Do leitor: a saída de Will Wright da Electronic Arts

gr-spore Recebemos uma notícia escrita por um de nossos leitores, o que nos dá uma satisfação enorme. Mas por conta de uma série de fatores, ela acabou adiada. Esperamos um novo gancho e eis que aconteceu.

Com a palavra, Evandro Santos:

“Pode ate parecer estranho, mas é a pura verdade: Will Wright, o gênio por trás das franquias Sim City, The Sims e Spore, que elevaram as quantias no bolso da EA, saiu da empresa.

No dia 13 de abril de 2009, depois de doze anos, o executivo se desligou da Eletronic Arts para dar atenção ao Stupid Fun Club, um projeto que ele, a EA e um terceiro investidor vem mantendo desde 2001.

Esse projeto inovador, no entanto, não se limita ao mercado de games, visando outros ramos da indústria de entretenimento, como filmes e animações, por exemplo.

Seria esta uma jogada de mestre do senhor Wright ou um golpe de insanidade?

Wright fundou a Maxis nos anos 80, e em 1997 foi vendida para EA por U$$ 125 milhões. Desde que entrou para a EA, com a franquia “The Sims”, vendeu mais de 60 milhões de copias desde 2000, rendendo aos cofres da EA desde então algo em torno dos US$ 1 bilhão de dólares.”

A principal dúvida que pairou no ar na época de sua “demissão” foi o que diabos aconteceria com as séries mantidas por ele. Na época, a distribuidora apenas comentou que ele havia treinado pessoas que fariam justiça ao trabalho realizado até então.

Agora, Wright confirmou que continuará a dar apoio ao desenvolvimento da franquia Spore, em forma de consultorias. “Dedicarei um certo tempo todo mês trabalhando com a equipe de Spore em futuras versões de Spore e expansões”, explicou Wright.

E você, o que acha disso tudo?

3 opiniões sobre “Do leitor: a saída de Will Wright da Electronic Arts”

  1. Essa me pegou de surpresa O_O Acho que não da pra expressar uma opinião ainda, com o tempo vamos perceber se foi um coisa boa ou não, embora eu duvide que as continuações dos games criados por ele continuem na mesma qualidade, provavelmente vamos passar a ver “mais do mesmo”, apenas com evolução tecnica, durante muito tempo.

  2. Eu não sei, me lembrou a saída do criador do Sonic da Sega. Pouco foi dito e a saída teve apoio da empresa que parecia ter um programa para este tipo de coisa.

    Não consigo formar opinião sobre o assunto.

  3. :) algo muito interessante sobre o Will, mas vale ressaltar que os jogos dele vem desde o comodore com o singelo Simcity (1985) em que você construía cidades baseada em orçamentos básicos. como está no blog da Flávia Gasi lá na mtv.

    Mas esperamos que a ajuda de Will de muitos frutos a EA, mesmo sendo em consultoria

Deixe seu comentário