Debate sobre indústria de games, em SP, tem agenda divulgada

falamos por aqui a respeito do debate O Mercado de Games e Aplicativos no Brasil, que acontecerá na Fecomercio no próximo dia 25 de fevereiro, sexta-feira.

Gratuito, o evento está marcado para acontecer entre 9h e 12h, focando nas oportunidades, desafios e obstáculos do mercado nacional de jogos eletrônicos.

Às 8h começa o credenciamento para o debate. Às 9h se dará a abertura oficial, com Adolfo Melito, presidente do Conselho de Economia Criativa da Fecomercio.

E então segue a seguinte agenda, extraída das informações da própria Fecomercio:

9h20–O case do QuickOIB e Quick2GPwner
Pedro Henrique Franceschi, 14 anos, empreendedor, desenvolvedor web e mobile.
Total de centenas de aplicativos. Os mais importantes foram o QuickOIB e Quick2GPwner. O primeiro era um programa para inserir o Linux no IPhone e o segundo é um programa para desbloqueio de IPhone e IPod. Ambos tiveram grande repercussão Internacional. Também falará sobre o mercado a parte técnica e o mercado de games.

9h50 – O Cenário Nacional – Desafios e Oportunidades
Emiliano de Castro, vice-presidente de Relações Institucionais da Associação Brasileira de Desenvolvedores de Jogos Eletrônicos (Abragames)

10h10 – Formação, mercado e desenvolvimento de games: perspectivas sobre o mercado, carreira e atuação de profissionais no desenvolvimento de jogos digitais, expectativas em relação aos futuros profissionais e como obter uma boa formação profissional.
André Forastieri, jornalista e diretor de conteúdo da Tambor, empresa de mídia e marketing especializada em videogames e entretenimento digital que publica as revistas EGW, Nintendo World e Movie. Também escreve em um blog no site R7.

10h30 – Desenvolvimento de Games no Brasil: potencial econômico, publicidade nos games, potencialidades e cases
Mitikazu Lisboa, 10 anos de experiência no mercado de games, incluindo passagens pelas maiores produtoras, como Capcom e SNK. Hoje é responsável pelo planejamento da Hive Digital Media, líder de mercado em advergaming e in-game advertising.

11h30- Debate

Para quem se interessou, é possível se inscrever a partir da página da Fecomercio.

Uma opinião sobre “Debate sobre indústria de games, em SP, tem agenda divulgada”

Deixe seu comentário