gr-mortalkombatfatality

Os melhores e os piores Fatalitys de Mortal Kombat

Se hoje os games são criticados por violência extrema, eles devem isso ao avô Mortal Kombat. Lançado em 1992, o game de luta da Midway apresentava um banho de sangue em cada confronto, terminado normalmente em um “especial” em que o vencedor detonava seu oponente.

Ficaram conhecidos os “fatalitys”, seguidos depois por outras ramificações como babalitys, brutalitys, animalitys e outros litys. Se você viveu essa época e se divertiu com estes golpes, certamente vai gostar do top de melhores e piores fatalitys do game de luta, criado pela GameInformer.

Se, ao contrário, você não é dessa época, não costumava jogar Mortal Kombat ou sequer sabe do que estamos falando, dê uma chance ao top, que é ilustrado em dezenas de vídeos e que vai mostrar um pouco de quão violento um game pode ser.

Cada fatality listado no top traz uma imagem capturada da tela, um vídeo hospedado no YouTube e uma breve descrição sobre o golpe. Vale cada parágrafo e cada clique para assistir os vídeos.

:: Veja o top de melhores e piores fatalitys de Mortal Kombat agora

5 opiniões sobre “Os melhores e os piores Fatalitys de Mortal Kombat”

  1. O melhor na minha opinião é o Fatality do Quan Chi no Mortal Kombat 4, aquele que ele arranca fora a perna do oponente e da uma surra nele…
    Quando eu vi esse fatality eu achei muito engraçado ahahahhahaha

    Muito sádico o cara…

  2. O melhor na minha opinião é o Fatality do Quan Chi no Mortal Kombat 4, aquele que ele arranca fora a perna do oponente e da uma surra nele…

    Quando vi esse fatality dei muita risada… muito sádico o cara ^^

  3. Bons tempo onde a droga do Politicamente Correto não estragava tudo!! haha

    Se alguem ainda joga Mortal II no Mega Drive, o babality da Milena é três pra baixo + x =p

  4. Eu gostava (gosto ainda) muito do fatality do Jax no MK3, onde ele fatia o oponente. No mais acho que os fatalities em 2D são melhor que os 3d

  5. Pra mim o mais legal é do Kung Lao do MK2, onde ele com seu chapéu corta o oponente no meio. É muito cruel cara!

Deixe seu comentário