desenvolvimento de jogos digitais.jpg

Guia: onde estudar desenvolvimento de jogos digitais no Brasil

O mercado de games no Brasil é no mínimo promissor, não por acaso muitas instituições de ensino formam cursos voltados para a produção e desenvolvimento de jogos digitais. O grande problema é que a maior parte das universidades estão concentradas no eixo Rio-São Paulo, de modo que estudantes de outros estados encontram dificuldades em encontrar cursos em suas regiões.

Pensando nisso, o GameReporter organizou uma lista de instituições que oferecem cursos voltados ao desenvolvimento de jogos digitais no Brasil. O MEC aprova cerca de 50 universidades que oferecem graduação tecnológica.

Instituições que oferecem graduação em Jogos Digitais:

Fora essas instituições, existem outras maneiras de entrar na área dos jogos eletrônicos, como por exemplo, os cursos oferecidos pela SAGA, pela renomada Melies ou pela AXIS. A Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) também oferece um curso sequencial de Modelagem Gráfica e Jogos de Computador. Um belo destaque é a Escola Brasileira de Games, instituição voltada exclusivamente à cursos ligados aos jogos eletrônicos. A instituição é nova e encontra-se em São Paulo.

Especializações com menor duração também são oferecidas no Brasil, como o Curso de Atualização em Game Marketing da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) e o curso de Desenvolvimento de Jogos do Instituto Dom Bosco, em Piracicaba, São Paulo.

Se seu sonho é entrar na área de produção e desenvolvimento de jogos digitais, esteja preparado! O caminho é difícil, mas bastante promissor e só tende a crescer em nosso país. Aproveite que a maioria das universidades estão com vestibulares abertos e comece a estudar!

Comente sobre os cursos abaixo. Se esquecemos de algum, por favor, nos envie o link para publicarmos.


Also published on Medium.

34 opiniões sobre “Guia: onde estudar desenvolvimento de jogos digitais no Brasil”

  1. Alguem sabe onde posso encontrar um curso de desenvolvimentos de jogos online?? Moro em São Luís- MA, aqui não existe cursos presencias. Se alguem souber, por favor me avise!! É só responder aqui!!

  2. Existe um curso superior de Tecnologia em Jogos Digitais pela Unisociesc, Joinville – Santa Catarina. Mas acredito que em algumas universidades de Florianópolis, Itajaí e Blumenau também existam. Aqui no estado de Santa Catarina a demanda é grande, além das faculdades há vários cursos profissionalizantes e técnicos para determinadas áreas que envolva produção de games. ;)

  3. Gostaria de saber qual das faculdade em Brasília é a mais recomendada. Até o momento já encontrei 4 , três dela com nota 4 no Mec. Mais ainda me sinto insegura .

  4. Alguém conseguiu identificar alguma faculdade que tenha o curso de jogos digitais na modalidade EAD?

  5. Vcs tão fudido mesmo vao passar fome so pra poder fazer esse curso kkkk Bom, isso se for classe media, se for pobre entao se fudeu hahaba. Namoral mesmo , compra um pc bonzinho e tenta virar auto didata enquanto faz um curso relacionado, tipo ciências da computação ou computação gráfica.
    Não dá a loja que nem eu n hahaha ou dá né , vai que tu é doido que nem eu.

  6. Meu filho tem 12 anos e quer fazer um curso de programação de games e animação 3D em uma escola chamada Easycomp, que panfletou na escola onde ele estuda, com aquela velha história de que ele ganha a bolsa e só paga material didático, que no final custa os olhos da cara para compensar. Alguém conhece?
    Ou sabe indicar algum lugar que ensine gratuitamente.

    1. Melhor coisa eh seu filho acessar no YouTube e se inscrever no desafio do código (CodeWars), se ele se identificar com estes itens mais básicos de desenvolvimento de games, qdo tiver com seus 14 anos encara um Técnico Profissionalizante “Tecnologia em Jogos Digitais”, atuará no segmento de entretenimento digital 2D e 3D desenvolvendo produtos de software tais como Jogos Educativos. Podendo criar personagens, sim. Ainda podendo ter o leque de Designer Gráfico (com leque de softwares.)
      Se quiser gastar uma grana, investe no Senac ou algo que vc saiba q tem maior nome. Na minha opinião, escola franqueada como a Easycomp não tem tanta notoriedade.
      Seu filho adolescente pode se identificar tanto com a gamificação, como com a parte narrativa. Fora que tem algumas grades de curso empurrando esculturas Clay, uso de uns programas difíceis que demoram cerca de 18 meses para aprender.
      Cuidado com as cláusulas de desistência que tendem a lesar financeiramente os responsáveis dos alunos, com multas altas ou cobranças de um percentual de 70% do total do curso e, outros tipos de taxas abusivas contratuais.
      Procure cursos livres na região que ele mora, mas que seja de duração adequada, evitando que se torne chato ou longo.

    2. Silvia, gratuitamente tem

      http://escolabrasileiradegames.com.br/course/unity-3d-concepts/

      Melhor coisa eh seu filho acessar no YouTube e se inscrever no desafio do código (CodeWars), se ele se identificar com estes itens mais básicos de desenvolvimento de games, qdo tiver com seus 14 anos encara um Técnico Profissionalizante “Tecnologia em Jogos Digitais”, atuará no segmento de entretenimento digital 2D e 3D desenvolvendo produtos de software tais como Jogos Educativos. Podendo criar personagens, sim. Ainda podendo ter o leque de Designer Gráfico, até mesmo ser um Youtuber (tá cheio de escolas prometendo um estúdio ultra mega master para encantá-los).
      Se quiser gastar uma grana, investe no Senac ou algo que vc saiba q tem maior nome.
      Franquia como a Easycomp não tem tanta notoriedade para o mercado de trabalho.
      No final, querem um portfolio para o “gamer”, desejam várias habilidades reunidas.
      Seu filho adolescente pode querer comprar algumas grades de curso empurrando esculturas Clay (monstro com argila), uso de uns programas difíceis que demoram cerca de 18 meses para aprender.

      Procure cursos livres na região que ele mora, mas que seja de duração adequada, evitando que se torne chato ou longo.

      Cuidado com as cláusulas de desistência que tendem a lesar financeiramente os responsáveis dos alunos, com multas altas ou cobranças de um percentual de 70% do total do curso e, outros tipos de taxas abusivas contratuais.

Deixe seu comentário