gr-diablo3

Diablo III pode ser adaptado para entrar em mercados mais restritivos

gr-diablo3 O há muito tempo aguardado Diablo III ainda não tem data final de lançamento prevista, mas está conquistando seu espaço merecidíssimo nas notícias gamers do mundo inteiro.

O game que teve uma nova classe confirmada há alguns dias, a quarta (das cinco) classes previstas (bárbaros, feiticeiro, bruxo e monge), agora teve revelado recursos de controles dos pais e adaptação a mercados restritivos.

Segundo Jay Wilson, designer do título, os pais poderão proteger seus filhos de material inaceitável como violência, ao mesmo tempo em que se adaptará a mercados como Alemanha e Austrália, em que a representação gráfica do sangue pode trazer problemas.

Wilson ainda explicou que a idéia é entrar inclusive na China, um mercado cada vez mais restritivo para games gringos que, contudo, pode acabar sem lançamento do novo Diablo caso o custo de adaptação seja muito alto.

Será que agora virará tendência diversas versões do mesmo game, removendo itens ou dando a possibilidade de bloquear material impróprio?

[Via Joystiq]

2 opiniões sobre “Diablo III pode ser adaptado para entrar em mercados mais restritivos”

  1. Sei lá, o game deveria ser lançado para um público geral, tipo todos da mesma idade. Tirar algo para esse ou aquele país, além de dar muito trabalho para a equipe, o jogador não deverá ter a mesma diversão que aquele do outro lado do mundo.
    É o que eu acho. xP

  2. Na verdade, acho o contrário.
    São mercados diferentes, com culturas diferentes. Adaptar o jogo pra cada país é um baita trabalho, mas imagino que deve valer a pena nas vendas.

Deixe seu comentário