Todos os post de Luiz Silva

Luiz Silva, jornalista de games formado pela Universidade Paulista. Já escreveu para as revistas da Tambor Digital (EGW, Gameworld), para o site Player 2 entre outras coisas. "Sou um entusiasta por videogames, apesar de jovem já tive até um Atari, minha série favorita é Silent Hill".

Curso da escola Happy Code ensina desenvolvimento de games para idosos e prova que programação não tem idade

Enquanto a geração atual nasceu em um universo digital e usa a tecnologia com facilidade, para os mais velhos, essa tarefa demanda mais aprendizado do que intuição. Entretanto é notório que pessoas mais velhas estão estreitando relação com a tecnologia graças a internet e aos smartphones. Pensando nisso e também para incentivar a inclusão e acabar com esse estereótipo, a Happy Code, escola referência no ensino de tecnologia e inovação para crianças e adolescentes, desenvolveu um curso programação para esse público mais experiente, o Sênior Game. Voltado para maiores de 60 anos, lá os alunos aprendem os conceitos básicos, criando seus próprios games e estimulando o pensamento empreendedor.

De acordo com a Happy Code, as aulas são baseadas em projetos, que são concretizados de forma divertida e com trabalho em equipe, aliando entretenimento, saúde, socialização e autonomia. Na grade curricular, constam as disciplinas de Programação de Games 2D de Plataforma (como o jogo Mário), Lógica de Programação, Empreendedorismo e Letramento Digital. A família conta com um importante papel nesse processo, uma vez que um dos objetivos do curso é aproximar gerações, com avós e netos unidos e usando juntos a tecnologia. Ao estimular o convívio familiar, a formação também promove melhora na qualidade de vida desses estudantes.

“O contato com a tecnologia bem direcionada e aliada ao aprendizado de programação desenvolve o pensamento humano para sempre buscar a melhor, mais eficaz e eficiente solução para determinado problema”, explica Alexandre Luercio, diretor de Marketing da Happy Code. Segundo ele, o Senior Game, exclusivo e pioneiro no país, chega para inovar e desconstruir a imagem de que os mais velhos não  possuem essa aptidão. “Os avós não são mais aqueles velhinhos que ficam só costurando ou jogando xadrez. Além dessas tarefas, eles se incorporaram às redes sociais, smartphones e aplicativos. No curso, nós vamos ajudá-los a usar os conhecimentos da melhor forma possível. Quem sabe daqui a um tempo, eles desenvolvem um aplicativo de sucesso entre os mais novos ou até mesmo um que supra suas próprias necessidades? Nunca é tarde para aprender a codificar”, projeta Luercio.

Fundador da Happy Code, Rodrigo Santos
Fundador da Happy Code, Rodrigo Santos

Essa está se tornando uma das habilidades fundamentais deste século. Como previu Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, que previu que em 15 anos a programação seria grade curricular tão comum quanto a escrita e leitura. A Happy Code promoverá uma aula demonstrativa e gratuita do curso Sênior Game para maiores de 60 anos hoje (19/01) para cerca de 12 idosos na unidade de Perdizes. A intenção é testificar que o curso pode ser facilmente adaptado para pessoas mais velhas.

Sobre a Happy Code

Para quem não conhece, a Happy Code é uma escola de tecnologia e inovação voltada para crianças e adolescentes de 5 a 17 anos. Sua metodologia de ensino é baseada no conceito global STEAM – Science, Technology, Engineering, Arts and Math, que une o conteúdo de disciplinas fundamentais, formando alunos mais preparados e capacitados para os desafios do dia a dia.

A escola oferece cursos interativos de programação de computadores, robótica com drones, desenvolvimento de games e aplicativos, além de produção e edição de vídeos para o Youtube. Até o momento, são 51 unidades, sendo 19 delas já em funcionamento, 27 em fase de implementação e cinco em fase contratual. Mais informações no site da instituição.

CNB Arena transmitirá todas as partidas da temporada de 2017 do CBLoL

A CNB dará seu primeiro passo na temporada 2017 neste sábado em partida contra o INTZ eSports. Se em 2016 os fãs de League of Legends tiveram motivos de sobras para comemorar o enorme crescimento do Campeonato Brasileiro (CBLOL) da modalidade, para este ano a expectativa é ainda maior e já tem data para começar. Os torcedores da equipe podem apoiar a equipe de forma mais confortável, pois a equipe acaba de anunciar uma ação inédita: todas as partidas serão transmitidas na CNB Arena, trazendo um ambiente especial para os torcedores.

Não apenas as partidas da CNB serão transmitidas na Arena, mas também as partidas de todas as equipes. Além das transmissões, o objetivo da ação é criar um espaço intimista, onde todos os visitantes participarão de sorteios exclusivos, e poderão interagir com membros do CNB, além de conhecer o local de treino dos Blumers e, claro, construir um ambiente que vá unir as torcidas.

“Esse projeto é um sonho pessoal nosso que estamos conseguindo colocar em prática. Nós queremos ver o CNB alçando voos cada vez maiores, mas, também pensamos nos e-Sports como um todo, então resolvemos investir na arena e na transmissão de jogos de todos os times para criarmos um ambiente diferenciado para todos os fãs dos jogos eletrônicos“ comenta Carlos Júnior, um dos sócios fundadores da equipe.

Sonho antigo do CNB, o projeto da arena já vinha sido pensado desde 2009, e o sonho começou a se tornar realidade desde o último mês de novembro. Com a novidade, a expectativa é de que 15 mil torcedores possam conhecer o local durante o primeiro ano, criando um engajamento cada vez maior para o clube.

Os fãs de League of Legens já podem adquirir os ingressos através do site oficial da Arena. Os valores variam de R$ 30,00 a R$ 100,00 por rodada e de R$ 200,00 a R$ 400,00 para o passaporte que dá direito a todas as transmissões do 1

 

Serviço – Transmissões da temporada de 2017 do CBLOL na CNB Arena

Local: CNB Arena

Endereço: Av. Jonia, 664 São Paulo, SP.

Sitehttp://arena.cnbesc.com.br/loja/

Valor: de R$ 30,00 a R$ 100,00 (rodada) e de R$ 200,00 a R$ 400,00 (temporada)

Totalmente renovado, INTZ estreia neste sábado (21) no CBLoL 2017

Após uma temporada extremamente bem-sucedida, a equipe da INTZ eSports dará seu primeiro passo rumo a uma campanha igualmente vitoriosa no Circuito Brasileiro de League of Legends (CBLoL) 2017. Pelo menos é isso que a equipe espera com sua nova lineup. A trajetória começa neste sábado (21) às 15h, em partida oficial contra a respeitada equipe CNB eSports, com transmissão via Twitch.

Entre os novos rostos da INTZ estão Marcelo “Ayel” Mello (topo), Gabriel “Turtle” Peixoto (caçador) e Bruno “Envy” Farias (meio) juntam-se a Micael “micaO” Rodrigues (atirador) e a Luan “Jockster” Cardoso (suporte). A intenção da comissão técnica é trazer renovação e confiança para continuar trazendo os troféus. De acordo com Cláudio Godoi, Mind Coach da equipe, os treinos foram intensos e extremamente satisfatórios. Os jogadores “experientes” destacam o trabalho realizado durante a pré-temporada.

“Estamos treinando com dedicação dobrada em busca do entrosamento, já que trocamos mais da metade da equipe para esse ano. Eu, particularmente, estou muito motivado e posso garantir que todos vão dar o sangue para ganhar. Durante as férias, já não via a hora de voltar a jogar e começar logo o CBLoL. Eu, Jockster e todo staff estamos dando todo apoio e temos total confiança nos novos jogadores. O espírito está bem legal e esperamos conseguir bons resultados para os nossos torcedores”, afirmou micaO.

Na temporada passada, os Intrépidos conseguiram a façanha inédita para qualquer clube no cenário nacional – conquistar os dois splits do Campeonato Brasileiro de League of Legends em um mesmo ano (o primeiro vendo a Keyd na decisão e o segundo, a CNB), o tricampeonato do Brasil Mega Arena e o Desafio Invocadores – todos de forma invicta.

micaoNo âmbito internacional, o INTZ teve êxito no International Wildcard Qualifier, com um triunfo por emocionantes 3 a 2 diante dos turcos da Dark Passagem que garantiu vaga no Mundial dos Estados Unidos. Apesar de não conseguir avançar para a fase de playoffs, a participação ficou marcada pela vitória sobre a Edward Gaming, da China, o que foi considerado o maior feito de uma equipe brasileira em toda a história do LoL.

“Tivemos o melhor ano da história de um clube na categoria do League of Legends, graças ao esforço de todos os envolvidos. Aquele quinteto está eternizado e merece todos os elogios. Agora, estamos em uma nova etapa, apostando na mesma filosofia que usamos para formar a equipe campeã de tudo. Confiamos plenamente nos jogadores e na comissão técnica e, pelo que vi dos treinos, tenho certeza de que dedicação e espírito competitivo não vão faltar. Agradecemos todas as manifestações positivas da nossa torcida intrépida”, afirmou o diretor-geral do INTZ, Lucas Almeida.

Confira abaixo os jogos do INTZ na primeira etapa do CBLoL 2017:

 calendario

 

Afine seus ouvidos com Soundtrack Attack, um jogo de ritmo ao som das músicas de Steven Universo

Já imaginou explorar os seis universos apresentados no desenho Steven Universo? Pois é justamente isso que o game Soundtrack Attack permite, além de criar sua própria Cristal Gem personalizada. O título foi desenvolvido pelo Purple Tree, o estúdio argentino responsável pelo sucesso Rockstars de Ooo. A ideia é envolver o jogador nas canções mais populares da série como “Somos as Cristal Gem”, “Mais Forte Que Você”, “Steven e os Stevens”, “Mulher Gigante” e muitas outras.

Em Soundtrack Attack o jogador conta com a ajuda da Garnet, da Pérola e da Ametista durante a aventura. Basicamente é um jogo de plataforma de ação, porém a ação se dá ao passo que o jogador acerta os botões das músicas – o desafio é manter o ritmo das músicas e os efeitos especiais até superar cada nível. O jogador pode adaptar, sustenir ou mudar as notas, seguindo o ritmo das canções da série Steven Universo e, assim, superar os obstáculos até libertar a sua Gem. Cada um dos universos possui dez níveis de dificuldade.

soundtrack-attackCada jogador pode escolher uma Pérola, um Rubi ou um Quartzo e, a partir da seleção, explorar uma paisagem única, corresponde à Gem escolhida. Além disso, os fãs podem personalizar a Gem com seu estilo, acrescentando tipo e cor de cabelo, acessórios, vestuário, escudos e armamentos para se defender. À medida que o jogo evolui, novas opções de personalização vão sendo desbloqueadas.

Soundtrack Attack é um jogo gratuito e já está disponível para Android e iOS. Agora que você já sabe, pratique suas músicas favoritas e transforme-se em uma Cristal Gem! O game é bastante simples e divertido, repleto de ação e efeitos especiais, ideal para os fãs da série e jogadores mais jovens.

Confira o trailer de Soundtrack Attack:

Sweet Meat: envie obstáculos para atrapalhar seus amigos por meio de Tweets

Muitos games possuem interação com o twitter, mas o jogo Sweet Meat faz isso de maneira inovadora: os jogadores influenciam o desempenho dos adversários por meio de Tweets. Para quem não conhece, Sweet Meat é um infinite runner para Android e iOS criado pela desenvolvedora argentina OneEyeAnt. O jogador precisa correr e vencer ameaças como motosserras, campos minados, unicórnios, galinhas em chamas e outros perigos – armadilhas que podem ser enviadas por adversários via Twitter.

O envio de obstáculos aos competidores é possível via Twitter de maneira bastante simples: basta publicar um Tweet com a hashtag do game (#SweetMeatRunner) juntamente com a hashtag de uma ameaça, como #chickenstorm, por exemplo, que faz com que uma chuva de galinhas apareça no caminho de todos aqueles que estiverem jogando no momento. As opções de armadilhas podem ser visualizadas em um menu que aparece no início ou na pausa do jogo.

O macete é que o esquema de ranking mostra quem é o melhor jogador independente dos obstáculos que os jogadores mandarem pelo twitter. É possível ainda enviar um obstáculo a um amigo ou jogador específico mencionando o seu nome de usuário do Twitter juntamente com as hashtags do game e da armadilha escolhida.

“Queríamos criar um jogo distinto e realmente social. Por isso, nos inspiramos em características próprias das plataformas digitais como o compartilhamento, o humor e a interação entre amigos, e as transformamos em uma parte central do Sweet Meat. Para tornar essa integração realidade, buscamos uma plataforma que nos desse a capacidade de trabalhar o conteúdo em tempo real e atingir um grande número de pessoas – benefícios que o Twitter proporciona”, afirma Alejandro Jeroz, CMO da OneEyeAnt.

Além da inovadora integração com o twitter, Sweet Meat tem outros atrativos, como personagens divertidos, visuais cartunescos belíssimos e comandos simples. O nível de dificuldade também é bastante alto, sendo ideal para quem busca desafios e uma jogatina cheia de adrenalina. Inclusive há desafios diários. Para jogar Sweet Meat, disponível em Português e mais cinco idiomas (espanhol, inglês, francês, alemão e italiano), basta baixar o aplicativo que já está disponível para iOS e Android.

Abaixo tem o trailer de Sweet Meat:

Campus Party 2017 recebe workshop Gamificação com a imersão do Storytelling

Quem estiver pela Campus Party 2017 poderá ter a oportunidade de aprender sobre o desenvolvimento de roteiro para jogos eletrônicos, pois o professor Alexandre Santos realizará um workshop para explicar técnicas, exemplos e práticas para a construção de gamificação empresarial com foco em Storytelling. De acordo com Alexandre, os participantes aprenderão a criação de um transmídia, mecânicas de imersão narrativa e alinhamentos entre gameplay e narrativas através de pontos chaves de imersão.

O workshop Gamificação com Imersão Narrativa ocorre nos dias 02/02 às 18h15 e 11/02 às 09h00 no palco Entretenimento da Campus Party 2017.  A apresentação do dia 11 será maior graças a uma parceria com a Escola Brasileira de Games. Neste dia serão quatro horas dedicadas a explicar a construção de roteiros e mostras de exercícios e ferramentas de criação de narrativas interativas.

2j1mexa7Para quem não conhece, Alexandre Santos é game writer/designer de narrativas e autor, representou o Brasil em uma antologia mundial de Scifi, trabalhou no primeiro evento gamificado com transmidia storytelling do Brasil, e é um dos autores da Storytellers Brand’Fiction. O professor participou recentemente do case gamificação com transmidia storytelling da América Latina com a Storytellers. Lá ele conseguiu reunir algumas ideias sobre o poder da conexão do jogo (rito) com o storytelling (mito) em ações que usam a gamificação

O workshop dentro da Campus Party 2017 é ideal para novos game designers e escritores que desejam saber mais sobre o desenvolvimento de uma boa trama. Quem já leu algo de games designers sabe que as emoções e o drama não fazem parte do controle dos designers, mas que na verdade elas são de responsabilidade dos roteiristas e storytellers.  Então será possível unificar essas duas forças em uma estratégia empresarial? A ideia é justamente essa.

 

Serviço – Campus Party 2017 – Gamificação com Imersão Narrativa

Onde – Campus Party 2017 – Pavilhão de Exposições Anhembi – São Paulo/SP
Quando – De 31 de janeiro a 5 de fevereiro de 2017
Quanto – Entrada individual – R$ 220

Escape Hotel lança jogo Drácula para comemorar 120 anos do famoso vampiro

A sexta-feira 13 é uma data icônica para os amantes de terror e para celebrar a data o Escape Hotel criou a sala Drácula, onde os visitantes devem resolver uma série de quebra-cabeças para escapar da sala em apenas uma hora.  A inauguração também serve para comemorar os 120 anos do nascimento do sanguinário vampiro criado por Bram Stoker. Esta inauguração entra em consonância com a estratégia do Hotel de inovar e criar games bastante inventivos.

De acordo com a escape Hotel, a sala Drácula possui o mais sofisticado roteiro já criado pela equipe do Hotel. A pré-estreia oficial ocorreu exatamente na sexta-feira, 13 de janeiro, exatos 111 dias antes das comemorações do 120º aniversário do livro de Bram Stoker. O jogo, cujas pistas e charadas devem ser decifradas em até 60 minutos, se passa em dois ambientes – um dos quais secreto e só descoberto com esforço pelos jogadores. No primeiro deles, o jogador entra nos aposentos de Drácula – um belo quarto de castelo medieval com pesadas cortinas, armadura, livros e retrato a óleo da família do Conde.

imagem_release_842879Chamam a atenção, ainda, um instrumento musical e outros elementos de época. Quem descobrir como deixar esta primeira sala terá a surpresa de entrar na úmida e arrepiante cripta de Drácula. O objetivo é simples: munidos de cabeças de alho e estacas, os gamers devem acabar com o velho vampiro. Mas chegar a isso não será tarefa das mais fáceis.

“Foi o game que mais nos divertiu criar, tanto na busca de referências históricas e culturais quanto em soluções lógicas, roteiro e cenário”, conta Vanessa von Lezsna, uma das sócias do Escape Hotel, por sinal ela própria descendente de moradores das montanhas da Transilvânia. “Estamos acrescentando elementos musicais, de jogos de tabuleiro, literatura e teatro à dinâmica do escape. As pessoas vão ficar encantadas com o resultado, digno de um Conde.”

Para jogar Drácula, times de 3 a 7 pessoas podem fazer a reserva online via site do Escape Hotel. A casa fica aberta de terça a domingo das 10h às 23h. Existem outras salas temáticas como O Templo, Cena do Crime, Loira do Banheiro e A Máfia.

 

Serviço – Escape Hotel – Sala Drácula

Horário: 10h às 23h
Endereço: Avenida Pedroso de Moraes, 832 – Pinheiros/Vila Madalena – São Paulo (SP)

BIG Festival abre inscrições para a premiação de melhores jogos independentes

Já imaginou seu game tornando-se famoso por todo o Brasil? Esta é a sina dos jogos que aparecem no BIG Festival (Brazil’s Independet Games Festival). A organização do evento divulgou que os desenvolvedores de jogos do mundo todo já podem inscrever suas criações na principal premiação do BIG Festival. As inscrições vão até o dia 23 de abril e devem ser feitas através do site oficial do evento.

A quinta edição do BIG Festival acontecerá de 24 de junho a 2 de julho, no Centro Cultural São Paulo, na capital paulista, mesmo ambiente das últimas edições. Os jogos finalistas estarão disponíveis para o público em computadores, tablets, smartphones e consoles em uma exposição gratuita em que os visitantes podem testa-los e votar em seus favoritos, inclusive jogos em Realidade Aumentada e Virtual.

Os games inscritos serão analisados pelo Comitê de Seleção do festival e os selecionados irão competir em diversas categorias, como Melhor Jogo, Melhor Gameplay, Melhor Som, Melhor Arte, Melhor Narrativa entre outras. Em 2016, o jogo brasileiro Horizon Chase, da desenvolvedora gaúcha Aquiris Game Studio, foi consagrado como o melhor do evento, vencendo na escolha do júri.

A expectativa é que o evento supere o sucesso do ano passado, quando o BIG Festival recebeu a inscrição de 515 jogos de 48 países diferentes, sendo quase metade deles (232) produzidos no Brasil. Foram 18 mil visitantes em 2016, sendo 2.400 profissionais do setor. “Em 2017 consolidaremos o Brasil como o “hub” de negócios internacionais na América Latina, um feito extraordinário para um setor tão efervescente como o dos Games”, diz Eliana Russi, organizadora da área de negócios do BIG Festival.

 

Serviço – 5º BIG Festival (Brazil’s Independent Games Festival)

De 24 de junho a 2 de julho (Segunda, 26, não abre)
De terça a sexta: 10h às 22h / Sábado e domingo: 14h às 22h
Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro 1000 – Paraíso, SP
Entrada: Gratuita

MMA Federation – o jogo que muda os paradigmas dos games de luta e de estratégia

Já imaginou uma mistura entre jogo de luta, card game e e-sports? Pois é justamente a isso que se propõe o game MMA Federation, da produtora Leela Games. O título chegou ao mercado no finalzinho de 2016 para iOS e Android permitindo que os jogadores competissem em combates de MMA com os principais times deste tipo de luta do Brasil e do mundo, treinar com lutadores e técnicos da categoria.

O gameplay é baseado em turnos e é bem fácil de se aprender, mas difícil de dominar e brutalmente viciante. De acordo com a Leela Games, a versão brasileira inclui renomadas academias e lutadores nacionais como Dedé Pederneiras, Emerson Falcão, Márcio Pontes da equipe Nova União, e  Jaqueline Marques, a ring girl mais sexy do Brasil. Outra novidade que deve atrair muitos jogadores é a presença dos irmãos Piologo, que tem mais de 2 milhões de seguidores no Youtube.

De acordo com Carlos Estigarríbia, CEO da Leela, a publisher do jogo no Brasil, “o MMA Federation é uma revolução dos jogos de luta e também de estratégia, pois ele é um mix dos dois com uma pegada de e-sports. O jogo vai além do tradicional tapper dos games de luta, o MMA  Federation é um game  único no mercado de mobile. Outro diferencial é que você pode treinar off line em salas de progresso e o servidor sincroniza assim que o jogador estiver online. Fora isso, há uma série de customização tanto dos jogadores quanto dos estilos e dos movimentos  de luta”, explica.

MMA Federation busca uma mecânica por meio de cartas, que se mostrou muito popular entre os jogadores dos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido. A intenção é colocar um pouco da estratégia típica do esporte no game. Para os jogadores casuais, o deck é uma oportunidade para criar um estilo de luta própria, com assinatura, enquanto que, para os jogadores hardcore, há infinitas possibilidades de batalhas  táticas através da criação de movimentos para combater diferentes estratégias de luta do time adversário.

Esse deck de luta muda a forma tradicional de jogos de luta PvP.  Por meio de uma seleção estratégica, é possível construir uma experiência única e adaptada ao estilo de cada jogador, altamente individualizada, e dessa forma neutralizar as táticas dos adversários. “Isso permite uma batalha interminável de inteligência para jogadores competitivos, uma vez que acrescenta enorme longevidade ao jogo”, explica Estigarríbia.

NO MMA Federation é possível desafiar amigos e jogar PvP em tempo real. Se cansou de ganhar do seu adversário, procure novos lutadores no Mapa de Lutas do MMA Federation. O jogo promove ainda campeonatos diários entre jogadores online em que os mais habilidosos são premiados e melhoram sua classificação no ranking do MMA Federation, como acontece fora do game

Campeonato do MMA Federation: Vencedor leva R$ 10 mil reais

Em fevereiro de 2017, o MMA Federation inicia o primeiro campeonato brasileiro do jogo. Os jogadores vão disputar as lutas online e a grande final será em março. O vencedor ganha R$ 10 mil reais e um avatar no jogo. Mais informações podem ser conferidas no site do jogo. Quem eestiver interessado pode encontrar MMA Federation para iOS e Android.

Jogue Heavy Metal Machines com os desenvolvedores do game durante as Férias de Verão Hoplon

Após um ataque hacker que derrubou os servidores de Heavy Metal Machines, a equipe da Hoplon bolou uma estratégia para se aproximar ainda mais de seus fãs. Durante as Férias de Verão Hoplon, de 09 a 11 de janeiro, será possível disputar partidas do game com os desenvolvedores – ou contra eles – em busca de prêmios. A ação também visa comemorar a mudança da equipe para um novo estúdio.

As partidas ocorrem nos dias 09, 10 e 11 das 16h às 20h, com distribuição de prêmios diários e semanais. Quanto mais você jogar, maiores são as chances de ganhar. As categorias da disputa são: o Número de Vitórias e Pontos de Medalhas, que funcionam da seguinte maneira:

  • Números de Vitórias: Quem ganhar mais partidas no dia, ou nos três dias para o geral, ganha.
  • Pontos de Medalhas: Quem somar mais pontos no dia, ou nos três dias para o geral, ganha. Cada medalha de ouro no fim da partida vale 3 pontos, prata, 2 pontos e bronze, 1 ponto.

 

Os prêmios são os seguintes para cada categoria por dia:

  • Primeiro colocado: 1500 de Fama.
  • Segundo colocado: 1000 de Fama.
  • Terceiro colocado: 500 de Fama.

 

Para o primeiro colocado geral em cada categoria (Dos três dias):

  • Uma Skin Exclusiva de evento a sua escolha (Artificer, Lotus, Clunker, Little Monster, Metal Herald, Rampage, Wildfire, Windrider).
  • Para o segundo colocado geral em cada categoria (Dos três dias): 3000 de Fama.
  • Para o terceiro colocado geral em cada categoria (Dos três dias): 2000 de Fama

 

Mas cada pessoa poderá ganhar apenas um prêmio de dia de cada categoria (Ou na segunda, ou na terça, ou na quarta), além do geral, é claro. Isso significa que se você ganhar as duas categorias na segunda feira, não vai ganhar na terça e na quarta, mas ainda assim pode jogar terça e quarta para garantir que vai ganhar o geral.

Mais informações sobre Heavy Metal Machines

Heavy Metal Machines está em desenvolvimento desde 2014 e tem previsão de lançamento para o primeiro semestre de 2017 nos PCs por meio do Steam. Heavy Metal Machines é um jogo de ação e combate no qual insanos e poderosos carros se enfrentam numa arena multiplayer para oito metaleiros lutarem pela glória do Deus do Metal. Para se cadastrar no beta fechado de Heavy Metal Machines, acesse o site.