cerebro

Coordenador do curso de Jogos Digitais do UDF lista os jogos que mais estimulam o cérebro

Que os jogos digitais estimulam o raciocínio rápido e lógico, todos já devem ter ouvido falar. Entretanto quais são os jogos que foram desenvolvidos justamente com este propósito? Pensando nisso, o coordenador do curso de Jogos Digitais do Centro Universitário do Distrito Federal (UDF), Jorge Luis Santana elegeu quatro dos games que mais estimulam o cérebro.

O intuito desta relação é apresentar alguns jogos que são mais do que meros passa tempo, mas sim obras que exercitam o cérebro e trazem benefícios como criatividade, lógica, raciocínio, memória, coordenação motora e até treino para línguas estrangeiras. Então se você quer treinar sua massa cinzenta a fim de deixá-la mais potente, teste alguns dos jogos listados abaixo. Ah, eles também podem ser apreciados pelos jogadores mais jovens!

1 – PAPAGAIO

Criado pelo professor de Jogos Digitais da Faculdade UDF, Alexandro Ferreira Leal, Papagio é um game de ação desenvolvido para dispositivos móveis, em que o jogador precisa sobreviver aos perigos da floresta. “Papagaio Lizards é um game com jogabilidade simples, mas desafiadora que estimula a coordenação motora e melhorando a atenção do usuário”, comenta Santana. Esse jogo está disponível gratuitamente na Play Store.

2 – TETRIS

Os pesquisadores do Mind Research Network em Albuquerque, no Novo México descobriram melhorias notáveis na função cerebral e espessura cortical entre 26 garotas adolescentes, que jogaram 30 minutos diários de “Tetris”, por 90 dias. As meninas passaram por verificações estruturais e funcionais antes e depois do período de prática de três meses, assim como as garotas de um grupo de controle cujos membros não jogaram “Tetris”. Segundo a pesquisa, as jovens que jogaram o clássico dos games demonstram melhor eficiência cerebral durante os testes do que aquelas no grupo de controle, e as verificações revelaram que aquelas que jogaram, o título tinha um córtex notavelmente mais espesso.

3 – HALO

As franquias de games de ação “Halo”, “Gears of War” e “Grand Theft Auto” receberam críticas nos lançamentos dos jogos por espalhar muito rapidamente entre os gamers jovens. Entretanto, um estudo clínico com 114 crianças e jovens entre sete e 22 anos, realizados por pesquisadores da Universidades de Rochester (NY) sugere que jogar tais games pode obter alguns benefícios psicológicos, como por exemplo, a habilidade de atenção e foco em vários objetos de modo muito mais rápido, se comparada às crianças que não jogam.

De acordo com a pesquisa, “esse estudo mostra que as crianças que jogam games de ação, exibem um nível de desempenho no raciocínio lógico melhor, que só são alcançados muito tempo depois, ou nem são alcançados, comparado com as pessoas que não jogam games”, explica Santana.

 4 – 2048

O game mobile que está fazendo sucesso na comunidade de desenvolvedores chama-se, simplesmente, 2048. O objetivo é combinar tijolos virtuais com as setas do teclado, realizando somas até conseguir o tijolo com o número 2048. O truque é que apenas os bloquinhos com números iguais se juntam, transformando o jogo num desafiador quebra-cabeças matemático. Caso o usuário utilize bloquinhos demais, acaba travado e é game over.

E para você, quais outros games melhoram as capacidades cerebrais?

Uma opinião sobre “Coordenador do curso de Jogos Digitais do UDF lista os jogos que mais estimulam o cérebro”

  1. COMO O JOGO PAPAGAIO GANHA DO TETRIS, HALO, 2048??? Só chupa-sacos falaria isso!!!

    Tetris (em russo: Тетрис) é um jogo electrónico muito popular, desenvolvido por Alexey Pajitnov, Dmitry Pavlovsky e Vadim Gerasimov, e lançado em Junho de 1984. Pajitnov e Pavlovsky eram engenheiros informáticos no Centro de Computadores da Academia Russa das Ciências e Vadim era um aluno com 16 anos.

    Tetris foi um dos primeiros itens de exportação de sucesso da União Soviética e um dos primeiros a ser visto como um tipo de vício.1 Atingiu um público alvo inédito na história dos videogames.1

    Alexey Pajitnov conheceu o quebra-cabeças Pentaminó e decidiu criar uma versão virtual dele para seu computador Electronica 60. Removeu um dos blocos do jogo e nomeou com o prefixo quatro em grego: Tetris1

    O jogo consiste em empilhar tetraminós que descem a tela de forma que completem linhas horizontais.1 Quando uma linha se forma, ela se desintegra, as camadas superiores descem, e o jogador ganha pontos.1 Quando a pilha de peças chega ao topo da tela, a partida se encerra.1

    Pajitnov percebeu o potencial do jogo por não conseguir parar de jogar antes mesmo de terminar o programa, bem como dois colegas de trabalho que ajudaram a finalizar o jogo e todos os colegas do centro de computação, que haviam recebido cópias em disquetes gravados pelo próprio Pajitnov.1 Para não ser acusado de viciar os pesquisadores num passatempo eletrônico, destruiu todos os discos ao fim do expediente.1 Entretanto, o jogo continuou sendo distribuído, de maneira informal, até chegar a pessoas interessadas em comercializá-lo.1

Deixe seu comentário