Black Andy Label

Black Andy Label – Conheça o projeto AAA do estúdio brasileiro BlackHouse

Doze anos após a destruição de seu satélite natural, a Lua, a Terra está devastada e a solução é colonizar o planeta Marte.  Um pequeno grupo de cientistas vai até o planeta vermelho a fim de encontrar uma nova morada para a humanidade. Ao chegar lá os cientistas descobrem que a destruição da Lua foi um plano de uma raça alienígena chamada Tirax, que visa exterminar a raça humana. Cento e cinquenta combatentes são enviados para combater os alienígenas, porém são emboscados e sobrevivem apenas três dos guerreiros humanos chegam à Marte para o combate. Este é o plano de fundo do jogo Black Andy Label, um game com toda a pompa de AAA desenvolvido pelo estúdio brasileiro BlackHouse.

Já falamos aqui sobre este impactante lançamento, porém vale mais uma menção, pois este é um jogo que promete elevar o nível dos jogos brasileiros. Iniciado em 2016, Black Andy Label começou já com planos bastante promissores: os desenvolvedores realizaram diversos estudos e entrevistas com jogadores e produtores de games e chegaram a conclusão de que era possível criar um game licenciável através de uma história impactante e gráficos incríveis.

Entretanto, como fazer isso sendo um estúdio independente? Os obstáculos eram variados: não havia nenhum estúdio de motion capture no Brasil, nem mesmo a tecnologia para fotometria ou dublês experientes em jogos digitais. A solução foi buscar parceiros interessados em criar um projeto grandioso. Assim surgiram as parcerias da Print-Me, especialista em fotogrametria de pessoas para impressão colorida em cerâmica, e a Action Kung Fu que trouxe os dublês treinados e capacitados para dar vida aos personagens. Outros parceiros surgiram e o projeto Black Andy Label começou a sair do papel.

O estilo de jogo é TPS (third person shooter), assim como Gears of War, porém com o diferencial que os personagens além de atirar ainda são proficientes em artes marciais. A ideia é que o jogador não precise para a ação após parar de atirar, ou seja, pode-se sair no braço com os adversários a fim de realizar emboscadas e finalizações devastadoras. Os dublês do game são treinados em Kung Fu, Judô, Parkour e acrobacias diversas.

A expectativa da BlackHouse é criar um game não apenas divertido, mas que se aproxima das produções americanas e japonesas. Quem sabe até figurar por grandes eventos internacionais? Ainda sem data de lançamento definido, Black Andy Label deve ganhar bastante destaque entre os veículos especializados em games no Brasil. Ainda não há imagens gameplay, mas fique atento, pois este projeto promete!

Abaixo tem o trailer de Black Andy Label:


Also published on Medium.

Deixe seu comentário