Brasil Game Show terá pavilhão coreano na décima edição

Além de apresentar os jogos mais aguardados da temporada e os indies mais promissores, a Brasil Game Show também vai ter um espaço todo especial para exibição de jogos coreanos. A organização confirmou que a edição 2017 terá uma área de 120 m² onde diversas empresas asiáticas apresentarão seus lançamentos, produtos e novidades. Esta é a segunda vez consecutiva que a Kocca, agência do governo responsável por fomentar a indústria de conteúdos da Coreia, estará na feira. A Brasil Game Show, maior feira de games da América Latina, será realizada entre os dias 11 e 15 de outubro, no Expo Center Norte, em São Paulo.

“Além de bons jogadores, a Coreia tem ótimos desenvolvedores de jogos e a Brasil Game Show é uma grande oportunidade de mostrar a expertise dos coreanos nessa indústria”, explicou Serena Park, gerente de marketing da Kocca no Brasil. “Nossa expectativa é contatar possíveis publishers, investidores e promover encontros de negócios entre empresários brasileiros e coreanos”, completou.

Para Marcelo Tavares, CEO e fundador da BGS, a presença de um pavilhão representando um país mostra a pluralidade e a importância do evento para o mercado de games não apenas no Brasil, mas como um dos mais significativos do mundo. O fato destes programadores virem até o Brasil mostra a importância e relevância do Brasil no cenário dos jogos eletrônicos.  A expectativa é que a participação de estúdios asiáticos na BGS sirva para mostrar jogos totalmente diferentes do que estamos acostumados a ver, quem sabe até seja a oportunidade de conhecer algum novo MMO.

Além da Kocca, a BGS já confirmou presença da Canon, Com2Us, Dazz Maxprint, Dell, DXRacer, Gigabyte, HyperX, Piticas, Razer, RedFox, Saraiva, TNT Energy Drink, Ubisoft,   ACE, Ambize Studio, Among Giants, Anguis Studio, Atitude Point, Behold Studios, Big Head Store, Cat Nigiri, Cogumelo Corp, Copag, Crazzy Arcade, Dark Paladin, Dreaminside Studio, ETS2 Rotas Brasil, FlipFlop Lab, Game Nacional, GAMEscola, Gamemax, GamersClub, Games X, Geek 42, Geek Connection Geek Tag, Gênio Quiz, Genos Studio, GPD GamePad Digital, Hexa Games, Incomm, JokenPô, JZ Culture & Comm, Lady Snake Rock Wear, McFly, Mad Mimic, MBR Editorial, Midas Club Onanim Studio, Rixty, Online IPS (International Processing Solution), RMAL, Pro Simuladores, Seagate, ServerLoft, Square12, StreamSoft Games, Sunrise  The Suns Store, The Duel Brasil, Toys Collection, Vneta Studios, Void Studios, World of Collectibles e XFire Gamers e até o início do evento revelará diariamente pelo menos uma nova atração.

A décima edição da Brasil Game Show promete ser a maior e melhor de todos os tempos e contará com cerca de 250 marcas. Três atrações internacionais já foram anunciadas: Hector Sanchez, produtor de jogos das séries Mortal Kombat e Injustice, e que atualmente está na Annapurna Interactive, responsável pelos jogos recém-anunciados Ashen e The Artful Escape; Nolan Bushnell, criador do Atari; e Stephen Bliss, que foi artista sênior da Rockstar entre 2001 e 2016 e responsável pela icônica identidade visual de GTA. Até outubro, outras sete serão reveladas.

 

Serviço – Brasil Game Show 2017

Quando: 11 a 15 de outubro

Onde: Expo Center Norte

Quanto: Sexto lote – R$ 75,00 (meia entrada)

ATUALIZADO | Guia: onde estudar desenvolvimento de jogos digitais no Brasil

O mercado de games no Brasil é no mínimo promissor, não por acaso muitas instituições de ensino formam cursos voltados para a produção e desenvolvimento de jogos digitais. O grande problema é que a maior parte das universidades estão concentradas no eixo Rio-São Paulo, de modo que estudantes de outros estados encontram dificuldades em encontrar cursos em suas regiões.

Pensando nisso, o GameReporter organizou uma lista de instituições que oferecem cursos voltados ao desenvolvimento de jogos digitais no Brasil. O MEC aprova cerca de 50 universidades que oferecem graduação tecnológica.

Instituições que oferecem graduação em Jogos Digitais:

Fora essas instituições, existem outras maneiras de entrar na área dos jogos eletrônicos, como por exemplo, os cursos oferecidos pela SAGA, pela renomada Melies, AXIS e também a Zion Escola de Entretenimento no Rio de Janeiro. A Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) também oferece um curso sequencial de Modelagem Gráfica e Jogos de Computador. Um belo destaque é a Escola Brasileira de Games, instituição voltada exclusivamente à cursos ligados aos jogos eletrônicos. A instituição é nova e encontra-se em São Paulo.

Além destas instituições, o Colégio FECAP oferece também o Ensino Médio Técnico Integrado em Jogos Digitais.

Especializações com menor duração também são oferecidas no Brasil, como o Curso de Atualização em Game Marketing da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) e o curso de Desenvolvimento de Jogos do Instituto Dom Bosco, em Piracicaba, São Paulo. A PUC-SP também conta com diversos cursos de Extensão na área de Jogos Digitais.

Se seu sonho é entrar na área de produção e desenvolvimento de jogos digitais, esteja preparado! O caminho é difícil, mas bastante promissor e só tende a crescer em nosso país. Aproveite que a maioria das universidades estão com vestibulares abertos e comece a estudar!

Comente sobre os cursos abaixo. Se esquecemos de algum, por favor, nos envie o link para publicarmos. Basta colocar nos comentários deste post ;)