gr-bravearms

Facebook vem se tornando cada vez mais importante para os games

Será que o Facebook pode vir a ser uma plataforma séria para games? Não estamos falando a respeito daqueles tipos de joguinhos que infestam os perfis, como Mafia Wars e FarmVille, mas de jogos maiores com imenso potencial comercial.

Durante o fim de semana, a 3G Studios anunciou o primeiro jogo de tiro em primeira pessoa para o Facebook. Brave Arms será lançado em março e, pelas capturas de tela que mostram seus gráficos 3D, o game é uma promessa de inovação na rede, embora não tenha sido divulgado que tipo de integração com os recursos do Facebook o game terá.

Mas, esta não é a única grande promessa para os games no Facebook. Já anunciamos aqui anteriormente que o jogo Civilization receberia uma versão para a rede social, chamada de Civilization Network. No começo do mês correu um boato de que o período de beta test do game será iniciado em junho.

Peter Moore, responsável pela divisão esportiva da Electronic Arts (EA Sports), declarou em entrevista à Bloomberg Television que a franquia Madden NFL, de futebol americano, em breve estará presente na rede social. Ainda não há data fechada para que isso aconteça, mas mesmo uma versão mais simples de um jogo bem sucedido para consoles mostra uma tendência em crescimento.

E o Facebook não é apenas uma ferramenta para jogar, mas também para incentivar mobilizações entre os jogadores. É o que está acontecendo agora que os gamers estão furiosos com o fechamento do Championship Manager Online. O game fechará seus servidores no dia 30 de abril, e uma petição está circulando no Facebook para tentar reverter a decisão.

São pequenas amostras de algo já conhecido: o mercado de games está mudando, se integrando cada vez mais às redes sociais. Onde você acha que isso vai dar, leitor?

Uma opinião sobre “Facebook vem se tornando cada vez mais importante para os games”

Deixe seu comentário