Abragames renova a parceria com Apex-Brasil para ações comerciais de jogos brasileiros

O ano de 2018 foi extremamente positivo para as empresas brasileiras de games, pois foi nesta temporada que diversos jogos nacionais alcançaram fama no exterior graças as participações em eventos reconhecidos mundialmente. Para 2019 as perspectivas são ainda melhores, já que a Abragames renovou a continuidade do Projeto Setorial de Exportação Brazilian Game Developers, BGD, com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, Apex-Brasil.

“Trata-se de uma parceria que vem melhorando ano a ano como podem mostrar os resultados de presença de empresas no mercado externo e do conjunto de parceiros que o setor de games conseguiu articular em torno do projeto. Esse é um sinal de quão vibrante e promissor tem sido o segmento de desenvolvimento de games no Brasil e sua vocação global”, afirma Christiano Braga, coordenador de Projetos Setoriais de Serviços e Economia Criativa da Apex-Brasil.

A parceria entre a Abragames e a Apex-Brasil visa impulsionar a competitividade internacional dos jogos brasileiros. Para tanto, além de ajudar a promover os jogos em âmbito nacional, ocorrerão as famosas comitivas para levar os jogos brasileiros para os grandes eventos da América do Norte de da Europa.

De acordo com a Abragames, a parceria com a Apex-Brasil está renovada para até 2020. Além disso, o novo convênio prevê ainda apoio individualizado para até 8 empresas, contratação de assessoria e PR Internacional. Neste aspecto as informações ainda são escassas, mas as novidades serão reveladas em breve.

Abaixo estão as ações previstas da Abragames para 2019/2020:

Kidscreen Summit 2019/2020
Onde: Miami, Florida, USA
Quando: Fevereiro

Game Connection America 2019/2020
Onde: São Francisco, Califórnia, USA
Quando: Março

GDC – Game Developers Conference 2019/2020
Onde: São Francisco, Califórnia, USA
Quando: Março

PAX East – Peny Expo Arcade East 2019/2020
Onde: Boston, Massachusetts, USA
Quando: Março

BIG Festival 2019/ 2020
Onde: São Paulo
Quando: Junho

China Joy – China Digital Entertainment Expo and Conference 2019/2020
Onde: Xangai, China
Quando: Agosto

Gamescom 2019/2020
Onde: Gamescom, Colônia, Alemanha
Quando: Agosto

XDS – External Development Summit 2019/2020
Onde: Vancouver, Canadá
Quando: Setembro

Hit “POP/STARS” da banda K/DA chega ao jogo Beat Saber

O jogo Beat Saber não para de crescer. O mais famoso jogo de realidade virtual está recebendo suporte de várias empresas em um fenômeno parecido com o que ocorreu com Guitar Hero anos atrás. A bola da vez é a Riot Games, que anunciou uma inédita colaboração com a Beat Games para trazer o hit “POP/Stars” para dentro do game. A música estreou em primeiro lugar na parada de vendas da World Digital Song e chegou a atingir 100 milhões de visualizações no YouTube em apenas um mês. Quem já comprou o jogo poderá baixar a faixa gratuitamente.

“Nós ficamos surpresos com a reação das pessoas com ‘POP/STARS’ e a variedade de adaptações incríveis que os desenvolvedores de conteúdo de League e outras comunidades fizeram”, disse Tom Ebsworth, diretor de marketing da Riot Games na União Européia. “Como somos grandes fãs da Beat Saber, tanto do jogo quanto da Beat Games, que compartilha a nossa paixão por jogos e música, foi muito óbvio que esse crossover precisava existir. Estamos empolgados para dar aos fãs do single uma nova maneira de experimentá-lo!”

Esta será a primeira vez que uma música do universo de League of Legends é oficialmente licenciada para uso em um jogo musical. A Beat Games criou o mapa de jogo personalizado para a música, que também contará com um nível de dificuldade Expert+. Os jogadores de Beat Saber em todo o mundo podem tocar a música gratuitamente. “POP/STARS” poderá ser reproduzida em acessórios de VR, incluindo headsets HTC Vive, Oculus Rift, PlayStation VR e Windows Mixed Reality.

As skins da K/DA estão disponíveis em League of Legends para as campeãs Ahri, Akali (que tem duas versões: regular e Prestige), Evelynn e Kai’Sa (que também tem uma versão K/DA Prestige). League of Legends é gratuito e os novatos podem se inscrever e fazer o download.

“POP/STARS” atingiu o 1º lugar no ranking de vendas de músicas digitais da Billboard World. A música, que foi lançada de surpresa na Cerimônia de Abertura da Final do Campeonato de League of Legends de 2018, em 3 de novembro, contou com uma performance épica com realidade aumentada e os talentos musicais de Madison Beer, (G)I-DLE e Jaira Burns. A canção estreou na 10ª posição do Billboard Pop Digital Sales e na posição 30 do ranking Billboard Digital Song Sales na semana que terminou em 8 de novembro.

Para saber mais sobre o K/DA, basta acessar sua própria página no Universo de League of Legends. Os fãs interessados ​​no Beat Saber podem descobrir mais no site da Beat Games.

Abaixo tem um vídeo mostrando como ficou POP/STARS no Beat Saber:

 

Olinda Games Week – evento de games ocorre em paralelo ao Carnaval 2019

O Carnaval de Olinda no Pernambuco é um dos mais tradicionais do Brasil e as coisas prometem ser ainda mais agitadas em 2019, pois a festança não envolverá apenas os tradicionais bonecos, abadás e o frevo. Em 2019 os games também terão espaço graças ao 1º Olinda Be Geek, que terá um painel chamado Olinda Games Week.

O Olinda Games Week terá sede no Sítio de Seu Reis / Praça do Carmo durante o período carnavalesco, de 02 a 05 Março de 2019. Para participar da arena Brasil os jogos devem ter sido lançados no período de janeiro de 2017 até janeiro de 2019. A organização está por conta da Abragames.

Para participar do Olinda Games Week somente é necessário preencher um formulário disponibilizado pela Abragames. A expectativa é que o evento reúna fãs e entusiastas por videogames que querem conhecer novos produtos nacionais. A ideia tem tudo para dar certo, pois tanto o público carnavalesco quanto o público gamer geralmente são compostos de pessoas jovens e abertas a novas experiências audiovisuais.

Para inscrever seu game, clique aqui.

Serviço – Olinda Games Week

Quando: 02 a 05 de março de 2019

Onde: Sítio de Seu Reis / Praça do Carmo – Olinda, Pernambuco

Matthew Patrick é confirmado na Campus Party 2019

Mas ei, isso é apenas uma teoria, uma teoria gamer”. Quem acompanha canais especializados em games no Youtube certamente já ouviu essa frase em algum momento, afinal o criador do bordão é o Matthew Patrick, o MatPat, um dos influenciadores mais famosos do mundo. O criador do canal The Game Theorists acaba de ser confirmado como uma das atrações internacionais da Campus Party 2019, que ocorre entre os dias 12 e 17 de fevereiro, no Expo Center Norte, em São Paulo.

A vinda de Matthew é fruto de uma parceria entre Campus Party Brasil e o YouPix, com intermediação de Bia Granja, responsável por fazer esta ponte. MatPat se apresenta no dia 14 de fevereiro, às 20h30, no palco Feel the Future. Para quem não conhece, a Campus Party Brasil é o maior evento brasileiro voltado à imersão tecnológica em Internet das Coisas, Blockchain, Cultura Maker, Educação e Empreendedorismo do mundo.

MatPat, o The Game Theorists

Os canais The Theorists contam atualmente com 20 milhões de inscritos e 60 milhões de visualizações mensais. Seu diferencial é avaliar mitos envolvendo games e filmes, educando os espectadores enquanto descobrem os segredos por trás de jogos e filmes, focando nas perguntas mais questionadas do entretenimento. MatPat também é o criador e apresentador do Game Lab, série transmitida no YouTube Premium Original, que escolhe os maiores jogadores amadores da plataforma. A série venceu o Streamy de Melhor Série VR / 360 em 2016.

Com cerca de 1000 horas de programação, a #CPBR12 também já tem confirmadas as presenças dos brasileiros, Ivair Gontijo, físico mineiro que trabalha na NASA; da pesquisadora e designer Alda Rocha – criadora do projeto Codamos; e de Joana D’Arc Felix, uma das pesquisadoras mais premiadas fora do país.

As presenças internacionais já confirmadas na Campus Party 2019 são:

  • O israelense Uri Levine, co-fundador do Waze;
  • Chris Moriarity, um dos fundadores do projeto Million Waves: uma organização sem fins lucrativos que transforma o plástico retirado dos oceanos em material para impressora 3D. Um exemplo de projeto desenvolvido por eles é a impressão de próteses personalizadas para crianças carentes. Os itens são disponibilizados por meio de um aplicativo que encontra pessoas que precisam deste e de outros tipos de auxílio.
  • Frank Karlitschek, desenvolvedor de software de código aberto. Em 2010, iniciou o projeto ownCloud, com objetivo de promover a retomada do controle sobre o armazenamento e o compartilhamento de informações para consumidores. Em 2016, iniciou o projeto Nextcloud para levar essa ideia ao próximo nível.

 

Ingressos

O 2º lote dos ingressos para a #CPBR12 já está disponível na plataforma e vai até 20 de dezembro com valores a partir de R$ 310,00. Para interessados em ingresso e camping individual, o valor é de R$ 390,00. Para ingresso e camping duplo o valor é de R$ 400,00 por pessoa.

 

Serviço – Campus Party Brasil – 12ª edição

Arena: de 12 a 17 de fevereiro

Open Campus: de 13 de a 16 de fevereiro

Local: Expo Center Norte

Havan Liberty Gaming anuncia line-up para disputa do Circuito Desafiante e investimento no Tier 3 em 2019

O ano de 2019 promete ser um dos mais agitados para os eSports, afinal muitos torneios já foram confirmados para a temporada. Uma das equipes que mais promete crescer no próximo ano é a Havan Liberty Gaming, organização profissional de esportes eletrônicos baseada na cidade de Brusque, em Santa Catarina. O motivo para acreditar neste crescimento é que a organização esta investindo pesado na categoria. Na ultima semana, alias, a Havan anunciou sua line-up para disputa do Circuito Desafiante de League of Legends na temporada 2019.

A equipe será formada por jovens jogadores que se destacaram no cenário, o que dá a esperança de sucesso e performances memoráveis. Três jogadores vindos da IDM Gaming foram contratados para a Havan Liberty, que aposta no entrosamento já existente entre os atletas e na experiência de CBLoL para acelerar o desenvolvimento da equipe. Foram trazidos da IDM o top laner Gustavo “Name” Rodrigues, o jungler Marcos “Cariok” Junior e o atirador Matheus “Sarkis” Guimarães.

Para a rota do meio, a Havan Liberty Gaming contratou o ex-KaBuM e-Sports Guilherme “Atlanta” de Lima, revelado pela Operation Kino em 2016 e campeão do Circuito Desafiante em 2017 pela equipe de Limeira. Fechando a equipe, o suporte da line-up será Lucas “K0ga” Godoy, atleta que defendeu a Iron Hawks durante o primeiro semestre de 2018 e que depois foi contratado pela RED Canids.

Para coordenar o desenvolvimento dos atletas, será mantido o treinador Evandro “Yaltz” de Cerqueira, técnico da equipe durante a temporada 2018 e que já teve passagem por equipes como paiN Gaming, Furious Gaming e Team Liquid. A equipe de suporte ao jogador também será composta por fisioterapeuta, nutricionista e psicólogo.

Investimento na base:

Além do Circuito Desafiante, a Havan Liberty Gaming também investirá em uma equipe secundária em 2019. “Nós acreditamos muito na renovação do cenário e temos um compromisso de investimento na revelação e formação de novos atletas”, afirmou Samuel Walendowsky, CEO da organização. “Existem muitos jogadores com um potencial enorme para ser desenvolvido e nós queremos acelerar o crescimento do cenário oferecendo oportunidades para novos jogadores mostrarem seu valor”, completou.

Para a equipe, serão mantidos os jogadores Bruno “Kennedys” Goularte e Thales “Kales” Braga, que fizeram parte da equipe em 2018. Para completar a line-up, foi contratado o argentino Lucas “woofi” Abadie que defendia a Feint Gaming, vice-campeã do Logitech G Challenge 2018. Além deles, a Havan investiu na contratação do jogador Leandro “Gyeong” Oliveira, que jogou pela WP Gaming no Circuito Desafiante de 2018 e Luiz “Flare” Lobo, que se destacou em competições do tier 3 e é a nova aposta da organização para a temporada 2019.

Os jogadores do time B também serão inscritos no Circuito Desafiante e poderão ser utilizados estrategicamente durante a competição. Além disso, também irão usufruir de toda a estrutura de treinamento, comissão técnica e da equipe de suporte ao jogador da Havan Liberty Gaming.

 

Conheça Blazing Chrome, o novo jogo da JoyMasher para fãs de shooter 2D

Desenvolver um game indie do zero e conquistar a aclamação da mídia especializada e do público não é tarefa fácil, mas há alguns truques que podem facilitar o percurso. A JoyMasher é um case de sucesso que merece especial atenção, afinal foram eles os criadores de Oniken, um dos jogos indies mais baixados da atualidade.

Criado pelo casal Danilo Dias, 31, e Thais Weiller, 31, em meados de 2012 na cidade de Curitiba, PR, a JoyMasher logo alçou sucesso nacional graças ao seu foco na produção de jogos com estética retrô. Após o lançamento de Oniken (2012) e Odallus (2015), o estúdio se prepara para lançar seu terceiro e mais ambicioso título: Blazing Chrome.

O novo jogo é um shooter em side-scrolling repleto de ação que lembra bastante a era de ouro da geração 16-32 bits como os jogos Contra e Metal Slug. A grande diferença é sua estética voltada para o vintage, que remete à era de ouro dos jogos àrcades em progressão lateral. O game chega para as plataformas PC, PS4 e Switch no início de 2019.

Para quem não conhece, em Blazing Chrome os jogadores devem desbravar uma variedade incrível de fases recheadas com cenários mortais, desafios cheios de armas e máquinas, e personagens fascinantes, como Mavra, a última humana sobrevivente nesse cenário pós-apocalíptico, e Doyle, um divertido e briguento robô insurgente. Para adicionar o game à sua wishlist no Steam basta clicar aqui.

Abaixo tem um trailer de Blazing Chrome:

Nuuvem realiza promoção Virada Gamer

O fim de ano é ideal para achar games com um desconto bacana e se auto presentear. Esta é a oportunidade oferecida pela Nuuvem, maior loja de jogos digitais para PC da América Latina, pois a empresa realiza uma grande promoção de fim de ano com títulos para todas as preferências. A promoção ocorre entre os dias 19 de dezembro e 04 de janeiro de 2019, com o nome de Virada Gamer.

A Nuuvem oferecerá mais de 1.500 jogos com descontos de até 90%, pacotes promocionais e Flash Sales durante as primeiras 48 horas de duração. Além disso, o canal da Nuuvem no Facebook contará com gincanas, promoções especiais e descontos válidos apenas durante as transmissões, que começaram em 19 de dezembro às 15hs.

Além dos preços baixo, a Nuuvem também organiza a Flash Sale PayPal. Ela funciona da seguinte forma: durante as primeiras 24 horas de promoção, além de todos os descontos da loja, os clientes que comprarem usando o PayPal receberão um desconto extra exclusivo, de 14% do valor da compra, com o cupom PAYPALNOEL.

Vale ainda destacar os Pacotes da Virada, que oferecem várias opções de bundles prontos com jogos da UbiSoft, da Warner, entre outras publishers, além de duas opções para o usuário montar seu próprio pacote selecionando três títulos.

Confira algumas ofertas da promoção de fim de ano da Nuuvem:

Shadow of War: R$ 119,90 por R$ 23,99

Injustice 2: de 129,99 por R$ 25,99

Assassin´s Creed Odyssey: de 159,99 por R$ 79,99

Far Cry 5: de 159,99 por R$ 63,99

Ghost Recon – Wildlands: de R$ 159,99 por R$47,99

Kingdom Come – Deliverance: de R$ 149,99 por R$74,49

Mortal Kombat XL: de 74,99 por R$9,99

Batman Arkham Knight: de 49,99 por R$9,99

Mad Max: de 49,99 por R$9,99

Fallout 4: de R$ 69,99 por R$ 29,99

Dragon Ball FighterZ: de R$ 149,90 por R$ 59,89

PUBG: de R$ 55,99 por R$ 29,99

PUBG Survivor Pass: Vikendi (Super lançamento): R$ 34,99 por R$ 29,99

Cuphead: de R$ 36,99 por R$ 27,49

Jurassic World Evolution: de R$ 99,99 por R$ 24,99

Planet Coaster: de R$ 81,99 por R$ 19,59

SoulCalibur VI: de R$ 159,90 por R$ 106,99

Pacotes da Virada:

Far Cry: Bullets & Stones Pack: R$59,99, contendo

Conteúdo: Far Cry, Far Cry 2 Fortune’s Edition, Far Cry 3, Far Cry 4 e Far Cry Primal.

Witcher bundle: R$ 42,99

Conteúdo: The Witcher 1: Enhanced Edition Director’s Cut, The Witcher 2: Assassins of Kings Enhanced Edition, The Witcher 3: Wild Hunt – Game of the Year Edition e The Witcher Adventure Game.

Brasileiros da Black Dragons vencem torneio mundial de CROSSFIRE e faturam quase R$2 milhões

Após uma acirrada contra os russos da ruLegends, os brasileiros da Black Dragons venceram o torneio mundial CROSSFIRE STARS 2018 (CFS 2018), tornando-se a primeira equipe não-chinesa a levantar o caneco de um dos torneios de eSports mais disputados do mundo. Coma conquista a Black Dragons levou para casa US$ 500 mil (cerca R$ 1.948 milhão).

O CROSSFIRE STARS reuniu 16 dos melhores times de CROSSFIRE do mundo, que competiram por uma premiação total de U$ 1.015.000 (cerca de R$ 3.95 milhões). As fases de quartas de final e semifinal foram realizadas ao longo da última semana, de 4 a 6 de dezembro, presencialmente, no estúdio VSPN, em Taicang/China e classificaram os quatro melhores times para a fase seguinte, formada pela disputa pelo terceiro lugar e grande final, realizados entre 8 e 9 de dezembro, no Parque Esportivo Qing’ao, em Nanjing/China.

Após um intenso confronto em dinâmica melhor de cinco, a Black Dragons venceu a ruLegends por 3 a 0 e garantiu o inédito título da competição. E não foi só a Black dragons a figurar entre os melhores do mundo: a tradicional INTZ enfrentou a SuperValiant Gaming, campeã do CFS 2017, em melhor de três, porém não teve melhor sorte e acabou derrotada, terminando na quarta colocação do torneio, com um prêmio de U$ 40.000 (cerca de R$ 155.800).

Fundada em 1997, a Black Dragons é considerada uma das organizações de eSports mais antigas e respeitadas do América do Sul e, antes de se tornar campeã mundial de CROSSFIRE, já havia vencido outro torneio internacional da modalidade, o CROSSFIRE Stars Invitational Vietnam, em 2017.

CROSSFIRE é um dos jogos de FPS mais jogados online no mundo, com mais de 660 milhões de jogadores registrados. Jogadores podem baixá-lo gratuitamente pelo site oficial. No site do torneio tem uma divertida entrevista da Black Dragon para a imprensa.

Abaixo tem algumas fotos da conquista da Black Dragons:

Webedia se prepara para final de mega torneio de PUBG com personalidades brasileiras dos games

Esta é para quem é fã de PlayerUnknown’s Battlegrounds (PUBG): a Webedia, gigante francesa de mídia digital acaba de anunciar uma parceria com o Facebook para lançar um novo torneio entre personalidades reconhecidas do mundo dos jogos. O torneio foi batizado de Facebook Gaming Creators Cup powered by IGN e promete reunir milhares de brasileiros para acompanhar partidas eletrizantes.

A ideia básica foi reunir alguns dos gamers mais famosos do Facebook em partidas competitivas utilizando a estrutura da Webedia Gaming, em São Paulo. Entre os participantes estão nomes de peso do streaming como Netenho, Ellen Simili, Diana Zambrozuski, Forever, Davy Jones, Jon Vlogs, Tixinha, Kalera, Malena0202, Monark e Patriota. De acordo com os organizadores, o torneio deve ajudar gamers e novos streamers a construir e fortalecer suas comunidades na rede social.

“Hoje, não se pode falar em gaming sem considerar o aspecto social do mercado: fãs enxergam os jogadores como estrelas, influenciadores. Um projeto como este, onde conseguimos unir a expertise que temos em produção e transmissão de campeonatos, com um programa interessante que pode criar novos influenciadores e renovar o mercado faz com que elevemos a outro nível o entretenimento gaming”, afirma Aydin Sarmadi, diretor geral da Webedia Gaming.

Os organizadores escolheram o PUBG, por ser um game bastante popular e capaz de atrair multidões. Afinal, o shooter atingiu recentemente a marca de 400 milhões de jogadores cadastrados e é nome forte nos principais torneios de eSports mundo afora. Outro ponto de interesse é que as partidas terão cobertura jornalística in loco dos sites IGN e Versus. A expectativa é que a transmissão bata recordes de visualizações no Facebook.

“Os games são perfeitos para criar e aproximar comunidades e o nosso objetivo é oferecer recursos e formatos que cultivem um profundo engajamento e interação entre criadores e fãs. O Facebook Gaming Creators Cup é um evento que une gamers, seus amigos e fãs para competir, assistir e compartilhar em um ambiente descontraído e divertido”, destaca o gerente de Esports e Competitive Gaming no Facebook, Patrick Chapman.

A competição teve início dia 03 de dezembro com uma fase de grupos. As duplas foram divididas em dois times e, ao longo das semanas foram realizadas seis partidas em três dias de transmissão online para definir os melhores.

FINAL

A etapa final reunirá cinco duplas em duplas de cada grupo, que irão para a final presencial, que acontece em 16 de dezembro, em São Paulo, na Arena IGN. O evento será transmitido na Página do IGN Brasil no Facebook, das 14h às 15h, e terá apresentação de Carol Costa e de Nyvi Estephan. A narração fica a cargo de Murillo Shooow, Gordox e BiDa.

Confira abaixo os líderes das duplas que disputam a final neste domingo no torneio da Webedia:

  • Netenho
  • Romaniqs
  • Magalzao
  • Fiaspo Games
  • DiddyBR
  • Forever
  • Davy Jones
  • Patriota
  • Tixinha
  • Malena0202

 

Cinco passos para ser um desenvolvedor indie de sucesso

É comum que muitas pessoas que são “viciadas em videogame” já tiveram, em algum momento da vida, vontade de desenvolver seu próprio jogo. Com o avanço da tecnologia, fazer seus próprios games está se tornando cada vez mais fácil e acessível, e você pode desenvolver aventuras incríveis na sua casa.

No entanto, desenvolver é bem diferente de jogar, já que este último pode representar apenas uma “diversão sem compromisso”, enquanto o desenvolvimento demanda tempo, esforço, ideias, e muita energia criativa.

É trabalhoso, muitas ideias que parecem ótimas não funcionam na prática, o que pode levar a frustrações; há a escassez de recursos; a ausência de habilidades em uma determinada área, que pode ser um impeditivo; além de que um desenvolvedor indie, geralmente, tem pouco (ou nenhum) dinheiro para investir em seu projeto. No entanto, mesmo com tantos obstáculos, é capaz do resultado final te dar a satisfação que você planejava desde o início.

Caso você tenha o sonho de desenvolver seu próprio jogo, nós selecionamos aqui cinco passos para você iniciar sua carreira com algum parâmetro para ser bem sucedido. Confira!

1 – Inove, mas com cuidado

Os desenvolvedores de jogos indies têm mais liberdade criativa quando comparado aos jogos mainstreams, até mesmo porque  é a criatividade e a inovação que dará o diferencial para o seu game. No entanto, tome cuidado para não exagerar e “reinventar a roda” e fazer algo completamente desinteressante somente em nome da inovação.

A grande sacada é pegar um estilo que já existe e que as pessoas já conheçam, porém fazendo de modo completamente inédito. Um bom exemplo é o jogo Undertale, que usa o sistema de RPG tradicional, com batalhas em turnos, mapas, coleta e compra de itens, porém inova ao não ser necessário lutar contra ninguém, você pode resolver tudo na base da conversa, além de ter um roteiro inovador.

O diferencial pode ser em uma arte que ninguém explorou ainda, um sistema na jogabilidade que até então ninguém teve a ideia. Seu mantra será: qual o diferencial do meu jogo indie?

2 – Tenha metas realistas

Evidente que todos os desenvolvedores indies querem que seu game seja bem sucedido e se torne um hit mundial. No entanto, a quantidade de games que conseguem uma grande projeção é bem reduzida, sendo tão raro quanto ganhar na Mega Sena, e é importante que a pessoa tenha o “pé no chão” e pense no retorno sobre investimento de modo realista.

Defina objetivos, considere suas possibilidades e a da equipe que trabalha contigo (se tiver uma equipe), seu tempo disponível. Quanto mais bem planejado, melhor. É importante você ter metas, como uma quantidade “X” de jogos que serão distribuídos. No entanto, se preocupe mais com a qualidade de seu título. Se o seu game for divertido, mesmo que ele tenha poucos recursos, ele tem tudo para alcançar o estrelato.

3 – Utilize mecanismos  já disponíveis

Hoje em dia é possível baixar as engines pela internet, muitas delas até gratuitas, sendo que as mais populares são a Unreal Engine 4, Unity, CryEngine e Lumberyard. No entanto, é importante definir que tipo de jogo você quer e quais as suas habilidades com as ferramentas.

Caso você queira fazer um RPG, por exemplo, uma engine bastante conhecida é o Rpg Maker, que já rendeu diversos jogos bem sucedidos como é o caso de To The Moon. O Game Maker já rendeu o Undertale citado anteriormente. O já famoso Araní, jogo sobre uma índia que enfrenta inimigos mitológicos, por exemplo, é feito com Unreal Engine.

4 – Estude!

A fórmula que vale para todos os pontos da nossa vida também é importante para o desenvolvimento de jogos independentes. Atualmente há diversos cursos de games onlines, tanto gratuitos quanto pagos, além de que o próprio YouTube tem uma série de tutoriais que ensinam a você mexer nas engines, te dão dicas etc. Basta ter vontade de aprender.

Caso queira se aprofundar mais ainda, há diversas instituições que oferecem graduações em jogos digitais. Por fim, vale a velha recomendação: “fuce” o programa para desenvolver suas habilidades.

5 – Persistência

Já diria Henry Ford “Pessoas não fracassam, elas desistem”, e isso vale para todos os pontos da vida, incluindo o desenvolvimento de jogos indies. Nós não lutamos “para dar certo”, ficamos na guerra “até dar certo”.

Se não deu certo de um jeito, tente de outro; se o primeiro game fracassou, comece novamente. Se o seu jogo não está do jeito que você quer, procure fazer diferente. Se ao longo do desenvolvimento, um membro da equipe foi embora, procure outro, ou comece a estudar você mesmo para substituí-lo.

As pessoas erram, e os erros fazem parte do processo de desenvolvimento. O objetivo é aprender com eles. Ame o que você faz. Essa é a energia que te dará “mana infinita” para o desenvolvimento de seus games.