Todos os post de Luiz Silva

Luiz Silva, jornalista de games formado pela Universidade Paulista. Já escreveu para as revistas da Tambor Digital (EGW, Gameworld), para o site Player 2 entre outras coisas. "Sou um entusiasta por videogames, apesar de jovem já tive até um Atari, minha série favorita é Silent Hill".

Emprego na área de games: Finalboss abre vaga para ilustrador

Emprego na área de games

Mais uma promissora oportunidade para quem busca um emprego na área de games no Brasil. A empresa Finalboss, sediada no Rio de Janeiro, está em busca de um ilustrador para produzir concepts e telas para os futuros jogos de empresa.

De acordo com a companhia, é desejável que o candidatos tenham conhecimentos em anatomia, composição e saiba harmonizar as cores. Além disso, é imprescindível conhecimentos em Adobe Photoshop ou Illustrator, também é desejável que o candidato seja capaz de ilustrar em diferentes estilos.

Nem é preciso mencionar que o contratado deve ter paixão por games, ter real interesse em animação e algum tipo de experiência na área. A vaga prevê um contrato de 40 horas semanais e o novo funcionário trabalhará na sede da Finalboss no Centro da Capital Carioca. O salário será combinado entre a empresa contratante e o candidato.

Se você se interessou pela vaga, basta enviar seu portfólio online para o e-mail para marciovivas@finalboss.com. Uma boa sorte!

Game+: revista digital sobre games voltada para usuários de tablets

Revista Digital

Por que não criar uma revista digital de games voltada para os tablets? Essa foi a idéia do designer Alessandro Bueno que aceitou o desafio e resolveu criar a Revista Game+, uma revista digital voltada ao público gamer e que pretende ser totalmente interativa.

De acordo com os desenvolvedores, a revista será lançada no próximo dia 8 de julho de 2012 e será totalmente gratuita. A idéia tomou forma assim que Alessandro percebeu que não existem revistas dedicadas aos usuários de tablets, além disso, o desenvolvedor notou que as revistas digitais tem uma diagramação e estilo bem semelhante às revistas impressas.

O plano então é criar uma revista digital interativa que contenha matérias, análises, lançamentos, cobertura de eventos, colunas de colaboradores e conteúdo exclusivo. A revista terá ainda conteúdos que envolvem toda a tecnologia digital. Em outras palavras, se você tem um tablet e gosta de videogames, prepare-se pois em breve haverá uma revista especialmente voltada a você.

Mais informações sobre a revista Game+, acesse a página oficial da publicação no Facebook.

Vaga de estágio para programação de games e aplicativos

Programação de Games

O estúdio Up Top Games tem planos de expansão e um desses passos é o de desenvolver aplicativos para smartphones, além de programação de games. Para isso, o estúdio baseado na cidade de São Paulo abriu uma vaga de estágio para estudantes dos Cursos de Ciência da Computação.

A empresa busca candidatos que possuam facilidade com programação, habilidade com lógica e flexibilidade de horário. O estagiário irá participar nas etapas de programação e elaboração dos futuros jogos e aplicativos do estúdio.

O salário oferecido é de R$ 1.000,00 mais benefícios como Vale Transporte e um bônus variável de acordo com a performance desempenhada, que pode chegar até 30 salários no ano. Além disso, a empresa oferece um plano de carreira para o estagiário que pode chegar a se tornar sócio do estúdio, com direito a participação nos lucros. O tempo de estágio é de 30 horas semanais.

A Up Top Games é um estúdio relativamente novo, sua criação foi no final de 2011, porém eles já possuem alguns jogos interessantes em seu portfólio como o Crazy Soap e o Croc Crusher. O escritório fica localizado na região do Brás a apenas 5 minutos da Estação D. Pedro II do Metrô. Os candidatos interessados devem enviar currículo para o e-mail: uptopgames@gmail.com.

Ecogames anuncia versão Premium de Spec Ops The Line

Spec Ops The Line

No momento que você estiver lendo isso o pessoal da Ecogames estará muito atarefado cuidando do lançamento do pacote Premium do jogo Spec Ops The Line, título da MistWalker com lançamento previsto para o dia 10 de julho de 2012 nas plataformas Xbox 360, PC e Playstation 3.

De acordo com a companhia, o pacote Premium (chamado de Fubar Pack) contém vários bônus interessantes, que incluem um fuzil russo AK-47,  mais ganho de experiência durante duas semanas, mais opções de customização de personagens e acessórios, além da exclusiva classe Officer que fica disponíveis desde o nível 1.

No game, o jogador deve entrar na pela do capitão Martin Walker que deve proteger os sobreviventes da cidade de Dubai, que foi devastada por uma tempestade de areia e agora se vê invadida por forças militares hostis. Para ter êxito na missão, você deve ajudar o Capitão a vencer os soldados inimigos e coordenar sua tropa através de tempestades de areia.

O grande macete do game é que as tempestades de areia desnorteiam a equipe de três soldados, e como seu dever é mantê-los unidos, a missão é dificultada em muito, exigindo do jogador perícia e estratégia. A cidade de Dubai representada no jogo é repleta de armadilhas e soldados inimigos que não darão descanso durante as missões.

O game chega com o preço sugerido de R$ 179,90 nas principais lojas do Brasil. Abaixo você confere o trailer do game:

Telhados Verdes: um game de educação para a sustentabilidade

A Rio+20 já passou, porém deixou uma importante marca entre as pessoas preocupadas com o meio ambiente: a sensação de que a militância não pode cessar se quisermos preservar o planeta. O pessoal da Oi Futuro é uma das empresas que sentiram a importância da criação de games preocupados com a sustentabilidade, e deste modo surgiu o game Telhados Verdes.

O game foi lançado no final de junho para o Facebook e desafia o jogador a criar uma escola sustentável, tendo de posteriormente administrar os recursos naturais, financeiros e humanos da instituição em um patamar aceitável sem agredir o meio-ambiente.

O desenvolvimento do projeto ficou a cargo do estúdio Ratto, que tem experiência na criação de games para a internet e dispositivos móveis. O público alvo do game são os jovens e a Oi Futuro pensou justamente em criar um game do tipo, pois a intenção é mostrar de forma clara e objetiva para o futuro do país a importância do cuidado com o ambiente.

Para o Oi Futuro, game é coisa séria. Com a criação de Telhados Verdes, a Oi reafirma seu compromisso com a preservação ambiental, usando novas tecnologias na educação para a sustentabilidade”, disse George Moraes, vice-presidente do Oi Futuro.

O esquema do game é bem fácil de aprender: você torna-se o diretor de uma escola e seu dever é melhorá-la com o dinheiro que for disponibilizado. Você deve começar com salas de aula simples, diretoria, banheiros, quadras etc. Até aí tudo certo, hein? A coisa começa a ganhar ares mais verdes quando você tiver de remodelar as estruturas do seu templo do saber visando a sustentabilidade, ou seja, construindo laboratórios de pesquisa sobre tecnologias sustentáveis e tomando ações concretas que visem a preservação e dando a consciência verde a seus alunos.

Conforme sua escola vai ficando mais “verde”, você vai ganhando pontos no Coeficiente Verde para avançar em novas fases. Esse Coeficiente Verde serve como um medidor que lhe diz o quão engajada e importante é sua escola para os preceitos de sustentabilidade junto à comunidade.

Parece bem fácil, certo? Na verdade o game vai ganhando uma dose de complexidade nos desafios conforme as fases vão sendo passadas. Então não espere que as coisas perpetuem-se na facilidade até o final do jogo. Mas apostamos que Telhados Verdes não apenas pode render algumas horas de diversão, como também vai afiar seu senso de sustentabilidade!

Nuuvem anuncia o lançamento do RPG Krater. Quem vai baixar?

RPG Krater

A plataforma de distribuição digital de games Nuuvem anunciou que seus usuários já podem baixar o game de RPG Krater. Para quem não conhece, o game foi desenvolvido pelo estúdio sueco Fastshark e tem seu ambiente em um futuro pós-apocalíptico onde o jogador é colocado no meio de uma disputa entre três facções que disputam o controle de uma cratera que dá acesso a um mundo subterrâneo.

A versão principal contém o primeiro episódio da campanha que abre uma das três nações localizadas no interior da cratera. Além disso, os jogadores terão a sua disposição algumas atualizações gratuitas que trazem novos desafios, cavernas e personagens para a jogatina online. Futuramente haverão expansões que prometem trazer novas campanhas para o jogador.

 “Nós convidamos todos os jogadores a experimentarem o novo game hit Indie sensação do momento, desenvolvido pelo estúdio sueco Fastshark,” convida Thiago Diniz, CEO da Nuuvem. “Em Krater, a morte e os ferimentos realmente significam algo. O título traz de volta a sensação de sentir medo de morrer, como nos velhos títulos do gênero RPG.”

O título pode ser adquirido através do site da Nuuvem e tem o preço sugerido de R$ 29,90. Alguém aí já conhecia o Krater?

Campaign: primeiro game de agência de publicidade da história

Campaign / The GAmes

A Insolita Studios lançou há poucos dias o game Campaign, um título bem peculiar e que explora uma área muito pouco visada pelos jogadores e desenvolvedores. No jogo, você fica responsável por uma agência de publicidade e para obter sucesso deve bolar campanhas inventivas a fim de trazer as contas de importantes marcas do mundo para sua agência.

O jogador deve tocar os negócios da agência em um período de tempo que vai dos anos 1980 aos anos 2000, durante esses anos você deve trabalhar com estrelas, ganhar prêmios e organizar eventos se quiser garantir que sua agência será a maior do mundo. Porém não faça nada precipitado, pois além dos concorrentes você também deve lidar com clientes que não querem saber de nada que não seja números.

O game é fruto da parceria entre o Insolita Studios e a mente criativa de Thomas Egas. Mais informações do jogo podem ser acessadas no do site do game. O download é feito através da App Store para dispositivos iOS.

Emprego games: MangoLab abre vagas para ilustrador e programador

Emprego games

Emprego games: mais uma oportunidade na área de jogos digitais para quem procura se estabelecer como game designer no Brasil. A MangoLab, produtora focada em jogos casuais para plataformas mobile com sede em São Paulo, acabou de abrir uma vaga para programador e ilustrador.

Para se candidatar para a vaga de programador é necessário possuir conhecimentos em lógica de programação, facilidade para assimilar novas linguagens e sobretudo saber trabalhar em equipe. O profissional irá integrar uma equipe destacada para produzir games para dispositivos móbile, como iOS, Android, Windows Phone e BlackBerry 10.

Já a vaga de ilustrador não exige experiência em outros games, porém alguma experiência é desejável. O profissional ficará encarregado de criar personagens, interfaces e animações para os jogos em 2D. Em outras palavras, muito da parte criativa do game vai passar pelas mãos do ilustrador.

O estúdio tem sede em São Paulo e seu foco são os jogos casuais para dispositivos móveis. O interessante é que o MangoLab é um estúdio brasileiro que está sintonizado com o que ocorre em eventos de games nacionais e internacionais a fim de manter a equipe atualizada.

Para se candidatar a qualquer uma das vags é necessário enviar o currículo e o portfólio atualizado para o seguinte endereço de e-mail: support@mangolabstudio.com especificando qual o cargo desejado. Depois é só torcer para dar certo, agarrar a oportunidade e decolar na carreira.

Livro de game design Regras do Jogo chega ao Brasil

Regras do Jogo - Livros de Game Design

Aí vai uma dica preciosa para desenvolvedores que estão buscando boas referencias na hora de desenvolver seus games, ou apenas gostariam de um pouco de teoria na estante para servir de base a seus projetos. Trata-se da coleção “Regras do Jogo”, uma tradução do livro Rules of Play, escrita por Katie Salem e Eric Zimmernan e trazida ao Brasil pela editora Blucher.

Na obra são abordados os aspectos teóricos básicos do game design, propondo discussões críticas sobre as potencialidades dos jogos, desde os mais simplistas aos mais engenhosos. Em outras palavras, a coleção é um verdadeiro estudo da profundidade que um game pode e deve fazer, e não apenas uma mera análise conceitual do que eles fazem atualmente.

De acordo com os responsáveis pela obra, há um estímulo a decodificação dos jogos, permitindo que o leitor os compreenda melhor a partir de seu desenvolvimento. Regras do Jogo traz ainda um debate sobre o passado, presente e futuro do desenvolvimento dos jogos eletrônicos, devendo situar os novos estudantes de gamedev sobre os caminhos que a indústria deve trilhar. A obra foi dividida em quatro volumes visando tornar a leitura mais leve e prazerosa.

A obra completa tem o preço sugerido de R$195,00, podendo ser adquirida através das principais livrarias do país. Vale dizer que a obra já recebeu elogios de importantes nomes da indústria dos games como Will Wright, por exemplo. Mais informações da coleção podem ser adquiridas no site da editora Blucher.

Hoplon remunera jogadores para testarem Taikodom Living Universe

Taikodom Living Universe

Você é um jogador atento aos detalhes e conhece o Taikodom Living Universe? É capaz de identificar bugs nos jogos que nem mesmos seus amigos conseguem? Pois bem, eis uma chance de utilizar seus talentos para ganhar um dinheiro e ajudar a tornar o jogo Taikodom Living Universe melhor.

A produtora brasileira Hoplon firmou uma parceria com a empresa Crowdtest, especializada em Quality Assurance. A dinâmica é a sehuinte: serão abertas 500 vagas para testadores, que receberão de R$ 5,00 a R$ 50,oo por cada bug inédito encontrado no game. Além disso, os dois testadores que encontrarem mais bugs no game, com no mínimo 20 bugs válidos, receberão prêmios.

Os testes de Taikodom Living Universe serão realizados numa versão diferente do jogo, permitindo acesso livre dos testadores para encontrar as prováveis falhas. Para facilitar o trabalho, eles receberão ainda uma quantia de “Hoplons”, dinheiro do game, para comprar os itens e acessórios das lojas in-game.

E aí, gamer? Você se habilita a ser um testador do novo Taikodom. Lembre-se que o game pode ser melhorado com a sua ajuda! Mais detalhes de como proceder e o regulamento completo estão no site da Crowdtest, na sessão “Quero ser um testador”.