Todos os post de Dolemes

David de Oliveira Lemes | @dolemes | Editor do GameReporter e do GameOZ. Professor da PUC-SP e consultor na área de educação e tecnologia.

Will: game do estúdio Broz alerta para os males do tabagismo

O game de hoje e criação do estúdio independente Broz, criado pelos desenvolvedores Luis Rodrigo, Diego Brandao e Walter Yanko. O game chamado “Will” é uma forma de alertar sobre os males do tabagismo e os males do cigarro na saúde das pessoas. A forma como o jogo aborda o tema é de forma lúdica e bem simples de compreender.

Will apresenta diversos minigames, sendo que cada um deles incentiva o jogador a evitar o fumo, sendo ele ativo ou passivo. Para isso, o jogador deve prestar atenção em como a indústria do tabaco age na surdina para viciar o consumidor, como por exemplo, propaganda enganosa, coerção nos postos de venda, associação ao prazer gustativo etc.

Os minigames são bastante simples, mas a ausência de um tutorial no início das missões podem confundir e atrapalhar o jogador. Entretanto, de acordo com os desenvolvedores, parte do desafio é advinhar a mecânica de cada desafio e enfrentar a dificuldade progressiva. A intenção da equipe Broz parece ter sido justamente fazer o jogador refletir e agir rápido contra o fumo.

De acordo com Luis Rodrigo, o tabagismo é a principal causa de morte evitável do mundo e o principal alvo da indústria tabagista são as crianças e adolescentes. Não por acaso, algumas das missões do jogo até aparecem bebês e adolescentes. Cabe ao jogador evitar que essas pessoas caiam nas garras da indústria do fumo.

São diversos mingames que variam de colocar máscaras de gás em fumantes passivos, retirar maços escondidos nas compras do mercado, fugir de propagandas etc. Ao ter sucesso nas missões o score vai subindo, de modo que ao final você pode publicar seu score para desafiar os amigos nas redes sociais. Conforme avança nas missões, a velocidade vai subindo, tornando o desafio mais divertido e eletrizante.

O título é o primeiro game criado pelo estúdio Broz e é parte do movimento de serious games no Brasil: o ludoativismo. Apesar da falta de tutorial, o game e bem simples após descoberta a mecânica de cada missão. É um jogo que seu filho deve conhecer. O download pode ser feito na Google Play gratuitamente.

Will: jogo brasileiro contra o tabagismo

Estúdio Nerdeek transforma o meme “Senhora Volta Aqui” em jogo para Android

Ah a internet é algo que não deixa as boas histórias morrerem sem antes de uma boa dose de zoeira arquivada em HDs de todo o mundo. Se a brincadeira for proveniente de terras brasilis, pode então se preparar pois as piadas serão das mais criativas possíveis. Afinal de contas foram os próprios brasileiros que inventaram o termo “huehuebrbr”.

Prova de que a zoeira não têm limites no Brasil é o novo jogo da produtora indie Nerdeek. O game chama-se “Senhora Volta Aqui” (sim você leu corretamente) e é uma paródia do caso que reverberou na última semana sobre a funcionária da Assembléia de Aparecida de Goiânia que batia cartão e ia para casa sem realizar o trabalho para o qual estava sendo paga.

O caso rendeu muitas piadas pela internet afora pois ao ser questionada pela repórter da Globo sobre essa conduta a funcionária comecou a correr como se houvessem parentes lhe pedindo um empréstimo. Pois bem, o jogo da Nerdeek retrata com bom humor essa fuga desenfreada da “Senhora”.

Basicamente você controla a Senhora em uma fuga alucinante, enquanto a equipe de cinegrafistas está em seu encalço e a repórter repete frases como “senhora, volta aqui”; “porque esta correndo”? Durante a fuga é necessário pular por cima de obstáculos como lixeiras, bancos e pessoas. O objetivo é ver quantos kilômetros você consegue correr sem ser pego pela jornalista.

O jogo é bastante simples e para realizar os pulos basta dar um toque na tela. O jogo possui um ranking geral de modo que você pode comparar seu desempenho com os amigos. Os gráficos do jogo são um dos destaques, pois são em estilo pixelizados e a trilha sonora também remete aos jogos antigos (chiptunes).

Naturalmente que o jogo não é dos mais tecnológicos possíveis, mas o tom de bom humor e a direção de arte valem uma conferida. “Senhora Volta Aqui” já está disponível para dispositivos Android gratuitamente. Apoie o jogo que está sendo desenvolvido pela mesma equipe para iOS.

Não conhece o Senhora Volta Aqui?

 

Pesquisa da IEEE revela que as novas gerações de jogadores passam menos tempo jogando videogames

A organização IEEE, especializada em estudo e avanço da tecnologia para a humanidade, realizou uma pesquisa entre os dias 11 de junho a 13 de julho com o público gamer de todo o mundo. O resultado desta pesquisa é de certo modo surpreendente e o veredicto é que as gerações mais novas passam menos tempo jogando videogames.

De acordo com a pesquisa realizada: jovens entre 18 a 24 anos passam cerca de cinco a oito horas em uma única sessão de jogatina, ao passo que jogadores com idades entre 18 a 34 anos passam mais de 15 horas jogando. Este dado vai contra a opinião de muita gente que acredita que as gerações mais novas estão cada vez mais presa aos jogos eletrônicos.

De acordo com a IEEE, esta pesquisa mostra que os mitos do ‘gamer tradicional’ estão desaparecendo. A pesquisa ainda revelou que 58% dos jogadores preferem jogar em modo campanha, ao invés de realizar partidas online com os amigos. Este é outro dado inusitado, afinal a popularidade das redes Xbox Live e PSN é cada dia mais evidente. Ainda assim, mais da metade dos jogadores preferem jogar em modo campanha.

Segundo Stu Lipoff, associado da IEEE e presidente da Ação Partners IP, os jogadores mais novos passam menos tempo jogando devido à
disputa de atenção que os videogames enfrentam com outras tecnologias como celulares, tablets e redes sociais. Quanto à preferência por partidas singleplayer a justificativa é outra: “O crescente interesse no modo de campanha pode ser devido a que jogadores não precisam de uma interação social online para ter uma experiência de qualidade de vídeo games”, disse Lipoff.

Outro dado captado pela pesquisa diz respeito ao futuro dos jogos eletrônicos. De acordo com a psquisa, cerca de 51% dos entrevistados acreditam que as tecnologias voltadas para a realidade virtual (VR/AR) dominará o mercado. Outros 21% dos jogadores acreditam que o futuro da indústria são os jogos open-source (àqueles em que o usuário pode personalizar o jogo); enquanto que outros 18% apostam suas fichas em jogos de segunda tela/óculos inteligentes como a “próxima grande inovação para os vídeo games”.

“Os desenvolvedores de vídeo games já estão começando a adotar AR / VR e a realidade combinada. Não há dúvida de que essas tecnologias imersivas serão a mais importante inovação da próxima geração de vídeo games, e também terão impacto em outros aspectos de nossas vidas. A indústria dos vídeo games será um dos primeiros a adotar e irá ajudar a descobrir como a tecnologia é viável. Até 2017, o AR / VR / tecnologias de realidade combinada será levada de forma fácil e acessível para as casas de consumidores, em grande parte graças aos vídeo games”, disse Todd Richmond, associado da IEEE e diretor de protótipos avançados do Instituto de Tecnologias Criativas (TIC) da Universidade do Sul da Califórnia.

Por fim a pesquisa da IEEE revelou algumas nuances do mercado de jogos eletrônicos e opiniões do público consumidor, tais como:

  • 46% acham que cartuchos de ROM foram a tecnologia mais impactante desenvolvida durante a segunda geração de vídeo games (1977-1983);
  • 53% dos participantes realmente acreditam que a tecnologia de maior impacto durante essa geração foram os microprocessadores de 16 bits;
  • 31 % acreditam que os avanços na unidade de processamento central / unidade de processamento gráfico de consolas “(CPU / GPU) as velocidades eram a tecnologia mais impactante da geração.

Com tudo isso, os especialistas da IEEE acreditam que a indústria de jogos eletrônicos está rumando a passos rápidos para maior disseminação de jogos sociais e de jogos móveis, uma tendência que já pode ser vista ocorrer atualmente. Resta saber como os jogadores mais antigos reagirão a estas mudanças, uma vez que eles parecem estar cada vez mais presos em jogos de consoles caseiros e com campanhas singleplayer.

E ai, você concorda? Opine!

Ubisoft promove desafio cosplay durante a Brasil Game Show

Mais um bom motivo para participar da Brasil Game Show acabou de surgir: a Ubisoft convida os visitantes a participar de um desafio cosplay e o vencedor vai levar um Xbox One para casa.

O Desafio Cosplay Ubisoft é muito simples e qualquer um pode participar: basta ir trajado com um cosplay de algum personagem dos games da Ubisoft. O melhor cosplayer vence o desafio. Este desafio cosplay ocorrera no dia 11 de outubro (domingo).

Haverão apenas trinta vagas neste desafio, de modo que os interessados devem correr até o estande da Ubisoft para fazer a inscrição. A partir das 16h os inscritos devem estar no estande e encontrar o Rabbid gigante, que indicará o local da primeira triagem, onde serão feitas a apresentações dos cosplayers para o público e para os jurados. O mais ovacionado levará o console de nova geração da Microsoft para casa.

Além deste desafio cosplay, a Ubisoft prepara uma série de atrações para a BGS como o campeonato mundial de Just Dance, a presença de produtores, youtubers e os jogos mais recentes da publisher francesa. Se voce tiver um cosplay de Ézio ou de Rayman não o deixe em casa! Quem sabe você não ganha um videogame novo em folha?

Tanto os presentes na BGS quanto aqueles que estiverem em casa poderão acompanhar as atraçoes do estande da Ubisoft pelos canais oficiais da Ubisoft Brasil no Twitch. Vale lembrar que o GameReporter estará na feira para destacar as grandes novidades.

Startando e GameReporter: abrindo portas para os games independentes

Nestes dez anos de atuação do GameReporter (sim, este ano fazemos 10 anos) sempre buscamos apresentar aquilo que há de melhor no mundo dos games, buscando trazer informações e também destacar oportunidades para nossos usuários.

E foi assim que nós chegamos até o Startando, plataforma de crowdfunding (financiamento coletivo), que é o mais novo parceiro do site. Para quem não conhece, o crowdfunding é um instrumento onde você pode lançar uma campanha para arrecadar os recursos necessários para desenvolver um trabalho através de contribuições financeiras e , em troca, oferece recompensas para quem apoiar sua campanha.

É uma excelente oportunidade para estúdios e desenvolvedores de games independentes tirarem aquele projeto da gaveta. E o melhor, além de você ter a oportunidade de levantar capital para o seu projeto relacionado a games, você recebe todo o suporte na comunicação da campanha tanto por parte do Startando quanto por parte do GameReporter.

Os usuários do Game Reporter que inscreverem seus projetos no Startando e indicarem que são nossos leitores irão receber um atendimento personalizado para elaboração da campanha, serão destaque na plataforma e terão matérias publicadas aqui no GameReporter. É sua chance de transformar uma boa ideia em um grande projeto.

E fiquem atentos, muitas novidades estão por vir. Essa parceria promete abrir muitas portas para os games independentes.

Para conhecerem um pouco mais do Startando, acessem o site.

Como funciona o Startando?

A Full Tilt Poker e seus aplicativos para smartphone e tablet

Boas novas na área de tecnologia de ponta na gigante do poker online – a Full Tilt com seus novos aplicativos para smartphone e tablet possibilitam que seus jogadores apostem e se divirtam em qualquer lugar, onde quer que se encontrem.

Os lançamentos facilitam a mobilidade dos fãs, que não necessitam mais de equipamentos grandes como um PC ou notebook para se conectarem ao site e disputar seus jogos favoritos.

finaltablemookie

O poker pode ser acessado em qualquer lugar, com toda comodidade. No transporte, nas viagens, em locais que exigem espera, intervalos longos entre uma atividade e outra, enquanto aguardam a chegada de alguém, enfim, em todos os momentos ociosos fora do ambiente normal.

A atenção da Full Tilt Poker para a área dos mobiles é recente e estava na hora de aproveitar o grande público que usa aparelhos iOS e Android.

O aplicativo está disponível para iPhone, iPad e iPod touch com iOS 5.0 e superior; e para Android 2.3 e superior, com uma resolução mínima de tela de 800×480. Pode ser baixado em aparelhos Apple diretamente da App Store, ou em Android, acessando diretamente o site da Full Tilt, a partir do dispositivo móvel.

full tilt

Através do aplicativo é possível que se jogue muitas modalidades de poker com apostas em dinheiro real ou fictício. O jogador pode criar uma conta nova ou entrar como conta de convidado (esta permite jogar com apostas em dinheiro fictício). As apostas em dinheiro real podem ser feitas de forma prática e rápida pelo aparelho móvel.

O app Full Tilt Poker é gratuito para baixar e utilizar, mas é necessária uma conexão Wi-Fi (internet) ou em um plano de conexão móvel (3G ou 4G). No último caso, a operadora de celular pode cobrar pelo consumo de dados enquanto estiver utilizando o aplicativo. Por isso é importante saber dos detalhes sobre as tarifas dos planos de conexão móvel.

A Full Tilt disponibiliza um site de suporte para eventuais problemas de conexão, mensagens de erros nos aparelhos e sistemas operacionais do iOS ou Android, basta acessar e receber as explicações detalhadas.

É importante observar que o acesso é permitido apenas para maiores de 18 anos. Nos aplicativos para o poker online podem ser disputadas modalidades diferentes do jogo, mas jogar apenas uma mesa por vez. O app Full Tilt Poker está disponível em 10 idiomas, incluindo o português, e segue o padrão do idioma do Sistema Operacional do aparelho utilizado.

Os jogos disponíveis no app Full Tilt Poker são os mesmos do software para computador, ou seja, os adversários são os mesmo que estão utilizando a versão para computadores. O gamer só pode logar sua conta Full Tilt Poker em apenas um aparelho por vez. Veja tutorial para iniciantes, aqui.

A tendência de crescimento do mercado de jogos online é cada vez maior e o poker não poderia ficar de fora. O baralho sobre o feltro verde apenas muda de toque, sai das mãos dos jogadores para fazer sucesso nas telinhas multi-touch dos aparelhos celulares.

A febre do PS4

Lançado em novembro de 2013 no Brasil, o PlayStation 4 tornou-se um dos videogames mais cobiçados pelos amantes de jogos que mesclam realidade e ficção. O console da Sony chegou com 8GB de Ram, leitor de Blu-ray e sensor de movimentos embutido no controle que garante performances mais precisas, sensor touch screen e botão para compartilhamento.

Um dos motivos para a “febre” do PS4 foi o lançamento de jogos exclusivos, como o Drive Club e In Famous: Second Son que já figuram na lista dos preferidos do público gamer. Além desses, há os opções de jogos de outras plataformas como o aclamado Assassin’s Creed IV e Call of Duty: Ghosts.

É válido frisar que a Sony resolveu investir em novas aplicações e serviços para os amantes de vídeo game, trazendo o PlayStation App que contribuiu para a fama do PS4 em curto período de tempo.
O aplicativo permite que os jogadores transformem seus smartphones ou tablets em uma segunda tela para melhorar a jogabilidade. Sem dúvidas, uma inovação surpreendente em relação ao PS3. E, claro, bem recebida pelos gamers que estão sempre à espera de mais emoção e realismo em cada partida.

Vendas do PS4 em 2014

A força dos consoles da Sony estão nos games exclusivos, segundo a opinião do público. Conforme levantado pela própria empresa, as vendas dos jogos de PS4 já ultrapassaram 10 milhões de unidades em todo o mundo. Tal número foi consolidado pela companhia em agosto, que o anunciou como o crescimento mais forte desde o surgimento do Play Station.

Apenas em jogos, a venda alcançou 30 milhões logo após a chegada do PS4 ao mercado. Com esse “boom” em vendas, a Sony já aproveitou para avisar que novos títulos estão vindo por aí.

Outros recursos também deverão ser integrados ao PS4, em breve. Um dos principais objetivos é permitir que imagens do console possam ser diretamente enviadas para o YouTube e Share Play, possibilitando que jogadores que estejam em lugares distintos interajam em tempo real.

Lançamentos para 2015

A Sony prevê o lançamento dos seguintes títulos para 2015: BloodBorne, A Thief’s End, The Order 1886, Rime, Deep Down, Everybody’s Gone to the Rapture, No Man’s Sky, Wild, Hellblade, Until Dawn dentre outros.

O público gamer poderá esperar, ainda, pela reserva da produção das grandes franquias Gran Turismo, God of War e The Last of Us em 2015.

Fonte: Mais Game

Gamificação: curso transpõe dinâmicas dos games para o ambiente editorial e educacional

O ALT+TAB, núcleo de formação do grupo Amigos dos Editores Digitais (AED), realiza em 1 de novembro o curso ‘Para além da Gamificação’, ministrado pelo professor David de Oliveira Lemes (PUC-SP e Editor do GameReporter), em Pinheiros (São Paulo).

O curso vai mostrar por que os games se tornaram uma das maiores indústrias de conteúdo do século 21, além de provocar os participantes a se apropriarem dos conceitos do universo dos jogos para repensar práticas nos segmentos editorial e educacional.
No Brasil, a indústria de jogos tem mostrado crescimento na casa de dois dígitos desde 2008, segundo um estudo recente da Euromonitor. Feiras dedicadas ao setor, como a Brasil Game Show, atraem em torno de 250 mil pessoas, boa parte de crianças e adolescentes que esperam por até 4 horas para ver seus ídolos ou testar novos lançamentos.

O curso ‘Para além da Gamificação’ se destina a quem deseja se comunicar de maneira mais efetiva com essa audiência. Ele é voltado para quem planeja, edita e produz conteúdo editorial ou lúdico, tanto digital quanto analógico. Educadores e formadores também podem se beneficiar, assim como designers instrucionais. Não existe pré-requisito para se inscrever.

O objetivo não é apenas aplicar aspectos dos jogos superficialmente ou usar o lúdico como motivação, mas incentivar um olhar mais profundo sobre como criamos produtos, serviços e experiências no universo digital.

A metodologia da aula é ao mesmo tempo teórica e prática. “A abordagem integrada permite maior interação entre os participantes, propiciando um aprendizado e networking efetivos”, ressalta Gabriela Dias, curadora do Alt+Tab.

As inscrições já estão abertas pelo site: www.alttabdigital.com.br

INFORMAÇÕES:

Para além da Gamificação – as regras do jogo

Data: 01 de novembro, sábado, das 9h às 18h
Investimento: R$ 600 (R$ 570 com desconto até 20/10 OU em 2x de R$ 300)
Endereço: House of Work – Rua Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 27, São Paulo, SP
Contato: cursos@alttabdigital.com.br

Literatura e games são tema de evento no Sítio do Picapau Amarelo

UNITAU, USP e Games for Change fazem a “Ligação” de 9 a 12 de outubro

Promover a literatura entre crianças e jovens, divulgar games com foco em educação, cultura e mudança social e defender o uso criativo das novas tecnologias são os eixos da quinta edição da Ligação (Literatura Infantojuvenil, Games e Artes em Ação), uma festa em Taubaté, entre os dias 9 e 12 de outubro, no Sítio do Picapau Amarelo e no Departamento de Informática da Universidade de Taubaté (UNITAU).

O evento é uma iniciativa da Universidade de Taubaté (UNITAU), com apoio da Prefeitura e parcerias com a ONG “Instituto do Mundo”, a rede internacional “Games for Change” e o grupo de pesquisa “Cidade do Conhecimento” da USP. A festa é patrocinada pela empresa Campo Limpo Reciclagem e Transformação.
A programação, gratuita e aberta ao público, inclui contação de histórias, rodas de conversa, debates com escritores e lançamento de livros como “Brinco, Logo Aprendo – Educação, Videogames e Moralidades Pós-Modernas” (Editora Paulus), de Gilson Schwartz, um dos curadores dessa festa literária que celebra também a cultura digital de crianças e adolescentes.

Espetáculos teatrais, cinema, oficinas de criação de games e de construção de brinquedos completam a programação. Escolas e famílias paulistanas interessadas em participar contam com um serviço de apoio (traslado e hospedagem).

“O evento tem como missão tornar a leitura encantadora para crianças e jovens, discutindo a chegada da tecnologia neste contexto”, explica a curadora da “Ligação” e responsável pelo sistema de bibliotecas da UNITAU, Márcia Maria de Moura Ribeiro.
A programação é diversificada, cobrindo as áreas de literatura, games e artes com atividades para crianças, jovens, pais e professores. Entre os temas polêmicos estão as mudanças geradas pela tecnologia na produção de literatura (como, por exemplo, os blogs de literatura), a atuação de jovens escritores (haverá uma discussão com adolescentes que já lançaram livros) e o papel dos games como ferramentas de aprendizado, difusão do conhecimento e mudança social.

As atividades acontecem no Sítio do Picapau Amarelo, no Departamento de Informática da UNITAU e no Jardim Cultural.
A programação completa está disponível em www.ligacao.org.br

APOIO PROAC – Em sua quinta edição, a “Ligação” tem apoio do Proac (Programa de Ação Cultural) do Governo do Estado de São Paulo (permite a empresas apoiar projetos culturais com dedução de ICMS).

SERVIÇO
5º Festival Ligação (Literatura Infantojuvenil, Games e Artes em Ação)
Data: 9 a 12/10/2014
Entrada: gratuita e aberta ao público
Endereços:
• Sítio do Picapau Amarelo (Avenida Monteiro Lobato, s/nº – Chácara do Visconde)
• Departamento de Ciências Sociais e Letras da UNITAU (Rua Visconde do Rio Branco, 22, Centro)
• Departamento de Informática da UNITAU (Av. Marechal Deodoro, 605 – Jardim Sta. Clara)
• Jardim Cultural (Rua Domingues Ribas, 345, Chácara do Visconde)
Informações: contato@ligacao.org.br ou 3635-5166 e www.ligacao.org.br
Excursões partindo de São Paulo: contatogellyjam@gmail.com ou 30914305.

DIA 09 DE OUTUBRO – QUINTA-FEIRA

Sítio do Picapau Amarelo

Tenda Autores

A partir das 9h e durante o dia todo: Presença da Turma do Sítio do Picapau Amarelo

10h30 – Roda de conversa “Gestar não é parir” – com os grupos Clarear, Do ventre ao peito e Sementeira do nascer

15h – Oficina de Xilogravura – Aron Pereira

Tenda Oficinas

Presença da Biblioteca Móvel da SETUC

10h – Oficina Pedagógica – Criação de brinquedos – Evolução Eventos

14h – Oficina Criação de brinquedos – Cia do Sol

Sala de cinema

9h30 – Parceria SESC – filme “IEP” (80 min)

15h – Exibição do curta “Os sons do divino e o espírito santo do silêncio” e bate papo com o autor – Alexandre Gennari

UNITAU
Departamento de Informática

9h – Asi Burak – Master Class – JEDI

10h – Conflitos Globais – Vitor Cavadas e Empresa RI Jr./USP

14 h – Games for Change: projetos, cursos e rede – Gilson Schwartz

16h – Programa JEDI – UNITAU – Luis Fernando Almeida

Departamento de Ciências Sociais e Letras

19:30 – Salvo pela imaginação – Conversa com Ricardo Aleixo

DIA 10 DE OUTUBRO – SEXTA-FEIRA

Sítio do Picapau Amarelo

Tenda Autores

9h – Contação de histórias do Saci – Ditão Virgílio

10h – Leitura corporal do livro “Um amigo assim pra mim” – Vana Campos e Andressa Marques

14h – Contação de histórias do Saci – Ditão Virgílio

14h – Oficina Criação de Brinquedos – Cattia Bercano

Tenda Livraria

Dia todo: presença da Turma do Sítio do Picapau Amarelo

15h – Lançamento de livro – Mariza Baur – Era uma vez um padre e um rei…

Tenda Oficinas

Presença da Biblioteca Móvel da SETUC

10h – Oficina de HQ – Reynaldo Damázio – Parceria Casa das Rosas (SP)

10h – Oficina Criação de brinquedos – Cia do Sol

14h – Narração de história e mediação de leitura – Oficina para professores – Penélope Martins

15h – Ofício do escritor – Reynaldo Damázio – Parceria Casa das Rosas (SP)

Sala de Cinema

9h30 – Parceria SESC – Apresentação filmes infantojuvenis – “O menino da Floresta” (95 min)

14h30 – Parceria SESC – Apresentação filmes infantojuvenis – “IEP” (80 min)

UNITAU
Departamento de Informática

9h – Idade Midia – Alexandre Sayad

11h – Ludwig – Jessica M. Silva

14h – A internet do futuro e as crianças – José Roberto Amazonas

Departamento de Ciências Sociais e Letras

18h – Bate papo “Jovens escritores” – Guilherme Tauil e Jefferson Beat. Mediação: Diego Valadares

19h30 – Palestra “Formando leitores dentro da escola e de casa: caminhos para aproximar crianças e jovens dos livros” – Ilan Brenman

DIA 11 DE OUTUBRO – SÁBADO

Sítio do Picapau Amarelo

Tenda Autores

A partir das 9h e durante o dia todo: Presença da Turma do Sítio do Picapau Amarelo

10h – Cordel em debate: Marco Haurélio, Jô Oliveira e Moreira de Acopiara. Mediação: Cris Cobra

14h30 – “A onça eu engoli inteira” – Penélope Martins e Alexandre Gennari

Tenda Livraria

Presença da Biblioteca Móvel da SETUC

10h – Oficina Brinquedos – Truões

10h – Lançamento do livro “A palavra Mágica” – Teresa Bendini

11h – Oficina Teia das Palavras – Teresa Bendini

16h – Lançamento do livro “O baú do rei” – João Pedro Venâncio

Tenda Oficinas

9h30 – Oficina de Maracatu – Coletivo de artes Cultura na Kombi

O dia todo – “A ciência Maluca do Visconde” – Jarbas Noronha

11h – Oficina de Stencil – Coletivo Anartistas

11:30 – Contação de histórias – Tia Rose

13h30 – Oficina Brinquedos – Balakko Bacco

14h – Contação de histórias -Alexandre Vila

14h30 – Oficina Brinquedos – Cia Philaderpho

15h30 – Espetáculo “Sanestina me contou, depois li nos livros!” – Ciça Oliveira

Teatro

Dia Todo: DJ Ângelo

11h – Teatro do Sítio – Visconde Esconde

16h – Teatro do Sítio – Visconde Esconde

Sala de Cinema

9h30 – Parceria SESC – Apresentação filmes infantojuvenis – “O menino da Floresta” (95 min)

14h30 – Parceria SESC – Apresentação filmes infantojuvenis – “IEP” (80 min)

UNITAU
Departamento de Informática

9h – Grupo JEDAI_SJCampos – Paula Piccolo

11h – Feminismo e Games – Dianaluz C.L.Correia

14h – ProgramaÊ! – Lucas Machado Rocha

Jardim Cultural

20h – Narração de contos – Penélope Martins (especial adultos)

21h – Lançamento do livro “O homem bumerangue” de Téo Lorent

DIA 12 DE OUTUBRO – DOMINGO

Sítio do Picapau Amarelo

Tenda Autores

10h – Oficina Brinquedos – Psiu e Cia

9h30 – Oficina de desenho – Jô Oliveira

10h30 – “Sete histórias de medo, versos de horror e outros bichos de fazer dó” – Penélope Martins

11h30 – Contação de História – Cia do Sol

13h – Oficina Brinquedos – Tia Alegria

14h – Contação de Histórias – Truões

15h – Show Poesia, Cantiga e Brincadeiras

José Santos, Selma Maria e Luiz Ribeiro

16h30 – Mesa de encerramento

Tenda Livraria

Dia todo: DJ Saturno

Dia todo: Presença da Turma do Sítio do Picapau Amarelo

Presença da Biblioteca Móvel da SETUC

11h – Intervenção Polvos poéticos

11h30 – Lançamento do Livro: Brinco, logo aprendo – Gilson Schwartz

Edu Lourenço e Ciça Oliveira – Cantação (musical) de histórias interativa “A historia do Zé Melado”

14h – Oficina Teia das Palavras – Teresa Bendini

Tenda Oficinas

11h – Intervenção Cosplay e bate papo com os personagens

14h – Oficina de Stencil – Coletivo Anartistas

15h – Oficina Criação de brinquedos – Molinha e Cia

Teatro

11h – Teatro do Sítio – Visconde Esconde

16h – Teatro do Sítio – Visconde Esconde

Sala de Cinema

9h30 – Parceria SESC – Apresentação filmes infantojuvenis – “O menino da Floresta” (95 min)

14h30 – Parceria SESC – Apresentação filmes infantojuvenis – “O menino da Floresta” (95 min)

UNITAU
Departamento de Informática

9h – Grupo JEDAI_SJCampos – Paula Piccolo

10h – FazGame com Carla Zeltzer

14h – Brincando com a Internet das Coisas – Leandro Andrade