guitar_hero_smash_hits_300

Opinião: games como Guitar Hero e Rock Band estão levando a molecada para o estudo de música

guitar_hero_smash_hits_300 Ao contrário do que artistas de grandes bandas afirmam, jogos como Guitar Hero e Rock Band não afastam jovens da música de verdade.

Pelo menos é o que acha o professor Bo Moore, da Pensilvânia, Estados Unidos, que viu nos últimos dois anos o número de alunos para os quais leciona aumentar em 35%.

Hoje, são mais de cem aspirantes a “herói da guitarra de verdade”, que ele acredita terem sido levados em grande parte pelos populares títulos musicais.

Moore trabalha em uma escola de música, e afirma que nem tudo são rosas e que os outros instrumentos parecem estar sendo menos procurados, o que poderia ser mudado com a entrada de outros games rítmicos.

E para você? Qual instrumento você acha que deveria ser abordado em um game?

[Via Joystiq]

6 opiniões sobre “Opinião: games como Guitar Hero e Rock Band estão levando a molecada para o estudo de música”

  1. Acho que deveriam entrar não só outros instrumentos, já que a guitarra é apenas simbólica e a maior comparação entre um instrumento e o que é feito no Guitar Hero é a parte rítmica. Acho que poderiam entrar outros estilos e aí sim partir para outros instrumentos. Imagina um Samba Hero com um pandeiro. jaaahahahahahah

    Bom. Sou professor de violão e guitarra e também noto essa referência onde trabalho. Esse ano a primeira aula que dei foi pra um moleque de uns 11 anos que queria tocar Black Sabbath. Devido ao Guitar Hero. O único problema é que ele só conhece as músicas do Guitar Hero. Daí acho que é ponto para o Frets on Fire onde podemos ampliar o repertório sem preconceitos ou sem jabá…. Entra qualquer coisa…

    Outra coisa que não melhora apenas a procura pelas aulas do instrumento, mas também auxilía no rítmo. Cheguei a fazer duas postagens a respeito disso no Benzaiten e ficou faltando uma terceira parte: http://benzaitenbrasil.blogspot.com/2008/07/guitarhero-jogovsrealidade.html e http://benzaitenbrasil.blogspot.com/2008/09/guitarhero-literaturaeapreciacao.html

    Mas há um outro problema que atrapalha aqui no Brasil. Esse dado que mencionei é de uma escola particular onde trabalho. Já em escolas públicas onde trabalhei por quase 3 anos, a conversa é outra. Os que têm mais contatos com games é quase que apenas PES. Uma pena mesmo. Muito poucos já tinham jogado Guitar Hero e uns outros sequer conheciam. Não sei se varia por região, faixa etária ou nível sócio-cultural, já que o econômico está óbvio que influencia acima de tudo… Apenas acho que os games deveriam ser melhor explorados pela educação em um todo, não só na música…

  2. andre luis, as pessoas com baixa renda sonham incondicionalmente em serem um jogador de futebol, então vc acha q eles irão de jogar pes para jogar guitar hero?
    gosto do jogo, mas não tenho os instrumentos de brinquedo.
    tenho um violão e teclado que pedi para meu pai comprar, até hj não fui atrás para aprender.
    mas quero aprender a tocar guitarra, violão, teclado e bateria.
    gosto de músicas instrumentais e trilhas sonoras de filmes orquestradas (OST)
    gostaria de assistir um concerto, mas ainda não tive oportunidade

Deixe seu comentário