Todos os post de Luiz Silva

Luiz Silva, jornalista de games formado pela Universidade Paulista. Já escreveu para as revistas da Tambor Digital (EGW, Gameworld), para o site Player 2 entre outras coisas. "Sou um entusiasta por videogames, apesar de jovem já tive até um Atari, minha série favorita é Silent Hill".

Game brazuca revive travessia de Frogger para dispositivos móveis

Toad Escape / Frogger
Quem aí se lembra do clássico jogo Frogger de 1981? Aquele do sapo que precisa atravessar ruas movimentadas? Pois é lembrando-se desse clássico que a empresa Venturus, localizada em São Paulo, está lançando um novo game chamado Toad Escape.

No game, o jogador deve ajudar o simpático anfíbio de nome Toad a retornar para sua lagoa, passando por diversas armadilhas no caminho como tanques de ácido, espinhos, lanças e plantas carnívoras. Para escapar desses perigos, o Toad pode usar sua língua que é elástica e gruda em diferentes objetos e superfícies, permitindo-o realizar acrobacias.

O game completo tem 60 fases e está disponível no Google Play, Amazon e App Store por US$ 1,99. Para aqueles que preferirem testar o jogo antes, há uma versão free contendo 10 fases. Apesar da proposta semelhante ao jogo do Atari, o game tem seus próprios méritos e nem de longe é uma cópia do game retro citado.

Nostalgia na era digital? É o que esse game promete, quem baixar nos diga se ele cumpre as expectativas!

Emicida estará na trilha sonora de Max Payne 3

Emicida
Já que o game Max Payne 3 será ambientado na cidade de São Paulo, nada mais justo que um artista brasileiro figurar na trilha sonora do game. O rapper Emicida foi destacado pela Rockstar para compor algumas músicas do game. “Ter uma canção cantada em português num lançamento mundial é muito especial para a música brasileira”, disse Emicida.

O destaque é a música “9 Círculos” que faz duras críticas ao prefeito da cidade, Gilberto Kassab, além de parlamentares e a polícia militar que abusa do poder. “A nós cabe odiar inimigos do povo, viu Kassab?”, diz a música. Vale ressaltar que poucos games de alcance mundial têm em suas trilhas sonoras artistas brasileiros.

No game, o jogador ajuda Max que veio ao Brasil trabalhar como segurança, porém acaba se envolvendo com bebidas e cai em depressão. Após muitas reviravoltas, Max terá de combater traficantes da capital paulista enquanto tenta resgatar a esposa de um empresário brasileiro que foi sequestrada. O game irá mostrar as favelas da capital paulista e alguns cartões postais como a Avenida Paulista.

O cantor ainda deixou uma mensagem no site da Rockstar contando como foi trabalhar no projeto Max Payne 3:

“Antes de qualquer coisa, sou fã de videogames, como disse nas primeiras reuniões sobre o jogo, temos aqui na “Laboratório Fantasma” uma admiração muito grande pela Rockstar pois todos, sem exceção somos fãs de “GTA”, entre outros títulos lançados por eles. Ter a oportunidade de fazer parte do jogo “Max Payne 3″ foi muito especial, compor para o jogo então, foi como um sonho, trabalhar com uma história tão densa, obscura onde temos uma trama que se passa na cidade de São Paulo, minha amada São Paulo, é nisso que eu quis me apegar, no inferno astral do personagem somado a paisagem caótica da maior cidade da América latina, com seus contrastes e cenários, tensão, violência, corrupção, principalmente em um momento tão delicado da história de São Paulo, onde presenciamos uma onda de ataques políticos contra a população de menor renda… estou ansioso para o lançamento e vai ser f…!!”

O game ainda contará com outras 3 músicas do cantor, chamadas “I Love Quebrada”, “Sorriso Favela” e “Avua Besouro”. De acordo com a Rockstar, Max Payne 3 terá lançamento em maio de 2012 para o Xbox 360, Playstation 3 e PC. Confira abaixo a música “9 Círculos” de Emicida:

Game indie brinca com cores e formas geométricas para exercitar o cérebro

Mind of Me / Kongregate

Sempre que há uma oportunidade o GameReporter abre espaço para que desenvolvedores indie mostrem seu trabalho, afinal achamos importante valorizar o trabalho de brasileiros que também se empenham tanto para trabalhar com videogames. Assim é o caso do game Mind of Me, produzido pelo brasileiro João Neto.

O game está hospedado no site Kongregate e busca a simplicidade, graças a sua temática educativa. A ideia básica é exercitar a mente com um puzzle baseado em cores e geometria. O jogador deve memorizar onde estão as formas geométricas coloridas na tela e clicar em cima daquela que o jogo pedir. Ou seja, o esquema de jogo é bem simples e serve para medir a atenção do jogador.

O gameplay baseia-se quase que exclusivamente nos botões do mouse. Você deve clicar com ele na posição provável da figura pedida pelo computador. Ao clicar e segurar o botão direito você seleciona uma área circular, a fim de manter o foco do jogo em um determinado local. Isto facilita as coisas, contudo a pontuação é menor. Quando o cursor do mouse estiver sobre a pergunta, um balão de dica com a figura a ser encontrada irá aparecer.

Quanto mais acertos, mais pontos você ganha e assim pode entrar para o ranking mundial do jogo. Além de fácil de jogar, o game também é gratuito, bastando o jogador criar uma conta no site Kongregate (ou logar através do Facebook) e baixar o Plugin Unity.  Por enquanto o jogo está apenas em inglês, porém o produtor já nos adiantou que há planos para criar versões em outros idiomas.

Após testar o jogo Mind of Me dê uma força para o produtor contando aqui o que achou do game, deste modo ele pode aperfeiçoar sua criação!

Hoplon anuncia parceria com publisher americana para alcançar mais fãs de MMO

Taikodom

Ciente da dificuldade que é desenvolver games no Brasil e agradar a gregos e troianos, a desenvolvedora Catarinense Hoplon Infotainment  anunciou suas próximas cartadas para expandir sua influência no mercado de games brasileiro.

A primeira iniciativa é uma parceria com a GamersFirst, publisher dedicada a jogos online gratuitos . Além disso, a companhia promete manter atualizações em Taikodom: Living Universe e o passo mais curioso é o início do desenvolvimento de games para o Playstation 3 da Sony, marcado para ocorrer ainda em 2012.

O acordo firmado com a GamersFirst permitirá que a Hoplon publique jogos aqui no Brasil com exclusividade, como é o caso do MMO Fallen Earth. A ideia da empresa é manter o modelo free-to-play, mantendo a jogatina isenta de custos e cobrando na venda de itens. Além disso, os títulos da GamersFist que vierem ao Brasil pela Hoplon contarão com servidores, suporte e atendimento local.

Estamos muito orgulhosos de representar uma empresa como a GamersFirst. Nossa primeira intenção era distribuir Taikodom: Living Universe no exterior, o que aproximou as duas empresas e acabamos por fechar um acordo bilateral”, disse Tarqüinio Teles, presidente da Hoplon Infotainment.

Esse primeiro game a ser lançado, Fallen Earth, basicamente é um shooter em primeira pessoa que mescla elementos de RPG. O objetivo do jogador é se unir a uma facção (seis no total) para tomar o controle de territórios e as cerca de 70 cidades para perpetuar a sua cultura num mundo pós-apocalíptico. Um dos destaques é que 95% dos itens adquiríveis no game são criadas pelos próprios jogadores.

Sobre Taikodom, a Hoplon anunciou que a nova atualização será lançada em meados de agosto, contando com novos conteúdos como naves, itens, eventos e um modo de conquista de território. Ou seja, manter a série viva entre os brasileiros. Quanto ao desenvolvimento de games para o PS3 a Hoplon não deu qualquer detalhe de como isso deve funcionar, então aguardaremos notícias!

Enquanto isso confira de que se trata o Fallen Earth no vídeo abaixo:

Nintendo revela os detalhes de Mario Tennis Open para 3DS

Mario Tennis Open

A Nintendo anunciou os principais detalhes do game Mario Tennis Open, que chega ainda em breve para o Nintendo 3DS. De acordo com a gigante japonesa, um dos grandes focos do jogo é o modo online, possibilitando que os jogadores tirem proveito do StreetPass para organizar partidas com os amigos ou ainda desbloquear personagens novos

No modo online os jogadores podem se enfrentar ou se aliar contra outros oponentes em partidas locais sem fio e organizar pequenos torneios. Haverá ainda um sistema de ranking e medalhas que serão ganhas a cada desafio vencido.

Outro modo de jogo é o “Confronto de Tinta” que se baseia num confronto entre o jogador e as Piranha Plants que ficam cuspindo bolas de tinta do outro lado da quadra. O objetivo neste modo é destruir as bolas de tinta antes que elas se esparramem na quadra.

Ainda de acordo com a produtora, haverão personagens a serem desbloqueados ao longo do jogo ou por intermédio de códigos QR especiais. Entre os personagens secretos estão confirmados Luma, Baby Mario e Dry Bowser.

Para mais informações sobre Mario Tennis Open, visite o site oficial do game. Confira abaixo um trailer do game:

Game indie relembra os clássicos shmups da era MSX

Então você achava que nunca mais veria um game de shmup sendo feito para o MSX? Ledo engano! O GameReporter encontrou um game chamado Genesis: Dawn of a New Day, que foi produzido pelos desenvolvedores entusiastas do retroworks.

O game é bem simples e segue à risca a cartilha dos “games de navinha” do MSX, ou seja, há poucos inimigos no cenário, a música tem aquele tom característico dos sistemas 8 bits, baixo framerate, Power ups e batalhas contra chefes.  Está tudo lá!

E apesar de ser um game que respira a simplicidade, tem uma história de pano de fundo: basicamente você é o piloto-herói destacado para acabar com a ameaça espacial chamada Dork que resolveu invadir nosso planeta.

Para cumprir a missão o jogador deve passar por cinco planetas a fim de coletar partes perdidas da nave Genesis, essas peças aumentam o poder de fogo da nave. Após isso, basta voltar à Terra para derrotar os invasores.

Parece meio forçado, certo? Contudo, analisando friamente a técnica e o objetivo dos desenvolvedores esse é um trabalho digno de nota, apesar de parecer batido frente a pérolas  mais recentes como “Raiden IV” ou “R-Type Dimensions” do Xbox 360.

O grande macete é que Genesis: Dawn of a new Day é um game com alma retro que foi produzido em 2010. Nem faz tanto tempo assim, vai. Caso tenha se interessado o game está disponível para download no site dos produtores e ainda tem um plus: o código fonte do jogo Spectrume está lá no site também.

Confira abaixo o vídeo do game em ação:

Game para Facebook dará carro zero para o grande vencedor

Seu objetivo é um carro novo na garagem? Se você for do tipo criativo e que gosta de jogos sociais então é possível ganhar um carro zero! Isso graças a uma iniciativa da Ford que criou um game para Facebook chamado New Fiesta Time Battle, de acordo com a companhia, o vencedor do desafio ganhará um New Fiesta Hatch.

A ideia da promoção é que os participantes conduzam a versão virtual do veículo por mais tempo possível, além de provar que conhece o novo carro. Outra etapa também é a de criar um vídeo criativo que mostre o porquê você deve ser o ganhador.

A mecânica da promoção é bem simples: a primeira coisa a se fazer é habilitar o aplicativo no seu perfil do facebook, em seguida basta escolher a cor do carro e permanecer o maior tempo possível no carro. Nesta etapa é aberta uma contagem que define os 30 participantes que mais tempo ficaram dentro do carro, serão esses jogadores que prosseguirão para a fase seguinte.

Após isso, é dada início a uma fase mais competitiva em que os competidores podem e devem tirar os adversários de dentro do carro. Uma vez retirado de dentro do veículo você pode ir até outro carro e tirar quem estiver dentro, deste modo acumula-se mais tempo na contagem. O grande macete é que durante o tempo em que você estiver dentro do carro são feitas perguntas sobre o veículo, e conforme você as acerta mais bônus de tempo você vai ganhando.

Os 30 participantes que acumularem mais tempo ganham a chance real de botar a mão no carro, sendo que devem criar um vídeo criativo de 1 minuto que convença o espectador que você merece o New Fiesta Hatch. Os vídeos vão para votação popular e aquele que angariar mais votos leva o carro para casa.

A primeira fase do game vai até o dia 16 de maio de 2012. A apuração dos 30 finalistas será feita de 17 a 21 de maio e o resultado sairá no dia 22. Os vídeos dos finalistas estarão disponíveis para votação na página do Facebook de 20 de junho a 3 de julho. O vencedor do “New Fiesta Time Battle” será anunciado entre as duas primeiras semanas de julho. Mais informações na página oficial da promoção.

Blizzard anuncia guia ilustrado de Diablo III

Um dos games mais aguardados do primeiro semestre certamente é o viciante Diablo III da Blizzard. Difícil é aguardar até o dia 15 de maio para pôr as mãos nesse game, certo? E para deixar os fãs ainda mais ansiosos, a publisher anunciou que além do game, também será lançado em breve um manual de 500 páginas que explica as estratégias e diversas informações sobre o game.

Denominado como “Guia Oficial de Estratégia de Diablo III”, o manual estará todo em português e vem recheado de dicas de como enfrentar os chefões e como criar poderosas armas e armaduras no game.

Além disso, o guia traz descrições dos inimigos, mapas 3D das cidades e equipamentos do jogo. O grande destaque é uma enciclopédia em ordem alfabética que lista todas as criaturas do game, incluindo descrições e atributos, habilidades e comportamentos das criaturas. É ou não um item indispensável para colecionadores?

O guia será publicado pela Editora Europa e terá lançamento simultâneo com a versão gringa. Vale lembrar que o encadernado tem tiragem limitada e segue o formato americano. De acordo com a Blizzard, o guia estará disponível em breve em grandes livrarias e bancas de revistas de todo o país. A publicação tem preço definido em R$ 59,90. Na pré-venda do site da Editora Europa a obra sai por R$ 53,90.

Fãs de Diablo e os mais ávidos colecionadores devem estar fazendo as contas nesse exato momento para adquirir a obra! Você é um grande fã de Diablo? Compraria esse guia?

Brasileiro é convidado para mostrar seu talento na chipmusic em Nova York

Mais uma vez o Brasil mostra sua relevância e força no mundo dos games, ou pelo menos o interesse e profissionalismo dos brasileiros em áreas relacionadas aos videogames. O projeto Pulselooper acaba de ser convidado para o Blip Festival que ocorre no final de maio em New York.

Não entendeu? Calma! É muito simples! O Pulselooper é um projeto de chipmusic (música feita com consoles de videogame) conduzido pelo brasileiro André Pagnossim desde 2009. O diferencial é que o André utiliza apenas consoles e computadores obsoletos em suas apresentações. Para sacar o nível da qualidade de seu trabalho, o Pulselooper já passou por cidades da Alemanha como Berlin e Köln.

Desta vez, porém, o brasileiro foi convidado para mostrar seu trabalho no Blip Festival de Nova York, um importante evento dedicado à gamemusic que ocorre entre os dias 25 a 27 de maio. O grande destaque é que André é o único representante da América latina entre os 17 convidados a participar do evento desse ano

Ficou curioso para conhecer o Pulselooper? Dica: amantes de discotecagem curtem! Confira no vídeo abaixo:

Gameloft lançará 11 jogos para o novo BlackBerry 10

A Gameloft, tradicional produtora de games mobile, parece muito disposta a investir pesado no vindouro BlackBerry 10, pois a companhia anunciou que  irá lançar 11 games para a plataforma. Ao que parece a Gameloft quer manter os jogadores ávidos por tecnologia carregados com seus games.

De acordo com a companhia, os games estão em desenvolvimento através do devkit do próprio BlackBerry 10. Entre os jogos em produção, destaque para N.O.V.A. 3: Near Orbit Vanguard Alliance e A Era do Gelo: Vilarejo.

 “Estamos muito felizes em poder trazer alguns de nossos títulos mais populares à plataforma BlackBerry 10”, disse Ludovic Blondel, Vice-Presidente de Equipamento Original da Gameloft, que ainda prometeu que os usuários do aparelho podem esperar grandes jogos da Gameloft. “Usuários do BlackBerry 10 podem se preparar para uma grande variedade de jogos de alta qualidade de diversos gêneros, incluindo os grandes sucessos Shark Dash e A Era do Gelo: Vilarejo, com uma experiência de jogo melhorada em todos os sentidos.”

Os planos da Gameloft é de disponibilizar alguns desses games já no lançamento do BlackBerry 10, como é o caso de Shark Dash, N.O.V.A. 3: Near Orbit Vanguard Alliance, A Era do Gelo: Vilarejo e Oregon Trail: Os Colonos. Os outros títulos serão lançados meses depois.

O mais interessante é que a publisher anunciou que os preços dos jogos serão muito atrativos aos jogadores. Alguns serão gratuitos enquanto outros terão o preço de até US$6,99. Além disso, a companhia garante que seus games irão aproveitar as características mais marcantes do smartphone como a ferramenta Scoreloop e o multiplayer.

Para mais informações, visite o site da Gameloft em www.gameloft.com.