Go for Gaming

Go for Gaming – campanha combate o preconceito contra o mundo dos games e realiza ação beneficiente

Quem nunca ouviu velhos bordões como “videogame é coisa de criança”, ou “mulher tem de brincar de boneca, não com videogames”. Pois é justamente para lutar pela causa gamer, enfrentar preconceitos, dar visibilidade e reconhecimento para um setor que é mal visto por muitas pessoas, que está sendo criado o Go for Gaming, uma iniciativa que busca juntar jogadores e público de diversas áreas para trazer reconhecimento ao setor e acabar com possíveis preconceitos que o gamer possa enfrentar.

A ideia básica é reconhecer o cenário como um mercado que gera empregos e capaz de influenciar outras mídias como a televisão, a internet e o cinema. Mas a luta do Go for Gaming não é apenas para falar de números e mostrar que jogos são legais e os jogadores merecem respeito: Os organizadores também propõe utilizar esforços conjuntos para ajudar comunidades carentes por meio de doações.

(da esquerda para direita, Beto Vides, Sócio Fundador da eBrainz, Pedro Braun, Sócio Fundador da FishFire, Raiff Chaves, Sócio Fundador da eBrainz e Leo De Biase, CEO da ESL Brasil)

Sim, além de conscientizar, o Go for Gaming também será importante para ajudar quem precisa, e educar as crianças e jovens. Como um projeto beneficente, por meio de uma campanha no Kickante, site de crowdfunding e financiamento coletivo, tudo o que for arrecadado será doado a ONGs, num processo totalmente transparente ao público.

A campanha começa na próxima sexta-feira (17), quando serão anunciadas as ONGs beneficiadas pelas doações. Todas as informações serão divulgadas nas redes sociais do Go for Gaming e no site oficial do evento. A ideia partiu da união de mentes influenciadoras e importantes do mercado de games do Brasil, incluindo Beto Vides, Sócio Fundador da eBrainz; Pedro Braun, Sócio Fundador da FishFire; Raiff Chaves, Sócio Fundador da eBrainz; e Leo De Biase, CEO da ESL Brasil).

“Depois de avaliar muitas situações  envolvendo jogadores, nós entendemos que existem preconceitos e que às vezes podem ser extremos. Além de causar desconforto, muitas vezes essa falta de informação impede a cultura gamer de alcançar mais pessoas, de atingir outros patamares e também de trazer benefícios”, diz Raiff Chaves, Sócio e Diretor de Operações da eBrainz. “Por isso, nós resolvemos iniciar um movimento de mudança, de trazer informação, e como pano de fundo desenvolver um projeto beneficente onde podemos contribuir com organizações carentes”.

O Go for Gaming promete reunir profissionais de diversas facetas da indústria de games, como jogadores de eSports, celebridades e gamers de todo o Brasil. Tudo isso para trazer reconhecimento, informação e visibilidade ao setor. Para encerrar a arrecadação, o Go for Gaming fará um evento comemorativo no dia 22 de dezembro de 2018, em São Paulo, com a  presença de influenciadores gamers e celebridades. A cerimônia terá ingressos à venda e contará com atividades relacionadas a jogos de Battle Royale e FPS. Mais informações devem ser reveladas em breve no site.

Abaixo tem o vídeo do Go for Gaming:


Also published on Medium.

Deixe seu comentário