O Desafio dos Deuses

O Desafio dos Deuses: ajude a tornar realidade o primeiro game baseado em Tormenta

O Desafio dos Deuses

Fãs de RPG devem conhecer o nome Tormenta, afinal este é base de um dos sistemas RPGs mais conhecidos em nosso país desde que surgiu em 1999 na extinta Dragão Brasil, sendo o cenário brasileiro de RPG mais antigo ainda em publicação. Como o jogo conta com milhares de fãs espalhados pelo país e já inspirou diversas obras como Holy Avenger, Crônicas da Tormenta, O Inimigo do Mundo,  Ledd, entre outros,  um grupo de pessoas bastante dedicadas resolveu transformar o sistema em um game eletrônico.

A iniciativa surgiu com a mobilização da Jambô Editora em parceria da Universidade Feevale de Novo Hamburgo, RS,  e agregando vários talentos da própria universidade como o professor e ilustrador Eduardo Muller do Laboratório de Jogos Digitais. O projeto está em processo adiantado de desenvolvimento e denomina-se O Desafio dos Deuses. Basicamente é um game de aventura e ação ambientado no mundo de Arton, local onde transcorrem muitas das histórias de Tormenta.

De acordo com os responsáveis, a versão digital terá semelhanças com velhos clássicos como Golden Axe e Shadow over Mystara, porém com elementos dos RPGs modernos. Será um jogo de beat ‘em up, ou se preferir, hack ‘n slash ambientado numa terra de fantasia. O game já possui uma versão demo, criada com recursos dos próprios profissionais envolvidos e a ajuda da própria Universidade.

Entretanto, para chegar a uma versão completa, o projeto Tormenta necessita de auxílio, que está a ser angariada através uma campanha de financiamento coletivo. A meta é alcançar R$ 60 mil até o dia 15 de abril de 2013. Se essa meta for alcançada dentro do prazo, a produção de O Desafio dos Deuses será iniciada no segundo semestre com previsão de lançamento para o início de 2014.

Os investidores serão lembrados nos créditos, ou em conteúdos exclusivos, cópias digitais ou físicas, ou ainda como personagens do game. Os criadores do projeto esperam que Tormenta torne-se, assim como o jogo original, um exemplo e inspiração para outros desenvolvedores brasileiros.

Os jogadores poderão esperar por muitas aventuras em um mundo coberto de magia e conflitos. Cabe ao jogador enfrentar os males que se escondem no mundo e encontrar-se com alguns dos maiores heróis de Arton. A campanha já está disponível no site Catarse e espera por sua colaboração.

Abaixo você confere o vídeo do projeto Tormenta: O Desafio dos Deuses

6 opiniões sobre “O Desafio dos Deuses: ajude a tornar realidade o primeiro game baseado em Tormenta”

  1. Muito legal! Sou fã do cenário de Arton onde joguei diversas aventuras com o meu grupo de RPG. Espero que o projeto continue.

  2. Bacana, mas por que não fazem um jogo no estilo MMORPG ?? De tormenta … ou algo mais parecido até mesmo com Diablo… os gráficos ali ficaram meio fraquinhos, o legal seria algo mais overpower… Não é pq é Brasileiro que tem que ser uma versão de Tibia.

    1. Kin, é uma boa idéia (MMORPG); mas isso seria um passo largo demais para as pernas de muitas equipes de Games que existem no Brasil, que acho frequentemente são pequenas; MMORPG é algo muito mais complexo e demorado de se produzir em geral; e por isso, o custo subiria astronomicamente. Sobre gráficos mais sofisticados: com um budget de alguns milhões de dólares, seria relativamente fácil. 60.000-80.000 R$ é um valor que dá justo para fazer o essencial, pois, se você quiser ter grandes talentos na Computação Gráfica, o preço desses talentos também sobe. E CG é uma das técnicas mais caras e complexas de Animação; exige muitos anos de formação artística e técnica.

  3. Muito bom! Excelente iniciativa!

    Mostrando que a qualidade da gestão do trabalho em equipe é fundamental. Até estão usando o inestimável Blender 3d, programa gratuito e open source. Poderia ser um projeto de milhões de reais; mas não; é apenas 60.000-80.000 R$, (pode parecer muito, mas na realidade, de acordo com a proposta de qualidade do projeto, é muito pouco) e parece que estão sendo muito bem aplicados, através da parceria com a faculdade. Parabéns, Equipes!

Deixe seu comentário