gr-oje

Educação: OjE alia ensino e games entre alunos de escolas estaduais de Pernambuco

gr-oje O Brasil ainda aprende a caminhar na indústria de jogos, uma tecla que apertamos muito aqui no GameReporter. São as inúmeras empresas surgindo, cursos de especialização em games ficando cada vez mais populares e até iniciativas mais ousadas, como o projeto OjE, a Olimpíada de Jogos Digitais e Educação, apoiado pelo governo do estado de Pernambuco.

A OjE está em sua primeira edição, e tem duração de cinco meses (entre 6 de abril e 30 de setembro de 2009). A gincana possui seis grupos do ensino médio e seis grupos do ensino fundamental, cada um deles composto de equipes de seis a dez alunos. Estes alunos são orientados pelos professores, e a pontuação é obtida de acordo com o desempenho em 12 jogos criados sobre a grade curricular do Estado.

Cada jogador é incentivado a ir além no game, aumentando sua reputação com pontos. Os professores inscritos, podem jogar, mas não acumulam pontos para a equipe. Ao final dos cinco meses, as equipes com melhor reputação serão premiadas. Além de medalhas e troféus para os três primeiros colocados, os campeões receberão notebooks, os vice-campeões ganharão Nintendo DS com um jogo, e os terceiros colocados receberão aparelhos MP4.

Os professores responsáveis pelas melhores equipes também ganharão prêmios: 1 televisor LCD de 26 polegadas. As escolas de onde saíram as equipes nos três primeiros lugares do ranking receberão projetores multimídia.

São iniciativas como esta que mostram que os games estão longe de ser brincadeira de criança, e tiram um pouco daquele estigma negativo que muitas pessoas insistem em atribuir aos games quando dizem que eles são responsáveis por jovens violentos ou ainda pelo isolamento de crianças. Que o ensino precisa ser modernizado é fato, e resta torcer para que as escolas de outros estados recebam uma iniciativa tão bacana quanto a OjE em breve…

:: Visite o site do OjE