Todos os post de Luiz Silva

Luiz Silva, jornalista de games formado pela Universidade Paulista. Já escreveu para as revistas da Tambor Digital (EGW, Gameworld), para o site Player 2 entre outras coisas. "Sou um entusiasta por videogames, apesar de jovem já tive até um Atari, minha série favorita é Silent Hill".

Wooga promove Game Jam de jogos casuais para jovens desenvolvedores de games

Wooga Game Jam

Vem aí mais uma Game Jam do circuito internacional para que os novos desenvolvedores mostrem suas habilidades! A Wooga, desenvolvedora dedicada a jogos sociais , anunciou que irá promover uma Game Jam entre os dias 15 a 17 de março de 2013 em sua sede em Berlim. Os desenvolvedores terão um prazo de 48 horas para formular e desenvolver jogos.

O objetivo é criar um game casual free to play para plataformas móveis . Os participantes poderão se unir em grupos de até cinco integrantes. Sabemos o que você está pensando, mas não se preocupe. Berlim é realmente muito longe, mas o site da Wooga informa que irá cobrir as despesas para participantes que forem de fora da cidade alemã. Entretanto os interessados devem submeter-se a uma inscrição no site do evento. Após a análise dos currículos e portfólios é que será decidido quem irá para Berlim.

Além de europeus, a Wooga abriu o convite para a América Latina, incluindo o Brasil. O Game Jam pode se tornar uma oportunidade única para os desenvolvedores, pois alguns executivos e produtores da Wooga estarão acompanhando de perto as atividades desenvolvidas. Além disso, ao final das atividades os participantes irão apresentar seus projetos para uma bancada de juízes da empresa. O próprio site do evento é claro em afirmar que a empresa poderá contratar àqueles que se destacarem.

Mas fique atento: para participar é necessário inglês fluente e possuir alguma experiência em desenvolvimento de jogos eletrônicos. Os interessados deverão fazer a inscrição através do site do evento, local onde também poderão tirar suas dúvidas e encontrar informações detalhadas sobre a Game Jam.

Quem vai participar da Wooga Game Jam?

Site cria vídeo explicando a indústria de games no Brasil

Indústria de games no Brasil

Para nós, que somos brasileiros e apaixonados por games, é muito fácil falar para as pessoas de fora quais são as maiores dificuldades enfrentadas pela nossa indústria. Nem precisa ser um estudioso para saber que os altos impostos e a pirataria minaram por anos o crescimento do mercado de games por aqui.

Entretanto é interessante saber qual a visão que os europeus e americanos tem do nosso país, afinal todo mundo fala que o Brasil é a bola da vez. O pessoal do site Penny Arcade iniciou uma série de vídeos que visa mostrar os diferentes mercados de games pelo mundo e o primeiro episódio é justamente sobre o Brasil.

Durante os mais de 9 minutos de vídeo vemos algumas impressões que são partilhadas pelos americanos, na verdade parece que foi feito um estudo sobre o mercado local de games. O resultado são algumas verdades incontestáveis como os altos impostos, pirataria, falta de investimentos etc.

Naturalmente o vídeo carece de algumas informações e em alguns momentos os problemas parecem mais exagerados do que o são. O vídeo ainda fala sobre a posição de destaque populacional e econômica que o Brasil ocupa na América do Sul, incentivando que os empresários prestem atenção em nosso país também. Mas ainda assim temos um resumo muito bom sobre a indústria de games no Brasil.

Confira no vídeo sobre a indústria de games no Brasil:

Sega apresenta Kingdom Conquest 2 para Android e iOS

Kingdom Conquest 2

Após o sucesso avassalador de Kingdom Conquest, a Sega finalmente lançou a sequência do game para iOS e Android.  Kingdom Conquest 2 foi desenvolvido pela Sega Networks e promete elevar todos os bons elementos multiplayer do jogo anterior.

Desta vez os jogadores acompanham uma terrível batalha no reino de Magna entre exércitos que buscam a total dominação do mundo e de seus valiosos recursos. Os jogadores devem integrar uma das cinco classes disponíveis a fim de se tornar uma força proeminente tanto política quanto militar do mundo. Para isso, você fica livre para forjar alianças ou submeter seus inimigos à vontade.

Como se pode perceber, o foco do game são as partidas multiplayer, porém isso não é tudo. A Sega promete gráficos de peso e os elementos mais bacanas de games de estratégia, contando com pegadas advindas de jogos de cartas, estratégias em tempo real e MMORPGs.

Ao todo, o jogo permite que até quatro jogadores embarquem no modo cooperativo para combater e caçar monstros. Há ainda opção para comprar packs de monstros que ajudarão a facilitar a tarefa de dominar o mundo. Para os jogadores que preferem uma experiência mais completa de jogatina online, a SEGA preparou um assistente automático dentro do jogo.

Deste modo as alianças podem ser forjadas com jogadores de todas as partes do mundo. De acordo com Chris Olson, VP de negócios digitais da Sega of America, Kingdom Conquest 2 tem tudo para se tornar uma referência de game mobile do ano, pois possuiu uma qualidade ímpar e profundidade de gameplay que tornam um game de sucesso.

Vale lembrar que o primeiro Kingdom Conquest chegou a ser bater a marca de 3,5 milhões de downloads pelo mundo. Resta saber se a sequência pode manter o fôlego. Kingdom Conquest 2 já está disponível na App Store e no Google Play com download gratuito.

Abaixo você confere o vídeo de Kingdom Conquest 2:

Conheça Esquadrão Patada, o novo game da Pankeka Games

Esquadrão Patada

O time da Pankeka Games, produtora independente situada em Cuiabá, MT, acaba de lançar um game gratuito para plataformas iOS. Chamado de Esquadrão Patada, o título é um game que mistura plataforma e puzzles a fim de divertir o jogador.

No game você controle uma trupe formada por quatro animais que devem passar por 4 cenários variados, divididos igualmente por quatro prédios. Porém para chegar até a saída o grupo de animais devem passar por puzzles e inimigos perigosos. Você alterna o controle entre um macaco, um tatu, um camaleão e uma anta, cada um com suas próprias habilidades que devem ser usadas de forma sábia para enfrentar os desafios.

O macaco consegue empurrar caixas, o tatu rola por calhas onde nenhum outro animal consegue ir, o camaleão se camufla para não ser visto por inimigos e a anta tem uma enorme força conseguindo quebrar paredes para abrir novos caminhos.

O game conta com 40 fases recheadas de quebra-cabeças bastante elaborados. Como a mecânica do game é um pouco simples, mas não menos divertido, ele é muito indicado para exercitar a mente dos jogadores mais jovens. O título já foi lançado e está disponível para iPhone e iPad. Para acessar o game basta ir até a App Store e proceder com o download gratuito.

Além dos puzzles, o game oferece a possibilidade de postar seus recordes online, integrado ao Game Center, e publicar seu score através de redes sociais.

Abaixo você confere o vídeo do Esquadrão Patada no iPad:

Arkaneiro Demon Hunters, o novo game de American MacGee

Akaneiro Demon Hunters

O célebre produtor American McGee, famoso por títulos como Doom, Quake e o recente Alice, acabou de lançar seu mais novo jogo para Mac e PC. Batizado de Akaneiro Demon Hunters, o título retrata o período Edo no Japão, época em que bravos guerreiros enfrentavam demônios conforme o folclore japonês.

O game foi desenvolvido pelo estúdio Spicy Horse Games de Xangai, China, do próprio McGee e que esteve por trás de Alice: Madness Returns.  Assim como fez com o conto de Alice, McGee utilizou uma obra bastante conhecida como base de seu game, desta vez o jogador encontra uma versão do conto da Chapeuzinho Vermelho mesclado ao folclore nipônico e seus mitos.

Basicamente o jogador irá caçar criaturas lendárias do Japão em um mundo vasto (cerca de 20 mapas). Você irá acompanhar a saga da Order of Arkane, uma organização conhecida como caçadores vermelhos que dedicam suas vidas a combater os temíveis Yokais (monstros, fantasmas e demônios). No mundo dos jogos, eles agem como os famosos Templários do ocidente.

O estilo de jogo é RPG de ação com um estilo visual bastante vivo e vibrante. Além das versões para PC e Mac, a produtora havia disponibilizado uma campanha no Kickstater para financiar versões para Linux e celulares. A meta de 200 mil foi alcançada com sucesso, então é só aguardar informações sobre essas versões.

Voltando a falar da versão de PCs, o game já está disponível e o download é gratuito, porém com algumas restrições. Se o jogador preferir desbloquear todos os mapas e conteúdos, terá a opção de fazê-lo desembolsando US$ 20 dólares. Além disso, há uma moeda dentro do jogo chamada Karma que possibilita habilitar os conteúdos aos poucos.

Para jogar Akaneiro, os jogadores devem visitar a página oficial, registrarem-se e fazer o download gratuito.

Abaixo, vocês conferem o vídeo de Akaneiro Demon Hunters:

Crystal Dynamics e Dark Horse trazem Lara Croft de volta aos quadrinhos

Lara Croft

Nossa heroína favorita está prestes a retornar com tudo ao mundo dos games e, como não poderia deixar de ser, vamos ver muitos produtos sobre Lara Croft sendo lançados ao longo dos meses. Um dos produtos mais bacanas provavelmente deverá ser a HQ que a Crystal Dynamics está preparando em parceria com a Dark Horse, que já se envolveu em outras quadrinizações de peso como Star Wars, Mass Effect, Aliens, Conan, entre outros.

Assim como no jogo “Tomb Raider” a ser lançado em março, o novo quadrinho “Tomb Raider: The Beginning” trará uma Lara Croft renovada. A história está sob responsabilidade da escritora Rihanna Pratchett, que também está criando o argumento do novo jogo. De acordo com a Dark Horse, o quadrinho irá contar acontecimentos anteriores ao game, contando como a garota se uniu à tripulação do navio Endurance.

“Ao escrever a história da origem de Lara para o jogo eu tinha muitas ideias sobre o mundo e os outros personagens que a habitam, e a história por trás de sua jornada. Foi ótimo poder expandir o mundo de Tomb Raider e trabalhar com a equipe talentosa Dark Horse para trazer Lara Croft de volta aos quadrinhos”, disse Rihanna.

A Dark Horse planeja uma compilação de 48 páginas em capa dura em seis partes. Lara Croft retorna aos quadrinhos após um longo hiato de oito anos desde que a Top Chow encerrou a série Tomb Raider em 2005. O quadrinho ainda não tem data de lançamento para as bancas, mas a Dark Horse promete que mais notícias estarão disponíveis em breve.

Enquanto isso, vamos com trailer de Lara Croft:

Tectoy Studios abre vaga para programador Android

Tectoy Programador Android

Outra oportunidade para game designers e programadores de jogos! A Tectoy Studios está a procura de um programador Android para trabalhar com o Tablet Android da própria Tectoy. O funcionário irá auxiliar no desenvolvimento de protótipos e arquitetura de novos aplicativos para o aparelho.

Para se candidatar a vaga é exigida formação em Engenharia ou Ciência da Computação ou áreas relacionadas. Também é necessário idioma inglês em nível avançado tanto para leitura quanto para escrita e bons conhecimentos de plataforma Java.

Além de boa comunicação, serão diferenciais para o candidato se tiver experiências com a plataforma Android e conhecimentos da metodologia Agile de desenvolvimento. Sálarios, horas trabalhadas e demais informações sobre a vaga serão passadas aos candidatos que preencherem os requisitos. Se a vaga é do seu interesse, basta enviar seu currículo e portfólio para o e-mail rh@tectoy.com.br com o assunto Programador Android.

Depois é só aguardar! Boa sorte programador Android ;)

Espelho de Londres: Game Insight lança jogo de detetives para iPad

Espelho de Londres

A Game Insight acabou de trazer um novo game para o iPad com lançamento especial para o Brasil. Trata-se de Espelho de Londres, game que utiliza elementos consagrados de Mystery Manor da própria Game Insight e que já foi jogador por 25 milhões de jogadores mundo afora.  O game coloca o jogador no controle de um detetive na época da Inglaterra Vitoriana com o objetivo de enfrentar uma perigosa quadrilha comandada pela Rainha Vermelha.

O engraçado é que o game mistura elementos das obras de Conan Doyle (Sherlock Holmes) e Lewis Carroll (Alice no País das Maravilhas). Deste modo, além do clima de suspense e mistério, o jogador irá se deparar com figuras fantasiosas como o policial conhecido por Gato que Ri e o inexplicável Chapeleiro Louco. Durante a aventura o jogador enfrenta os criminosos e explora as ruas de uma Londres totalmente artística em busca de pistas para resolver novos mistérios.

Basicamente você encontra um game com histórias paralelas, e variadas missões que desafiam o poder de observação do jogador, que deve encontrar itens escondidos e puzzles para forçar a inteligência. Além disso, é necessário ter cuidado com as evidências oferecidas pelos estranhos personagens que surgem pelo caminho.

De acordo com a Game Insight, Espelhos de Londres oferece uma experiência de jogo mais refinada que seu título anterior – Mystery Manor – graças a gráficos melhorados e configurações não usuais em jogos do gênero “busca de objetos”.

Ainda visando o sucesso entre os jogadores brasileiros, a produtora lançou o game traduzido para o nosso idioma e adaptar conteúdo original como um Sambódromo, itens colecionáveis com estilos de Samba, símbolos do Brasil, entre outros. Com essas adaptações o game fica mais com a cara do Carnaval brasileiro, certo? O game já está disponível para download gratuito na App Store.

Confira o vídeo do jogo o Espelho de Londres:

Wooga registra 500 mil novos usuários por mês em Diamond Dash

Diamond Dash

A produtora Wooga está em ritmo de festa, pois um de seus jogos está fazendo muito sucesso entre os jogadores. O game Diamond Dash já possuía versões para Facebook e iOS, porém a versão para Android foi lançada apenas recentemente. Para surpresa da produtora o título foi acessado 500 mil vezes em um período de apenas 30 dias, compreendendo o final de dezembro até o final de janeiro. Naturalmente o número é a somatória das variadas versões.

Diamond Dash foi lançado em meados de março de 2011 e desde aquela época o game foi acessado por 70 milhões de pessoas apenas na internet, enquanto que outras 30 milhões em versões mobile, tornando o game um dos títulos sociais mais jogados no mundo. De acordo com a Wooga, o game tem média de 550 mil por mês na versão Facebook e cerca de 100 mil na versão mobile.

A nova versão para Android surgiu para reforçar a posição de destaque que a companhia conquistou no mercado. De acordo com a Wooga, o que faz do game um sucesso é o fator casual que acaba atraindo jogadores para partidas rápidas e divertidas. “Desenvolvemos Diamond Dash para que possa ser jogado enquanto estiver na fila do café e para sair um pouco da rotina do dia-a-dia”, conta Jens Begemann, CEO da Wooga.

É difícil encontrar alguém que nunca  tenha visto Diamond Dash em ação, ou uma versão semelhante de outra empresa. Mas para quem nunca viu, o game é um puzzle que consiste no jogador apontar o maior numero de pedras da mesma cor que estejam interligadas em um período de 60 segundo. O jogo é muito simples e viciante, mas demanda reflexos rápidos e inteligência do jogador para subir a pontuação.

Abaixo você vê um vídeo de Diamond Dash:

Behold Studios abre vaga programado​r HTML5

html5

Mais uma oportunidade profissional surge para quem almeja trabalhar com jogos eletrônicos, porém desta vez a vaga é para os brasilienses. A produtora Behold Studios, famosa por jogos como Monster Jam e Knights of Pen & Paper, está à procura de profissional qualificado em programação e produção de jogos na linguagem HTML5 para criação de novo projeto em redes sociais e plataformas móveis.

A vaga é para um projeto específico, ainda não divulgado, e por isso tem tempo definido de contrato: 2 meses. De acordo com a produtora, a remuneração bruta é de R$ 5.000,00. Nada mal, hein? Porém, para se candidatar a vaga é necessário preencher alguns requisitos: é desejável que o candidato possua conhecimentos prévios em desenvolvimento de games, PHP + MySQL, Facebook API e HTML5 para iOS e Android.

O local de trabalho é na CLN 405, Comercial Norte em Brasília, DF. A Behold promete um ambiente de trabalho descontraído e com oportunidades para tirar o estresse, como trajes informais e sessões de jogatina num Mega Drive.

Para se candidatar a vaga basta enviar seu portfólio e currículo para o e-mail rh@beholdstudios.com.br, com assunto: “Vaga HTML5”.

Depois é só torcer para seu perfil se encaixar na vaga!