Como pensar um bom review?

Não-games são cada vez mais comuns no mundo dos games. Brain Age e recentemente o game flOw são bons exemplos de jogos que fogem das convenções normais e, portanto, exigem outros critérios na avaliação. O blog Jornalismo de Games indicou um artigo muito interessante que questiona os reviews de não-games pela mídia especializada, usando como motivação o review do site Eurogamer sobre flOw. Quem arrisca uma opinião? (Post do Fabão)

:: A excelente fonte: Jornalismo de Games

Deixe seu comentário