gr-coreiaGRB

Coréia do Sul está banindo alguns jogos independentes

Alguns desenvolvedores independentes que estão querendo ganhar o importante território da Coréia do Sul estão vendo seus jogos serem banidos do país.

O site GamesIndustry traz uma notícia curiosa de que alguns criadores de jogos gratuitos estão tendo seus jogos proibídos por não pagarem uma taxa necessária para que o órgão regulamentador da Coréia do Sul (GRB) defina a faixa etária dos títulos.

Por lá, esta classificação pode custar de US$ 20 a US$ 700, dependendo do tamanho do jogo. A exigência de pagamento, entretanto, afasta desenvolvedores independentes que estejam criando jogos para aprender ou por puro entusiasmo do mercado.

2 opiniões sobre “Coréia do Sul está banindo alguns jogos independentes”

  1. Notem que é a Coréia do Sul e não a sua gêmea diabólica, a Coréia do Norte.
    Ótimo exemplo de como uma simples taxa pode destruir um segmento da indústria.
    Alguém exporta a ideia de "jogojusto" urgente ;)

  2. Notem que é a Coréia do Sul e não a sua gêmea diabólica, a Coréia do Norte.Ótimo epxlemo de como uma simples taxa pode destruir um segmento da indústria.Alguém exporta a ideia de "jogojusto" urgente ;)

Deixe seu comentário