Instituto promove o JERA, jogo de realidade alternativa inspirado em ARG

A cidade de Lavras, em MG, tem história e cultura muito ricas. Tanto é que o Instituto Presbiteriano Gammon (IPG) está promovendo até o dia 12/06 a primeira edição do JERA, um projeto que promete unir a jogabilidade de um ARG (Alternate Reality Game, jogo de realidade alternativa) com o ensino da história da cidade. A intenção é ensinar aos estudantes um pouco mais da história da cidade de uma maneira mais moderna e lúdica.

“O JERA foi criado para unir a história do Gammon com o aprendizado dos alunos”, comenta o professor e diretor do IPG, Alysson Massote Carvalho. “É evidente a relevância histórica e cultural que o Gammon tem com a cidade de Lavras e com o Brasil, mas muitos dos novos alunos ainda não conseguem vivenciar essa conexão com o nosso passado. A intenção é que isso seja explorado nos jogos”, explica.

800Estruturado para acontecer ao longo dos meses de maio e junho, o JERA foi desenvolvido pela produtora Final Quest, start up de tecnologia e educação com foco no uso de jogos para fins educacionais, com o apoio da Spaço In Consultoria de Marketing Educacional. Segundo Fábio Melo, co-fundador da Final Quest, quando o jogo começou a ser desenvolvido, em 2008, os projetos mais conhecidos eram “I love Bees”, nos EUA, e o “Instituto Purifica”, realizado pela MTV Brasil.

O projeto envolve alunos dos sextos e sétimos anos, que se organizarão em equipes e participarão de caças ao tesouro. Serão 8 desafios, divididos em 4 temas principais: Esporte, Valores morais, Sucesso e personalidades e Família e comunidade. De modo que a inspiração principal foi o jogo educacional “Onde está Carmen Sandiego?”. A partir daí, os alunos em buscas pela história da cidade.

Sobre o JERA

 lavras

Entre os desafios, estão a história de um ex-aluno do Gammon que chegou à presidência da República e um trecho do Hino de Lavras. “Contar mais do que isso estragaria o jogo”, brinca Carvalho. Os jogos já começaram e o resultado está sendo positivo. O JERA não é de participação obrigatória e mesmo assim conseguiu aderência de 92% de alunos do instituto. O objetivo é consolidar as estratégias do JERA para aplicar uma segunda edição ainda melhor. Ao final do projeto, as equipes que mais se destacarem e acumularem pontos ao longo dos desafios serão premiadas.

“Acreditamos que o JERA será uma oportunidade perfeita para atrair a atenção dos jovens para a riqueza cultural de Lavras. É importante garantir que os nossos jovens saibam e respeitem a nossa trajetória, já que eles serão responsáveis pelos nossos próximos anos de história”, finaliza Carvalho. “A parceria com a Spaço In e a preocupação do IPG em preservar sua história e cultura nos permitiram realizar um projeto que foi concebido há anos. Todos têm muito a ganhar com essa experiência, em especial os alunos.”, completa Melo.

eSports – Brave e ProGaming são admitidos como membros da ABCDE

A Associação Brasileira de Clubes de eSports (ABCDE) acaba de ganhar dois novos integrantes nesta semana, pois os clubes Brave E-Sports e a ProGaming E-Sports acabam de ser admitidos como filiados da entidade após votação unânime conduzida em assembleia realizada em São Paulo.

“A entrada da Brave e ProGaming como membros efetivos é muito importante para a ABCDE. São dois grandes clubes do cenário e tenho certeza que contribuirão ainda mais para o fortalecimento da associação. Tanto a Brave quanto a ProGaming já estão imersas nos trabalhos que estamos fazendo nos últimos meses e essa participação agora será muito maior”, afirmou Carlos Fonseca, presidente da entidade.

gir9b9vqPara quem não conhece, a ABCDE é uma associação civil de direito privado, sem fins lucrativos, com a missão de fomentar o progresso do segmento e representar o eSports no Brasil. A entidade terá o devido reconhecimento para tratar exclusivamente dos interesses dos associados no que se refere a: (I) fortalecer o relacionamento e o profissionalismo dos clubes; (II) participações em eventos presenciais com competição; (III) participações em ligas e campeonatos online; (IV) direitos de imagem para canais de transmissão.

Sobre a ABCDE

Além dos dois novos clubes,  representam a ABCDE, como fundadores, a Big Gods, CNB eSports, INTZ eSports, KaBuM! eSports, Keyd Stars, Operation Kino e paiN Gaming. T-Show e Team One também participam da associação como membros aspirantes.

A criação da Associação Brasileira de Clubes de eSports veio da união dos principais clubes brasileiros para acompanhar o crescimento, profissionalização, a regulamentação e o reconhecimento dos eSports no país.