Emprego: vaga para desenvolvedor na EA Mobile em São Paulo (SP)

Uma vaga circulou ontem pela lista JogosPro do Yahoo! e resolvemos colocá-la aqui também porque é bacana.

Carlos Estigarribia, diretor de desenvolvimento da EA Mobile, está procurando desenvolvedores com experiência em OpenGL ES, C++ e alguma plataforma de smartphone (iPhone, Android ou Bada).

A experiência precisa ser comprovada e quem tiver interesse na vaga deve enviar currículo em inglês para o email cestigarribia@ea.com, junto a exemplos de jogos que tenha feito e, de preferência, que já estejam sendo comercializados.

A vaga é para São Paulo (SP), onde o estúdio fica, e não foi divulgado o salário ou forma de contratação para a mesma.

11 opiniões sobre “Emprego: vaga para desenvolvedor na EA Mobile em São Paulo (SP)”

  1. Mais uma vaga super exigente estilo 'Blizzard', onde ninguem se encaixa. E seguindo o mercado de salarios da área ditado pelo grupo da AbraGames, vão exigir profissionais super qualificados pagando sálarios 1/3 do valor em TI, fazendo sua cabeça onde o nome da empresa contaria muito mais que seu salário. Pura ilusão. Boa sorte candidato! (Ou melhor azar o seu!)

    1. Sei la, nao parece ser "super exigente estilo Blizzard". Ai pediria 5 anos de experiencia no mercado e pelo menos um jogo AAA no CV :)
      Mas a EA nao faz parte da AbraGames neh? Tipo, nao eh do Brasil

    2. Interessante ponto de vista. É importante olhar por esse lado também. Mas pergunto: As outras empresas que não tem o nome-que-vale-mais-que-o-salário pagam mais então?

      1. Ninguém vai pagar mais. É cartel ditado pela AbraGames. Se você não se sujeita a esses salários inferiores, sempre terá alguém que trabalharia até mesmo de graça só pra estar na área. Uma pena que abusem tanto dos ótimos profissionais que temos no mercado. Sugestão é se sujeitar o tempo suficiente pra ganhar experiência, e procurar emprego fora.

  2. "É cartel ditado pela AbraGames".
    Cara, a abgramaes só existe para ajudar. As empresas não pagam bem porque elas não recebem bem. NENHUMA empresa brasileira de jogos tem lucro alto, o que inviabiliza pagar um salário melhor.

      1. Kaio,

        Segue o que esta no site da abragames:

        Órgãos Dirigentes da Abragames (2009-2010):

        Diretoria Executiva
        Presidente:
        Winston Petty (Insolita Studios)

        VP Administrativo e Financeiro:
        Fernando Chamis (Webcore)

        VP de Benefícios:
        Daniel Coquieri (O2 Games)

        VP de Eventos:
        Tarqüínio Teles (Hoplon)

        VP de Relações Institucionais:
        Emiliano de Castro (Atlantis)

        VP de Relações Públicas:
        André Penha (Tectoy Digital)

        VP de Comunicação Interna:
        Fred Vasconcelos (Jynx Playware)

        Conselho Fiscal
        Christian Lykawka (Southlogic)
        Marcelo Carvalho (Devworks)
        Valber Bittencourt (Mdev CRE8)

        Conselho Consultivo
        Denio di Lascio (DayDreamLab)
        Tiago Keller (Decadium)
        Tiago Pinheiro Teixeira (Interama)
        João Ricardo Bittencourt (Ludens Artis)
        Diogo Beltran (Redalgo)
        Cesar Braga (Gestum)
        Manuel Neto (Preloud)

        referencia: http://www.abragames.org/page.php?id=associacao

        Entao eu acho que voce esta errado.

      2. Kaio,

        Eu fui um dos criadores da Abragames, mas nao faço parte da diretoria há 2 anos.

        A EA Mobile também ainda não é associada da Abragames.

  3. Alguem ai ta sabendo quem sao as pessoas q ganharam o BRGames 2009? As mesmas empresas cujos caras fazem parte da diretoria da Abragames.

    E como participar da 2010? Só fica sabendo quem t no esquema…

    1. Nenhuma das empresas vencedoras do concurso fazem parte da Diretoria (Interama, Overplay e 44 Bico Largo). Na categoria pessoa física, os vencedores puderam conversar com as empresas de sua preferência para fazer o projeto. Conheci alguns dos vencedores e não ouvi nada de errado sobre o concurso. E a próxima edição ainda não saiu nada, mas tem até twitter pra ficar sabendo (@brgames). As vezes vale a pena parar de reclamar e enviar um bom projeto.

Deixe seu comentário