses são Startups, empresas de Capital de Risco, Pesquisa e Desenvolvimento, Mídia Digital, Hardware Inteligente, Analytics, Internet Móvel e Consumidor.

 

DOGI

 

A plataforma DOGI tem como objetivo mudar a indústria de jogos, realizando ofertas e seleção de inscrições, incluindo equipes e seus jogos, através da combinação de tecnologia blockchain para construir um novo ecossistema e uma vasta rede na indústria de jogos, bem como acesso a o capital inteligente.

 

Affiniti Ventures

 

Affiniti Ventures (ou AVM) é operador, parceiro e incentivador. Suas principais áreas de interesse são empreendimentos de mídia e mobile, com foco na intersecção entre Digital, Mídias Sociais, Entretenimento e Tecnologias. Particularmente, estão interessados no potencial de blockchain e cryptocurrencies em várias aplicações, em especial projetos que pensam um modelo econômico em mídia digital, gerenciamento de ativos e espaço de entretenimento.

 

Serviço: BIG Festival 2019

Quando: 27 a 30 de junho

Onde: Club Homs – Av. Paulista, 735 – São Paulo

Quanto: Gratuito

Feira estudantil do CIEE aproximará os jovens com o mercado de Games

Mais uma boa novidade envolvendo jogos eletrônicos: o CIEE, Centro de Integração Empresa Escola, promove entre os dias 23 a 25 de maio mais uma edição de sua tradicional feira de estágios. A novidade para este ano é que o maior evento estudantil da América Latina irá aproximar os jovens estudantes dos videogames. Essa é a primeira vez que o CIEE irá aproximar os jogos digitais de atividades ligadas ao meio profissional, mostrando que mesmo no mundo corporativo os videogames são bem vistos.

De acordo com o CIEE, o evento contará com cerca de 70 palestras, sendo que algumas delas irão justamente dissertar sobre o tema videogames, além de carreira, educação financeira etc. Como se não bastasse, o Playstation contará com uma mega arena gamer, em que os visitantes poderão interagir com os consoles e relaxar um pouco entre uma palestra e outra. O objetivo do evento é mostrar como os games estão transformando a tecnologia e o modo como as pessoas interagem no século XXI.

A grande vedete do evento será a Arena Gamer e a ação “Playstation na Estrada”. Basicamente os jogogadores encontrarão um caminhão equipado com cinco estações de jogos e mais uma de óculos de realidade virtual. Quem passar por lá poderá testar grandes títulos, tais como VR Worlds, PES 2019, Spider Man, Horizon Chase, GT Sport e o Spyro. Horizon Chase, aliás, vale mencionar que é um game nacional, mostrando que jovens dedicados podem entrar de cabeça no mundo dos games e se tornar empreendedores de sucesso.

O CIEE está em sintonia com as mudanças que se vê atualmente no mercado de jogos: o 2º Censo da Indústria Brasileira de Jogos Virtuais, realizado pelo Ministério da Cultura, mostrou que em apenas 5 anos o Brasil viu o número de empresas de jogos eletrônicos saltar de 142 para 375, gerando novos empregos e oportunidades de negócios com outros países. Ainda de acordo com o, nos últimos dois anos foram produzidos cerca de 1.718 jogos no Brasil.

“Cada vez mais os jovens estão conectados com as novas dinâmicas do mundo do trabalho. Até pouco tempo atrás era inimaginável possuir uma carreira sólida na área de games. Hoje é um mercado promissor, faz parte inclusive do dia a dia do ambiente corporativo e publicidade”, diz Alexandre Altenfelder, Supervisor de Feiras do CIEE.

 

Fique de Olho! Vagas na feira CIEE

A feira de estudante disponibilizará 9 mil oportunidades de estágio e aprendizagem. São cerca de 7 mil vagas para estágio, a maior parcela está localizada na capital, região metropolitana de São Paulo e baixada santista, alcançando um total de aproximadamente 4 mil vagas. As 3 mil restantes estão espalhadas pelo interior paulista.

As vagas de aprendizagem também se concentram na capital e região metropolitana com 1.000 oportunidades, além de 325 vagas para o Centro-Oeste Paulista (São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Presidente Prudente e Bauru), 350 vagas na região de Campinas e mais de 300 vagas nas regiões de Sorocaba e São José dos Campos.

Além de ficar por dentro das principais novidades sobre o mundo do trabalho, a EXPO CIEE 2019 apresenta o CIEE Lab, espaço dedicado ao universo das startups com curadoria da FAAP, IBM e Voe sem Asas. Os cerca de 50 mil visitantes esperados nesta edição também terão acesso a conteúdos em palestras e atividades práticas como a segunda edição do Hackathon EXPO CIEE, que neste ano terá o patrocínio da InovaBRA, braço digital do Bradesco.

 

Serviço: 22ª Edição Expo CIEE 2019

Dias 23, 24 e 25 de maio

Das 09h às 19h

Bienal do Parque Ibirapuera.

As inscrições podem ser feitas no site.

GRATUITO

BIG Festival 2019 – inscrições para enviar jogos tem prazo estendido até 6 de maio

Não me diga que você vacilou e perdeu o prazo de inscrição para o BIG Festival 2019? Que sorte a sua, amigão, pois os organizadores do evento acabaram de prorrogar o prazo final de submissão de jogos para o evento até o dia 6 de maio. As inscrições são gratuitas através do site do festival e podem ser realizadas até a meia-noite, próxima segunda-feira.

De acordo com o BIG Festival, serão aceitos todos os tipos de jogos digitais para qualquer plataforma, console ou mídia disponível, desde que estejam em condições de ser jogados e avaliados pelo Comitê de Seleção e lançados até dois anos antes da data do Festival.

Esta será a 7º edição do BIG Festival e permanece ocorrendo no Centro Cultural, em São Paulo, entre os dias 26 a 30 de junho. O Festival aceita jogos desenvolvidos para todas as plataformas (computadores, tablets, smartphones, consoles e dispositivos de realidade virtual), independente de estarem publicados ou não. Na edição de 2018, o BIG Festival recebeu mais de 30 mil visitantes para ver os 87 jogos expostos (sendo 48 jogos brasileiros), distribuídos em 15 categorias além de 2 mostras não-competitivas.

Alé de ser um grande evento de jogos independentes, O BIG é um HUB de negócios do setor de jogos eletrônicos, de modo que desenvolvedores e investidores podem interagir e fazer negócios. Todo ano mais de 80 players da indústria de games participam das rodadas de negócios. Na última edição, mais de 800 profissionais do setor estiveram presentes de 428 empresas. Além disso, os jogadores entram em contato direto com os games produzidos.  O evento conta ainda com palestras e workshops, sendo que em 2018 foram mais de 100 sessões com participação de profissionais internacionais e nacionais. Todas as atividades do BIG são gratuitas, exceto as rodadas de negócios.

Novidades BIG Festival 2019

Pela primeira vez o BIG Festival abre espaço na grade de programação para profissionais brasileiros da economia criativa inscreverem suas sugestões de palestras. As palestras sugeridas pelo público profissional terão 30 minutos ou 1 hora de duração e cada candidato poderá inscrever 1 palestra.

 

Serviço – BIG Festival 2019

Onde: Centro Cultural São Paulo,

Quando: 26 a 30 de Junho

Quanto: Gratuito

Niantic abre inscrições para novos eventos presenciais no Niantic Live 2020

Essa é para os aficionados por Pokémon Go e pelos outros produtos da Niantic: a produtora acaba de anunciar o Niantic Live 2020, evento que permitirá a jogadores e fãs indicarem suas cidades favoritas para sediarem um evento presencial da produtora em 2020. Já pensou sediar seu próprio evento de Pokémon Go? Pois esta é a chance.

Jogadores, prefeituras, secretarias de turismo, e representantes locais podem indicar suas cidades para o Niantic Live 2020 através do site. O prazo final das inscrições é até 1o de outubro de 2019. Você pode conferir o vídeo especial explicando melhor os critérios de seleção que fazem os Eventos Presenciais da Niantic aqui.

A Niantic já possui experiência com a produção de eventos, desde um evento na primavera de 2013, no Cahokla Mounds State Park. Desde então, os eventos da Niantic cresceram e se transformaram em festivais completos feitos por fãs ao redor do globo: eventos de vários dias e de vários milhões de dólares, com centenas de milhares de jogadores presentes.

Se você tem interesse em fazer com que sua cidade sedie um evento da produtora, descubra mais sobre o Niantic Live 2020 no site da empresa.

Dangerous do Macaco Demônio – Game indie brasileiro relembra clássicos da geração 8 bits

Hoje vamos falar de um jogo com estética bem simples e que apela para a nostalgia dos jogadores que vivenciaram a era 8 bits. Trata-se do jogo Dangerous do Macaco Demônio, criado pelo desenvolvedor independente Loikas. Trata-se de uma mistura de platformer e puzzle. Basicamente você controla um jovem que deve resolver pequenos puzzles e desviar de inimogos até encontrar a saída mais próxima.

Dangerous do Macaco Demônio tem uma estética bem simplista, lembrando muito os títulos da geração 8 bits. Inclusive a paleta de cores é extremamente limitada, contando apenas com seis cores. Além disso, os gráficos seguem um estilo pixel art. De acordo com Loikas, o game final terá 6 capítulos e uma jogabilidade fácil de aprender.

A cada 2 capítulos o jogador é desafiado por um boss. Ao vencê-los, você ganha uma habilidade especial, que será decisiva para enfrentar o final boss. O jogo não terá uma ordem cronológica, mas alguns níveis precisarão de mecânicas que você só ganhará em capítulos anteriores. A ideia é produzir um jogo eletrônico com forte apelo para quem quer relembrar jogos antigos.

O game Dangerous do Macaco Demônio ainda não está disponível. O game está em desenvolvimente e é planejado para sair via Steam, porém, para isso, ele está em campanha no Catarse, visando um orçamento de apenas R$ 700,00. Se você tem interesse no projeto, pode conhece-lo mais na página da campanha crowdfunding. Ah, tem uma versão demo aqui.

Abaixo tem o trailer de Dangerous do Macaco Demônio:

Riot Games lança nova coleção de histórias em quadrinhos chamada League of Legends: Lux

Esta notícia é para os fãs de League of Legends: a Riot Games e a Marvel Entertainment renovaram a parceria para  o lançamento  de uma nova coleção de história em quadrinhos inspirada no universo de LoL chamada League of Legends: Lux. Com lançamentos mensais, a série vai contar com cinco edições, sendo que o primeiro quadrinho já estará disponível na versão em português no dia 8 de maio no site Universo de League of Legends.

De acordo com a Riot, a série vai contar a história de Luxanna Crownguard, personagem de League of Legends mais conhecida como “Lux”, que luta para controlar as habilidades mágicas que possui, já que em Demacia, reino onde vive, a magia é proibida. O quadrinho também irá explorar as relações de Lux com seu irmão, o Campeão Garen, e Sylas, Campeão mago de Demacia que passou 15 anos na prisão até conseguir se libertar.

Essa é a segunda coleção da parceria entre a Riot Games e a Marvel, seguindo o sucesso da série League of Legends – Ashe: Mãe de Guerra, disponível nas plataformas do Universo LoL desde dezembro de 2018. O lançamento mostra que os videogames realmente são produtos transmidia com alcance global.

Mais informações sobre o lançamento em breve!