Conheça Tiki-Taki, o primeiro jogo do estúdio Cheeky Chimp

O destaque do dia é uma ode aos desenhos da década de 80-90. Trata-se Tiki-Taki, um game do gênero sidescroller repleto de puzzles desafiantes desenvolvido pelo estúdio Cheeky Chimp, que coloca o jogador no comando dos amigos Joe e Bubble, que devem unir forças para salvar seus amigos das investidas de Juju, um vilão que quer destruir a colorida ilha dos heróis.

O game presta homenagem aos cartoons da década de 90, tais como Animaniacs, por exemplo, pois é repleto de cores e bom humor característicos do estilo. O jogador tem a impressão de estar em um desenho jogável. O grande macete é que há vários puzzles que desafiam a criatividade do jogador e sua percepção.

O título está em campanha no Kickstarter e tem previsão de lançamento para 2019 para plataformas mobile e PC. O jogo utiliza de muitos poucos elementos de UI, permitindo o jogador usar a tela inteira para controles de movimento. Depois de introduzir a mecânica de “andar”, nós introduzimos a mecânica de “correr”, utilizando o mesmo conceito de utilizar a tela inteira como botão.

As mecânicas básicas é de andar, correr e parar, de modo que o estúdio prezou por uma jogabilidade simples e que qualquer um pode desfrutar. Cada novo encontro ingame é atrelado com uma “cutscene” para ilustrar, em pura emoção de um desenho animado, o que evitar e como passar do obstáculo. Toda essa informação é transmitida sem o uso de texto ou sequer narração explícita.

Tiki-Taki é desenvolvido por três desenvolvedores espalhados pelo mundo. Um deles, inclusive, é o brasileiro Vitor Laskowsky. De acordo com os produtores, o game surgiu de um projeto de faculdade e foi tão bem recebido em ambiente acadêmico que o trio William, da Bélgica; David, da Colômbia; e Vitor, de São Paulo resolveram termina-lo e lança-lo comercialmente.

Abaixo tem o trailer de Tiki-Taki: