Games clássicos: top 9 adventure

Por RoninBone, do Baldorium

Jogos de adventure são jogos de aventura, mas não da forma como se está acostumado. Não se pula de plataforma em plataforma, espera o chefão de cada fase ou atira para tudo quanto é lado. São histórias baseadas em uma lógica e, para seguir em frente, é preciso segui-la à risca.

Os jogos de adventure abaixo marcaram minha infância e adolescência, e mais do que me divertir, eles me ensinaram muito sobre como desenvolver uma história e a juntar as peças para resolver um problema. São eles:

9. Inherit the Earth: Quest for the Orb: não sei por que, mas os personagens, situações e trama me cativaram tanto que jamais esqueci esse adventure. O ponto alto é constatar porque o título quer dizer “herdem a Terra”. Esse game era para ser o primeiro de uma trilogia, algo que nunca ocorreu.

8. Gabriel Knight: Sins of the Fathers: o primeiro adventure cheio de mistério e suspense que joguei. Sua história sobre vodu e seu clima mais adulto cativaram minha atenção. Pena que nunca cheguei a jogar as duas continuações…

7. Beneath a Steel Sky: misture a atmosfera de Blade Runner com a arte do quadrinista Dave Gibbons, sem perder o humor, e temos um clássico instantâneo. Até hoje não entendi por que algumas palavras eram escritas em capitulares. Preciso terminá-lo um dia… Baixe o jogo aqui, de graça, dentro da lei.

6. Legend Of Kyrandia 2: gráficos belíssimos (para a época), clima cativante, história divertida e o melhor, conseguiu superar em muito o original. Esse também dá para baixar. Recomendo jogar a trilogia inteira, todos os jogos têm um bom roteiro.

5. Full Throttle: a LucasArts foi uma grande produtora de adventures. Depois de alguns clássicos, ela inaugurou o estilo adventure épico, com grandes animações, jogos em CD e interface simples e intuitiva. A história de um motoqueiro em busca de justiça. Nada mais original, pelo menos em adventures…

4. Maniac Mansion – Day of the Tentacle: continuação de um dos mais clássicos adventures de todos os tempos, DOTT foi um dos (se não o mais) difíceis jogos que já enfrentei. Mesmo assim, suas maluquices, viagens no tempo e a possibilidade de jogar o Maniac Mansion original dentro do próprio DOTT, valeu os vários dias gastos para ver o final. Atenção para as inúmeras referências culturais sobre Guerra nas Estrelas.

3. Sam & Max – Hit the Road: sinceramente, se você não jogou Sam & Max, saia agora desde blog e dê um jeito. Baseado nos quadrinhos enlouquecidos de Steve Purcell, a dupla cachorro/coelho são os detetives mais carismáticos do mundo dos games. Foi a seqüencia mais esperada dos fãs de adventures, que finalmente está sendo lançada em capítulos.

2. Indiana Jones and the Last Crusade: se um game conseguiu superar a experiência emotiva de um filme, esse game é o Last Crusade. Dois motivos imperdíveis para jogá-lo: você É o Indiana Jones e você constrói a sua história paralela ao filme. Imperdível mesmo! Baixe-o aqui.

1. Monkey Island 2 – LeChuck’s Revenge: para mim, o melhor que a série de quatro games já proporcionou. Humor impecável, cenários lotados de detalhes e um dos melhores vilões de adventures já criados. Era o Piratas do Caribe (atração) antes de existir o Piratas do Caribe (filme). E com um dos finais mais engraçados da história do gênero.

0. Indiana Jones and the Fate of Atlantis: chegamos ao hours concurs da lista. Em uma frase: o melhor filme do Indiana Jones que não foi filmado. E é sobre a Atlântida! Um dos poucos games que você não quer acabar, de tão bom. Ah, e já falei que você É o Indiana Jones?

Sentiu saudades? Procure alguns games, legalmente, no Abandonia. E para você, qual é seu top 9?

:: A fonte: o blog Baldorium

7 opiniões sobre “Games clássicos: top 9 adventure”

  1. Ótimo tópico, só incluiria na sua lista o jogo The Dig, da Lucas Arts. Baseado num roteiro de Steven Spielberg q nunca foi filmado (mas muito copiado), conta a estória de algum astronautas q devem impedir um meteoro de atingir a Terra. Jogo incrivelmente cinematográfico, com diálogos muito bem dublados e legenda em português! Cool!!!

  2. Sim… The Dig ficou fora da lista… uma pena…

    Também senti falta de alguns Adventures da Sierra…. meu preferido era a série Quest for Glory…

    Também incluiria Loom (Lucas Arts)

  3. Lista fenomenal, tem uns ai que eu nunca joguei, mas vou procurar jogar, Realmente o The Dig faltou mas vai do gosto, sempre gostei dos jogos da Sierra, mas diferente dos da LucasArts se vc fizer algo errado… se ferrou..
    Eu diria que pra mim o top 10 seria:

    10 – King’s Quest (Perils of Rosella)
    9 – Torin’s Passage
    8 – The Last Flight of the Amazon Queen
    7 – Police Quest 2
    6 – Full Throttle
    5 – Sam n’Max: Hit The Road
    4 – Maniac Masion: Day of The Tentacle
    3 – Indiana Jones and the Fate of Atlantis
    2 – Beneath a steel Sky
    1 – The Dig

    Pra mim o The Dig fica no topo da lista por ser um filme que até hj sonho que seja filmado, a história é sensacional, o senário maravilhoso e pq tem o selo LucasArts.

  4. Joguei alguns da sua lista. Em especial o Indiana Jones and the Fate of Atlantis. Muito bom! Realmente, é um gênero muito envolvente, como um livro interativo. Também joguei alguns adventures no MSX (existia, inclusive, alguns nacionais) e, anterior a ele, no CP-400, com alguns excelentes adventures não animados, como Black Sanctum ou Calixto Island.

  5. Muito legal o post. Relembrou vários clássicos… Lógico que faltaram alguns, como The Dig, Grim Fandango, Phantasmagoria e Fade to Black, mas é muito bom relembrar esses jogos que marcaram época.

  6. Grim Fandango, esse não podia faltar!! O Clima Noir, humor, e enredo são de primeira! Esse encabeçaria a minha lista!

    As continuações de Sam e max tb são bem legais, mostrando que o estilo pode ter futuro sim!

Deixe seu comentário