Oniken quer trazer de volta o estilo da geração 8-16 bits nos games

O estúdio brasileiro indie JoyMasher anunciou o lançamento de seu novo jogo, Oniken. O jogo levou dois anos para ser concluído e foi desenvolvido pela dupla Pedro Paiva e Danilo Dias. De acordo com a produtora, o game chega ao mercado através do site Desura acompanhado da trilha sonora oficial e um manual digital pelo preço de U$4,99.

O jogo é de plataforma cuja inspiração são os jogos da geração 8-16 bits. A intenção dos produtores era fazer uma homenagem aos games do final da década de 80 e início dos anos 90. Pode-se notar as francas referencias destes jogos no design gráfico, sons e enredo do game.

Na trama acompanhamos a história de Zaku, um ninja mercenário que se uniu a grupo que almeja derrotar uma organização militar denominada Oniken, que tomou o controle do planeta após uma guerra mundial que devastou todo o mundo. O objetivo é destruir a Oniken e trazer a liberdade para os sobreviventes do conflito.

Inicialmente o game só estará disponível para Windows, porém os produtores têm planos de trazer o game para Mac e Linux em breve. Mais informações sobre Oniken e o estúdio JoyMasher podem ser obtidas através do site oficial da produtora.

Confira abaixo o trailer oficial do game:

6 opiniões sobre “Oniken quer trazer de volta o estilo da geração 8-16 bits nos games”

  1. Perdi a conta de quantos jogos do NES eu vi nesse vídeo.
    Strider, Contra, Ninja Gaiden…
    Pelo sucesso dá para ver como o pessoal cansa de ver só jogos do mesmo tipo (FPS) esbajando visual, música, explosões, tiros e etc, quando querem algo mais simples mas mais cativante.
    Parabéns.

Deixe seu comentário