Breaking Machine

Breaking Machine relembra clássicos da geração 32 bits

Quem não se lembra dos clássicos do Playstation, Twisted Metal e Vigilante 8, aqueles combates de veículos altamente armados? Pois bem, esses jogos parecem ter sido relegados ao ostracismo, deixando uma legião de fãs espalhados pelo mundo. Felizmente para os órfãos desses títulos, o estúdio indie Xplow buscou referências neles para criar o jogo Breaking Machine.

Basicamente é um duelo de veículos armados até os dentes para decidir quem tem a supremacia das diversas arenas espalhadas pelo mundo. Breaking Machine tem foco no multiplayer (com suporte para 4 jogadores), com diversos modos de jogo. O título estava disponível para teste durante a Brasil Game Show 2016, no pavilhão indie, o que serviu para colocar a Xplow no mapa e chamar as atenções para seu promissor game.

A demo da BGS tinha apenas o modo Deathmatch, mas os desenvolvedores garantem que haverá outros modos como corrida, capture the flag, team deathmatch, entre outros. A ideia do estúdio é apelar para a nostalgia para agarrar os jogadores, inclusive tem todo aquele clima de co-op local. De acordo com os desenvolvedores, a intenção é reunir os amigos em frente a TV para uma partida descontraída. Mais ou menos como era na época do PS1.

Já na demo era possível ver uma variação interessante de veículos e a Xplow promete que haverão ainda mais carros na versão final. Toda a jogabilidade é claramente inspirada nos clássicos retro mencionados, ou seja, espere por explosões insanas, bombas, armas laser, skins alternativos etc. O único problema é que os desenvolvedores ainda não definiram uma data de lançamento para Breaking Machine.

Um fato interessante é que o estúdio adicionou uma mecânica que permite aos jogadores sair dos veículos para plantar armadilhas e pegar os adversários. A princípio a ideia não parece das melhores, pois pode desacelerar o gameplay, porém se bem executada a jogabilidade vai se distanciar um pouco de Vigilante 8 e seus contemporâneos da geração 16 bits. A Xplow ainda está terminando o projeto, então as novidades devem sair em breve.

Abaixo tem o vídeo de Breaking Machine:


Also published on Medium.

Uma opinião sobre “Breaking Machine relembra clássicos da geração 32 bits”

Deixe seu comentário