Bucking Fuggy: novo game nacional na área

Já está no ar a versão Beta de Bucking Fuggy, um game produzido pela Aquiris, empresa do sul do Brasil. Com qualidade visual semelhante a jogos para PS2, Bucking Fuggy é um game de corrida que usa gráficos 3D e um dos melhores sistemas de física do mundo, tornando sua experiência jogo online muito mais intensa.

Alguns dados técnicos do game:

1 – Feito em 3D, incluindo sonorização e replay. Coube em 6MB
2 – Game em 3D rodando online de forma leve e rápida
3 – Gráficos comparáveis aos de PS3, PSP ou Nintendo DS
4 – Possui banco de dados com ranking e sistema de replay
5 – Engine utilizada usa o sistema de física da Havoc (Half Life 2)
6 – Possui blog para debates, comentários, críticas e elogios
7 – Game nacional criado em Porto Alegre/RS

O pessoal da Aquiris espera com isso abrir uma nova modalidade de games online, qualificando a experiência dos gamers, usuários de internet e melhorando as possibilidades de produção de conteúdo para a web. Vida longa ao Bucking Fuggy. E viva o game nacional.

:: Jogue agora: para conferir basta acessar www.buckingfuggy.com

7 opiniões sobre “Bucking Fuggy: novo game nacional na área”

  1. Então cria um também anônimo. :P

    Agora o estranho é esse terceiro dado técnico: Gráficos comparáveis aos de PS3, PSP ou Nintendo DS. Pô! É o mesmo que dizer que o gráfico é comparável ao do PSOne, PlayStation 2 ou PlayStation 3.

  2. O jogo é muito bonito graficamente, falta caprichar um pouquinho mais na jogabilidade, além de novos cenários e percursos.
    E, realmente, os cenários me lembraram muito Half Life. De qualquer forma, é ótimo ver bons jogos nacionais sendo produzidos, não importa a ferramenta utilizada. Deve-se estimular cada vem mais iniciativas assim.
    Parabéns à equipe do Bugging Fuggy.

  3. AlphaZine então.

    é que eu duvido, melhor, eu aposto quanto você quiser, que eles não compraram a engine, e infelizmente eu não tenho coragem, de publicar jogos, utilizando uma engine pirata.. acho isso meio.. “jeitinho brasileiro”.

Deixe seu comentário