BIG Festival

BIG Festival abre inscrições para a premiação de melhores jogos independentes

Já imaginou seu game tornando-se famoso por todo o Brasil? Esta é a sina dos jogos que aparecem no BIG Festival (Brazil’s Independet Games Festival). A organização do evento divulgou que os desenvolvedores de jogos do mundo todo já podem inscrever suas criações na principal premiação do BIG Festival. As inscrições vão até o dia 23 de abril e devem ser feitas através do site oficial do evento.

A quinta edição do BIG Festival acontecerá de 24 de junho a 2 de julho, no Centro Cultural São Paulo, na capital paulista, mesmo ambiente das últimas edições. Os jogos finalistas estarão disponíveis para o público em computadores, tablets, smartphones e consoles em uma exposição gratuita em que os visitantes podem testa-los e votar em seus favoritos, inclusive jogos em Realidade Aumentada e Virtual.

Os games inscritos serão analisados pelo Comitê de Seleção do festival e os selecionados irão competir em diversas categorias, como Melhor Jogo, Melhor Gameplay, Melhor Som, Melhor Arte, Melhor Narrativa entre outras. Em 2016, o jogo brasileiro Horizon Chase, da desenvolvedora gaúcha Aquiris Game Studio, foi consagrado como o melhor do evento, vencendo na escolha do júri.

A expectativa é que o evento supere o sucesso do ano passado, quando o BIG Festival recebeu a inscrição de 515 jogos de 48 países diferentes, sendo quase metade deles (232) produzidos no Brasil. Foram 18 mil visitantes em 2016, sendo 2.400 profissionais do setor. “Em 2017 consolidaremos o Brasil como o “hub” de negócios internacionais na América Latina, um feito extraordinário para um setor tão efervescente como o dos Games”, diz Eliana Russi, organizadora da área de negócios do BIG Festival.

 

Serviço – 5º BIG Festival (Brazil’s Independent Games Festival)

De 24 de junho a 2 de julho (Segunda, 26, não abre)
De terça a sexta: 10h às 22h / Sábado e domingo: 14h às 22h
Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro 1000 – Paraíso, SP
Entrada: Gratuita


Also published on Medium.

Deixe seu comentário