gr-contra

Blog cria projeto para testar jogadores de hoje em games de ontem

gr-contra Project D é uma proposta interessante: como os jogadores de hoje reagiriam aos difíceis games de antigamente?

Convenhamos, quem cresceu na década de 80 teve que lidar com alguns dos games mais dificeis da história. Do insano Battletoads ao bizarro Maniac Mansion, exemplos de dificuldade é o que não falta.

Mas, se antigamente os games eram trazidos pelo puro desafio, com muitos deles sequer chegando ao fim, hoje os jogos são tão dependentes da história que ficaram mais fáceis para exigir que o jogador progrida, sem perder o interesse, até a sequência final.

É isso que Project D tenta confrontar. A série anunciada em abril teve seu primeiro, dos cinco, episódios divulgados. O primeiro game escolhido é Contra, e o jogador convidado é um garoto de 11 anos.

O garoto não gostou. Achou muito difícil e diz que prefere games de tiro mais novos, como Halo e Call of Duty. E para você qual é melhor?

11 opiniões sobre “Blog cria projeto para testar jogadores de hoje em games de ontem”

  1. Pois é…
    esses “gamers” de hoje estão acostumado com jogos fáceis, onde gráficos maravilhosos se sobressaem a jogabilidade, desafios e histórias. Claro que atualmente temos excelentes jogos. Mas antigamente, alugar um game, e terminar na raça, tinha outro sabor.

    Eles(novos gamers) não tiveram de ligar com poucos continues e vidas extras(sem contar que os console esquentava hehe). Hoje em dia, basta dar o “savegame” em qualquer hora e continuar de onde parou.

    Me lembro de “peder” horas e horas até que finalmente consegui zerar battletoads. Àquela época, o feito pra mim foi algo tão grande e significativo, que gravei o final em VHS para mostrar aos meus amigos e ter de recordação (e tenho a fita até hj).

  2. Achei muito, mas muito interessante. Eu sempre usei esse argumento para defender comentários perjorativos que eram direcionados à geração 8 bits. Segundo os novos players, os gráficos eram ruins, chatos, etc, mas eles sequer conseguem terminar um game sem save.
    Abraços

  3. Nossa esse contra ai é do 8bits né
    Nossa eu joguei muito NES e meu primeiro contato com video games foi com o atari e tenho só 22 anos auhauhauhuahuahuha
    Ai que saudade, por isso que eu coloco meu sobrinho pra jogar super nes aqui no PC, e não só nos games novos e sem idéias originais na minha opinião.

  4. E tem um detalhe ainda, no caso do NES os jogos versão na japonesa eram MUITO mais dificeis, quando lançavam nos EUA já estava com mais vidas e continues.
    Além do Battle Toads outro jogão dificil, Final Mission (japonês), a versão fácil-americana se chamava SCAT, imitação do Forgotten Worlds do Mega (fliperama). Final Mission foi um dos mais dificeis que joguei, 5 vidas sem continue e que eu me lembre não ganhava vida no meio do jogo.

  5. Esqueci de comentar, Contra…tsc…tsc, fichinha demais, lembro que fiquei jogando de madrugada na casa de um amigo meu, perdemos as contas de quantas vezes zeramos na mesma sequência. Sozinho acho que umas 5 vezes ou mais.

  6. Bah, essas crianças de hoje em dia acham os jogos da década de 80 chatos e feios. Conheci dois meninos, acho que de 8 e 4 anos, que não gostaram do Mario do SNES! Engraçado, eu não consigo gostar é desses jogos novos.. hehehe

  7. Realmente … bota esses novatos pra jogar Ninja Gaiden 1 , 2 ou 3 do NES, Gradius 2 do NES , R-type 3 e Actraiser 1, 2 do SNES entre outros …eles ou não conseguiram terminar os games ou desistirão com desculpas engraçadas xD Alguns sim , são talentos e podem sim terminar o jogo , mas aposto que 98% não o fará ^^

  8. quero ver se os novatos zeram prince of persia do NES , battletoads , batman e robin ou do mega drive , contra , sonic ou street of rage … zeram nao meu amigo pq não guentam …

Deixe seu comentário