GTA 4

Lista de maldades para se fazer no GTA

O blog Slobs of Gaming criou um ranking das sete coisas mais maldosas que se pode fazer enquanto está no comando de Niko Bellic, o protagonista de Grand Theft Auto IV.

Entre elas está incinerar prostitutas, pisar no rosto de defuntos inocentes, afogar sua “namorada” (pulando do carro momentos antes de jogá-lo na água), dirigir pela calçada, atingir pedestres com hélices de um helicóptero, matar pacientes em hospitais e explodir postos de gasolina.

São pequenas amostras (com imagens) do que torna este jogo adulto em um dos games mais controversos e comprovam que, lá no fundo, merece parte das críticas que recebe.

E você? Quais suas coisas diabólicas preferidas para fazer no GTA IV? E nos anteriores?

[Via Slobs of Gaming]

12 opiniões sobre “Lista de maldades para se fazer no GTA”

  1. Puxa, gta4, deve ser legal pacas.

    No San Andreas, o meu vício era jogar no modo de 2 jogadores do ps2, e aprontar muitas, como encher uma ponte de explosivos, sair voando de helicóptero e explodir tudo lá de cima. Com o tráfego bem cheio.

  2. Críticas?

    Nunca vi ninguém aparecer na mídia para criticar os filmes violentos europeus e norte-americanos, assim como nunca vi esculacharem as novelas da globo,record etc.

    Esse jogo não é pra criança. Há algum tempo videogame deixou de ser pra criança, até pq não é a criança que tem dinheiro pra comprar. Os games de hj visam muito mais o mercado adulto do que adolescentes e crianças.

  3. ah sei la!
    eu acho q o unico gta com e o SA
    pq esses outros nao tem oq ele tem
    e tanto q ja zereio sa duas vezes
    desta vez to completando os 100%

  4. puxa vida, gta è 1 dos maiores sucessos de jogos que eu zerei
    esse tal gta IV è o jogo mais real feito, sim pelos efeitos
    especiais, mas ele è muito pica

  5. mas descobri que a uma maldade pura carnefiçina, mas não sei se
    tem no gta IV,mas tem nos outros,è conhecido como RAMPAGE que è
    uma missão de matnça ou de destruição mas não da pra pega a grana

Deixe seu comentário